Siga as Redes Sociais

Esporte

Tite pensa em modificações no amistoso contra o Peru

Laurivânia Fernandes

Publicado

em

Foto: Lucas Figueiredo/CBF

A Seleção Brasileira de Futebol se prepara para enfrentar o Peru pela terceira vez em 2019. Foram dois confrontos durante a Copa América e duas vitórias da equipe comandada por Tite. O técnico da seleção brasileira pensa em fazer algumas mudanças em relação ao time que começou a partida contra a Colômbia, na última sexta-feira (6). O resultado foi um empate em 2 a 2, com gols de Casemiro e Neymar. “Sabendo da grandeza do jogo, de repetir final de Copa América, a ideia é manter a estrutura básica, mas com modificações sim. Quero manter a estrutura da equipe, para um reencontro com a devida competitividade. Pode ser em torno de quatro atletas”, observou Tite.

“O Peru cresceu muito nas eliminatórias. Cresceu como equipe. Se consolidou. Gareca tem feito grande trabalho. Vai ser um grande jogo de novo. Pode perder algumas peças, o Guerrero, mas há outros jogadores com qualidade. Mantém-se a estrutura básica da equipe”, acrescentou Tite.

Depois de vencer os peruanos por 5 a 0 e 3 a 1 na Copa América 2019, o último resultado na final da competição, o técnico Tite sabe que para os peruanos pode haver um sentimento de revanche.

“Se eu estivesse do outro lado, teria esse sentimento de revanche, mas com lealdade. Não tem por que dar porrada. Quero jogar para mostrar que sou melhor. Se fosse o contrário, também teria. Como se faz de forma leal, é outra história. É salutar. Leva pressão”, afirmou.

A partida contra o Peru será à meia-noite desta terça-feira (10), horário de Brasília. O jogo será disputado no Los Angeles Memorial Coliseum, nos Estados Unidos.

Fonte Agência Brasil

Continue Lendo
Comente

Comente

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esporte

Cristiano Ronaldo chora ao ver vídeo do pai, que era alcoólatra

Laurivânia Fernandes

Publicado

em

Foto: Dida Sampaio / Estadão Conteúdo

Aos 20 anos, o craque Cristiano Ronaldo sofreu o baque da perda do pai, José Dinis Aveiro, que morreu de insuficiência hepática, em 2005. Em entrevista que vai ao ar nesta terça-feira (17/09/2019) no canal ITV, o português chorou ao ver imagens inéditas do pai.

José sofria com o alcoolismo e não pôde acompanhar o sucesso da carreira de Cristiano Ronaldo. Durante a entrevista ao jornalista Piers Morgan, o jogador foi surpreendido com um vídeo e foi às lágrimas. “Eu nunca tinha visto esse vídeo. Inacreditável. Eu achei que seria uma entrevista divertida, não esperava chorar. Desculpa. Eu preciso ter essas imagens para mostrar para a minha família”, disse o jogador.

Cristiano Ronaldo também lamentou o fato de não ter o pai por perto no processo de construção do craque internacional que virou. “Ele nunca viu nada. Minha mãe, meus irmãos, todos viram.”

Atualmente aos 34 anos, o atacante da Juventus recorda de poucos momentos ao lado de José. “Realmente não conheço 100% do meu pai. Eu nunca falei com ele numa conversa normal. Era difícil. Ele nunca viu como o eu me tornei bom. Nunca, nunca”.

Fonte: Metrópoles

Continue Lendo

Esporte

Fim do 1º turno: Brasileirão se divide em 3 blocos com Flamengo líder

Laurivânia Fernandes

Publicado

em

Foto: Alexandre vVidal / Flamengo

A 19ª rodada do Campeonato Brasileiro terminou na noite desse domingo (15/09/2019) com o São Paulo perdendo a grande chance de encostar novamente nos líderes. O empate por 1 x 1 contra o CSA no encerramento do 1º turno empurrou o Tricolor para fora do G4, o que o mantém com o rótulo de “azarão” em relação ao título.

Após os 10 jogos disputados no fim de semana, o término do 1º turno do Brasileirão destaca a tabela em três blocos bem definidos: Flamengo (42), Palmeiras (39) e Santos (37) compõem o dos favoritos na briga pelo título; Internacional (33), Corinthians (32), São Paulo (32), Bahia (31), Grêmio (28), Atlético-MG (27), Botafogo (27) e Athletico-PR (26) são fortes candidatos a disputa até o final por uma vaga no G6; e do Vasco (12º) para baixo, o sinal de alerta está mais do que ligado contra o rebaixamento.

Confira um resumo dos jogos deste fim de semana!

