Siga as Redes Sociais

Brasil

Descoberta de brasileiros pode mudar história da humanidade

Laurivânia Fernandes

Publicado

em

Uma equipe de pesquisadores brasileiros e italianos encontrou materiais que teriam 2,4 milhões de anos em um sítio arqueológico na Jordânia.

A descoberta coloca novos elementos que podem mudar o conhecimento consolidado sobre o desenvolvimento da humanidade e das dinâmicas de migração do gênero homo a partir da África para outras regiões do planeta. O resultado do estudo foi divulgado em uma revista científica.

Nos debates acadêmicos, a tese predominante, em que pese polêmicas e hipóteses divergentes, dá conta que o gênero homo surgiu há cerca de 2,4 milhões de anos na África, tendo como primeiro representante o homo habilis. Há 2 milhões de anos, teria surgido o homo erectus.

As primeiras evidências da presença de homo erectus fora do continente africano ocorreu em um sítio arqueológico da Geórgia, datada de 1,8 milhão de anos.

Os pesquisadores não identificaram fósseis, mas material de pedra lascada no sítio da Jordânia.

As escavações ocorreram entre 2013 e 2015. “Na hora que um homíneo lascou. Isso quer dizer um evento de lascamento. Elas estavam localizadas em algum ponto a 20 cm uma da outra. É muito possível que a gente não só tenha encontrado um sítio antigo, mas que ele tenha significado comportamental”, disse o pesquisador do Museu de Arqueologia e Etnologia da USP (Universidade de São Paulo), Astolfo Araújo.

As primeiras amostras foram pegas em 2013, sendo  submetidas a um método segundo o qual pedras teriam cerca de cinco milhões e o basalto mais baixo teria 2,5 milhões.

Lâminas coletadas

Segundo Giancarlo Scardia, da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), outros dois métodos de datação foram aplicados em lâminas coletadas.

“Tivemos cuidado para ter uma idade mais confiável. Os dados convergem para um modelo que não tem incongruências”, afirmou o pesquisador, em São Paulo.

Segundo o coordenador da pesquisa, o professor do Instituto de Estudos Avançados da Universidade de São Paulo, Walter Neves, as descobertas demonstraram que o homem não deixou a África por volta de 1,9 milhão, mas há 2,4 milhões de anos, e joga luz sobre qual teria sido a primeira modalidade do gênero homo a deixar o continente.

“Nós retrocedemos em 500 mil anos a saída da África. Isso coloca uma pergunta: quem foi esse primeiro hominíneo a deixar a África? O homo erectus? Fica claro que o primeiro hominíneo a deixar a África foi o homo habilis. Veja como muda a perspectiva”, declarou Neves.

O cientista destacou que essa descoberta ajuda a compreender algumas reflexões “nebulosas” nas pesquisas vigentes.

“Nossa pesquisa vai ajudar a enterrar a discussão do que fazer com essa variabilidade tremenda que tínhamos na Geórgia. Era diferente porque a transição entre habilis e erectus se deu na Geórgia. E depois disso se espalhou para o resto do mundo. A gente resolve um dos maiores pepinos da paleoantropologia dos últimos anos”, disse.

Fonte: EBC

Brasil

Acidente entre ônibus e caminhão deixa 22 mortos e 15 feridos graves em SP

Laurivânia Fernandes

Publicado

em

Um acidente entre um ônibus e um caminhão provocou ao menos 22 mortes e deixou 15 pessoas gravemente feridas na manhã desta quarta-feira (25/11), na Rodovia Alfredo de Oliveira Carvalho, entre Taguaí e Taquarituba, no interior de São Paulo.

Euipes do Corpo de Bombeiros e a Polícia Rodoviária de Piraju (SP) foram chamadas para atender a ocorrência. Os veículos bateram no km 172 em Taguaí. A rodovia precisou ser interditada para atendimento da ocorrência.

Os feridos são levados a hospitais de Taguaí, Fartura e Taquarituba. As informações iniciais dos bombeiros, no local do acidente, são de que o ônibus levava funcionários de uma empresa de têxtil.

Coordenadores da Santa Casa de Taquarituba informaram que seis feridos em estado graves foram levados para a unidade.

A Santa Casa de Taguaí confirmou que foram abertas transferências de pacientes para unidades de saúde de Avaré e Botucatu para tratar os casos mais graves.

Em entrevista à CNN Brasil, o tenente Alexandre Guedes, porta-voz da Polícia Militar de São Paulo (PMSP), afirmou que essa foi “a maior ocorrência em número de óbitos neste ano”, no estado.

