Siga as Redes Sociais

Municípios

PI: Ex-presidiário morre após sofrer descarga elétrica em poste enquanto tentava fazer ligação irregular de energia

Laurivânia Fernandes

Publicado

em

Imagem Ilustrativa

Um homem identificado como Francisco Eduardo Leal da Silva, de 30 anos, morreu após sofrer uma descarga elétrica em um poste de energia nessa segunda (01/06). O caso ocorreu na Localidade Oitis, zona Rural da cidade de Colônia do Piauí.

De acordo com o que foi repassado à Polícia Militar, a vítima havia subido no poste para fazer uma ligação irregular, popularmente chamada de ‘gato’, para sua residência. No entanto, ao tocar em um fio de alta tensão acabou recebendo uma forte descarga elétrica.

O homem ainda foi socorrido e encaminhado para a Unidade de Pronto Atendimento da cidade de Oeiras-PI, mas não resistiu e acabou vindo a óbito.

A polícia ainda informou que Francisco havia saído a algum tempo do sistema prisional e fazia uso de tornozeleira eletrônica.

Municípios

Colisão entre três motocicletas deixa um morto e dois feridos no interior no PI

Laurivânia Fernandes

Publicado

em

Foto: Reprodução

Uma colisão entre três motocicletas deixou uma pessoa morta e outras duas feridas. O caso ocorreu na cidade de Monsenhor Hipólito, na tarde dessa segunda-feira (29).

Segundo testemunhas, o acidente aconteceu na entrada da cidade. No momento, os motociclistas tentavam fazer ultrapassagens, mas um deles acabou perdendo o controle do veículo, fazendo com que os outros dois também se descontrolassem e colidissem.

A vitima fatal foi identificada apenas como Manoel. Ele chegou a ser socorrido, mas não resistiu aos ferimentos e veio a óbito ao chegar no hospital

Os outro envolvidos seriam um homem e uma mulher, que não foram identificados. Eles sofreram diversas escoriações pelo corpo e foram encaminhados pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência à unidade de saúde.

Continue Lendo

Municípios

Caso recorrente: Dona de casa testa positivo para Covid-19 em teste do Governo e exame particular descarta infecção

Laurivânia Fernandes

Publicado

em

Foto: Reprodução

A confiabilidade dos testes rápidos para detectar o novo coronavírus já era colocada em cheque antes mesmo da chegada das primeiras unidades no Brasil, importadas pelo Ministério da Saúde (MS). Conforme avançaram as estratégias de combate e identificação do novo coronavírus no país, a forma de exame se tornou cada vez mais comum nos municípios. Os testes são considerados essenciais pelos órgãos de saúde para mapeamento ágil de pessoas contagiadas com a Covid-19. Porém, ainda é alvo de questionamentos e dúvidas em relação a sua efetividade.

Pacientes têm relatado resultados desconformes quando são submetidos ao exame. Em uma primeira amostra, o resultado aponta em alguns casos que a pessoa está portando o vírus ou já teve contato com o mesmo. Ao realizar um novo teste, a surpresa: resultado negativo. O contrário também pode ocorrer. São os chamados falso positivo ou falso negativo. 

No Piauí, a dona de casa Raimunda Zélia da Silva, da cidade de Floriano-PI, fez uma denúncia em relação aos testes realizados durante a pesquisa encomendada pelo Governo do Piauí, para monitorar a Covid-19 no estado. De acordo com seu relato, ela foi uma das pessoas que realizaram o teste feito por uma equipe do Instituto Piauiense de Opinião Pública (Amostragem), na última sexta-feira (19/06) e seu resultado deu positivo para o vírus.

Após isso, foi orientada a ir ao setor de Covid do Hospital Regional Tibério Nunes. Preocupada, por ser portadora de comorbidades como diabetes e hipertensão, a dona de casa procurou uma clínica particular da cidade e refez o exame, entretanto, o resultado divergiu e, apontou que ela não estaria infectada.

De acordo com informações, o nome de Raimunda Zélia, foi incluído na lista dos casos positivos na cidade. E, até o momento, nenhuma outra equipe compareceu ao local para fazer a contraprova ou orientá-la.

Assista o relato:

Essa não é a primeira vez que casos como esse acontecem na cidade. Um casal de idosos, de 80 e 81 anos, também passaram pela mesma situação. Procurados, a Sesapi informou, na época, que os resultados poderiam divergir, dependendo do tipo de exame realizado nas pessoas.

Continue Lendo

Municípios

Prefeito denuncia realização de vaquejadas em Bom Jesus-PI e diz que levará caso ao Ministério Público

Laurivânia Fernandes

Publicado

em

Marcos Elvas, prefeito de Bom Jesus do Piauí — Foto: Divulgação/Prefeitura Municipal

O prefeito, Marcos Elvas, informou que acionou o Ministério Público e a Polícia Civil para investigar a realização de vaquejada, na cidade de Bom Jesus do Piauí. O anúncio foi feito nesta quarta-feira (24), através das redes sociais da Prefeitura Municipal.

Segundo o gestor, há pelo menos, dois finais de semana festas no estilo, estão sendo realizadas no município, gerando aglomeração e desrespeitando os decretos de isolamento.

“Eu não entendo, um cidadão promover vaquejada. Tem dois finais de semana, que tem sido promovidas vaquejadas aqui. Já entrei em contato com o Ministério Público, acionei a polícia e vou levar a nossa fiscalização até o local. Será aberto uma denúncia e o Ministério Público tomará conta do caso”, disse.

O gestor ainda alertou para questão das regras de fechamento do comércio na cidade

“Não podemos deixar bares abertos. Estamos mantendo até lojas de sapatos fechadas, roupas e demais outros setores, para não ter aglomeração, aí, o cidadão de acha no direito de fazer vaquejada, se dá o direito de fazer arraiá. Nossos profissionais de saúde estão se arriscando todos os dias, os profissionais da nossa gestão e demais setores essenciais, para um cara está promovendo vaquejada, fazendo das lives um verdadeiro carnaval, com carros de som. Nós não vamos aceitar isso. Quem fizer esse tipo de ação, vai ter que se entender com a polícia e a justiça”, afirmou Elvas.

Assista o vídeo da entrevista

Continue Lendo
Acqua Blu

Trending

Copyright © 2018 Encarando - Silas Freire. Todos os Direitos Reservados.
WhatsApp: 86. 98183-1178 / Fixo: 3234-9879
Email: encarando.com@gmail.com

WhatsApp chat