Siga as Redes Sociais

Saúde

País tem recorde de mortes, Pará impõe lockdown e Ceará endurece regras

Laurivânia Fernandes

Publicado

em

Foto: Reuters

O Brasil registrou na terça-feira (5) 600 mortes pelo novo coronavírus em 24 horas, recorde de notificações de óbito para apenas um dia. Com isso, o total de vítimas subiu para 7.921, conforme o Ministério da Saúde. Pelo País, governadores e prefeitos endurecem regras de isolamento social: o Pará decretou lockdown em Belém e mais nove cidades a partir da quinta-feira, mesma medida que passou a vigorar na terça em São Luís. No Ceará, o governo estendeu a quarentena e anunciou normas mais rígidas para Fortaleza.

Secretário de vigilância em saúde do ministério, Wanderson de Oliveira afirmou que o número, apesar de recorde, traz dados de óbitos de dias anteriores, que ainda estavam sob investigação.

Pouco antes da divulgação dos dados, o presidente Jair Bolsonaro disse que não sabia se tinha sido registrada queda de mortes e, se confirmada uma redução, seria “sinal de que o pior já passou”.

Crítico do isolamento social, Bolsonaro tem defendido reabrir o comércio e diz temer colapso econômico. Os Estados, porém, foram em sentido oposto na terça-feira.

O governador do Pará, Helder Barbalho (MDB), decretou ontem suspensão total de serviços não essenciais na capital e outros nove municípios, todos com mais casos que a média estadual.

No exterior, bloqueios totais foram adotados onde houve crises mais agudas da covid-19, como em Wuhan, na China, onde surgiu a doença, e no norte da Itália. O receio dos gestores é de que o total de infectados aumente muito rápido e cause sobrecarga nos hospitais.

A circulação de pessoas nas ruas ficou proibida nas dez cidades paraenses, exceto por motivos de força maior, como ida a consultas médicas ou a bancos para saques de dinheiro e para trabalhadores de serviços essenciais, como profissionais de saúde. Também foram vetadas visitas em casas e prédios, a não ser de trabalhadores de serviços essenciais.

Os estabelecimentos também deverão adotar protocolos para evitar infecções, como limite de pessoas nos locais. A multa para quem desobedecer vai de R$ 150 a R$ 150 mil, para estabelecimentos.

Já o governador do Ceará, Camilo Santana (PT), anunciou que vai intensificar o isolamento social a partir de sexta, mas não confirmou que haverá lockdown. Em Fortaleza, ficará proibida a circulação de pessoas em locais ou espaços públicos, como praças, praias e calçadões, a não ser quando forem deslocamentos imprescindíveis.

Também haverá controle de entrada e saída do município e do tráfego de veículos particulares nas vias públicas. E o uso de máscaras será obrigatório por todos os cearenses a partir de hoje.

Maranhão

São Luís e três cidades da região metropolitana amanheceram ontem com bloqueio total, após decisão de lockdown pela Justiça, a pedido do Ministério Público Estadual. “Tenho acompanhado toda a movimentação durante o primeiro dia. Isso diminui o número de infectados pelo coronavírus. Nos próximos 15 dias teremos resultados mais eficazes” disse o juiz Douglas Martins, da Vara de Interesses Difusos e Coletivos, responsável por determinar a medida.

Ao longo do dia, órgãos de fiscalização estiveram nas principais avenidas das quatro cidades. A mobilidade também está suspensa em quatro rodovias da região, a não ser para atividades essenciais.

No centro de São Luís, registros de grande movimentação foram identificados nos bancos e em lotéricas da cidade, onde as pessoas recorriam para sacar o auxílio emergencial.

Segundo Rubenilde Silva, de 44 anos, moradora do bairro Santo Antônio, a fiscalização está “fragilizada” e deveria ser feita também nos bairros. “O que adianta fechar as avenidas se, nos bairros, a aglomeração é muito maior?.”

A medida judicial não cita valores, mas menciona a lei que fixa multas para infrações do tipo – até R$ 1,5 milhão para casos gravíssimos. O governo não informou se foram aplicadas multas ontem.

Outros Estados, como Pernambuco, já disseram estudar o decreto de lockdown, caso se agrave a pandemia.

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Saúde

Piauí registra 11 óbitos e 726 casos de Covid-19 nas últimas 24h

Avatar

Publicado

em

A Secretaria de Estado de Saúde (Sesapi) divulgou nesta terça-feira (26), que o estado do Piauí registrou em 24h, 11 óbitos e 726 casos de COVID-19. O estado já registrou 156.875 casos confirmados e 3.031 mortes.

Quatro homens e sete mulheres não resistiram às complicações da Covid-19. Eles eram naturais de Altos (64 anos), Parnaíba (79 anos), Santa Cruz do Piauí (73 anos) e São Miguel do Fidalgo (93 anos). Já as dos sexo feminino eram das cidades de Colônia do Piauí (75 anos), Guadalupe (69 anos) e Teresina (49, 58, 91, 92 e 96 anos). Apenas a vítima de 58 anos não possuía comorbidades.

