Siga as Redes Sociais

Piauí

Banco de Alimentos da Nova Ceasa doa 20 toneladas de alimentos a entidades

Redação Encarando

Publicado

em

Educação, saúde e assistência social. Esses são os pilares da Fundação Viver com Dignidade, localizada na zona sul de Teresina, uma das 22 entidades beneficiadas pelo Banco de Alimentos da Nova Ceasa. Diariamente, cerca de 230 crianças de 6 a 12 anos de idade participam de atividades de leitura e lazer, nos turnos manhã e tarde, a fim de resgatar a autoestima e mudar a realidade em que estão inseridas.

Desde o ano passado, a fundação recebe semanalmente os alimentos doados pelos permissionários da Nova Ceasa. São frutas e verduras que, por não serem considerados apropriadas para a comercialização, seriam descartadas.

A presidente da entidade, Maricildes da Silva, só tem motivos para agradecer pela parceria. Segundo ela, antes do Banco de Alimentos, as crianças não tinham lanche, uma vez que a instituição se mantém com pequenas doações, convênios e parcerias.

“Acredito que a solidariedade passa não só pela questão da doação financeira, mas também pela doação humana. E essa é a primeira doação que a gente percebe nesse projeto do Banco de Alimentos. Como instituição, nós só temos a agradecer e também enaltecer esse projeto que já existe. Nós que ficamos na ponta, que recebemos mesmo de fato essa doação, percebemos o quanto que evoluiu na questão do alimentar vidas. Vem para complementar aquilo que nós já tínhamos. Havia situações que nós não tínhamos alimentos para dar às crianças. E a gente percebe a alegria das crianças quando tem algo para elas se alimentarem”, comenta Maricildes, que ressalta ainda que o programa também serve para conscientizar as crianças e os pais sobre o reaproveitamento de alimentos e a importância de uma alimentação saudável.

No último mês, o Banco de Alimentos arrecadou 20 toneladas de alimentos, das quais cerca de 14 toneladas foram destinadas às 22 entidades que integram o programa, alimentando mais de cinco mil pessoas. O programa é fruto de uma parceria público-privada (PPP), realizada por meio da Superintendência de Parcerias e Concessões do Piauí (Suparc).

A superintendente de Parcerias e Concessões, Viviane Moura, esclarece que o contrato de PPP já previa a implantação, funcionamento e operação do Banco de Alimentos, cuja obra havia sido iniciada pelo Estado e foi concluída pela concessionária que administra a Nova Ceasa.

“De um ano para cá, o Banco de Alimentos vem alimentando muitas vidas. Essa equipe maravilhosa da Nova Ceasa vem atuando de uma forma extremamente comprometida com esse projeto, que é um projeto social dentro de uma PPP. Eles cadastraram as entidades e são responsáveis por arrecadar os alimentos dos permissionários, que são os efetivos doadores do projeto. A Nova Ceasa faz, então, a triagem, a separação, o acondicionamento e prepara os alimentos para doação. Além disso, acompanha a utilização desses alimentos pelas entidades. Avançando um pouco mais, eles já estão trabalhando nos projetos gastronômicos, a fim de fazer com que essas entidades utilizem esse alimento de todas as formas, que nada seja perdido”, explica Viviane Moura.

Janice Lustosa, coordenadora técnica do Banco de Alimentos, explica que esse é o primeiro projeto social do Piauí que trabalha com a sustentabilidade alimentar. Segundo ela, é possível o reaproveitamento integral dos alimentos, uma vez que aqueles que não são próprios à alimentação humana são destinados à alimentação animal, por meio de um cadastro.

“A gente também tem um cadastro de pessoas que trabalham com alimentação animal e os alimentos que seriam descartados e iriam para um aterro sanitário são destinados a elas. Então, são 20 toneladas que estão deixando de ser resíduos e estão sendo totalmente aproveitadas tanto para alimento humano quanto para alimentação animal”, completa a coordenadora.

