Siga as Redes Sociais

Esporte

Vídeo: Time celebra acesso com stripper em vestiário e gera polêmica

Laurivânia Fernandes

Publicado

em

Uma celebração com a presença de uma stripper no vestiário causou polêmica no futebol espanhol depois que um vídeo com jogadores do Llançà viralizou.

A equipe comemorava a acesso à segunda divisão regional catalã, o equivalente à sexta divisão da Espanha Segundo o jornal “Diari de Girona”, um dirigente do clube contratou uma stripper para uma performance no vestiário da equipe após a vitória por 5 a 0 sobre o Athlètic Bisbalenc.

A repercussão negativa do vídeo provocou uma reação do clube, que emitiu um comunicado: “O Llançà gostaria de pedir desculpas se em algum momento alguém ficou ofendido com os eventos que ocorreram no vestiário depois do jogo da equipe”.

Responsável pela contratação, o secretário-técnico Francesc Romero também se manifestou. “Eu conheci um antigo dono de um lugar que é dedicado a isso, e ele me contou sobre uma garota que é uma dançarina profissional, me apresentou antes e eu expliquei o que queríamos, disse.

“Recebi mensagens de muitas pessoas e todo mundo está ciente de que a repercussão foi muito grande, foi dada uma importância (ao fato) que não existe”, completou.

Assista ao vídeo!

Fonte: Uol Esportes

Esporte

Campeã olímpica Sarah Menezes dá à luz sua primeira filha em Teresina

Avatar

Publicado

em


Nesta sexta-feira (14), a primogênita do casal judoca, Sarah Menezes e Loïc Pietri, nasceu após parto cesárea em Teresina. A pequena campeã, Nina Menezes Pietri, nasceu com 2,484kg e 46cm, às 19h31.

O parto foi acompanhado pelo noivo de Sarah, o campeão mundial de judô pela seleção francesa, Loïc Pietri.

Em novembro de 2020, o casal anunciou a gravidez. Na época os dois atletas ainda buscavam vagas para as Olimpíadas, em Tóquio. A pausa na carreira da atleta piauiense marcou simbolicamente sua aposentadoria da seleção brasileira de judô.

Continue Lendo

Futebol

Tite convoca a Seleção para duelos contra Paraguai e Equador; Veja lista!

Técnico divulgou a lista de atletas para próximos compromissos pelas eliminatórias para a Copa do Mundo de 2022.

Laurivânia Fernandes

Publicado

em

Tite divulgou a convocação da seleção brasileira nesta sexta — Foto: Lucas Figueiredo/CBF

Depois de quase sete meses, a Seleção masculina voltou a ser convocada para jogos das Eliminatórias da Copa do Mundo de 2022. Na manhã desta sexta-feira, o técnico Tite anunciou os 24 jogadores que defenderão o Brasil diante do Equador, dia 4 de junho, em Porto Alegre, e contra o Paraguai, no dia 8, em Assunção.

As grandes novidades da convocação são o retorno do atacante Gabigol, do Flamengo, e do lateral Daniel Alves, do São Paulo. O meia Lucas Paquetá, que vive boa fase no Lyon, e Fred, do Manchester United, também estão de volta. Lucas Veríssimo, do Benfica, foi chamado pela primeira vez na carreira, sendo o único desta lista que jamais havia sido convocado.

A relação conta com 24 atletas para contemplar a presença do meia Douglas Luiz, que está suspenso e só poderá enfrentar o Paraguai.

Veja a lista completa:

  • Goleiros: Alisson (Liverpool), Ederson (Manchester City) e Weverton (Palmeiras);
  • Laterais: Daniel Alves (São Paulo), Danilo (Juventus), Alex Sandro (Juventus) e Renan Lodi (Atlético de Madrid);
  • Zagueiros: Éder Militão (Real Madrid), Lucas Veríssimo (Benfica), Marquinhos (PSG) e Thiago Silva (Chelsea);
  • Meias: Casemiro (Real Madrid), Douglas Luiz (Aston Villa), Everton Ribeiro (Flamengo), Fabinho (Liverpool), Fred (Manchester United) e Lucas Paquetá (Lyon);
  • Atacantes: Everton Cebolinha (Benfica), Roberto Firmino (Liverpool), Gabriel Barbosa (Flamengo), Gabriel Jesus (Manchester City), Neymar (PSG), Richarlison (Everton) e Vini Jr (Real Madrid).

