Siga as Redes Sociais

Notícias

Coluna do Silas: Francisco está querendo voltar para Saúde

Silas Freire

Publicado

em



O deputado estadual Dr. Francisco Costa (PT), defende a convocação dos suplentes para a Assembleia Legislativa. No discurso,  Francisco diz que a coligação governista só elegeu a maioria absoluta do legislativo estadual, por conta da ajuda daqueles que não ganharam a eleição. Fontes da coluna  relatam que no fundo, no fundo o petista quer mesmo é voltar para a direção da Secretaria Estadual  de Saúde,  onde foi sócio do dep. Assis Carvalho. Francisco sabe que precisa “azeitar” suas bases para não corre o risco de ser  um parlamentar “bananeira”.

Espalhando terror

Lamentável, que a maioria das pessoas contrárias à Reforma da Previdência, fiquem espalhando terror sem entender nada de economia e finanças. Infelizmente, esse terror tem partido da maioria dos servidores públicos, que não querem diminuir seus privilégios, e se continuarem recebendo aposentadorias milionárias em detrimento da grande maioria dos brasileiros que ganha até três salários mínimos, levarão a previdência a falência. É melhor a transferência de renda perversa ou perdê-la de vez?

Pisada na bola

A deputada usou uma fantasia da série espanhola Lá Casa de Papel. (Foto: Reprodução/Instagram)

A deputada federal, Iracema Portela, usou no Corso de Teresina no último sábado, uma fantasia que mais parecia um disfarce. A inspiração da deputada veio a calhar com a situação criminal do esposo, senador Ciro Nogueira, que está na mira da Polícia Federal. Quem conhece a série da Netflix, La Casa de Papel, sabe que o macacão vermelho, e a máscara do pintor Salvador Dali, que a deputada escolheu para ir a festa, são usados  pelos assaltantes que invadem a Casa da Moeda da Espanha, na trama. De duas uma, ou Iracema estava de besta e não conhecia seu disfarce, ou quis zombar da cara da população.

Abreu, jogando para platéia

Foto: Reprodução/Facebook

Com um discurso de “analfabeto da Previdência”, o deputado, secretário Capitão Fabio Abreu, fala à imprensa sem saber explicar o texto da reforma, usando sempre o discurso de que “ouviu falar”, sem pontuar as negativas consequências econômicas e sociais. Se qualquer jornalista lhe perguntar quais pontos precisam melhorar, Fabio Abreu responderá, muitos. Em sua fala percebe-se claramente que o Capitão é completamente leigo com relação a reforma.

Atenção, Índio!

A justiça mineira bloqueio R$ 11.5 milhões em bens do enrolado, e ainda solto ex-governador e atual deputado federal, Aécio Neves. A decisão judicial divulgada quinta (21), investiga a suspeita de deslocamento aéreo sem comprovação em aeronaves oficiais no período em que Aécio era governador de Minas Gerais. Aqui no Piauí, não e diferente. O governador e seus familiares não vem economizando viagens em voos particulares. Pelo menos duas vezes por semana o governador vai à Brasília. Coincidência ou não, nos dias em que sua esposa, deputada federal Rejane Dias,  está indo e voltando.




Notícias

Piauí registra 08 mortes e mais 714 casos de Covid-19 em 24 horas

Avatar

Publicado

em

A Secretaria de Estado de Saúde (Sesapi) divulgou nessa sexta-feira (04), que o estado do Piauí registrou em 24h, 08 óbitos e 714 casos de COVID-19. O estado já registrou casos 130.539 confirmados e 2.666 mortes.

Três mulheres e cinco homens não resistiram às complicações da Covid-19. Elas eram naturais de Caracol (65 anos), Prata (88 anos) e Teresina (74 anos). Os do sexo masculino eram das cidades de Parnaguá (68 anos), Regeneração (78 anos), São José do Piauí  (82 anos) e Teresina (61 e 68 anos). Todas as vítimas possuíam comorbidades.

Os casos confirmados no estado somam 130.539 distribuídos em todos os municípios piauienses. Já os óbitos pelo novo coronavírus chegam a 2.666 e foram registrados em 197 municípios. Até agora, morreram 1.556 homens e 1.110 mulheres.

