Siga as Redes Sociais

Brasil

Bolsonaro chega sem máscara ao Comando de Artilharia do Exército, em Formosa

Avatar

Publicado

em

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) visita, neste sábado (6), o Comando de Artilharia do Exército que fica em Formosa, no Entorno do Distrito Federal. Ele chegou de helicóptero ao posto da Polícia Rodoviária Federal (PRF) mais próximo do local, na BR-020, sem máscara, e abraçou e tirou foto com policiais. O presidente ainda acenou para motoristas e até um ciclista que passou por ele.

Decreto publicado pela Prefeitura de Formosa afirma que o uso de máscara na cidade é considerado obrigatório para tentar evitar a contaminação por coronavírus. Quem descumpre a medida pode ser multado em até R$ 100.

Durante inauguração do primeiro hospital de campanha do governo federal, na sexta-feira (5), em Águas Lindas de Goiás, o presidente anunciou a visita. Ele também convidou o governador de Goiás, Ronaldo Caiado (DEM) para ir ao local, mas o goiano ainda não tinha sido visto no Comando de Artilharia do Exército até a última atualização desta reportagem.

“[…] Amanhã volto a Goiás de forma informal na região de Formosa pra dar um tiro lá; tá convidado, Caiado. Um abraço a todos. Até a próxima oportunidade”, afirmou o presidente ao final da inauguração do Hospital de Campanha de Águas Lindas.

A previsão era que Bolsonaro fosse acompanhado do ministro da Defesa, Fernando Azevedo e Silva, o ministro do GSI, Augusto Heleno, e o Comandante do Exército, Edson Pujol.

Atualmente sediado no Forte Santa Bárbara, em Formosa, o Comando tinha como base Porto Alegre (RS) até janeiro deste ano. O local é a unidade do Exército Brasileiro responsável pela artilharia de mísseis e foguetes.

Fonte: G1

Brasil

Twitter restringe circulação de post de Bolsonaro sobre tratamento precoce contra Covid-19

Avatar

Publicado

em

O Twitter inseriu na noite desta sexta-feira (15/1) marcação em uma publicação feita pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido) sobre o “tratamento precoce” contra a Covid-19 com medicamentos sem a eficácia comprovada para a doença.

A mensagem da empresa diz que a postagem viola as regras da plataforma “sobre publicação de informações enganosas e potencialmente prejudiciais” relacionadas à Covid-19″. “No entanto, o Twitter determinou que pode ser do interesse público que esse Tweet continue acessível”, diz a mensagem acima da publicação do presidente.

Quando o Twitter sinaliza publicações do tipo, a circulação do tuíte é restringida, mas continua disponível na rede social.

No post, Bolsonaro diz que “estudos clínicos demonstram que o tratamento precoce da Covid, com antimaláricos, podem reduzir a progressão da doença, prevenir a hospitalização e estão associados à redução da mortalidade”.

Fonte: Metrópoles

Continue Lendo

Brasil

Covid-19: avião que iria buscar vacinas na Índia chega a Campinas para levar oxigênio a Manaus

Avatar

Publicado

em

O avião que estava no Recife (PE) e iria buscar 2 milhões de doses da vacina contra a Covid-19 em Mumbai, na Índia, retornou a Campina (SP) na madrugada deste sábado (16). Com o adiamento da viagem para trazer o imunizante ao país, ele será usado para levar cilindros de oxigênio aos hospitais de Manaus (AM), que vive um colapso na saúde.

A aeronave da Azul Linhas Aéreas A330neo, a maior da empresa, decolou às 3h58 de Recife e pousou às 06h43 no Aeroporto Internacional de Viracopos. A previsão da companhia aérea é de que a decolagem para a capital amazonense ocorra por volta das 14h deste sábado, enquanto que a chegada deve ser às 18h50, considerando-se o horário de Brasília (DF).

Por meio de nota, a Azul informou que o pedido para levar oxigênio para a capital do Amazonas foi feito pelo Ministério da Saúde. “O voo será feito pela mesma aeronave que partiria hoje [esta sexta] para Mumbai, na Índia, uma vez que a missão terá seu início reprogramado enquanto às questões diplomáticas entre os dois países são resolvidas e as doses da vacina Astrazeneca/Oxford possam ser trazidas ao Brasil”, disse o comunicado da companhia aérea.

A aeronave da companhia levará sua capacidade máxima para esse tipo de carga, segundo a nota. “Nossa intenção é ajudar o Brasil e os brasileiros e não mediremos esforços para oferecer apoio logístico no transporte de matérias para o combate à Covid-19. Estamos prontos para voar à Índia e também para transportar o que for necessário dentro do Brasil”, disse a empresa, no comunicad

Voo adiado

Na sexta-feira (15), o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) afirmou que vai atrasar até três dias a saída do Brasil do avião destacado para buscar na Índia 2 milhões de doses adquiridas do laboratório indiano Serum. A decolagem de Recife rumo a Mumbai estava prevista para 23h.

A operação esbarrou na burocracia logística internacional entre os governos dos dois países. O presidente disse, em entrevista à TV Bandeirantes, que “pressões políticas” na Índia retardaram a partida do avião brasileiro.

Na quinta-feira, um porta-voz da Índia disse que “é muito cedo para dar uma resposta”, sobre a exportação para o Brasil e outros países.

Lotes

A Índia, com uma população de 1,3 bilhão de pessoas, começou a própria campanha de vacinação na mesma semana que o governo brasileiro decidiu que enviar o avião a Mumbai.

As 2 milhões de doses da vacina de Oxford faz parte de um lote de importação solicitada pela Fundação Oswaldo Cruz ao laboratório Serum. A Índia responde pela produção de aproximadamente 60% das vacinas utilizadas no mundo.

No Brasil, há a previsão, ainda, de utilização de 6 milhões de doses da Coronavac, vacina produzida pelo Instituto Butantan com tecnologia do laboratório chinês Sinovac. Não há, no entanto, aprovação de nenhum imunizante no Brasil.

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária marcou para domingo (17) a reunião de sua diretoria para deliberar sobre os pedidos de autorização emergencial dessas duas vacinas.

Fonte: G1

Continue Lendo

Saúde

Covid-19 mata 10 pessoas e deixa 672 infectados em 24h no Piauí

Avatar

Publicado

em

A Secretaria de Estado de Saúde (Sesapi) divulgou nesta sexta-feira (15), que o estado do Piauí registrou em 24h, 10 óbitos e 672 casos de COVID-19. O estado já registrou 151.046 casos confirmados e 2.945 mortes.

Três mulheres e sete homens não resistiram às complicações do coronavírus. Elas eram das cidades de Boqueirão do Piauí (72 anos),Joaquim Pires (62 anos) e Oeiras (86 anos). Os do sexo masculino eram de Altos (81 anos), Batalha (91 anos), Joaquim Pires (60 anos), Monsenhor Hipólito (58 anos), Parnaíba (78 anos) e Teresina (63 e 72 anos). Três das vítimas da Covid-19 não possuíam comorbidades.

Os casos confirmados no estado somam 151.046 distribuídos em todos os municípios piauienses. Já os óbitos pelo novo coronavírus chegam a 2.945 e foram registrados em 203 municípios. Até agora, morreram 1.729 homens e 1.216 mulheres.

Continue Lendo
Casas Duplex

Trending

Copyright © 2018 Encarando - Silas Freire. Todos os Direitos Reservados.
WhatsApp: 86. 98183-1178 / Fixo: 3234-9879
Email: encarando.com@gmail.com

WhatsApp chat