Siga as Redes Sociais

Brasil

Pesquisadores descobrem espécie inédita de dinossauro no Paraná

Laurivânia Fernandes

Publicado

em

Pesquisadores descobriram uma espécie inédita de dinossauro que viveu na região noroeste do Paraná há 90 milhões de anos. O fóssil foi encontrado em um sítio paleontológico de Cruzeiro do Oeste por pesquisadores da Universidade Estadual de Maringá (UEM), da Universidade de São Paulo (USP) e do Museu Paleontológico de Cruzeiro do Oeste . A novidade foi anunciada nesta quarta-feira (26).

A descoberta comprova que dinossauros habitaram a região noroeste do estado pelo menos 30 milhões de anos antes da extinção de grandes espécies. Na época, a região era um deserto.

A nova espécie foi batizada pelos pesquisadores de Vespersaurus paranaensis. O animal tinha em torno de um metro e meio, era bípede e carnívoro – se alimentava de outros pequenos animais,

“Tinha uma característica muito peculiar que era uma garra no pé em formato de lâmina que ele utilizava na captura de pequenas presas. Era um animal carnívoro, de pequeno porte, vivia no deserto e tinha um esqueleto leve, igual as aves têm hoje em dia ”, explicou o pesquisador Max Langer, da USP de Ribeirão Preto.

Cruzeiro do Oeste é uma cidade pequena da região noroeste, tem cerca de 21 mil habitantes. Na década de 70, agricultores da região encontraram os primeiros fósseis.

Os materiais foram guardados pela Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG) e somente 40 anos depois eles foram analisados. Em 2014, pesquisadores de Santa Catarina pesquisadores confirmaram que os fósseis eram de Pteurossauros, répteis voadores.

As características dos pés desse fóssil ajudaram os pesquisadores a identificar que essa espécie de dinossauro é única no mundo.

“Essa espécie tinha uma característica muito interessante, tinha apenas um único dedo de sustentação na pata. Então, mais ou menos igual aos cavalos de hoje em dia, ele se locomovia no suporte de apenas um dedo. As características do pé são únicas, nenhum animal que se conhece no mundo tem essas essas características, então foi até relativamente fácil definir que era uma espécie nova”, detalhou o pesquisador Max Langer.

A descoberta mostra que a América do Sul, o Brasil, também eram locais onde habitavam dinossauros, assim como nos Estados Unidos e Europa.

“Essa descoberta é fantástica, porque é o primeiro dinossauro descoberto e descrito aqui no Paraná. Além do mais, a gente tem um dinossauro carnívoro, o que é muito raro de ser encontrado, de ser preservado. Temos, por exemplo, a ideia de há muitos dinossauros na América do Norte, Estados Unidos, Europa, e aqui não tem. Essa pesquisa mostra que tem sim, só que a gente ainda está descobrindo eles”, pontuou o presidente da Sociedade Brasileira de Paleontologia, Renato Pirani Ghilardi.

Fonte: G1

Saúde

Quase mil idosos são vacinados no primeiro dia da nova etapa de vacinação contra a covid-19 em Teresina

Avatar

Publicado

em

No primeiro dia da nova etapa de vacinação contra a Covid-19, um total de 980 idosos de 88 e 89 anos receberam sua primeira dose do imunizante. A campanha tem continuidade hoje (27) em cinco pontos de drive thru espalhados pela capital, das 9h às 17h.

O foco do segundo dia está na faixa etária dos 86 e 87 anos.Também hoje (27) inicia a vacina em um novo ponto de drive thru, do Shopping Rio Poty, na zona norte.

No total, cinco locais estarão imunizando a população neste sábado:

1 – Universidade Estadual do Piauí (UESPI) – Campus Torquato Neto – Rua João Cabral, 2231, Pirajá;

2 – Centro Universitário UNINOVAFAPI – Rua Vitorino Orthiges Fernandes, 6123, Uruguai;

3 – Centro Universitário Santo Agostinho – Avenida Professor Valter Alencar, 855, São Pedro;

4 – Teresina Shopping – Edifício Garagem G1 – Avenida Raul Lopes, 1000, Bairro dos Noivos;

5 – Shopping Rio Poty – Avenida Marechal Castelo Branco, 911, Bairro Porequanto.

Emanuelle Dias, que faz parte da coordenação da campanha de vacinação da FMS, lista a documentação que deve ser apresentada pelos idosos. “Eles precisam levar ao ponto de vacinação: documento de identificação com foto e data de nascimento; CPF ou cartão nacional do SUS e comprovante de residência da cidade de Teresina”, explica.

