Siga as Redes Sociais

Mundo

Trump ataca May e embaixador que chamou seu governo de “disfuncional”

Laurivânia Fernandes

Publicado

em

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, atacou ontem (08) a primeira-ministra britânica, Theresa May, e seu embaixador em Washington, Kim Darroch, em razão de um vazamento de comunicados confidenciais nos quais o diplomata chamou o presidente norte-americano de disfuncional e inepto.

As notas de Kim Darroch, embaixador britânico em Washington, foram divulgadas para um jornal no domingo, irritando Trump e envergonhando Londres.

“Fizemos contato com o governo Trump, estabelecendo a nossa opinião de que acreditamos que um vazamento é inaceitável”, disse o porta-voz de May a jornalistas. “É, é claro, questão de lamentar que isso tenha acontecido”. 

Trump respondeu no Twitter criticando a condução de May do Brexit e dizendo que ela desconsiderou seus conselhos. 

“Que bagunça que ela e seus representantes criaram”, escreveu. “Eu não conheço o embaixador, mas não se gosta ou se pensa bem dele nos Estados Unidos. Não lidaremos mais com ele”. 

“A boa notícia para o maravilhoso Reino Unido é que eles em breve terão um novo primeiro-ministro. Embora eu tenha aproveitado a magnífica visita oficial no mês passado, foi a rainha que mais me impressionou”, escreveu. 

Horas depois da publicação no Twitter, o porta-voz de May reiterou a posição do Reino Unido de que o vazamento era uma infelicidade e disse que Darroch “continua a ter o apoio total da primeira-ministra”. 

O ministro do Comércio, Liam Fox, que está em visita a Washington, disse à rádio BBC que pedirá desculpas à filha de Trump, Ivanka, com quem deve se encontrar. 

“Eu pedirei desculpas pelo fato de que alguém dentro dos nossos serviços civis ou de nossa classe política não honrou as expectativas que temos ou que os EUA têm sobre comportamento, o que nesse caso acabou da maneira mais extraordinária e inaceitável”, disse. 

“Vazamentos maliciosos desta natureza (…) podem na verdade levar a prejuízos nessa relação, o que pode em consequência afetar nossos interesses mais amplos de segurança”.

Não ficou claro se a mensagem de Fox havia sido retransmitida antes da publicação de Trump. Foi a segunda investida de Trump contra o embaixador britânico, a quem criticou no domingo por “não servir bem o Reino Unido”. 

O Reino Unido espera atingir um grande acordo comercial com seu principal aliado após deixar a União Europeia, saída marcada para 31 de outubro. 

Fonte: EBC

Mundo

Sete corpos são encontrados em carregamento de fertilizantes no Paraguai

Avatar

Publicado

em

Sete corpos em decomposição foram encontrados na sexta-feira (23) dentro de um carregamento de fertilizantes em Assunção, capital do Paraguai, informou a agência de notícias Reuters. O contêiner havia deixado a Sérvia no dia 21 de julho e chegou em solo paraguaio nesta semana.

Os corpos foram descobertos quando gestores da empresa que comprou o fertilizante abriram o carregamento, informou o promotor paraguaio Marcelo Saldivar.

Todas as vítimas eram adultas; duas tinham documentos de identidade marroquinos. Um recibo de uma empresa de táxi da Sérvia também foi encontrado, sugerindo que elas entraram no contêiner naquele país.

De acordo com Saldivar, as pessoas parecem ter sido migrantes que tentavam entrar de forma clandestina na América do Sul.A polícia também encontrou sacos de roupas e uma abertura para ventilação na área do contêiner onde os corpos foram encontrados.

O promotor declarou que a rota da remessa seria verificada, junto com os telefones celulares encontrados com os corpos. As autoridades do Marrocos e da Sérvia também seriam contatadas para tentar determinar a identidade das vítimas.

Fonte: G1

Continue Lendo

Mundo

França amplia toque de recolher para 46 milhões; Irlanda adota lockdown de 6 semanas

Laurivânia Fernandes

Publicado

em

Foto: Michel Euler/AP

O toque de recolher noturno que está em vigor nas principais cidades francesas será ampliado no sábado (26) e passará a afetar 46 milhões de pessoas (dois terços da população francesa), anunciou o primeiro-ministro, Jean Castex, nesta quinta-feira (22).

