Siga as Redes Sociais

Piauí

Piauí registra mais de 800 casos de dengue este ano

Laurivânia Fernandes

Publicado

em

O Piauí registrou um aumento no número de casos de dengue. Este ano já foram notificados 879 casos em 61 municípios. Os dados foram divulgados pela Secretaria de Saúde do Estado do Piauí (Sesapi), no o boletim da 15ª semana epidemiológica de 2019.

No ano passado, foram registrados 743 casos em 44 municípios, o que significa que este ano o aumento foi de 18,3%.

Apesar do crescimento, o relatório também mostrou que os casos de chikungunya apresentaram uma redução de 32,6%. Do total, foram 147 casos registrados em 19 municípios este ano,  e em 2018 foram 218 casos em 21 municípios. Em relação ao zika vírus foram 12 casos prováveis registrados em cinco cidades esse ano.

Os municípios com maior incidência de dengue por 100 mil habitantes são Pavussu, Cristino Castro, Júlio Borges, Rio Grande do Piauí e Alvorada do Gurgueia.

Piauí

Toque de recolher às 22h e comércio aberto até as 17h; saiba detalhes do novo decreto divulgado pelo governo do PI

Laurivânia Fernandes

Publicado

em

O Governo do Piauí divulgou, no início da tarde desta quinta-feira (04/03), as medidas estipuladas no novo decreto anunciado ontem (03), com objetivo de conter o avanço do coronavírus do estado.

As novas medidasserão válidas a partir desta sexta-feira (05/03) e terão vivos até o dia 15 de março. Entre os pontos destacados estão a adoção do toque de recolher, que agora estipula o limite para circulação de pessoas em vias públicas, que passa a ser às 22h. Além disso, bares e restaurantes só poderão funcionar até 21h. O comércio segue funcionando até as 17h e os shoppings das 12h às 21h. Eventos sociais, festas e shows permanecem proibidos.

Ainda conforme o governo, um estudo apresentado na reunião, elaborado por professores da Universidade Federal do Piauí (UFPI), mostra que a taxa de mortalidade entre pacientes internados com o coronavírus passa de 55% entre jovens e se aproxima de 100% entre idosos. A conclusão é que a abertura de leitos de internação é essencial para salvar vidas, mas não pode ser a única medida adotada agora. O professor, pesquisador e coordenador do grupo de trabalho da UFPI, Emídio Matos, destacou que, com as taxas atuais, o Piauí pode atingir 31 mortes por dia no mês de maio e acumular mais de 5 mil óbitos até junho.

Veja as medidas impostas no novo decreto:

I – ficarão suspensas as atividades que envolvam aglomeração, eventos culturais, atividades esportivas e sociais, bem como o funcionamento de boates, casas de shows e quaisquer tipos de estabelecimentos que promovam atividades festivas, em espaço público ou privado, em ambiente fechado ou aberto, com ou sem venda de ingresso;

II – bares, restaurantes, trailers, lanchonetes, barracas de praia e estabelecimentos similares bem como lojas de conveniência e depósitos de bebidas, só poderão funcionar até as 21h, ficando vedada a promoção/realização de festas, eventos, confraternizações, dança ou qualquer atividade que gere aglomeração, seja no estabelecimento, seja no seu entorno;

III – o comércio em geral poderá funcionar somente até as 17h e os shopping centers somente das 12h às 21h;

IV – a permanência de pessoas em espaços públicos abertos de uso coletivo, como parques, praças, praias e outros, fica condicionada à estrita obediência aos protocolos específicos de medidas higienicossanitárias das Vigilâncias Sanitárias Estadual e Municipais, especialmente quanto ao uso obrigatório de máscaras e à delimitação de horário determinada

V – os órgãos da Administração Pública funcionarão, preferencialmente, por modelo de teletrabalho, mantendo contingente de 30% (trinta por cento) de servidores em atividade presencial, com exceção dos serviços de saúde, de segurança pública e daqueles considerados essenciais.

