Siga as Redes Sociais

Brasil

Brasil espera que militares venezuelanos apoiem ‘transição democrática’, diz Ernesto Araújo

Laurivânia Fernandes

Publicado

em

O ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, afirmou nesta terça-feira (30) que o Brasil espera que militares venezuelanos apoiem a “transição democrática” no país vizinho.

Araújo deu a declaração ao ser questionado sobre a movimentação do autoproclamado presidente da Venezuela, Juan Guaidó, que declarou nesta terça contar com apoio de militares do país para destituir o presidente Nicolás Maduro.

Desde o início da manhã, a situação é tensa na Venezuela. Em Caracas, capital do país, apoiadores de Guaidó foram às ruas, atendendo a chamado dele para pôr fim à ‘usurpação’.

Araújo disse que o Brasil ainda está reunindo informações sobre o que está ocorrendo no país vizinho nesta terça.

“O Brasil apoia o processo de transição democrática e espera que os militares venezuelanos sejam parte desse processo de transição democrática”, afirmou o ministro.

O ministro disse que entende ser positivo haver a possibilidade de militares estarem apoiando Guaidó. Ele ressaltou que o Brasil ainda aguarda informações sobre o tamanho da adesão.

“Nos parece que é positivo que haja um movimento de militares que reconhecem a constitucionalidade do presidente Juan Guaidó. Cumprem seu dever constitucional de lealdade ao presidente legítimo. Precisamos ver a dimensão disso”, disse Araújo.

De acordo com o ministro, “a cada minuto” surgem elementos diferentes sobre os atos desta terça na Venezuela.

“Temos notícia de que as coisas estão acontecendo na Venezuela, uma movimentação evidente, mas é necessário analisar. Estamos tentando reunir as informações, ver a dimensão realmente do que está ocorrendo. A cada minuto surgem diferentes elementos, e que precisamos avaliar”, concluiu Araújo.

Nesta tarde, o presidente Jair Bolsonaro fará uma audiência de emergência para discutir a situação da Venezuela com o vice-presidente Hamilton Mourão e os ministros Fernando Azevedo e Silva (Defesa) e Augusto Heleno (Gabinete de Segurança Institucional), além de Araújo.

O que aconteceu na Venezuela até agora

  • Presidente autoproclamado Juan Guaidó convoca população às ruas e diz ter apoio de militares;
  • Presidente Nicolás Maduro compartilha mensagem do presidente boliviano, Evo Morales, que fala em “tentativa de golpe de estado”;
  • Ministro da Defesa venezuelano, Vladimir Padrino, afirma que as forças armadas seguirão firmes “na defesa da Constituição nacional”;
  • Líder da oposição Leopoldo Lopez, preso em regime domiciliar, vai às ruas ao lado de Guaidó e também chama manifestantes para ato de apoio;
  • Diosdado Cabello, que comanda a Assembleia Constituinte pró-Maduro, convoca apoiadores do governo a se dirigirem para o palácio presidencial de Miraflores;
  • Policiais disparam bombas de gás contra manifestantes na capital, Caracas. Segundo TV estatal, eles tentam dispersar “golpistas”;
  • Ministro brasileiro de Relações Exteriores, Ernesto Araújo, afirma que o Brasil espera que militares venezuelanos apoiem a “transição democrática” no país vizinho;
  • Secretário de estado dos EUA, Mike Pompeo, diz que governo norte-americano “apoia plenamente o povo venezuelano em sua busca por liberdade e democracia”.

Fonte: G1

Brasil

Mestre Mug, ex-mestre de bateria da Vila Isabel, será enterrado neste sábado no Rio

Avatar

Publicado

em

O ex-mestre de bateria da Vila Isabel Amadeu Amaral, conhecido como Mestre Mug, será enterrado às 14h deste sábado (19) no Cemitério do Catumbi, Centro do Rio. Ele morreu na manhã de sexta-feira (18) aos 70 anos. 

Mestre Mug estava internado desde o dia 12 de março no Hospital Universitário Pedro Ernesto, em Vila Isabel, para tratar uma hérnia de disco. Mug, no entanto, acabou contraindo várias infecções e não resistiu a elas. 

Ele esteve à frente da bateria da escola por mais de 30 anos. Em 2009, ao deixar comando da bateria, ganhou o título de Presidente de Honra da Swingueira de Noel.

