Siga as Redes Sociais

Famosos

Suposto namorado de Gugu entra na Justiça por reconhecimento de união estável

Laurivânia Fernandes

Publicado

em

Foto: Reprodução/Instagram

 O cheg de cozinha Thiago Salvático, suposto namorado de Gugu Liberato, morto em novembro do ano passado após acidente doméstico, acionou a Justiça para reconhecer união estável homoafetiva com o apresentador e, assim, ter direito à partilha de bens acumulados durante o período em que estiveram juntos. 

A ação, em trâmite na 9ª Vara de Família e Sucessões do Foro Central da Comarca de São Paulo, afirma que Thiago se relacionou com o comunicador por mais de sete anos, e que, em três anos, eles levaram uma vida conjugal.

No processo, protocolado em 9 de abril e ao qual o site teve acesso, os advogados de Thiago dão detalhes sobre o relacionamento do cliente com Gugu desde o dia em que eles se conheceram, em novembro de 2011, até a morte do apresentador.

Segundo o documento, Thiago e Gugu se conheceram em um voo entre São Paulo e Rio de Janeiro. Eles se sentaram lado a lado na viagem e conversaram durante o trajeto. Após o desembarque, trocaram e-mails, mas somente em fevereiro de 2012 trocaram mensagens.

Viagens

O texto da ação judicial ainda relata que a primeira viagem do casal foi para Milão, na Itália, em 2012. A dupla se hospedou em quartos separados e, antes de descer para o jantar, deu o primeiro beijo. Os dois ficaram poucos dias juntos e só voltaram a se encontrar em outubro do mesmo ano, desta vez na casa de Gugu, no condomínio em que o comunicador vivia na cidade de Barueri (SP). Decidiram passar o fim de semana em Búzios (RJ) e viajaram no avião particular do apresentador.

O processo ainda consta com conversas de WhatsApp entre o casal, expondo apelidos carinhosos entre os dois, como Paxtel e Poxinha. O site afirma que, segundo o processo, o casal decidiu o status de relacionamento em novembro de 2016, em uma viagem para a Suíça.

O documento consta momentos íntimos do casal, como um aniversário do apresentador e a última viagem que fizeram juntos, para Singapura. Eles retornaram ao Brasil em 15 de novembro e, semanas depois, foi notificado por Nilton Mourra, motorista de Gugu, sobre o acidente doméstico que o matou.

Contas conjuntas

Thiago cita no documento que o casal compartilhava cartões de crédito. Pontua inclusive que tinha todas as senhas pessoais do apresentador. Eles ainda possuíam, segundo o autor da ação, investimentos em conjunto administrados por ambos. Além do compartilhamento de aplicativos, como o Playplus.

A defesa de Salvático pede indenização de R$ 100 mil e que os réus (filhos, sobrinhos, irmãos e mãe de Gugu) arquem com as custas processuais.

Fonte: Notícias da TV

Famosos

Pai de Duda Reis diz que filha passa por um livramento: “Não é vitória”

Avatar

Publicado

em

O pai de Duda Reis, Luiz Fernando Barreiros, disse que a filha está passado por um livramento, após romper o noivado e fazer denúncias contra Nego do Borel.

O médico publicou no perfil dele no Instagram, nessa sexta-feira (15/1), uma imagem com a mensagem “mulheres com propósito”. Na legenda, ele escreveu: “Nada é suportado em vão”, e disse que não sente que tudo que está acontecendo possa ser considerado uma vitória.

Uma seguidora deus os parabéns a Barreiros pela “vitória”, ao que ele, então, respondeu: “Não é vitória, é livramento”.

Barreiros sempre se mostrou totalmente contra o relacionamento da filha, desde a primeira vez que ela decidiu reatar, em abril passado.

Fonte: Metrópoles.com

Continue Lendo

Famosos

Após denúncia de Duda Reis, arma de paintball é apreendida na casa de Nego do Borel

Laurivânia Fernandes

Publicado

em

Arma de paintboll apreendida na casa de Nego do Borel — Foto: Divulgação

Policiais da 42ª DP (Recreio dos Bandeirantes) apreenderam uma arma usada para jogar paintball na casa do cantor Leno Maycon Viana Gomes, o Nego do Borel, na Zona Oeste do Rio. Os agentes apuravam uma denúncia feita por Maria Eduarda Reis Barreiro, a Duda Reis, de que o ex-namorado teria uma fuzil de verdade em sua residência. De acordo o delegado Alan Luxardo, titular da 42a DP, entretanto, trata-se de um simulacro, não tendo sido identificado nenhum crime por parte do artista.

No início da tarde, Nego do Borel comentou a ação da polícia no perfil dele no Instagram.

— Nós estamos aqui dentro da nossa legalidade, eu e toda a minha equipe. A gente está correndo atrás dos nossos direitos, na forma legal, para provar a minha inocência para vocês em tudo que está acontecendo. A polícia acabou de sair na minha casa. Eles vieram aqui e eu autorizei a entrada deles, porque não tem nada errado. Eles viram. Levaram uma arma de airsoft que eu tinha. Ela (Duda Reis) fala lá que eu tinha uma arma em casa. É isso, só para dar um parecer para vocês — disse o cantor.

A denúncia de Duda Reis foi feita na quinta-feira (13), na Delegacia da Mulher de São Paulo. No registro, ela conta ainda que Nego do Borel guardaria grande quantidade de dinheiro em espécie em casa, o que também não foi localizado pelos policiais.

Em depoimento, a atriz narrou episódios de abuso, agressões e ameaças que diz ter passado durante o relacionamento de três anos com o cantor.