Os idosos em situação de dificuldade de acesso ao drive-thru receberão a vacina em uma Unidade Básica de Saúde e devem agendar a vacinação via site oficial da Fundação Municipal de Saúde (https://fms.pmt.pi.gov.br/).

Continue Lendo

Brasil

Com UTIs cheias, Brasil está há 37 dias com média de mortes acima de mil

Avatar

Publicado

em

Enquanto alguns países do mundo já vivenciam quedas expressivas nos casos e nas mortes por Covid-19, o Brasil, um ano após a chegada da doença, vive um cenário desanimador: vacinação a passos lentos, novo avanço do Sars-CoV-2, óbitos nas alturas e falta de leitos de unidade de terapia intensiva (UTI).

Com as 1.337 mortes registradas na sexta-feira (26/2), o país está, desde o dia 21 de janeiro, com média móvel acima de 1 mil. São 37 dias seguidos, a maior sequência desde o início da pandemia. Segundo balanço do (M)Dados, núcleo de jornalismo de dados do Metrópoles, a última vez que o Brasil viveu algo parecido foi entre 3 de julho e 7 de agosto de 2020, um total de 36 dias.

As novas infecções também preocupam. Só nos primeiros 30 dias deste ano, o país acumulou 1.528.758 novos casos de Covid-19, média diária de 49.314, fazendo de janeiro o mês com mais ocorrências desde o início da pandemia. Fevereiro também começou com números nas alturas: em 26 dias, já são 1.250.899 contaminados, média de 48.111 a cada 24 horas. Para efeito de comparação, durante o primeiro pico, registrado no meio de 2020, julho havia alcançado o topo, com 1.260.444.

“Não é pouco dizer que este é o momento mais difícil desde o início, quando houve a primeira confirmação, em fevereiro de 2020, em um paciente de São Paulo. Nunca foram tantos estados com tanta dificuldade ao mesmo tempo, seja pela circulação das novas cepas, seja pelo cansaço da sociedade de estar vivendo isso há tanto tempo”, disse o presidente do Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass), Carlos Lula, em pronunciamento ao lado do ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, na quinta-feira (25/2).

“A tendência é a situação ainda piorar antes de melhorar. Medidas mais enérgicas em termos de fechamento, para tentar conseguir algum isolamento, começaram nesta semana, mas ainda temos um ciclo de pelo menos duas semanas de provável crescimento da pandemia antes de qualquer melhora. As medidas ainda são tímidas, mas já de grande avanço”, ressaltou Jonas Lotufo Brant de Carvalho, epidemiologista e professor do Departamento de Saúde Coletiva da Universidade de Brasília (UnB).

Ao menos 15 unidades da Federação estão com as taxas de internação acima de 80% nas UTIs públicas para pacientes de Covid-19, nível considerado crítico. São elas: Rondônia, Paraná, Goiás, Acre, Distrito Federal, Ceará, Santa Catarina, Amazonas, Rio Grande do Sul, Pernambuco, Mato Grosso do Sul, Rio Grande do Norte, Tocantins, Bahia e Roraima.

Fonte: metrópoles

Continue Lendo

Geral

Ponte Metálica que liga Teresina a Timon será interditada neste fim de semana

Laurivânia Fernandes

Publicado

em

Foto: Divulgação/Iphan

A Ponte Metálica, que liga as cidades de Teresina-PI e Timon-MA, será interditada a partir da 00:00h deste sábado (27/02) e domingo (28/02). A decisão faz parte de uma série de medidas adotadas para conter o avanço da Covid-19 nas duas cidades.

A Ponte volta a ser aberta a partir das 8h de segunda 1 de março.

“Será um acesso a menos entre as duas cidades, entretanto, o fechamento da ponte será parcial e ficará fechado apenas no sentido Teresina – Timon”, disse o diretor do Departamento Municipal de Trânsito de Timon (DMTRANS), Ronaldo Gonçalves.

Para controle da medida, foi montada uma força-tarefa formada pela Guarda Civil Municipal, Secretaria Municipal do Meio Ambiente, Vigilância Sanitária, DMTRANS, Conselho Tutelar, Polícias Civil e Militar, além do Corpo de Bombeiros e apoio do Ministério Público Estadual.

Continue Lendo
Casas Duplex

Trending

Copyright © 2018 Encarando - Silas Freire. Todos os Direitos Reservados.
WhatsApp: 86. 98183-1178 / Fixo: 3234-9879
Email: encarando.com@gmail.com

WhatsApp chat