Siga as Redes Sociais

Piauí

Coronavírus: Taxa de transmissão cai no Piauí e reforça sinal para reabertura da economia

Laurivânia Fernandes

Publicado

em

Em live realizada na tarde desta quinta-feira (02/07), o governador Wellington Dias apresentou o resultado da nona rodada etapa da pesquisa sorológica, que monitora os índices do coronavírus no estado.

A pesquisa mais recente, foi realizada entre os dias os dias 27 e 30 de junho, em 11 municípios piauienses. Ao todo, foram realizados 4.014 testes, com margem de erro de 2%, encontrando-se infectados em 513 domicílios. A amostragem, apontou uma redução nos índices de transmissibilidade do vírus no estado.

Segundo os dados, o índice que era de 1.8 caiu para 0.87. Simplificando, isso significa que antes 100 pessoas  tranmisitam para 180 pessoas. Agora 100 pessoas infectadas transmitem para 87 pessoas.

O levantamento ainda mostrou que os indivíduos que estão  transmitindo a doença, chamados infectantes, são 136. 996. Por outro lado, o número de pessoa imunizada já somam 279.701.

Os dados, segundo o governador, tranquilizam e reforçam as condições necessárias para o início do processo de reabertura gradual da economia a partir da próxima segunda-feira, 06 de julho.

“Acreditamos que com os dados apresentados e o isolamento social do sábado e domingo, o uso da mascaras e os cuidados com as medidas de higiene, vamos conseguir reduzir ainda mais a taxa de transmissibilidade. Com isso, conseguiremos cumprir todas as etapas da reabertura de forma segura”, afirma Dias.

Alerta

Apesar do sinal positivo, o governador chamou atenção para três regiões do estado, que englobam cidades como Barras, Piripiri, Esperantina, Campo Maior, Luzilândia, Barras, Morro do Chapéu, Parnaíba, Cocal, Pedro II, Cajueiro e Bom Princípio.

Dias, alertou que nessas regiões, houve um aumento no número de casos e, consequentemente na procura de leitos de UTI.

Piauí

Fraude com auxílio emergencial ultrapassa R$ 10 milhões no PI

Laurivânia Fernandes

Publicado

em

Um levantamento da Controladoria-Geral  da União (CGU), mostrou que, apenas no Piauí, o total do Auxílio Emergencial pago irregularmente chegou a R$ 10.231.200,00. No total, são 6.996 servidores públicos receberam o benefício de forma fraudulenta.

Um dos cruzamentos realizados buscou identificar agentes públicos cujos CPF foram incluídos para o recebimento do Auxílio. Além de agentes públicos federais, a CGU, em parceria com órgãos de controle de outras esferas, como tribunais de contas estaduais e municipais e controladorias-gerais dos estados, avançou na análise de agentes estaduais e municipais nas 27 unidades da Federação. 

Os cruzamentos efetuados, relacionados aos pagamentos realizados até 19 de julho, apontam para a existência de pagamentos a 680.564 agentes públicos incluídos como beneficiários do Auxílio. O montante de recursos envolvidos para os pagamentos realizados a agentes públicos até a data mencionada é de R$ 981.712.800,00. Na esfera federal, são 14.182 pagamentos a beneficiários que constam como agentes públicos federais, ou pensionistas, com vínculo ativo no Sistema Integrado de Administração de Pessoal (Siape), 52.001 pagamentos a CPF que constam como servidores militares da União, ativos ou inativos, ou pensionistas e 950 beneficiários que constam como funcionários de empresas estatais federais. Nas esferas estadual, distrital e municipal, foram identificados 613.431 agentes públicos, ativos, inativos e pensionistas que receberam Auxílio Emergencial. 

A parceria com os órgãos das outras esferas é necessária sobretudo para que a CGU tenha acesso às folhas de pagamento dos agentes públicos estaduais e municipais, informações que não estão sob a gestão do governo federal. 

A CGU ainda esclarece que, pela forma de operacionalização do benefício, é possível que os servidores não tenham feito solicitação para seu recebimento, mas que tenham sido incluídos como beneficiários do Auxílio Emergencial de forma automática por estarem no Cadastro Único para programas sociais ou por serem beneficiários do Programa Bolsa Família. Outra possibilidade é que o CPF tenha sido inserido como solicitante do auxílio de forma indevida por outra pessoa e não necessariamente pelo próprio servidor.

Continue Lendo

Teresina

Circulação dos ônibus será suspensa em Teresina no fim de semana

Laurivânia Fernandes

Publicado

em

A Prefeitura de Teresina determinou a continuidade das restrições para o funcionamento das atividades econômicas nos próximos dois finais de semana e a circulação dos ônibus será suspensa em 100% neste sábado (15) e domingo (16). O novo decreto nº 19.995 pretende coibir a proliferação da Covid-19 na capital, que teve aumento nesta semana de 9% da taxa de transmissibilidade.

O gestor da Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (Strans), Weldon Bandeira, ressalta que as restrições realizadas nos finais de semana têm gerado bons resultados, e que com o não funcionamento de boa parte dos setores, não há necessidade para deslocamentos. “A intenção é que as pessoas fiquem em casa e evitem a proliferação dessa doença infecciosa na capital. Os resultados têm sido positivos e os deslocamentos só devem ser feitos em casos essenciais”, recomenda o superintendente.

