Siga as Redes Sociais

Piauí

No PI, cerca de 500 pessoas estão na fila de espera por um transplante de órgão

Laurivânia Fernandes

Publicado

em

Quem entra na fila à espera de um transplante de órgão já pensa no tempo que levará para encontrar um doador. Além da grande quantidade de pessoas que precisam de um órgão e do reduzido número de doadores, é preciso contar com as prioridades e contratempos relacionados à compatibilidade entre doador e receptor. 

No Piauí, está fila conta, hoje, com 496 pessoas inscritas. Um total de 373 pessoas aguardam por um transplante de córnea e outras 123 esperam para ser transplantadas de rim.

Para entrar na fila de espera por uma doação, o paciente é inscrito pela clínica ou hospital onde é diagnosticado, com a necessidade de realização do transplante.

Esta fila é única e organizada nacionalmente pelo Sistema Nacional de Transplantes, porém, obedece critérios regionais. “ O andamento da fila não segue um tempo cronológico de inscrição. Ela leva em conta a gravidade do paciente, a compatibilidade do órgão disponibilizado, além do quadro de saúde dos receptores. Mas elas priorizam os pacientes de do estado, onde ocorre a doação”, explica a assistente social da Central Estadual de Transplantes do Piauí Cassandra Franco.

Além de está inscrito , os pacientes precisam está com as inscrições ativas, e isso só é possível com a atualização constante dos exames médicos. “ É de grande relevância, que os pacientes fiquem em dias com os seus exames, pois não há um dia exato para acontecer uma doação e consequentemente o transplante”, lembra a enfermeira Ayla Calixto.

A Central Estadual de Transplantes do Piauí acompanha diretamente esses pacientes inscritos na fila de espera, os auxiliando nas marcações de consultas e exames. “ Nós fazemos um acompanhamento constante desses pacientes, auxiliando nas consultas médicas, na realização dos exames, além de todo amparo de informação para quem está passando por essa angustia de esperar por uma doação”, reforça Cassandra Franco.

 A coordenadora da Central Estadual de Transplantes do Piauí, Dra. Lourdes Veras, lembra que sem a conscientização da população, sobre a importância da doação de órgão, fica muito complicado está fila diminuir. “ Sem o  sim das famílias para a doação, mesmo em um momento de dor,muita gente ainda vai ficar à espera de um órgão. Por isso devemos sempre conscientizar nossa população sobre a doação de órgãos”. 

Fonte: Sesapi

Teresina

Concurso para Câmara de Teresina será em 14 de março

Laurivânia Fernandes

Publicado

em

As provas objetiva e discursiva do Concurso Público da Câmara Municipal de Teresina, foram marcadas e deverão ser aplicadas no dia 14 de março de 2021. O horário e local serão informados por meio do Cartão de Informação do Candidato a partir do dia 3 de março, no site do Instituto AOCP, instituição organizadora do certame.

Inicialmente, a prova estava prevista para o final do ano passado, mas em virtude das medidas adotadas em razão da epidemia da Covida-19, o COE/PI (Centro de Operações Emergenciais em Saúde Pública do Piauí) adiou a realização no decorrer de 2020 e deixou para a data ser remarcada neste ano.

ACESSE AQUI E ACESSE A RETIFICAÇÃO

O Instituto AOCP, em conjunto com a Câmara, estudou o controle da pandemia no Estado, bem como decretos e legislações pertinentes para a melhor decisão quanto a confirmação da aplicação.

Na data da prova, todas as medidas cabíveis com relação a segurança do candidato serão adotadas, respeitando as exigências dos órgãos de Saúde, assim como uso obrigatório de máscaras, distanciamento devido entre as mesas das pessoas, distribuição de cartazes com orientações nos locais e demais ações pertinentes ao assunto.

O Instituto tem disponível em seu site um Protocolo de Biossegurança.

É importante que o candidato fique atento ao canal oficial de divulgação para ficar inteirado de todos os processos.

O concurso, ao todo, oferece nove vagas, entre elas, a de Assistente Legislativo, que requer Nível Médio, e os demais cargos são de Nível Superior nas áreas jurídicas e de informática: Analista de Informática, Assessor Jurídico Legislativo e Procurador.

Continue Lendo

Piauí

MP apura denúncias de irregularidades após prefeitos do PI receberem vacina contra Covid-19

Laurivânia Fernandes

Publicado

em

O Ministério Público do Piauí informou que promotores das cidades de Guaribas e Uruçuí estão apurando se os prefeitos Joércio de Andrade (MDB) e Dr. Wagner Coelho (PP), cometeram irregularidades à campanha de vacinação contra a Covid-19. Os gestores compartilharam, em suas redes sociais, fotos da solenidade de entrega das doses da vacina, nas quais os próprios foram vacinados.

O prefeito de Guaribas, Joércio Andrade disse que resolveu se vacinar para incentivar a população. Enquanto Dr. Wagner, de Uruçuí, alegou ter sido convidado pelos próprios profissionais da saúde, além de também se enquadrar nas prioridades definidas no plano de imunização.

O MP informou ainda que, caso os gestores tenham recebido as vacinas contrariando as orientações do Governo Federal e da Secretaria de Estado da Saúde do Piauí (Sesapi), ambos poderão responder pelo ato de improbidade administrativa.

A Ordem do Advogados do Brasil, seccional Piauí, (OAB-PI), também se manifestou sobre o ocorrido e informou que solicitará a todos os municípios uma listas com os nomes das pessoas vacinadas, para que sejam acompanhados se os critérios de vacinação estão sendo respeitados.

Continue Lendo

Teresina

Contratos de imóveis alugados pela Prefeitura de Teresina serão revisados

Laurivânia Fernandes

Publicado

em

Foto: Divulgação

A Prefeitura de Teresina informou nesta quarta-feira (20/01) que está reavaliando contratos de aluguéis e a organização da estrutura física dos órgãos responsáveis pela gestão da capital.

De acordo com o prefeito, Dr, Pessoa (MDB), a iniciativa visa a redução de custos para o funcionamento da administração pública municipal, a

“A finalidade é a contenção das despesas, diminuindo a quantidade de prédios alugados, tendo uma condensação maior das secretarias sem prejudicar o bom funcionamento da máquina pública”, explicou Pessoa.

Nesta quarta-feira (20/01), o gestor visitou a sede da Agência Municipal de Regulação de Serviços Públicos de Teresina (Arsete), na zona Leste. A estrutura de dois pisos com custo mensal acima dos R$ 25 mil deve dividir espaço com outras pastas.

“É um dos prédios que estamos vendo se há capacidade para acomodação de, pelo menos, outras duas secretarias”, pontua o chefe do executivo municipal, que ainda pretende renegociar valores de edifícios alugados para o município.

Além da Arsete, outros órgãos como a Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Turismo (SEMDEC) e a Secretaria de Políticas Públicas para Mulheres (SMPM) não funcionam em sede própria e serão realocadas para um novo espaço de menor custo gerando economia para o município.

Continue Lendo
Casas Duplex

Trending

Copyright © 2018 Encarando - Silas Freire. Todos os Direitos Reservados.
WhatsApp: 86. 98183-1178 / Fixo: 3234-9879
Email: encarando.com@gmail.com

WhatsApp chat