Flamengo 1 x 0 Santos (sábado, no Maracanã)
O duelo que abriu os trabalhos na 19ª rodada foi exatamente o que definiu o título simbólico do 1º turno do Brasileirão. Então líder e vice-líder do Nacional, Flamengo e Santos levaram a sério o “troféu” da primeira metade da competição. A tensão provocou mais erros do que as equipes costumam apresentar, mas não o suficiente para atrapalhar a pontaria do artilheiro da competição. Gabigol marcou o gol da vitória do time carioca por 1 x 0 ainda na primeira etapa, o 16º dele na competição. Com a derrota, o Santos acabou perdendo a segunda posição para o Palmeiras.

Palmeiras 1 x 0 Cruzeiro (sábado, no Allianz Parque)
Após um período de crise, o qual resultou na troca de comando de Felipão para Mano Menezes, o Palmeiras reencontrou o equilíbrio e engatou a terceira vitória consecutiva. No sábado (14/09/2019), bateu o Cruzeiro por 1 x 0, e passou o Santos na classificação. Agora é o vice-líder, somente três pontos atrás do Flamengo.

Chapecoense 1 x 2 Vasco (sábado, na Arena Condá)
Depois de duas derrotas – a última delas em casa para o Bahia –, o Vasco conseguiu a reabilitação no Campeonato Brasileiro ao vencer a Chapecoense, por 2 x 1, no sábado (14/09/2019) à noite. O time carioca chegou aos 23 pontos, em 12º lugar. A Chapecoense continua com 14 pontos, na vice-lanterna, e promete apresentar um novo técnico nesta segunda-feira (16/09/2019).

Ceará 0 x 0 Botafogo (sábado, no Castelão)
Com uma postura cautelosa, o Botafogo segurou o empate sem gols com o Ceará no último jogo do sábado (14/09/2019). O time carioca chegou aos 27 pontos, a três da zona de classificação para a próxima Copa Libertadores. O Ceará, que foi para o seu quinto jogo sem vitória, ficou estacionado nos 22 pontos, ainda com uma certa distância da zona de rebaixamento.

Atlético-MG 1 x 3 Internacional (domingo, no Independência)
O Atlético-MG perdeu força na briga pela liderança do Campeonato Brasileiro a parece não se encontrar mais. Na manhã de domingo (15/09/2019), mesmo jogando em casa, diante de um Independência lotado, a equipe mineira foi derrotada pelos reservas do Internacional, por 3 x 1, e somou a quinta derrota consecutiva na competição. Já o time Colorado, finalista da Copa do Brasil deste ano, mostrou a força do elenco e que irá brigar entre os líderes até o final.

Athletico-PR 0 x 1 Avaí (domingo, na Arena da Baixada)
O Avaí surpreendeu até o torcedor mais otimista e conquistou sua segunda vitória no Campeonato Brasileiro ao derrotar o Athletico-PR pelo placar de 1 x 0, fora de casa, no domingo (15/09/2019) pela manhã. O time catarinense superou os reservas da equipe paranaense, que está focada na decisão da Copa do Brasil, contra o Internacional. O Furacão se mantém no meio da tabela e vê a briga para chegar à Libertadores via Nacional ficar mais complicada.

Fluminense 1 x 0 Corinthians (domingo, no Mané Garrincha)
Fluminense e Corinthians ignoraram o forte calor e o clima seco de Brasília ao protagonizarem um jogo bastante animado no Mané Garrincha. Em situações adversas na tabela do Brasileirão, as duas equipes viam na partida desse domingo (15/09/2019) uma chance de se firmar no objetivo da temporada: os paulistas de se manterem na briga pelo título da competição e os cariocas de se livrarem do rebaixamento à Série B. Ninguém esperava, porém, que a partida, vencida pelo Fluminense por 1 x 0, fosse decidida em uma falha clamorosa do goleiro Cássio. o frango do goleiro corintiano frustou os planos do time paulista, que ficou fora do G4 no término do turno. Já o Tricolor deixou a zona de rebaixamento.

Bahia 1 x 1 Fortaleza (domingo, na Arena Fonte Nova)
O Bahia encerrou a série de três vitórias seguidas e perdeu a chance de fechar o primeiro turno dentro do G6 do Campeonato Brasileiro. Na tarde de domingo (15/09/2019), o time de Salvador saiu atrás no placar, mas buscou o empate por 1 x 1 com o Fortaleza, na Arena Fonte Nova, pela 19ª rodada. O resultado não era o que as equipes esperavam, mas também não causou grande prejuízo. O Bahia se manteve na sétima colocação e o Fortaleza distante quatro pontos da zona de rebaixamento.