Nos próximos dois finais de semana (15 e 16 de agosto, e 22 e 23 de agosto) estão autorizados a funcionar apenas as seguintes atividades e estabelecimentos: farmácias e drogarias; serviços de saúde; serviços de segurança e vigilância; serviços de delivery exclusivamente para alimentação pronta, água e gás de cozinha; órgãos e profissionais de comunicação; serviços e rituais religiosos; situações comprovadas de urgências e emergências.

Neste domingo, 16 de agosto, foram mantidos somente os eventos que serão transmitidos de forma virtual para a celebração do aniversário de Teresina. Já nos sábados, 15 e 22 de agosto, fica autorizado o funcionamento e operação das atividades da base de combustível (terminal) e das atividades de distribuição de combustíveis. Os postos revendedores de combustíveis estarão autorizados a abrir no horário das 7h às 24h na sextas-feiras, 14 e 21 de agosto.

Continue Lendo

Economia

THE: Bares, restaurantes e praças de alimentação dos shoppings reabrem na segunda (17)

Laurivânia Fernandes

Publicado

em

O prefeito Firmino Filho, confirmou para a próxima segunda-feira, 17 de agosto, a reabertura dos estabelecimentos de alimentação ao público em geral em Teresina, como bares e restaurantes, churrascarias, cafés e praças de alimentação dos shoppings, que estão incluídos na Etapa 2 da Fase 3 de retomada das atividades econômicas e sociais. Até então, o retorno dessas atividades passou a ser incerto após a 17ª etapa da pesquisa de investigação sorológica, que apontou um aumento no número de infecções recentes.

“A queda do número de óbitos por COVID-19 vem se consolidando a cada semana. Por isso manteremos nosso calendário de reabertura das atividades econômicas em Teresina. Por outro lado, devemos nos manter alertas porque a pesquisa sorológica mostrou um aumento, mesmo que ainda pequeno, do número de pessoas contaminadas pelo vírus e ainda na fase de infecção. Também cresceu em quase 12% os  atendimentos relacionados à Síndrome Respiratória Aguda Grave nas últimas duas semanas. Por isso, por recomendação do Centro de Operações Especiais para Covid-19, composto por vários infectologistas, decidimos manter o isolamento social mais rígido nos próximos dois finais de semana.  Reforço aqui nosso pedido de cuidado total. Estamos numa fase crítica e decisiva, que vai nos guiar para os próximos passo”, disse Firmino Filho.

Equipes de Vigilância Sanitária do município estiveram à frente da preparação dos locais, com orientações e fiscalizações sobre as boas práticas de preparação de alimentos, bem como as medidas para conter da transmissão de Covid-19 entre funcionários e o público em geral. Como explica a gerente de Vigilância Sanitária da Fundação Municipal de Saúde (FMS), Jeanyne Seba, o trabalho tem sido desenvolvido desde o início da pandemia junto às empresas que mantiveram serviço de delivery.

“Os técnicos fiscalizam diariamente estes locais para garantir a segurança nas medidas de contenção. Após a publicação do protocolo específico da área, passamos também a apresentar as regras para sua implantação antes da reabertura das atividades para o público”, diz.

De acordo com o protocolo específico, bares, restaurantes, churrascarias, cafés, praças de alimentação dos shoppings e afins devem disponibilizar em sua entrada uma pia com água, sabão e papel toalha ou álcool 70%, para higienização das mãos, além de tapete higienizante e termômetro para aferição de temperatura. O interior dos estabelecimentos também devem sofrer algumas modificações.

“A principal delas é que as mesas devem ser posicionadas mantendo uma distância mínima de dois metros entre elas; em casos em que isso não é possível, devem ser instaladas barreiras de acrílico entre elas”, explica a gerente.

Os locais devem ainda manter dispensadores de álcool 70% e retirar pratos e talheres das mesas, entregando-os aos clientes somente na hora da refeição. Também está proibida a disponibilização de itens para degustação. Os cardápios feitos de materiais de difícil higienização devem ser substituídos por formas mais simples ou descartáveis, em banners ou mesmo cardápios virtuais. Eles devem ainda disponibilizar uma pessoa para orientar os clientes, além de manter cartazes educativos sobre a Covid-19.

A Vigilância Sanitária está realizando ainda treinamentos com os funcionários dos restaurantes sobre as medidas de segurança a serem tomadas no deslocamento de casa para trabalho e vice-versa, bem como seu comportamento durante o serviço. “Aqueles que lidam diretamente com os clientes devem usar a máscara e proteção facial, e o distanciamento deve ser mantido, mesmo na cozinha”, alerta Jeanyne Seba.

Os clientes também precisam cumprir as regras estabelecidas no protocolo. “A primeira delas é a de higienizar as mãos antes de entrar, se direcionar à sua mesa e só então retirar sua máscara, que deve ser guardada e nunca deixada sobre a mesa. Caso tenha que se deslocar dentro do estabelecimento, ele deve recolocar a máscara. Além disso, mesas separadas não devem ser unidas umas com as outras pelos clientes, porque isso configura descumprimento do protocolo”, ressalta a gerente. “Pedimos à população que obedeça as regras, pois elas foram elaboradas visando uma retomada segura dos serviços”, acrescenta.

Continue Lendo
Acqua Blu

Trending

Copyright © 2018 Encarando - Silas Freire. Todos os Direitos Reservados.
WhatsApp: 86. 98183-1178 / Fixo: 3234-9879
Email: encarando.com@gmail.com

WhatsApp chat