Castex afirmou que “as semanas que virão serão duras”. O toque de recolher obriga os franceses a ficarem em casa das 21h às 6h, e sua ampliação foi anunciada após o país se tornar o sétimo a ultrapassar um milhão de casos do novo coronavírus.

A medida ocorre em meio ao avanço da segunda onda de infectados em todo o continente. Alemanha e Itália bateram recordes diários de confirmações da doença, e a Espanha também superou a marca de um milhão de casos.

Também nesta quinta, o ministro da Saúde espanhol, Salvador Illa, afirmou que o país precisa de medidas drásticas para combater a pandemia e cogita novas restrições, inclusive toques de recolher.

“A segunda onda é uma realidade. Em muitas áreas do nosso país, a epidemia está fora de controle”, disse Illa a uma rádio. “Insisto que temos que adotar medidas drásticas”.

Já o presidente do instituto de vigilância epidemiológica Robert Koch, responsável por divulgar os dados na Alemanha, afirmou que o país vive uma situação de saúde gravíssima e que “o vírus pode estar se espalhando incontrolavelmente”.

Veja o número de casos e mortes por Covid nos principais países europeus, segundo a Universidade Johns Hopkins:

  • Espanha: 1 milhão de casos e 34,3 mil mortes
  • França: 1 milhão de casos e 34 mil mortes
  • Itália: 465,7 mil casos e 36,9 mil mortes
  • Alemanha: 400,8 mil casos e 9,9 mil mortes

Novo lockdown

A Irlanda se tornou nesta quinta-feira (22) o primeiro país europeu a entrar no segundo confinamento para combater a pandemia.

Os estabelecimentos comerciais não essenciais ficarão fechados por seis semanas, e os irlandeses poderão sair de casa apenas em situações específicas, como trabalhar em um setor considerado essencial e fazer exercícios.

Bares e restaurantes podem servir apenas comida para entrega, mas as escolas continuam abertas.

Com menos de 5 milhões de habitantes, a República da Irlanda tem quase 1,9 mil mortos por Covid e registrou mais de 1,1 mil novos casos na quarta-feira (21). Após ter chegado a um pico de 77 mortes diárias em abril, o número de óbitos atualmente é inferior a 10 por dia.

“O vírus se encontra agora em um ponto em que se propaga de muitas maneiras diferentes”, advertiu o ministro da Saúde, Stephen Donnelly. Ele diz que o segundo confinamento é um “ataque preventivo” e destacou que o país já conseguiu superar com sucesso primeira onda da pandemia.

Fonte: G1

Continue Lendo

Mundo

Papa aprova união civil entre pessoas do mesmo sexo: ‘Eles são filhos de Deus’

Laurivânia Fernandes

Publicado

em

Foto: Vatican Media/Reuters

O papa Francisco aprovou as uniões civis entre pessoas do mesmo sexo pela primeira vez como pontífice. O fato ocorreu quando ele foi entrevistado para o documentário “Francesco”, que estreou no Festival de Cinema de Roma nesta quarta-feira, 21.

O apoio do papa apareceu na metade do filme, que investiga as questões que mais preocupam Francisco, como meio ambiente, pobreza, migração, desigualdade racial e de renda, e aqueles mais afetados pela discriminação.

“Os homossexuais têm o direito de ter uma família. Eles são filhos de Deus”, disse Francisco em uma de suas entrevistas para o filme. “O que precisamos ter é uma lei de união civil, pois dessa maneira eles estarão legalmente protegidos.”

O jesuíta que mais fez para construir pontes para os gays na Igreja, o padre James Martin, elogiou as observações do pontífice como “um grande passo adiante no apoio da Igreja à comunidade LGBT”. “O pronunciamento do papa em favor das uniões civis também é uma mensagem forte para lugares onde a Igreja se opôs a essas leis”, disse Martin em um comunicado.

Fonte: Estadão Conteúdo

Continue Lendo
Casas Duplex

Trending

Copyright © 2018 Encarando - Silas Freire. Todos os Direitos Reservados.
WhatsApp: 86. 98183-1178 / Fixo: 3234-9879
Email: encarando.com@gmail.com

WhatsApp chat