  • Bares e restaurantes poderão funcionar com a utilização de som mecânico, instrumental ou apresentação de músico, desde que não gerem aglomeração. As medidas determinadas deverão vigorar do dia 5 ao dia 15 de março de 2021.
  • Fica vedada, a partir de sexta-feira (5) até o dia 15 de março, no horário compreendido entre as 22h e as 5h, a circulação de pessoas em espaços e vias públicas, ou em espaços e vias privadas equiparadas a vias públicas, ressalvados os deslocamentos de extrema necessidade referentes:

I – a unidades de saúde para atendimento médico ou deslocamento para fins de assistência veterinária ou, no caso de necessidade de atendimento presencial, a unidades policial ou judiciária;

II – ao trabalho em atividades essenciais ou estabelecimentos autorizados a funcionar na forma da legislação;

III – a entrega de bens essenciais a pessoas do grupo de risco;

IV – a estabelecimentos que prestam serviços essenciais ou cujo funcionamento esteja autorizado nos termos da legislação;

V – a outras atividades de natureza análoga ou por outros motivos de força maior ou necessidade impreterível, desde que devidamente justificados.

  • Para a circulação excepcional autorizada, as pessoas deverão portar documento ou declaração subscrita demonstrando o enquadramento da situação específica na exceção informada, admitidos outros meios idôneos de prova. 

Nos finais de semana, ficarão suspensos todos os serviços, com exceção dos seguintes serviços considerados essenciais:

I – mercearias, mercadinhos, mercados, supermercados, hipermercados, padarias e produtos alimentícios;

II – farmácias, drogarias, produtos sanitários e de limpeza;

III – oficinas mecânicas e borracharias;

IV – lojas de conveniência e de produtos alimentícios, situadas em rodovias e BRs, na zona rural;

V – hotéis, com atendimento exclusivo dos hóspedes;

VI – distribuidoras (exclusivamente para recebimento e armazenamento de cargas) e transportadoras;

VII – serviços de segurança pública e vigilância;

VIII – serviços de alimentação preparada e bebidas exclusivamente para sistema de delivery ou drive-thru;

IX – serviços de telecomunicação, processamento de dados, call center e imprensa;

X – serviços de urgência e emergência, hospitais, laboratórios, serviços radiodiagnósticos;

XI – serviços de saneamento básico, transporte de passageiros, energia elétrica e funerários;

XII – agricultura, pecuária e extrativismo.

XIII – atividades religiosas, com público limitado a 30% (trinta por cento) da capacidade de templos e igrejas.

Dessa forma, fica determinado que:

I – será vedado o consumo de alimentos e bebidas no local do próprio estabelecimento;

II – nos hotéis, as refeições serão fornecidas exclusivamente por meio de serviço de quarto;

III – nos estabelecimentos e atividades em funcionamento, é obrigatório o controle do fluxo de pessoas, de modo a impedir aglomerações;

IV – os serviços públicos de saneamento básico, transporte de passageiros, energia elétrica, fornecimento de água potável, funerários, telecomunicações, segurança pública e coleta de resíduos deverão funcionar observando as determinações higienicossanitárias expedidas para a contenção do novo coronavírus;

V – os estabelecimentos e atividades devem cumprir integralmente os Protocolos de Recomendações Higienicossanitárias para a Contenção da COVID-19 expedidos pela Secretaria de Estado da Saúde do Piauí / Diretoria de Vigilância Sanitária do Piauí e publicados em anexo aos Decretos Estaduais.

  • As medidas dos fins de semana serão válidas a partir das 24h do dia 5 até as 5h da manhã do dia 8 de março de 2021; e a partir das 24h do dia 12 até as 5h da manhã do dia 15 de março de 2021.
  • A fiscalização das medidas determinadas pelo Decreto será exercida de forma ostensiva pelas vigilâncias sanitárias estadual e municipal, com o apoio da Polícia Militar e da Polícia Civil e da Guarda Municipal, onde houver.