“Que ao término da relação, em dezembro de 2020, a vítima descobriu constantes traições por parte do autor e passou a temer pela sua vida e de seus familiares, após diversos abusos. Que descobriu na residência do autor, uma arma fuzil e um cofre com 2 milhões de reais em espécie”, consta do relato no boletim de ocorrência obtido pelo EXTRA.

De acordo com o documento, Duda acusa o ex-noivo de estupro de vulnerável, ameaça, injúria, lesão corporal, além de alegar que contraiu HPV (infecção transmitida através do ato sexual), em decorrência de relações extra-conjugais mantidas por Nego durante o período em que estavam juntos.

Segundo a Polícia Civil de São Paulo, a Justiça analisa os pedidos de medidas protetivas em relação a Nego. Ainda conforme ressalta o órgão, foi instaurado um inquérito para apurar as acusações feitas pela influenciadora.

O cantor admitiu que traiu a atriz, mas negou as outras acusações. Em vídeo publicado em seu perfil no Instagram, Nego do Borel disse que “nunca agrediu ou praticou qualquer tipo de violência contra ela”. Ele registrou uma ocorrência na Polícia Civil do Rio contra a ex-namorada por injúria, calúnia e difamação. De acordo com o artista, ele está sendo vítima de acusações mentirosas por parte da jovem. Ele alega que Duda não aceita o fim do namoro de três anos e estaria “criando toda a movimentação social como forma de vingança”.

Fonte: Extra

Continue Lendo

Entretenimento

Duda Reis diz que encontrou fuzil de R$ 2 milhões em espécie na casa de Nego do Borel; Justiça analisa pedido de medidas protetivas.

Karytha Leal

Publicado

em

Duda Reis compareceu à Delegacia de Defesa da Mulher, em São Paulo, e formalizou as acusações que já havia citado nas redes sociais contra Nego do Borel. No relato aos agentes, ela deu mais detalhes e narrou episódios de abuso, agressões e ameaças que diz ter passado durante o relacionamento com o cantor. Num deles, a atriz e influenciadora de 19 anos alega que encontrou um fuzil e uma grande quantidade de dinheiro em espécie na casa do artista.

“Que ao término da relação, em dezembro de 2020, a vítima descobriu constantes traições por parte do autor e passou a temer pela sua vida e de seus familiares, após diversos abusos. Que descobriu na residência do autor, uma arma fuzil e um cofre com 2 milhões de reais em espécie”, consta do relato no boletim de ocorrência obtido pelo Extra.

De acordo com o documento, Duda acusa o ex-noivo de estupro de vulnerável, ameaça, injúria, lesão corporal, além de alegar que contraiu HPV (infecção transmitida através do ato sexual), em decorrência de relações extra-conjugais mantidas por Nego durante o período em que estavam juntos.

Segundo a Polícia Civil de São Paulo, a Justiça analisa os pedidos de medidas protetivas em relação a Nego. Ainda conforme ressalta o órgão, foi instaurado um inquérito para apurar as acusações feitas pela influenciadora.

Duda Reis e Nego do Borel
Duda Reis e Nego do Borel Foto: Reprodução/Instagram

“A equipe da unidade instaurou inquérito policial para investigar e esclarecer todos os fatos. Foram solicitadas ao Poder Judiciário as medidas protetivas para a vítima, que estão em análise judicial”, diz um trecho do comunicado da Polícia Civil de São Paulo.

No boletim, Duda falou sobre episódios em que fora agredida – num deles, por exemplo, afirma que o cantor estava sob o efeito de entorpecentes -, além de ter mantido relações sexuais não consentidas com o noivo, enquanto estava “dopada”, sob efeito de remédios. Diz ainda que foi obrigada a negar as agressões e a se distanciar da família, contra quem, ainda conforme contou a jovem, Nego teria proferido ameaças de morte.

“Que a vítima informa que o autor a forçava a romper relacionamentos com a família e amigos e que, em razão do relacionamento conturbado entre vitima e família, o autor ameaçava o pai, a mãe a irmã da vítima, dizendo que a vítima deveria ficar quieta se quisesse o bem da família. O autor dizia que a briga da vítima era de ‘cachorro grande’ e que eles iriam acabar mortos ou o autor os mataria. A vítima informa que teme por sua integridade física pois o autor presenciou chamadas de vídeo para presidiários”, consta de outro trecho do boletim.

Duda ao lado de Nego do Borel
Duda ao lado de Nego do Borel Foto: Reprodução – Instagram

Nego do Borel admitiu que traiu a ex-noiva. Ele, porém, negou as outras acusações. Em vídeo publicado na última quinta-feira, disse que “nunca agrediu ou praticou qualquer tipo de violência contra ela”.

O artista acrescentou que a separação foi em comum acordo e que, após o rompimento, os dois mantinham a relação como amigos. Afirmou não entender o motivo de Duda estar “fazendo isso”, além de exibir prints de conversas entre os dois.

“Nao quero ficar nas redes sociais denegrindo as imagens dela. Mas, se é para me defender, mostrar quem eu sou, vou até o final e brigar por isso”, diz ele, que reiterou estar tomando “todas as medidas legais” para provar que ele “não é esse cara que ela está falando”.

Duda e Nego do Borel

Continue Lendo
Casas Duplex

Trending

Copyright © 2018 Encarando - Silas Freire. Todos os Direitos Reservados.
WhatsApp: 86. 98183-1178 / Fixo: 3234-9879
Email: encarando.com@gmail.com

WhatsApp chat