Fonte: Governo do Estado do Piauí

Teresina

Firmino afirma que ‘estão politizando’ discussões sobre vacina contra covid-19

Laurivânia Fernandes

Publicado

em

O prefeito Firmino Filho (PADB), disse durante divulgação dos dados da 21ª etapa sorológica do coronavírus na capital, que as discussões em torno da vacina contra a doença, estão sendo politizadas.

Para o gestor, o assunto tem que ser discutido de forma técnica, já que não há uma previsão exata para o início da vacinação.

“A gente torce que dê tudo certo, que seja produzida, mas não há ainda nada palpável. Estão politizando um assunto técnico, como se a vacina já estivesse testada e aprovada. Tem que ver se vai ser segura, porque se não, de nada vai adiantar se causar um estrago maior”, disse o prefeito.

Coronavírus em Teresina

Quanto a questão do coronavírus na capital, o gestor informou que há uma tendência de queda e estabilização do vírus na capital.

A pesquisa apontou que os óbitos tiveram redução de 85%, além disso, cerca de 21% (183,5mil) da população já teve contato com o vírus. Destes, cerca de 23 mil estão com o vírus ativo.



Continue Lendo

Piauí

Veja lista atualizada de gestores que tiveram contas reprovadas pelo TCE-PI

Laurivânia Fernandes

Publicado

em

O Tribunal de Contas do Estado do Piauí enviou ao Tribunal Regional Eleitoral do Piauí (TRE-Pai), nesta quarta-feira (28/10) a lista atualizada com os nomes dos gestores municipais e estaduais que tiveram suas contas julgadas irregulares e/ou com emissão de parecer prévio pela reprovação.

O TCE ainda lembra que a lista será atualizada até data final do prazo de registro de candidatura, já que as decisões proferidas pelo órgão podem não prevalecer por decisão do Poder Legislativo respectivo, nos termos da Constituição Federal e da atual jurisprudência do STF e compete à Justiça Eleitoral declarar a inelegibilidade ou não de um responsável.

A relação contém os julgamentos desta Corte, transitados em julgado, dos últimos oito anos, considerando a data da realização das eleições em 15 de novembro de 2020.

Não constam na lista os nomes dos responsáveis cujas contas julgadas irregulares dependam de recurso com efeito suspensivo ainda não apreciado pelo Tribunal, assim como aquelas para os quais os acórdãos que julgaram irregulares foram tornados sem efeito por decisão do próprio TCE ou pelo Poder Judiciário.

Clique aqui e acesse a lista completa!

Continue Lendo

Teresina

Teresina registra dois óbitos por Covid-19 e 160 casos confirmados da doença

Laurivânia Fernandes

Publicado

em

A Fundação Municipal de Saúde (FMS) registrou no sistema a morte de mais duas pessoas vítimas da Covid-19 em Teresina, nesta terça-feira (27). Houve ainda 160 novos casos confirmados da doença. Desde o início da pandemia, no mês de março, até agora, a capital piauiense contabiliza o total de 1.099 óbitos, 37.556 infectados pelo novo coronavírus e 15.080 recuperados da Covid-19.

Os óbitos registrados datam de 24 e 27 de outubro. Foram de dois homens com idades 65 e 67 anos. Os dois tinham comorbidades como obesidade, hipertensão arterial e sequelas de Acidente Vascular Cerebral.

O Centro de Operações de Emergência em Saúde Pública (COE) alerta a população para que mantenha os cuidados preventivos quanto à Covid-19, com distanciamento social, uso de máscara e lavagem constante das mãos. “Estamos preocupados com a proximidade do Dia de Finados em que a população tem a cultura de visitar os cemitérios. Lembramos que a pandemia ainda não acabou. Não é indicado que pessoas dos grupos de risco se exponham de forma alguma a qualquer tipo de aglomeração”, alerta Amparo Salmito, infectologista e membro do COE.

Fonte: PMT

Continue Lendo
Casas Duplex

Trending

Copyright © 2018 Encarando - Silas Freire. Todos os Direitos Reservados.
WhatsApp: 86. 98183-1178 / Fixo: 3234-9879
Email: encarando.com@gmail.com

WhatsApp chat