Fica determinado aos órgãos que reforcem a fiscalização, em todo o Estado, no período de vigência do Decreto, em relação às seguintes proibições:

I – aglomeração de pessoas;

II – consumo de bebidas alcoólicas em locais públicos ou de circulação pública;

III – direção sob efeito de álcool;

IV – circulação de pessoas no horário compreendido entre as 22h e as 5h, que não se enquadrem nas exceções.

O reforço da fiscalização deverá se dar também em relação ao uso obrigatório de máscaras nos deslocamentos ou permanência em vias públicas ou em locais onde circulem outras pessoas.

Clique aqui e acesse o documento na íntegra

Continue Lendo

Justiça

MP-PI ingressa com ação contra Sesapi e FMS para instalação de leitos UTI Covid

Laurivânia Fernandes

Publicado

em

O Ministério Público do Piauí (MP-PI) protocolou nesta quinta-feira (04/03), uma uma ação civil pública, na 1ª Vara dos Feitos da Fazenda Pública da Comarca de Teresina, contra a Fundação Municipal de Saúde (FMS) de Teresina e a Secretaria de Estado da Saúde (Sesapi). Na ação, o órgão pede uma medida liminar para que as pastas destinem mais recursos para instalação imediata de novos leitos de UTI Covid.

De acordo com o órgão, em agosto de 2020, considerada o ‘auge da primeira, a rede pública chegou a contar com 335 leitos de UTI Covid, no entanto, após a desativação de leitos, agora conta apenas com 252.

No documento, o MP ainda pede o reestabelecimento do quantitativo que estava disponível no ano passado. A ação pede ainda que os leitos permaneçam ativos enquanto durar o estado de calamidade pública.

Continue Lendo

Teresina

Idosos de 81 a 84 anos serão vacinados contra a Covid-19 a partir desta sexta (05)

Saiba onde ficam os pontos de vacinação.

Laurivânia Fernandes

Publicado

em

A campanha de imunização contra a Covid-19, segue em Teresina e atinge novos públicos. Nesta sexta-feira (05/03), serão vacinados, em Teresina, os idosos com 83 e 84 anos. Já no sábado (06/03), serão vacinados os idosos de 81 e 82 anos. Eles deverão ir aos pontos de drive thru instalados na capital de 09h às 13h.

“Abriremos cinco pontos de vacinação, sendo quatro deles apenas pela manhã (de 9h às 13h) e o do Shopping Teresina o dia todo (9h às 17h). Pretendemos vacinar uma média de 4 mil idosos de 81 a 84 anos. Os idosos de 80 anos não serão vacinados agora, pois recebemos doses insuficientes para ampliar para esse grupo. Avisaremos quando chegarem as doses destinadas a eles”, explica Ayla Calixto, gerente de Ações Estretégicas.

Confira onde estão localizados os pontos de vacinação que funcionarão de 9h às 13h:

  • 1 – Universidade Estadual do Piauí (UESPI) – Campus Torquato Neto – Rua João Cabral, 2231, Pirajá;
  • 2 – Centro Universitário UNINOVAFAPI – Rua Vitorino Orthiges Fernandes, 6123, Uruguai;
  • 3 – Centro Universitário Santo Agostinho – Avenida Professor Valter Alencar, 855, São Pedro;
  • 4 – ADUFPI – Av. Universitária, 391, Ininga.

O ponto de vacinação que ficará no Teresina Shopping – Edifício Garagem G1, localizado na Avenida Raul Lopes, 1000, Bairro dos Noivos, funcionará de 9h às 17h.

“Os idosos precisam levar ao ponto de vacinação: documento de identificação com foto e data de nascimento; CPF ou cartão nacional do SUS e comprovante de residência da cidade de Teresina-PI”, explica Ayla.

Continue Lendo
Casas Duplex

Trending

Copyright © 2018 Encarando - Silas Freire. Todos os Direitos Reservados.
WhatsApp: 86. 98183-1178 / Fixo: 3234-9879
Email: encarando.com@gmail.com

WhatsApp chat