Siga as Redes Sociais

Novela

MPF instaura inquérito contra Globo após ‘aula’ de aborto

Publicado

em

Imagem: Reprodução/Rede Globo

Após diversas críticas nas redes sociais contra a Globo, o Ministério Público Federal (MPF) decidiu instaurar um inquérito civil contra a emissora por conta de um discussão sobre aborto exibido no capítulo do dia 19 de outubro. O órgão pretende saber se a emissora descumpriu a classificação indicativa e se abordagem serviu como “aula” para pratica do aborto.

O responsável pelo ação é o procurador da República Fernando de Almeida Martins, que já enviou um ofício para o Ministério da Justiça para saber o horário exato de exibição e a classificação indicativa recomendada à novela das sete.

Para o procurador, a dúvida da personagem Nana (Fabiula Nascimento) sobre manter sua gravidez ou não, foi mostrada de forma que pode ser entendida como dupla interpretação. Para ele, crianças e adolescentes não conseguem diferenciar o merchandising social de um incentivo ao aborto.

Na cena, Nana conversou com Paloma (Grazi Massafera) e se mostra confusa sobre o que fazer em relação à gestação.

– Pensando bem, ainda não é um bebê. É só um embrião. Não tem sistema nervoso, não tem coração, não é nem um humano ainda. Eu não sou a favor do aborto, ninguém é. Mas sou a favor do direito de decidir sobre o meu corpo, sobre a minha vida – diz a personagem de Fabiula.

Os discursos da personagem motivaram críticas nas redes sociais, que levaram o Ministério Público a abrir uma investigação sobre a possibilidade de a emissora ter feito apologia ao aborto.

– O MPF solicitou para a Coordenação de Classificação Indicativa, do Departamento de Promoção de Políticas de Justiça, do Ministério da Justiça, o horário de exibição e a classificação indicativa adotada para a novela. O MPF também pediu análise específica do capítulo em que a temática sobre aborto foi discutida, sob justificativa de incompatibilidade de exibição desse tipo de conteúdo ao horário infantojuvenil – diz a nota enviada pelo órgão para a imprensa.

Fonte: Pleno News

Novela

Globo suspende gravações por causa do agravamento da pandemia

Publicado

em

Set de 'Amor de mãe' já adaptado em tempos de pandemia: novas produções suspensas Foto: TV Globo / Divulgação

Em razão do agravamento da pandemia e das restrições estabelecidas pela prefeitura do Rio para tentar conter o avanço da Covid na cidade, a TV Globo decidiu suspender as gravações dos projetos de dramaturgia em seus estúdios, na Zona Oeste.

Em um comunicado, a emissora informa que as filmagens já não ocorrerão a partir desta terça-feira (23) e têm previsão de retorno para o dia 4 de abril.

Leia o texto do comunicado oficial na íntegra:

“Em decorrência do agravamento da crise pandêmica e das medidas restritivas estabelecidas pelas autoridades locais, a Globo se antecipou e definiu que, a partir de hoje , dia 23 de março, as gravações das obras de dramaturgia serão interrompidas.

Séries e novelas só deverão voltar a gravar no dia 4 de abril, ao final do prazo decretado pelas Prefeituras do Rio de Janeiro e São Paulo.

As novas medidas não impactam na programação da TV Globo”.

Fonte: Extra

Continue Lendo

Novela

‘Amor de Mãe’ terá retrospectiva narrada por protagonistas

Publicado

em

Foto: Divulgação/TV Globo

Um ano após ser paralisada, a novela “Amor de Mãe” voltará à grade da Globo na próxima segunda-feira (1º), mas sem episódios inéditos ainda. A emissora fará uma espécie de retrospectiva para recordar tudo que aconteceu na primeira fase. Para a autora, Manuela Dias, um momento “não só de relembrar, mas também sentir”.

Segundo Dias, será mais do que uma reprise. As próprias protagonistas, Lurdes (Regina Casé), Thelma (Adriana Esteves) e Vitória (Taís Araujo), irão narrar suas trajetórias na trama até o momento em que foram interrompidas pela pandemia. Com isso, “virou um híbrido com coisas que a gente viu e o que a gente nunca viu”, diz ela.

“São 12 capítulos de meia hora, então foi um superdesafio condensar 103 capítulos em 12 de meia hora, mas acho que o público não vai ter uma sensação de retrospectiva. Acho que vai ser muito legal para as pessoas”, afirmou a autora em conversa online com a imprensa nesta quinta-feira (25).

A novela, que foi a primeira a ser suspensa pela emissora por causa da pandemia, em março do ano passado, será também a primeira a retornar. Nas duas primeiras semanas, com esses episódios especiais e ainda dividindo o horário com a reprise de “A Força do Querer” (Globo, 2017). A partir de 15 de março começam os inéditos.

A novela voltará inclusive com um personagem novo: a pandemia. Segundo Dias, “a Covid vai entrar como aconteceu na nossa vida. A doença chega afetando todo tipo de gente, não respeita barreira social e as pessoas reagem a ele como a gente estava reagindo, lidando com o desconhecido, com medo, usando máscaras”.