Ele também disse que, no momento, as equipes fazem esforços para retirar as vítimas que estão presas às ferragens. Contudo, o número total de envolvidos ainda é indeterminado.

“São imagens chocantes. Um impacto violento. Provavelmente não teve chance de frenagem. O esforço inicial é prestar socorro às vítimas”, afirmou o tenente Guedes.

Fonte: Metrópoles

Continue Lendo

Economia

Caixa paga hoje auxílio emergencial para 5,1 milhões de beneficiários

Laurivânia Fernandes

Publicado

em

Cerca de 3,5 milhões de beneficiários do ciclo 5 nascidos em março receberão R$ 1,2 bilhão em suas contas poupança social digital. Desse total, 168,3 mil receberão R$ 110,9 milhões referentes às parcelas do auxílio emergencial. Os demais, 3,4 milhões, receberão as parcelas do Auxílio Emergencial Extensão, em um montante de R$ 1,1 bilhão.

A partir de hoje, os valores podem ser movimentados pelo aplicativo Caixa Tem para pagamento de boletos ou nas casas lotéricas, compras pela internet e pelas maquininhas de estabelecimentos comerciais.

Saques e transferências para quem recebe o crédito hoje serão liberados a partir do dia 4 de janeiro de 2021.

Bolsa Família

Também nesta quarta-feira (25), a Caixa realiza o pagamento da terceira parcela do Auxílio Emergencial Extensão para os beneficiários do Bolsa Família. Cerca de 1,6 milhão de pessoas com Número de Identificação Social (NIS) final 7 receberão R$ 422,2 milhões.

Durante todo o mês de novembro, mais de 16 milhões de pessoas cadastradas no programa e consideradas elegíveis e vão receber, no total, R$ 4,2 bilhões.

Para quem recebe o Bolsa Família nada muda em relação ao calendário normal de pagamentos. O recebimento do Auxílio Emergencial Extensão atende aos mesmos critérios e datas do benefício regular, permitindo a utilização do cartão nos canais de autoatendimento, unidades lotéricas e correspondentes Caixa Aqui, ou por crédito na conta Caixa Fácil.

Para o pagamento do Auxílio Emergencial Extensão, os beneficiários do Bolsa Família tiveram avaliação de elegibilidade realizada pelo Ministério da Cidadania – conforme Medida Provisória nº 1.000, de 2 de setembro de 2020 – e recebem o valor do programa complementado pela extensão do auxílio emergencial em até R$ 300 ou em até R$ 600, no caso de mulher provedora de família monoparental. Se o valor do Bolsa Família for igual ou maior que R$ 300 ou R$ 600, o beneficiário receberá o valor do Bolsa Família, sempre privilegiando o benefício de maior valor.

Fonte: Agência Brasil

Continue Lendo

Brasil

Cantora gospel é agredida pelo marido em shopping do RJ

Laurivânia Fernandes

Publicado

em

O cantor gospel Juninho Black publicou em sua conta do Instagram um vídeo onde mostra sua irmã, a cantora Quesia Freitas, sendo agredida pelo marido, Bruno Feital, em um shopping no Rio de Janeiro.

Juninho falou que estava expondo o caso para pedir ajuda.

“Cenas fortes e revoltantes! Minha irmã de sangue @quesiafreitasoficial foi agredida anteontem no Américas Shopping Recreio RJ na frente de todos. O agressor é o atual marido dela @brunofeitaloficial, que vem a agredindo há mais de um ano. Minha irmã vem sofrendo tortura psicológica, abuso emocional, agressões físicas e coação. Resolvi trazer a público o caso agora depois de perdoar várias vezes. Ele a agrediu dessa vez em público e repercutiu através do Instagram @recreionosso e outros grupos. Família, não quero que minha irmã caia nas estatísticas de feminicídio. Tenho outros vídeos de agressões em local público e as autoridades ainda não colocaram esse animal na cadeia”, desabafou.

Clique aqui e veja o vídeo!

Nas imagens, é possível ver o marido agredindo Quesia. Pessoas que passavam no momento conseguiram fazer o agressor soltar a cantora.

Fonte: Notícias ao Minuto

Continue Lendo
Casas Duplex

Trending

Copyright © 2018 Encarando - Silas Freire. Todos os Direitos Reservados.
WhatsApp: 86. 98183-1178 / Fixo: 3234-9879
Email: encarando.com@gmail.com

WhatsApp chat