A CBF ainda confirmou que os jogadores convocados se apresentarão no próximo dia 27, na Granja Comary, em Teresópolis. Desta forma, a princípio, aqueles que atuam no Brasil desfalcarão suas equipes nas duas primeiras rodadas do Campeonato Brasileiro, no duelo de ida da terceira fase da Copa do Brasil e possivelmente no confronto de volta.

O Brasil é líder das Eliminatórias da Copa do Mundo após quatro rodadas, com 100% de aproveitamento, somando 12 pontos. Nos primeiros quatro jogos, a Seleção superou Bolívia (5 a 0), Peru (4 a 2), Venezuela (1 a 0) e Uruguai (2 a 0).

O último jogo da Seleção foi em 17 de novembro de 2020, quando venceu o Uruguai por 2 a 0, fora de casa. O Brasil voltaria a campo em março deste ano para enfrentar Colômbia e Argentina, mas a 5ª e a 6ª rodadas das Eliminatórias foram adiadas por conta do agravamento da pandemia de coronavírus.

A lista divulgada nesta sexta é válida apenas para os dois jogos das Eliminatórias, e o Brasil terá até o dia 10 de junho para enviar a relação de convocados para a Copa América. O anúncio para o público, porém, será feito um dia antes, em 9 de junho. O ex-jogador Clodoaldo será o chefe de delegação da Seleção nestes dois jogos.

Fonte: GE

Continue Lendo

Futebol

Após sete meses de paralisação, seleção mira Eliminatórias e Copa América

O técnico Tite tem a missão de preparar a equipe para os confrontos do dia 4 de junho, contra o Equador, em Porto Alegre e depois, no dia 8, para encarar o Paraguai em Assunção

Laurivânia Fernandes

Publicado

em

Foto: Divulgação

Passados mais de sete meses desde a sua última partida (o último jogo foi nos 2 a 0 sobre o Uruguai, em Montevidéu, no dia 17 de novembro de 2020), a seleção brasileira volta a ser assunto com a convocação da lista de jogadores para os jogos eliminatórios da Copa do Mundo de 2022, marcado para esta sexta-feira, às 11h na sede da CBF. Por conta da pandemia da covid-19, a Fifa e a Conmebol optaram por cancelar a quinta e a sexta rodadas das Eliminatórias, que estavam previstas para os dias 25 e 26 de março. Agora, com essa retomada, o técnico Tite tem a missão de preparar a equipe para os confrontos do dia 4 de junho, contra o Equador, em Porto Alegre e depois, no dia 8, para encarar o Paraguai em Assunção.

Pela tabela anterior à paralisação, o Brasil enfrentaria a Colômbia no dia 25 de março e a Argentina seria o seu adversário da sexta rodada. A Conmebol, agora, marcou a volta da competição com jogos da sétima e da oitava rodadas. Esses serão os últimos confrontos da seleção brasileira antes da disputa da Copa América. O torneio será disputado de 13 de junho e 20 de julho e as partidas estão previstas para acontecer na Argentina e na Colômbia.

A convocação passa por uma renovação que o treinador vem realizando aos poucos. Desde o título da Copa América em 2019, no Brasil, novos nomes vem ganhando espaço enquanto jogadores mais rodados começam a sair de cena. Veteranos como Cassio, Daniel Alves, Filipe Luís, Miranda, Fernandinho e William não foram chamados para os jogos das Eliminatórias da Copa.

A expectativa fica por conta de nomes que vêm se destacando no Brasil, como são os casos de Gabigol e Gerson do Flamengo. Casemiro e Vinícius Júnior, do Real Madrid são peças também dadas como certa nesta nova fase de trabalho do treinador. Á única certeza é que diante da renovação feita, Neymar segue como principal nome do grupo.