As gravações foram retomadas em setembro do ano passado, com um protocolo rígido de segurança, com testes periódicos para detectar possíveis contaminações pela Covid-19 e até mesmo com o isolamento do elenco em hotéis. Todo o protocolo, no entanto, ficou apenas nos bastidores e não deve ser percebido na trama.

EMOÇÃO NO REENCONTRO

Além de todas as inseguranças e medo que rodearam o retorno das gravações, atores na novela afirma que também houve muita emoção. Adriana Esteves, 50, e Chay Suede, que dão vida a Thelma e seu filho, Danilo, na trama, contam que sentiram falta do abraço assim que voltaram aos estúdios, após meses sem se ver.

“Quando eu e Chay nos vimos pela primeira vez, na cidade cenográfica, ele falou ‘sério que a gente não vai se abraçar?'”, recorda a atriz emocionada, em conversa com a imprensa. “A gente ficou com uma distância, uma dor no coração de não poder se abraçar. A gente se abraçava com a impossibilidade de se abraçar. Foi muito difícil.”

Os atores também citaram sentimentos como solidão e esperança na hora de retornar ao trabalho. “O estúdio, que era lotado, estava reduzido, deu uma solidão. Mas isso também deu uma vontade de fazer. E como não existe o ideal e nem o perfeito, as coisas aconteceram de uma forma muito espontânea e verdadeira”, disse Esteves.

“Voltar a trabalhar também dava a esperança de que a vida voltaria ao normal em breve também. Você pensa: ‘vou seguir esse protocolo, mas já é sinal que a vida está voltando’. Foi um motor muito grande na hora”, completa Taís Araujo, que lamenta em seguida o fato de a pandemia persistir e os números estarem ainda piores que antes.

CARMINHA X THELMA

Uma das principais expectativas para o retorno da novela é o futuro de Thelma, que encerrou a primeira fase matando Rita (Mariana Nunes) para manter em segredo que seu filho, Danilo (Chay Suede), é na verdade Domênico, o filho roubado de Lurdes (Regina Casé). A transformação da personagem levantou até comparações com Carminha, de “Avenida Brasil” (2012), também interpretada por Adriana Esteves.

A atriz, no entanto, afirma que não se preocupou com as comparações, até mesmo pelas personagens terem sido feitas por autores diferentes e de forma diferente. “Se elas ficassem parecidas seria um erro meu, seria eu colocando a minha personalidade. Mas quando eu recebo um personagem faço o trabalho oposto a isso. A ideia é zerar minha personalidade e trabalhar o personagem”, afirma.

Esteves afirma que ficou mais apreensiva na hora de fazer Laureta, de “Segundo Sol” (Globo, 2018), já que ela foi escrita por João Emanuel Carneiro, mesmo autor de “Avenida Brasil e, consequentemente, criador de Carminha. “Ali a minha preocupação era maior”, afirma ela. [Mas quanto a Thelma e Carminha] não me preocupei não, elas são naturalmente diferentes, de autores diferentes.”

Mas mesmo com as maldades de Thelma, a atriz ressalta que ficou bastante sensibilizada com o final da personagem. “Foi algo que eu pensei desde o primeiro dia da novela, talvez tenha até preparado a personagem para esse final. Era o que eu imaginava que aconteceria. Mas não sei se o público vai tratar ela com carinho, eu tratei”, completa.

Fonte: Folhapress

Continue Lendo

Novela

Globo suspende nova temporada de Malhação e dispensa o elenco

Publicado

em

Foto: Estevam Avelar/TV GLOBO

A próxima temporada de Malhação teve sua produção suspensa pela Globo. Parte do elenco, que já estava escalado, começou a ser dispensado pela emissora, que não tem previsão para retomar o projeto. A fase intitulada Transformação está sendo escrita por Priscila Steinman, que interpretou a personagem Sofia em Totalmente Demais e também é roteirista.

Malvino Salvador, Carol Castro, Regiane Alves, Marcello Novaes e Mel Lisboa são alguns dos atores que já estavam na novelinha. A estreia seria em maio deste ano, e o elenco estava na expectativa da retomada dos trabalhos após a paralisação por causa da pandemia do coronavírus.

De acordo com a colunista Carla Bittencourt, do jornal Extra, os atores começaram a ser dispensados e informados da suspensão do projeto nesta terça (6).

Toda Forma de Amar, última temporada inédita da trama adolescente, se encerrou às pressas em março deste ano, com redução de 15 capítulos em relação ao previsto. O autor Emanuel Jacobina teve de apressar sua história e elaborar um final improvisado.

Do elenco, apenas Pedro Novaes (Filipe) e Alanis Guillen (Rita) foram chamados aos Estúdios Globo para a última gravação. Eles apareceram nas cenas em que o casal protagonista se acerta e narraram o que aconteceu com o resto dos personagens.

Assim como em Viva a Diferença, a trama foi escrita para mostrar alunos de duas escolas –uma pública e outra particular– separadas por um muro. O choque entre as realidades opostas, discutirá a desigualdade social, além de trazer romances e amizades entre personagens ricos e pobres.

Fonte: Notícias da TV

Continue Lendo
Casas Duplex

Trending

Copyright © 2018 Encarando - Silas Freire. Todos os Direitos Reservados.
WhatsApp: 86. 98183-1178 / Fixo: 3234-9879
Email: encarando.com@gmail.com

WhatsApp chat