Siga as Redes Sociais

Esporte

Após derrota para o Flamengo, Mano é demitido do Palmeiras

Laurivânia Fernandes

Publicado

em

Foto: Bruno Ulivieri/AGIF

O técnico Mano Menezes não resistiu à pressão e foi demitido do comando do Palmeiras no início da noite de hoje (1º), pouco depois da derrota por 3 a 1 para o Flamengo no Allianz Parque. Pouco depois das 19h45 (de Brasília), Maurício Galiotte, presidente do Alviverde, confirmou a saída do treinador e também do diretor de futebol Alexandre Mattos.

“Neste momento a gente anuncia o encerramento de um ciclo. A saída do treinador Mano Menezes, o qual, a gente agradece pelo período e do diretor de futebol Alexandre Mattos, que liderou um projeto vencedor, com três conquistas nacionais importantes”, disse Galiotte em coletiva de imprensa no Allianz Parque.

O Palmeiras volta a treinar amanhã e quem comandará o treino é Andrey Lopes – auxiliar fixo do clube.

A passagem de Mano pelo Palmeiras durou pouco menos de quatro meses. O contrato iria até o fim de 2021. A multa rescisória é de um salário, assim como era com seu antecessor, Luiz Felipe Scolari.

Em 20 partidas sob o comando de Mano, o Palmeiras venceu 11 vezes, com cinco empates e quatro derrotas. Apesar do bom começo após emendar cinco triunfos seguidos, Mano não conseguiu manter o Palmeiras próximo ao Flamengo na briga pelo título brasileiro.

A derrota para o rival é a terceira seguida na temporada, marca que não acontecia havia 29 meses – em julho de 2017, o time alviverde perdeu para o Barcelona-EQU, pela Libertadores, e para Cruzeiro e Corinthians, pelo Brasileirão. No campeonato nacional, a equipe não perdia três jogos consecutivos desde agosto de 2015.

Terceiro colocado, o Palmeiras soma 68 pontos no Brasileirão e viu o Flamengo abrir 19 pontos de vantagem na ponta. O time paulista ainda viu o Santos se isolar na segunda posição com 71 pontos depois da vitória sobre a Chapecoense por 2 a 0.

Fonte: Uol

Esporte

Com conflitos internos, torcidas planejam novo ato pró-democracia

Laurivânia Fernandes

Publicado

em

Em meio a divergências internas, integrantes de diferentes torcidas organizadas dos quatro grandes clubes de São Paulo (Corinthians, Palmeiras, Santos e São Paulo) afirmam que realizarão um novo ato pró-democracia e contra o governo Jair Bolsonaro (sem partido) no próximo domingo (7), na capital paulista.

O local do protesto ainda será definido, depois que o governador João Doria (PSDB) afirmou nesta segunda-feira (1º) que manifestações contrárias e favoráveis ao governo federal não deverão ocorrer ao mesmo tempo e no mesmo local.

Ainda assim, é possível que, a exemplo do último domingo (31), o ato dos torcedores ocorra novamente na avenida Paulista, diante do prédio do Masp.Membros de grupos corintianos e palmeirenses confirmaram que tentam mobilizar um contingente maior para o próximo fim de semana.

A estimativa do primeiro ato, em que houve confronto com bolsonaristas e a PM (Polícia Militar), foi de 2.000 a 4.000 presentes, segundo os organizadores.Não foram respeitadas recomendações sanitárias de distanciamento social, embora houvessem participantes usando máscaras.

No próximo domingo, é possível que o movimento se some a outros, marcados por diferentes entidades sem relação com o futebol.

A mobilização política, no entanto, não é unanimidade dentro das torcidas organizadas. A visão de dirigentes e ex-dirigentes dessas entidades ouvidos pela reportagem é a de que há integrantes que apoiam o governo Bolsonaro.

Fonte: Folhapress

Continue Lendo

Esporte

Rivaldo sai em defesa de Bolsonaro e divide opiniões

Laurivânia Fernandes

Publicado

em

© DR

Rivaldo é considerado por muitos um dos grandes talento das últimas décadas do futebol brasileiro. Para além de ter impressionado na canarinha, fez também a delícia dos adeptos espanhóis com a camisola do Barcelona.

Porém, apesar de muito respeitado na comunidade desportiva, o ex-atleta, com uma publicação de apoio a Jair Bolsonaro, presidente do Brasil, deixou muitos dos seus fãs revoltados.

“Venho agradecer ao ex-ministro [Sergio Moro] pela sua demissão. Com a saída dele aconteceu muita coisa e ninguém ficou feliz. Até eu fiquei triste pela sua saída, mas depois do vídeo que eu vi da reunião do dia 22 de abril sobre o que o presidente disse, estou a ver que Deus usou essa saída do ex-ministro para reeleger novamente o nosso presidente Jair Bolsonaro em 2022. O Brasil agradece. Deus é fiel sempre”, escreveu o antigo atacante, multiplicando-se depois os comentários de desaprovação às suas palavras.

Fonte: Notícias ao Minuto

Continue Lendo

Esporte

Advogado Sérgio Santos Rodrigues é eleito presidente do Cruzeiro

Laurivânia Fernandes

Publicado

em

Foto: Agência Brasil

O advogado Sérgio Santos Rodrigues, de 37 anos, foi eleito nesta quinta (21) como novo presidente do Cruzeiro Esporte Clube. Ele venceu o pleito ao receber 269 votos dos 351 registrados.

A duração do mandato de Rodrigues é de apenas 6 meses (1 de junho a 30 de dezembro de 2020), mas o desafio que terá pela frente será enorme, conduzir o clube durante a disputa da Série B do Campeonato Brasileiro.

Mas mesmo com uma missão tão complicada, o novo presidente cruzeirense chega ao cargo com muita esperança e pedindo o apoio da torcida: “Eu saí da mesma arquibancada que o torcedor vai. Sou de família cruzeirense e poder representar a torcida é um prazer fora do comum. Não tenho dúvida de que, com muita garra e determinação, vamos sair da difícil situação que enfrentamos. Agora precisamos de paz, dentro e fora do clube, e precisamos que a torcida abrace o nosso projeto e seja nossa parceira para que o Cruzeiro suba ano que vem”.

Fonte: Notícias ao Minuto

Continue Lendo
Acqua Blu

Trending

Copyright © 2018 Encarando - Silas Freire. Todos os Direitos Reservados.
WhatsApp: 86. 98183-1178 / Fixo: 3234-9879
Email: encarando.com@gmail.com

WhatsApp chat