Grêmio 3 x 0 Goiás (domingo, na Arena do Grêmio)
No dia em que completou 116 anos, o Grêmio precisou de apenas um tempo para decretar a vitória sobre o Goiás. Em tarde inspirada nesse domingo (15/09/2019), o time comandado por Renato Gaúcho fez os três gols da vitória por 3 x 0 ainda na primeira etapa. A vitória recoloca o Tricolor gaúcho em condições de brigar por uma vaga na Libertadores em 2020. Já o Goiás, que somou a terceira derrota consecutiva, se aproxima perigosamente da zona de rebaixamento: é o 15º, com 21 pontos.

São Paulo x CSA (domingo, no Morumbi)
Reforçado de Pablo, Pato e Hernanes, o São Paulo vivia a expectativa de reencontrar o caminho das vitórias após três rodadas sem vencer, mas foi surpreendido pela aplicação do CSA. No encerramento da rodada e do turno, o Tricolor por pouco não deixou o Estádio Morumbi com derrota nesse domingo (15/09/2019), mas conseguiu achar um gol aos 41 minutos do segundo tempo para empatar por 1 x 1. Com o resultado, caiu para a sexta colocação, com 32 pontos. Já o time alagoano volta para casa com um ponto somado e a esperança de que pode deixar a zona de rebaixamento. Agora com 16 pontos, está a dois de deixar o grupo dos quatro últimos.

Fonte: Metrópoles

Continue Lendo

Esporte

Argentina tem o ponto do jogo, mas Brasil vira e conquista o título Sul-Americano

Redação Encarando

Publicado

em

O Brasil esteve a um ponto de perder sua hegemonia no continente. Mas com uma virada impressionante, manteve-se absoluto. Neste sábado, em Santiago, no Chile, a seleção brasileira derrotou a Argentina por 3 sets a 2 (parciais de 24/26, 22/25, 31/29, 25/20 e 15/13) e conquistou seu 32 título no Campeonato Sul-Americano. O Chile ficou com a medalha de bronze ao superar a Venezuela no jogo que antecedeu à final.

O time brasileiro é absoluto na competição. O Brasil só não conquistou o torneio em 1964, quando desistiu de participar do evento em meio ao primeiro ano do Governo Militar. Agora, a seleção do técnico Renan Dal Zotto embarca para o Japão, onde disputará a Copa do Mundo – o seu último compromisso da temporada 2019. A competição será de 30 de setembro a 15 de outubro.

O técnico Renan Dal Zotto viajou para o Chile com um time misto. Muitos meninos novos foram vistos em quadra, como os centrais Matheus e Cledenilson, e os ponteiros Hugo e Vitor Cardoso. Peças importantes como os ponteiros Leal e Douglas foram para a competição, mas jogadores consagrados como Lucarelli, Bruninho e Lucão ficaram no Brasil treinando para a Copa do Mundo.

O Brasil jogou atrás do placar durante todo o primeiro set. O técnico argentino Marcelo Méndez levou um cartão amarelo, e a seleção não soube aproveitar o mau momento do adversário para deslanchar na parcial. Com um ataque de Martínez, a Argentina fechou em 26/24. O segundo set começou com vantagem para o Brasil de três pontos, mas logo os argentinos igualaram o marcador e tomaram a frente. Sem dificuldade, eles fizeram 25/22.

A Argentina manteve a tranquilidade na terceira parcial e seguiu na liderança do placar. Um saque certeiro do ponteiro Leal, no entanto, colocou o Brasil na frente: 19/18. Mas o adversário empatou e retomou a dianteira. O técnico argentino Marcelo Méndez levou cartão vermelho e cedeu um ponto à seleção brasileira. Com o jogo empatado, os times se revezaram no marcador. A Argentina chegou a ter o ponto que daria o título aos hermanos, mas Leal cresceu no ataque e fez 31/29.

O quarto set foi uma repetição do anterior, com as seleções se intercalando na liderança do marcador. O ponteiro Douglas sacou bem e conseguiu bons ataques, que ajudaram na vitória do Brasil em 25/20. O central Matheus foi decisivo para a equipe brasileira no tie-break. Após uma linda jogada pelo meio de rede, fez um ponto de saque e deixou o time em vantagem: 6/3. Mas a Argentina voltou a igualar o placar em 10/10. Foi de Matheus o bloqueio que aproximou o Brasil do seu 32 título do Campeonato Sul-Americano. E depois de uma boa defesa, a seleção brasileira fechou em 15/13.

Fonte: G1

Continue Lendo
Acqua Blu

Trending

Copyright © 2018 Encarando - Silas Freire. Todos os Direitos Reservados.
WhatsApp: 86. 99993-7330 / Fixo: 3234-9879
Email: encarando.com@gmail.com

WhatsApp chat