Em 1988, foi vencedor do Prêmio Estandarte de Ouro de Melhor Bateria, ano em que a escola ganhou seu primeiro título do Grupo Especial com o enredo “Kizomba, Festa da Raça”. Em 2006 também foi personagem importante na conquista do bicampeonato da agremiação.

Fonte: G1

Continue Lendo

Piauí

Piauí registra 1.010 casos e 12 óbitos por Covid-19 em 24 horas

Avatar

Publicado

em

A Secretaria de Estado da Saúde divulgou nesta sexta-feira (18), que em apenas 24h, 1.010 casos foram confirmados e 13 mortes, causadas pela Covid-19, foram registradas no Piauí. Hoje, também foram confirmados mais oito óbitos acumulados de períodos anteriores e que estavam em investigação epidemiológica. Ainda conforme a Sesapi, 288 infectados estão na UTI.

Cinco homens e sete mulheres não resistiram às complicações da Covid-19. Elas eram naturais de Canto do Buriti (67 anos), Floriano (58 e 82 anos), Piracuruca (47 anos), São João do Piauí (71 anos) e Teresina (40 e 45 anos).  Já os homens eram de Agricolândia (58 anos), Piracuruca (38 anos), São Raimundo Nonato (74 anos) e Teresina (35 e 56 anos).

Dos óbitos acumulados eles eram das cidades de Castelo do Piauí (81 anos) e Teresina (54, 61 e 65 anos). As do sexo feminino eram de Teresina (56, 62, 75 e 81 anos). 

Dos leitos existentes na rede de saúde do Piauí para atendimento à Covid-19, há  738 ocupados, sendo 433 leitos clínicos, 288 UTIs e 17 em leitos de estabilização. 

Continue Lendo

Saúde

Variante delta tem se tornado dominante em todo o mundo, diz cientista-chefe da OMS

Laurivânia Fernandes

Publicado

em

A variante delta do coronavírus, identificada pela primeira vez na Índia, tem se tornado dominante em todo o mundo, disse nesta sexta-feira (18) a cientista-chefe da Organização Mundial da Saúde (OMS), Soumya Swaminathan. 

“A variante delta está prestes a se tornar a variante dominante global por causa de sua maior transmissibilidade”, disse Swaminathan em entrevista coletiva.

Uma variante é resultado de modificações genéticas que o vírus sofre durante seu processo de replicação. Um único vírus pode ter inúmeras variantes. 

Quanto mais o vírus circula – é transmitido de uma pessoa para outra –, mais ele faz replicações, e maior é a probabilidade de modificações no seu material genético.

Isso não significa que as vacinas disponíveis não protejam contra esta variação do vírus Sars-Cov-2. No Reino Unido, onde ela já é dominante, o Ministério da Saúde assegurou que as doses aplicadas conferem proteção às infecções. 

“É importante que as pessoas recebam ambas as doses da vacina contra a Covid-19, porque dados nos mostram que ela pode proteger efetivamente contra a variante delta”, disse o ministro Matt Hancock.

Variante delta no Brasil

Em 20 de maio, foram detectados os seis primeiros casos da variante delta no Brasil. Seis pessoas que chegaram ao estado do Maranhão a bordo do navio MV Shandong da Zhi carregavam o vírus. 

Um dos doentes teve que ser levado de helicóptero para um hospital. 

Desde então, foram identificados outros dois casos: um em Juiz de Fora (MG) e um em Campos (RJ). 

Até agora, esses foram os oito casos da variante delta no país. 

Espalhada pelo mundo

Além dos britânicos, que confirmaram a predominância da delta entre as infecções de seu território, as autoridades de saúde da Alemanha e da Rússia acenderam seus alertas.

O instituto alemão Robert Koch, referência no combate à Covid-19 no país europeu, anunciou que 6% dos novos casos no país já são da variante delta – mas o número deve aumentar rápido. 

Na Rússia, a propagação da variante delta do coronavírus em Moscou fez a capital bater recorde diário de infectados nesta sexta. 

Com 17.262 contágios diários em todo país, a Rússia está no ponto mais elevado desde 1º de fevereiro, de acordo com estatísticas do governo. 

Fonte: G1

Continue Lendo
Casas Duplex

Trending

Copyright © 2018 Encarando - Silas Freire. Todos os Direitos Reservados.
WhatsApp: 86. 98183-1178 / Fixo: 3234-9879
Email: encarando.com@gmail.com

WhatsApp chat