Siga as Redes Sociais

Piauí

Prefeito de Floriano-PI e membros de sua equipe são acusados de agressão a popular

Laurivânia Fernandes

Publicado

em

Foto: Reprodução / Facebook Joel Rodrigues

O prefeito de Floriano-PI, Joel Rodrigues, se envolveu em uma polêmica na noite desse domingo (15), durante os festejos da localidade Amolar, na zona Rural do município. O gestor e alguns membros de sua equipe estão sendo acusados de agressão a um homem identificado como Miguel Aves.

De acordo com uma jovem identificada como Micaela, filha do homem agredido, tudo começou durante a solenidade de entrega de uma ambulância para a Unidade Básica de Saúde da comunidade. Após o discurso do prefeito, Miguel teria feito críticas à gestão de Joel Rodrigues, o que teria desagradado o gestor.

“Tudo aconteceu no momento do discurso, após o prefeito ter realizado a entrega da ambulância. Nesse momento, algumas pessoas aplaudiram o prefeito e o meu pai se manifestou contra ele, pensando que ele teria uma reação melhor, porque assim como ele gosta de ouvir elogios, tem que aprender a ouvir as críticas também. Depois do discurso, ele (prefeito), cumprimentou as pessoas rapidamente e pediu para chamarem meu pai e nesse momento, ele segurou o braço dele e pediu para que ele repetisse o que havia dito no momento do discurso. Meu pai voltou a criticá-lo e ele empurrou o meu pai. Algumas pessoas que andavam com ele (prefeito), não se se eram seguranças, seguraram os braços e a cabeça do meu pai e uma outra pessoa veio para dar um tapa na cara dele e ele só virou o rosto, a agressão acertou por trás da orelha dele, que inclusive ficou com um inchaço”, relatou a jovem.

Miguel Alves teria sido agredido por membros da equipe do prefeito de Floriano,

Assista ao depoimento completo da jovem:

O prefeito também se pronunciou sobre o caso em um site local, e disse que todo o ocorrido foi uma armação para desestabilizar sua gestão.

“O que aconteceu foi que no momento da solenidade um cidadão, que é sogro de um pré-candidato a vereador da oposição passou durante toda a solenidade a me agredir, não só como gestor, mas como pessoa física, isso para tentar desequilibrar o nosso trabalho. Depois da solenidade, quando estávamos cumprimentando as pessoas, esse cidadão se aproximou e deixou de usar a agressão verbal e tentou nos agredir fisicamente e as pessoas que estavam próximas a mim, foram tentar contê-lo. Se houve qualquer tipo de agressão por parte dessas pessoas que o contiveram, eu não vi”, disse Joel Rodrigues.

Justiça

TRT-PI derruba decretos municipais que obriga empregadores a realizarem teste rápido em funcionários

Laurivânia Fernandes

Publicado

em

O Tribunal Regional Trabalho (TRT-PI), derrubou os Decretos Municipais de números 19.735/2020 e 19.772/2020 editados, respectivamente, em 07.05.2010 e 20.05.2020, que obrigava empregadores a realizarem o teste rápido em todos os seus funcionários.

A decisão favorável à ação impetrada pelo Sindicato dos Lojistas do Comércio do Estado do Piauí (Sindilojas), foi proferida pelo juiz do Trabalho, João Henrique Gayoso, nesta quarta-feira (03).

No pedido, os empresários alegaram que o alto custo para aquisição dos testes inviabilizaria o cumprimento do decreto, já que as empresas vivem um momento de crise financeira, causada a pandemia do novo coronavírus.

Em sua decisão, o magistrado chamou atenção para as dificuldades que a medida imposta pelos decretos poderiam causar ao setor.

O perigo da demora radica na circunstância manifesta de que a manutenção de tais medidas causará enormes dificuldades ao setor lojista varejista, já porque os lojistas terão de arcar com vultosas quantias para a aquisição de testes, numa conjuntura na qual se verifica, salta aos olhos, aguda diminuição, senão cessação, de vendas, já porque é notícia corrente na mídia (escrita, televisiva e eletrônica) que constitui tarefa dificílima a disponibilização de testes em quantidade suficiente para atender aos empregados/trabalhadores. Ainda quanto ao periculum in mora, é relevante destacar que, em se mantendo as medidas impostas nos Decretos Municipais em referência, os lojistas que não conseguirem atendê-las
sofrerão interdição total de suas atividades comerciais e cassação de alvará de localização e funcionamento. Isso posto, DEFIRO A MEDIDA LIMINAR requestada pelo Impetrante, de modo a suspender a
executoriedade dos Decretos Municipais números 19.735/2020 e 19.772/2020, relativamente a todos os estabelecimentos filiados ao SINDILOJAS-PI, no que tange à obrigação, contida em tais decretos, das empresas filiadas ao Impetrante de realizarem testes de diagnósticos para o SARS-Cov-2 (Covid -19) em seus empregados
, diz o magistrado em trecho da decisão.

Clique aqui e leia o documento na íntegra

Continue Lendo

Saúde

Secretaria de Saúde de Parnaíba investiga possível caso de reinfecção de paciente com coronavírus

Laurivânia Fernandes

Publicado

em

Foto: Josué Damacena / IOC/Fiocruz

A médica infectologista Renata Beltrão, da equipe de enfrentamento à Covid-19 da Secretaria de Saúde da cidade de Parnaíba, informou que o município está investigando um possível caso reinfecção pelo vírus. A paciente é uma técnica de enfermagem de 31 anos.

“A paciente apresentou sintomas clássicos em abril quando foi feito um sorológico no dia 27 do requerido mês, que deu positivo. No mesmo dia, ela realizou um swab que veio negativo, conforme o que deveria ser para um paciente que está no 10º dia, que acabou a fase de replicação viral e que não tem mais vírus na cavidade, partículas que sejam detectada pela nasofaringe por esse método. Esse novo swab veio positivo, representando uma discordância do primeiro e que não é padrão que isso aconteça. Isso não significa que estamos de frente a uma reinfecção, mas significa que tem sugestão que isso seja, na leitura simples dos exames”, explicou a médica.

Assista o vídeo com a explicação da médica:

Continue Lendo

Piauí

Teresina terá ato pela democracia no domingo (7)

Laurivânia Fernandes

Publicado

em

Os movimentos Somos Democracia e #somos70porcento, que lutam contra os movimentos fascistas, racistas, e são contrários à administração do presidente Jair Bolsonaro (Sem Partido), estão organizando um ato pela democracia, que vai acontecer neste domingo (07/06), a partir das 09h, na Praça da Liberdade, no Centro de Teresina.

O ato está sendo convocado pelas redes sociais. Segundo os organizadores, a manifestação é de cunho popular e pacifista, e tem com objetivo demonstrar contrariedade ao discurso autoritário verbalizado pelos apoiadores do presidente, nos últimos dias.

O ato é uma manifestação popular, espontânea, ampla, pacífica e sem chefia. Somos todos contrários ao fascismo, racismo e ditadura. Haja vista esses acontecimentos, nós decidimos começar a agir contra esse discurso elitista e autoritário que oprime aqueles que não o segue.

Continue Lendo
Acqua Blu

Trending

Copyright © 2018 Encarando - Silas Freire. Todos os Direitos Reservados.
WhatsApp: 86. 98183-1178 / Fixo: 3234-9879
Email: encarando.com@gmail.com

WhatsApp chat