“O Neymar amadureceu muito e ampliou a área em que atua e, além de artilheiro, cria jogadas para os demais. Ele ampliou a área em que atua e, além de artilheiro, cria jogadas para os demais. Ele agora é o que chamamos de ‘arco e flecha’ – ele pode armar e terminar as coisas. Ele aumentou seu arsenal”, afirmou o treinador no início de março deste ano.

Goleiro de quatro Copas do Mundo e também com passagem pelo comando técnico da seleção, Emerson Leão vê Tite bem preparado para colocar a casa em ordem após essa paralisação. “O problema é nenhum. O Tite tem um conhecimento muito grande dos seus jogadores. O cuidado a ser tomado é sobre o comportamento dos atletas em relação ao isolamento nesse período.”

No entanto, Leão falou que a dificuldade pode aparecer mesmo é fora de campo. “Acho que vai ser complicado conseguir a liberação dos clubes para cederem os atletas. Eles não estão querendo liberar os jogadores nem para as Olimpíadas”, comentou o ex-goleiro.

Já a expectativa do ex-são-paulino Silas é sobre a convocação. Ele entende que alguns atletas que estão atuando no Brasil têm condições de defender a seleção brasileira.

“O Gabigol está numa fase muito boa e merece uma nova chance. Volante pela esquerda, aponto o Gerson para jogar com o Casemiro no meio-campo. Temos ainda o Pedro, que é uma ótima opção para jogar na área. Agora minha expectativa está na lateral direita. Quem ele vai chamar. Tem o Gabriel Menino do Palmeiras. Não sei se ele vai chamar os veteranos. São atletas de muita qualidade, mas acho que está na hora de uma renovação”, comentou o ex-jogador que defendeu o Brasil nos Mundiais de 86, no México e de 90, na Itália.

Para o ex-volante Elzo, titular da seleção brasileira na Copa de 86, Tite vai encontrar um pouco de dificuldade principalmente pela falta de treinamento com seus atletas. “Fui jogador de seleção brasileira e sei da importância desses dois títulos. Acredito na força da seleção, mas acredito que vai precisar de um pouco de superação. Mas vejo o Brasil como favorito”, falou o ex-jogador que defendeu o Atlético-MG e o Palmeiras.

Em meio a essa retomada de disputa na América do Sul, o Brasil inicia os trabalhos pensando em manter o ritmo de seus primeiros quatro jogos no torneio. Com 100% de aproveitamento, a seleção lidera a competição de forma isolada com 12 pontos após golear a Bolívia (5 a 0), e passar por Peru (4 a 2), Venezuela (1 a 0) e Uruguai (2 a 0).

Nesse período de quarentena, o técnico Tite também se enquadrou no home office. Após a primeira reunião virtual encabeçada pelo coordenador técnico Juninho Paulista, em que toda a comissão técnica esteve presente, Tite buscou soluções para manter a metodologia de trabalho e as ideias gerais sobre o time em encontros semanais. Os cuidados com a preparação física também entraram na pauta. Coube ao preparador Fabio Mahseredjian ficar em contato com os atletas mais assíduos nas convocações de Tite para que mantivessem a forma no período de paralisação do futebol.

Desde que as atividades esportivas foram retomadas no Brasil, seu estafe vem acompanhando o trabalho dos atletas. Aspectos como minutagem de jogo, desgaste físico por conta dos jogos, seguidas lesões e ainda o estado de saúde em relação à covid-19 vem sendo observado de perto para facilitar a missão do treinador no momento de definir a lista de convocados que sai nesta sexta-feira.

Fonte: Estadão Conteúdo

Continue Lendo
Casas Duplex

Trending

Copyright © 2018 Encarando - Silas Freire. Todos os Direitos Reservados.
WhatsApp: 86. 98183-1178 / Fixo: 3234-9879
Email: encarando.com@gmail.com

WhatsApp chat