Continue Lendo

Saúde

Sesapi compra 200 mil testes rápidos e anuncia licitação para aquisição de mais 1.5 milhão

Laurivânia Fernandes

Publicado

em

Foto: Divulgação/Sesapi

A Secretaria de Estado da Saúde (Sesapi) realizou, nesta sexta-feira (04), a compra de 202.682 testes rápidos para detectar a presença do coronavírus. Segundo a Sesapi, os testes serão entregues aos hospitais da Rede Estadual de Saúde e para o Programa Busca Ativa. 

“Vamos entregar 144 mil para o Busca Ativa e 58.682 serão distribuídos nos hospitais. Estamos incrementando ainda mais nossa rede de combate a pandemia, oferecendo testes, para que possamos diagnosticar e tratar nossa população”, destaca o secretário de Estado da Saúde, Florentino Neto. 

Além da compra destes 200 mil testes, a Secretaria também abriu um processo licitatório, na modalidade pregão eletrônico, para aquisição de 1.577.879 milhão de testes rápidos, que serão fornecidos de acordo com a demanda. 

“Estamos nos programando para que até o surgimento da vacina e o fim da pandemia tenhamos testagem. Por isso abrimos esse registro de preços, por meio do qual vamos realizar as compras de acordo com a necessidade da nossa rede de saúde. Tudo isso objetivando o controle da doença”, lembra o gestor. 

Continue Lendo

Brasil

STF adia julgam sobre plano de vacinação no Brasil

Laurivânia Fernandes

Publicado

em

Foto: Sérgio Lima/Poder 360

O Supremo Tribunal Federal (STF) interrompeu o julgamento de uma ação que discute se o governo deve apresentar um plano de vacinação contra a Covid-19. A ação era analisada no plenário virtual.

Outra ação, também adiada, questiona o ato do presidente Jair Bolsonaro de ter desautorizado o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, em relação a possível compra da vacina Coronavac. 

Os adiamentos ocorreram por um pedido de destaque do presidente do tribunal, ministro Luiz Fux, horas depois de iniciada a análise do tema. Com o pedido, o caso pode ser trazido ao julgamento em plenário por videoconferência.

Relator dos processos, o ministro Ricardo Lewandowski chegou a apresentar o voto para determinar que o governo federal apresente em 30 dias um plano detalhando as estratégias e ações para assegurar a oferta de vacinas para o coronavírus. Lewandowski já tinha antecipado a conclusão do voto no último dia 24 .

Dias depois, o governo federal apresentou uma “estratégia preliminar” para a vacinação da população contra a Covid-19. De acordo com o Ministério da Saúde, a expectativa é imunizar 109,5 milhões de pessoas em um plano dividido em 4 fases. 

O ministro é o relator de quatro ações que tratam do tema. Estavam em apreciação estes dois processos: 

  • Ação do partido Rede Sustentabilidade: questiona o ato do presidente Jair Bolsonaro que desautorizou o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello. Em outubro, o Ministério da Saúde anunciou a compra de 46 milhões de doses da vacina Coronavac, desenvolvida no Brasil pelo Instituto Butantan em parceria com a farmacêutica chinesa Sinovac. Um dia após o anúncio, no entanto, Bolsonaro publicou em uma rede social: “Não compraremos a vacina da China”. Depois, o ministro da Saúde afirmou: “É simples assim: um manda e o outro obedece”.
  • Ação dos partidos PSOL, Cidadania, PT, PSB e PCdoB: pede ao Supremo que obrigue o governo a apresentar, em até 30 dias, o plano e o programa relativos à vacina e aos medicamentos contra a Covid-19, além de ações previstas de pesquisa, tratativas, protocolos de intenção ou de entendimentos. Os partidos querem que o governo seja proibido de tomar atos que dificultem medidas de pesquisa ou protocolos de intenção.

Os outros dois processos vão a julgamento no próximo dia 11 de dezembro e discutem se autoridades podem obrigar a população a se vacinar contra a doença.

Continue Lendo
Casas Duplex

Trending

Copyright © 2018 Encarando - Silas Freire. Todos os Direitos Reservados.
WhatsApp: 86. 98183-1178 / Fixo: 3234-9879
Email: encarando.com@gmail.com

WhatsApp chat