Siga as Redes Sociais

Brasil

Mulher fica com rosto desfigurado após apanhar e ficar 36h amarrada

Redação Encarando

Publicado

em

Um homem de 33 anos foi preso na última terça-feira (21/05/2019) em Goiás suspeito de espancar a companheira e mantê-la amarrada com fita adesiva por cerca de 36 horas. O crime ocorreu no município de Posse, a cerca de 300km de Brasília.

De acordo com o delegado regional do município goiano, Alexandre Câmara, a vítima, Keilla Carneiro de Carvalho (foto em destaque), 19, vivia com o agressor há cerca de dois anos em união estável. O depoimento da jovem à Polícia Civil de Goiás indica que ela e o acusado, Leandro Sousa Sampaio, tiveram uma discussão em casa na madrugada de quinta-feira, 16 de maio.

Sampaio teria batido a cabeça de Keilla contra o chão várias vezes. Em seguida, por volta de 5h, ele a amarrou e amordaçou com fita adesiva. Após cometer o ato de brutalidade, o homem a deixou ao lado de um guarda-roupas e dormiu.

TV Anhanguera/Reprodução

Leandro Sousa Sampaio foi preso na terça-feira (21/05/2019)

Ela foi solta apenas no dia seguinte, às 17h. O suspeito chamou alguns familiares e a própria irmã, enfermeira, para analisar o estado da vítima. Keilla ficou com o rosto inchado e cheio de hematomas. Segue internada, porém, de acordo com o delegado, não corre risco de morrer.

Sampaio se apresentou na delegacia de Alvorada do Norte durante a tarde de terça-feira. Já havia um mandado de prisão preventiva contra ele. A princípio, responderá por lesão corporal e cárcere privado. Alexandre Câmera afirma, porém, que aguarda o laudo para que haja uma reavaliação do caso. É possível que se caracterize uma tentativa de homicídio.

Fonte: Metrópoles

Brasil

Bolsonaro é internado em SP para retirada de cálculo na bexiga, diz boletim

Laurivânia Fernandes

Publicado

em

Foto: Carolina Antunes/PR

O presidente Jair Bolsonaro já está internado no Hospital Albert Einstein, em São Paulo, onde passará por uma cirurgia minimamente invasiva e previamente programada para a retirada da de um cálculo na bexiga, informou boletim médico divulgado na manhã desta sexta-feira.


“Nas próximas horas, ele passará por um procedimento cirúrgico minimamente invasivo para a retirada de cálculo da bexiga denominado Cistolitotripsia endoscópica a laser sob anestesia”, disse o boletim, acrescentando que Bolsonaro deu entrada no hospital às 7h desta sexta.

Na véspera, o médico Leandro Echenique, um dos que assina o boletim médico, disse à Reuters que Bolsonaro deve ser operado às 10h30. A cirurgia será conduzida pelo urologista Leonardo Borges e será acompanhada também por Echenique.

A previsão é de que o presidente fique internado até, no máximo, domingo.

Bolsonaro, de 65 anos, foi operado quatro vezes após ser esfaqueado durante a campanha presidencial. A primeira, de emergência, em Juiz de Fora (MG), onde ocorreu o ataque contra ele. Depois foram intervenções realizadas em São Paulo, para desobstrução intestinal, retirada de uma colostomia e correção de uma hérnia.

O presidente convive com o cálculo na bexiga há algum tempo, o que tem causado um certo incômodo.

Fonte: Extra via Reuters

Continue Lendo

Saúde

Brasil adere a aliança para aceleração da vacina contra a covid-19

Laurivânia Fernandes

Publicado

em

Foto: Divulgação/Governo de São Paulo

O governo federal anunciou nesta quinta-feira (24) a adesão ao Instrumento de Acesso Global de Vacinas Covid-19 (Covax Facility), ação administrada pela Aliança Gavi e a liberação de cerca de R$ 2,5 bilhões para viabilizar o ingresso do Brasil nesta iniciativa. A adesão foi publicada em edição extra do Diário Oficial da União.

Segundo o governo, os países são convidados a participar do grupo e poderão se beneficiar, ao ter garantido o acesso ao fornecimento das vacinas disponibilizadas por meio da Covax Facility. Dessa forma, espera-se que o Brasil possa comprar imunizantes para garantir a proteção de 10% da população até o final de 2021, o que permite atender populações consideradas prioritárias.

A adesão permitirá o acesso ao portfólio de nove vacinas em desenvolvimento, além de outras em análise. Com a diversificação de possíveis fornecedores, aumentam as chances de acesso da população brasileira à vacina no menor tempo possível. Caberá à Covax Facility negociar com os fabricantes o acesso às doses das vacinas em volumes especificados, os cronogramas de entrega e os preços.

A Covax Facility é uma aliança internacional da Organização Mundial de Saúde (OMS), Gavi Alliance e da Coalition for Epidemic Preparedeness Innovations (CEPI), que tem como principal objetivo acelerar o desenvolvimento e a fabricação de vacinas contra a covid-19 a partir da alocação global de recursos para que todos os países aderentes à iniciativa tenham acesso igualitário à imunização.

De acordo com Palácio do Planalto, a iniciativa não impede que o país realize acordos bilaterais com outras empresas biofarmacêuticas produtoras de vacinas contra a covid-19 que não estejam contempladas pela iniciativa global. Também não ficam impedidas iniciativas já realizadas pelo Brasil com as biofarmacêuticas que fazem parte da iniciativa global.

Fonte: Agência Brasil

Continue Lendo

Economia

Caixa paga R$ 300 a 1,6 milhão beneficiários do Bolsa Família

Laurivânia Fernandes

Publicado

em

A Caixa realiza hoje (24) o pagamento de R$ 428,2 milhões referente à primeira parcela do auxílio emergencial residual para 1,6 milhão de beneficiários do Bolsa Família com final  6 do Número de Identificação Social (NIS).

Com mais esse pagamento, foram liberados até hoje R$ 2,5 bilhões da primeira parcela do auxílio emergencial residual para 9,6 milhões de pessoas que atendidas pelo Bolsa Família. Ao todo, mais de 16,3 milhões de pessoas cadastradas no programa foram consideradas elegíveis e receberão, no total, R$ 4,3 bilhões durante o mês de setembro.

Critérios

Para quem recebe o Bolsa Família nada muda. O recebimento do Auxílio Emergencial Extensão atende aos mesmos critérios e datas do benefício regular, permitindo a utilização do cartão nos canais de Autoatendimento, Unidades Lotéricas e Correspondentes Caixa Aqui; ou por crédito na conta Caixa Fácil.

Para o pagamento do Auxílio Emergencial Extensão, os beneficiários do Bolsa Família tiveram avaliação de elegibilidade realizada pelo Ministério da Cidadania – conforme Medida Provisória nº 1.000, de 2 de setembro de 2020 – e recebem o valor do Programa Bolsa Família complementado pela extensão do auxílio emergencial totalizando R$ 300 ou R$ 600, no caso de mulher provedora de família monoparental.   

Fonte: Agência Brasil

Continue Lendo
Casas Duplex

Trending

Copyright © 2018 Encarando - Silas Freire. Todos os Direitos Reservados.
WhatsApp: 86. 98183-1178 / Fixo: 3234-9879
Email: encarando.com@gmail.com

WhatsApp chat