Siga as Redes Sociais

Piauí

“Governador precisa cumprir com os compromissos”, diz Teresa Britto

Deputada demonstrou apoio à greve dos profissionais de enfermagem e cobrou providências ao governador.

Laurivânia Fernandes

Publicado

em

A greve deflagrada pelos enfermeiros e técnicos e auxiliares de enfermagem repercutiu na Alepi nesta terça-feira (02). A deputada Teresa Britto (PV), que é presidente da comissão de saúde da Casa, mostrou apoio à classe e disse que o governador precisa cumprir os acordos realizados ainda no ano de 2016, com os representantes do movimento.

A parlamentar relembrou que no ano em questão, em um dissídio coletivo, quatro pontos foram acordados: a regularização da gratificação de produtividade (Gimas), instalação da comissão para elaboração do Plano de Cargos, a definição de reajuste linear para a categoria, que acumula perdas salariais de 37%, em como as promoções, que não acontece desde 2009. A última cláusula é o enquadramento dos mais de 5 mil servidores, que tem um salário médio de R$ 1.200.

Segundo a deputada, 60% dos serviços hospitalares são executados por enfermeiros. “Eles são responsáveis por cuidar dos pacientes, das UTIs. E esperam há 3 anos pelo Plano de Cargo; estão há 6 anos sem qualquer reajuste salarial”.

A greve começou sem prazo para terminar. Em todos os hospitais do Estado do Piauí os profissionais estão parados e a população usuária dessa rede hospitalar é quem está sofrendo.

“Nós precisamos dar o encaminhamento urgente e o governador precisa cumprir com os compromissos acordados ainda em 2016, ainda na gestão do agora deputado Francisco Costa, que era o secretário de Saúde na época e fez um acordo com a categoria, mas só cumpriu o a primeira cláusula que foi a criação da gratificação de produtividade”, disse a deputada.

Teresa Britto ressaltou a necessidade da realização do concurso público para contratação de pessoal,  porque a grande maioria dos servidores da Saúde são terceirizados.

“A categoria vai solicitar uma audiência pública para debater e resolver essas questões e por fim a essa greve. A categoria vai estar aqui amanhã novamente para ver aprovado esse requerimento solicitando a realização da audiência para que possamos ouvir as justificativas do governo e principalmente, dar uma resposta positiva a esses servidores. Porque já foi discutido já foi definido o plano de cargos, carreira e salário, as progressões. Temos que encerrar o mais urgente essa greve porque quem está sofrendo é a população usuária. É o quarto governo do Wellington Dias, ele não chegou hoje”, reclamou.

A greve

Foto: thewebcidade

A presidente do Sindicato do Enfermeiros, Auxiliares e Técnicos do Estado, Cleane Guimarães, explicou que serão mantidos os 30% previstos em lei, bem como os atendimentos de urgência e emergência. Toda a parte ambulatorial será paralisada.

A direção do sindicato vai se reunir, nesta quarta-feira (03), às 16h, na sede da Secretaria de Estado da Saúde, no Centro Administrativo, em Teresina, com os secretários de Saúde, Florentino Neto, e de Administração e Previdência, Ricardo Pontes, para negociar as reivindicações da categoria.

Neste momento estão parados os hospitais Getúlio Vargas, Hospital Infantil, HPM, HDIC, Areolino de Abreu, Evangelina Rosa, em Teresina, Hospital Justino Luz, em Picos e Hospital Dirceu Arcoverde, em Parnaíba.

Fonte: Alepi

Piauí

Piauí registra 26 óbitos e mais de mil casos em 24h

Avatar

Publicado

em

A Secretaria de Estado de Saúde (Sesapi) divulgou nesta quarta-feira (14), que o estado do Piauí registrou em 24h, 26 óbitos e 1.634 casos de COVID-19. Conforme a Sesapi, 433 pessoas estão internadas em Unidades de Terapia Intensiva (UTIs).

Doze mulheres e quatorze homens foram vítimas da Covid-19. Elas eram de Água Branca (84 anos), Beneditinos (67 anos), Campo Maior (78 anos), Coivaras (64 anos), José de Freitas (74 anos), Parnaíba (92 anos), Piracuruca (52 e 74 anos) e Teresina (52, 63, 66 e 70 anos). Os homens eram de Altos (74 anos), Bertolínia (81 anos), Dom Expedito Lopes (67 anos), Joaquim Pires (86 anos), Lagoa do Barro do Piauí (81 anos), Luís Correia (72 anos), Piracuruca (82 anos), Santo Inácio do Piauí (90 anos), São Braz do Piauí (50 anos) e Teresina (51, 57, 60, 61 e 63 anos). Seis vítimas não possuíam doenças preexistentes.

Os casos confirmados no estado somam 223.251 distribuídos em todos os municípios piauienses. Já os óbitos pelo novo coronavírus chegam a 4.659 e foram registrados em 219 municípios.

Dos leitos existentes na rede de saúde do Piauí para atendimento à Covid-19, há 1.325 ocupados, sendo 846 leitos clínicos, 433 UTIs e 46 em leitos de estabilização.

Continue Lendo

Piauí

Funcionário da Seduc de 30 anos morre vítima de Covid-19 no Piauí

Avatar

Publicado

em

Um jovem de apenas 30 anos, identificado como Manoel Modesto Santos, morreu nesta quarta-feira (14) após complicações causadas pela Covid-19. O falecimento do jovem foi comunicado pela prefeitura de Elesbão Veloso, cidade natal de Manoel.

Conforme a nota de pesar da prefeitura de Elesbão Veloso, Manoel era funcionário da Secretaria de Estado da Educação do Piauí (Seduc-PI). Ainda não há informações se o jovem tinha alguma comorbidade.

“A Prefeitura Municipal de Elesbão Veloso expressa suas condolências aos familiares e amigos do jovem Manoel Modesto Santos, nascido em 15 de novembro de 1990 e falecido nesta quarta-feira, dia 14, em decorrência de complicações da covid-19”, diz trecho da nota.

Confira a nota na íntegra!

A Prefeitura Municipal de Elesbão Veloso expressa suas condolências aos familiares e amigos do jovem Manoel Modesto Santos, nascido em 15 de novembro de 1990 e falecido nesta quarta-feira, dia 14, em decorrência de complicações da covid-19.Manoel é um dos filhos dos elesbonenses José Alberto Mendes Santos e Conceição de Maria Soares Santos e atualmente funcionário da Secretaria de Educação do Piauí.

Continue Lendo

Municípios

Em São Raimundo Nonato, trabalhadores do setor funerária querem prioridade na vacinação contra Covid

Laurivânia Fernandes

Publicado

em

Foto: Reprodução/Redes Sociais

Trabalhadores do setor funerário no município de São Raimundo Nonato-PI, pedem a inclusão da classe na vacinação contra a Covid-19.


Reivindicando prioridade, representantes do grupo realizaram um ato, em frente a Unidade de Pronto Atendimento (UPA), pedindo o início da imunização contra Covid e também contra a gripe para todos os funcionários.

“Os profissionais do setor são os mais expostos. Somos responsáveis por retirar os corpos de hospitais e residências, estamos em contato direto com inúmeras pessoas que podem estar contaminadas. Necessitamos de prioridade, necessitamos ser vacinados”, dizem.

Foto: Reprodução/Redes Sociais
Continue Lendo
Casas Duplex

Trending

Copyright © 2018 Encarando - Silas Freire. Todos os Direitos Reservados.
WhatsApp: 86. 98183-1178 / Fixo: 3234-9879
Email: encarando.com@gmail.com

WhatsApp chat