Os casos confirmados no estado somam 156.875 distribuídos em todos os municípios piauienses. Já os óbitos pelo novo coronavírus chegam a 3.031 e foram registrados em 205 municípios. Até agora, morreram 1.771 homens e 1.260 mulheres.

Continue Lendo

Saúde

Piauí vai receber 24 mil doses da vacina contra o Covid-19

Avatar

Publicado

em

O Estado do Piauí vai receber, neste domingo (24), 24 mil doses da vacina da Universidade de Oxford/Astrazeneca, com origem na Índia e que chegaram ao Brasil na noite de sexta-feira (22). A previsão é que o carregamento chegue às 14h15 no aeroporto Senador Petrônio Portella, em Teresina.

“Estamos recebendo mais 24.000 doses de vacinas para seguir com vacinação no Piauí. Desta vez pela Fiocruz e vacina Astrazeneca, na parceria com a Universidade de Oxford no Reino Unido. Seguindo orientação do Ministério da saúde, vamos seguir o critério com vacinação dos profissionais da saúde e idosos com comorbidades ou em asilos, indígenas e quilombolas”, ressaltou o governador Wellington Dias.

Este é o segundo lote de imunizantes que chega ao Piauí. Na última segunda-feira (18), 61.160 doses da Coronavac, produzida pelo Instituto Butantan que possui acordo com a empresa chinesa Sinovac.

O superintendente de Atenção Primária à Saúde e Municípios da Secretaria de Estado da Saúde (Sesapi), Herlon Guimarães, explica que, com a vacina Oxford/Astrazeneca, o Piauí deve chegar a 62% do total do público alvo na primeira etapa de vacinação. Ele avalia como positiva a aplicação das primeiras 24 mil doses. “A nossa distribuição foi perfeita. Não tivemos problema nenhum que tenha sido comunicado”, afirmou, explicando que a aplicação das doses fica a cargo dos municípios.

Guimarães acrescenta que a definição de datas para as próximas etapas de vacinação dependem das negociações e entregas de imunizantes ao estado, tarefa que está a cargo do Ministério da Saúde.

De acordo com o secretário de Estado da Saúde, Florentino Neto, a distribuição das novas doses começarão ainda no domingo. “A partir de amanhã (24), iniciaremos as rotas terrestres de distribuição e, na segunda (25), às 6h, as rotas aéreas. Desta forma, ainda na segunda-feira, as vacinas vão chegar a todas as regionais de saúde para que, assim, nós possamos continuar a vacinação do primeiro grupo estabelecido pelo Programa Nacional de Imunização”, explicou.

Florentino Neto disse ainda que existe a previsão de que o Ministério da Saúde distribua 900 mil doses do Instituto Butantan a partir da próxima segunda-feira. “Mas ainda estamos esperando a confirmação por parte do Ministério”, informou.

O governador Wellington Dias esclarece ainda que tem dialogado com os governadores e com o presidente para que mais vacinas sejam disponibilizadas. “Em carta dos Governadores do Brasil, sugerimos Estratégia Diplomática Especial pelo presidente da República e para abrir diálogo do Governo Central do Brasil com a Índia e já temos os primeiros resultados, mas devemos negociar compra de mais vacinas e IFA; e também com a China para cronograma de entrega do IFA, e ainda com a Rússia para viabilizar vacina Sputnik”, finalizou.

Continue Lendo

Saúde

Covid-19 mata 10 pessoas e deixa 708 infectados no Piauí em 24h

Avatar

Publicado

em

A Secretaria de Estado de Saúde (Sesapi) divulgou nesta sexta-feira (22), que o estado do Piauí registrou em 24h, 10 óbitos e 708 casos de COVID-19. O estado já registrou 155.105 casos confirmados e 2.999 mortes.

Duas mulheres e oito homens foram vítimas da Covid-19. Elas eram de Amarante (86 anos) e Itaueira (71 anos). Os homens eram das cidades de Amarante (64 anos), Antônio Almeida (68 anos), Caridade do Piauí (72 anos), Cocal (90 anos), Marcos Parente (68 anos), Parnaíba (53 anos), Piracuruca (72 anos) e Regeneração (32 anos). Todas as vítimas possuíam comorbidades.

Os casos confirmados no estado somam

155.105 distribuídos em todos os municípios piauienses. Já os óbitos pelo novo coronavírus chegam a 2.999 e foram registrados em 205 municípios. Até agora, morreram 1.761 homens e 1.238 mulheres.

Continue Lendo
Casas Duplex

Trending

Copyright © 2018 Encarando - Silas Freire. Todos os Direitos Reservados.
WhatsApp: 86. 98183-1178 / Fixo: 3234-9879
Email: encarando.com@gmail.com

WhatsApp chat