Siga as Redes Sociais

Piauí

Justiça determina que FMS apresente projetos para melhorias nas Unidades Básicas de Saúde de Teresina

Redação Encarando

Publicado

em

O Ministério Público do Piauí obteve uma decisão judicial para que a Fundação Municipal de Saúde (FMS) apresente, em até 180 dias, planilha de obra, projetos arquitetônicos e planos de atuação de melhoria na estrutura física das Unidades Básicas de Saúde (UBS) de Teresina. 

A pasta da saúde pública municipal deverá, ainda, efetuar as seguintes melhorias: providenciar o licenciamento sanitário de todas as UBSs; a construção de espaço de esterilização; aquisição de equipamento selador para todas UBS; elaboração de Protocolos de Segurança dos Pacientes e Procedimentos Operacionais Padrões (POP’s), com ampla divulgação; Aquisição e disponibilização de ralos escamoteados, cestos com tampa e pedal, tampas dos vasos sanitários, dispensador de sabão líquido e papel toalha com a reposição constante, sacos de lixo comum e infectante; a separação correta dos resíduos;  a retirada de equipamentos e móveis quebrados, enferrujados e inservíveis; a restauração ou troca de forro, piso e paredes; e a limpeza geral, com o estabelecimento de uma rotina diária. A decisão judicial cabe recurso e foi dada pela 2ª Vara dos Feitos da Fazenda Pública de Teresina. 

Os pedidos foram feitos pelo Ministério Público do Piauí, por meio da 29ª Promotoria de Justiça de Teresina, em ação movida contra a FMS por conta de problemas encontrados nas Unidades Básicas de Saúde. As deficiências foram constatadas pela Promotoria de Justiça, em 2014,  durante um inquérito instaurado para investigar a situação das UBSs na capital piauienses. No decorrer da apuração, o promotor de Justiça Eny Pontes recebeu relatórios de inspeção promovidas pela Gerência de Vigilância Sanitária de Teresina (GEVISA) e a Coordenadoria de Perícias e Pareceres Técnicos do MPPI que confirmaram as falhas na estrutura física e no funcionamento das Unidades Básicas de Saúde.

 Alguns dos problemas encontrados foram a falta de acessibilidade nos prédios, ausência de licenciamento sanitário, dificuldades na marcação de consultas e exames especializados, ocasionando grandes filas; profissionais que não cumprem a carga horária; internet lenta, instável ou inexistente; transporte insuficiente e ineficiente para as visitas domiciliares, entre outras deficiências.

À época, o MPPI enviou vários ofícios à FMS solicitando explicações  para que justificasse e ou que informasse a adoção de providências para a regularizar o quadro da Atenção Básica à Saúde de Teresina, contudo em inúmeras oportunidades não houve respostas aos expedientes por parte do gestor.

Piauí

Covid-19 mata 38 pessoas em 24 horas no Piauí

Avatar

Publicado

em

A Secretaria de Estado de Saúde (Sesapi) divulgou nesta sexta-feira (16), que o estado do Piauí registrou em 24h, 38 óbitos e 1.007 casos de COVID-19. Conforme a Sesapi, 437 pessoas estão internadas em Unidades de Terapia Intensiva (UTIs).

Vinte e três homens e quinze mulheres não resistiram às complicações da Covid-19. Elas eram de Anísio de Abreu (66 anos), Caracol (88 anos), Campo Maior (49 e 84 anos), Cristalandia do Piauí (56 anos),Curral Novo do Piauí (83 anos), Floriano (78 anos),  José de Freitas ( 79 anos), Luis Correia (89 anos), Parnaíba (72 anos), Piracuruca ( 62 anos), Piripiri (52 e 89 anos) e Teresina ( 76 e 83 anos). 

Os do sexo masculino eram naturais de Barras (67 e 77 anos), Batalha (69 anos), Beneditinos (95 anos), Campo Maior (67 e 74 anos), José de Freitas (52 anos), Júlio Borges (52 anos), Morro Cabeça no Tempo (63 anos), Parnaíba (74 e 89 anos), Pedro II (66 anos), Picos (45 anos),Piripiri (72, dois de 75 anos, 78 e 82 anos), São João do Piauí (81 anos),Teresina (52, 54 e 73 anos) e União (66 anos). Doze vítimas não possuíam comorbidades.

Os casos confirmados no estado somam 225.796 distribuídos em todos os municípios piauienses. Já os óbitos pelo novo coronavírus chegam a 4.731 e foram registrados em 219 municípios.

Dos leitos existentes na rede de saúde do Piauí para atendimento à Covid-19, há  1.360 ocupados, sendo 877 leitos clínicos, 437 UTIs e 46 em leitos de estabilização.

Continue Lendo

Piauí

Após dois meses internado, jornalista Carlos Mesquita recebe alta do HU

Avatar

Publicado

em

O jornalista Carlos Mesquita, correspondente de Parnaíba da Rede Meio Norte, recebeu alta nesta sexta-feira (16) do Hospital Universitário da Universidade Federal do Piauí (HU-UFPI) após dois meses de internação.

Mesquita iniciou uma infecção na região da boca após a retirada de um dente e foi internado no Hospital Regional Dirceu Arcoverde (HEDA), em Parnaíba, com o agravamento do quadro, o jornalista precisou ser transferido para o HU, onde foi internado no dia 03 de fevereiro com infecção generalizada.

O correspondente de Parnaíba deu entrada na unidade de saúde em estado grave com diagnóstico de sepse por fasceíte necrotizante na face, pescoço e tórax, associada à gangrena gasosa, secundária a abscesso dentário, por conta de complicações da extração dentária.

Na saída do hospital, Mesquita agradeceu à equipe do HU. “O HU para mim é um lugar abençoado,  todos se dedicaram a salvar minha vida. Sou muito grato a todos os profissionais”, declarou.

Continue Lendo

Piauí

Mais 87 mil doses de vacina contra Covid-19 chegam ao PI

Laurivânia Fernandes

Publicado

em

A Secretaria de Estado da Saúde (Sesapi) recebeu nesta sexta-feira (16/04), mais 87 mil doses de vacinas contra a Covid-19, sendo 34 mil doses da Coronavac e 53 mil Astrazeneca. As doses serão usadas para imunizar o público de 60 a 64 anos; de 65 a 69 anos; trabalhadores de saúde e Forças de Segurança.

As 53 mil doses da Astrazeneca serão utilizadas para a primeira dose de 46% das pessoas de 65 a 69 anos; primeira dose de 0,5% dos idosos de 60 a 64 anos. Com as 34 mil doses da Coronavac, o Piauí vai aplicar a segunda dose em 2% dos trabalhadores da saúde; segunda dose de 23% do público de 65 a 69 anos; primeira dose de 3% dos trabalhadores da saúde; primeira dose de 6% dos trabalhadores das Forças Armadas e Segurança e primeira dose de 1,9% das pessoas de 60 a 64 anos.

Segundo o Secretário de Saúde, Florentino Neto, a chegada desse novo lote de vacinas traz mais esperança para a população. “Mas não devemos relaxar nos cuidados porque seguir os protocolos salva vidas”, diz o gestor. O governador Wellington Dias chama a atenção das pessoas que estão na vez de serem imunizadas. “Tomem a vacina porque é a nossa melhor chance de sair dessa pandemia”, afirma o governador.

Continue Lendo
Casas Duplex

Trending

Copyright © 2018 Encarando - Silas Freire. Todos os Direitos Reservados.
WhatsApp: 86. 98183-1178 / Fixo: 3234-9879
Email: encarando.com@gmail.com

WhatsApp chat