Siga as Redes Sociais

Saúde

Leitos de UTI Covid chegam a 93% de ocupação em Teresina

Laurivânia Fernandes

Publicado

em

A ocupação de leitos de UTI Covid chegou a 93% em Teresina neste final de semana, dos 113 totais, 105 estavam ocupados.

Segundo a Fundação Municipal de Saúde (FMS), apenas 44% dos leitos estavam ocupados por teresinenses, e 56% por pacientes oriundos do interior do Estado. Com a situação preocupante, integrantes dos Comitês de Operações Emergenciais (COE) municipal e estadual se reuniram nesse domingo (21/02) na sede da Fundação Municipal de Saúde (FMS).

“Houve uma discussão técnica integrada para uniformizarmos as decisões. Definimos que precisam ser tomadas algumas medidas para evitar demanda excessiva para o sistema de saúde. Teresina está com os leitos de UTI ocupados em sua maioria por pacientes do Norte do Estado, uma região que precisa tomar medidas imediatas. Então foram sugeridas algumas medidas, que serão avaliadas pela prefeito Dr. Pessoa e pelo governador Wellington Dias. Eles, juntos, com suas orientações jurídicas e econômicas poderão juntar as informações técnicas das autoridades em saúde e tomar as decisões mais adequadas”, afirma Gilberto Albuquerque.

Ele fala ainda que Teresina já aumentou a quantidade de leitos possíveis. “Nós já abrimos os leitos de UTI que poderíamos. Mesmo que a gente conseguisse abrir mais leitos de UTI, não existem medicamentos no mercado para se comprar. As indústrias não estão produzindo quantidade suficiente. Então, não temos outra alternativa a não ser sugerir algumas medidas que ajudem o sistema de saúde a suportar a demanda”, diz Albuquerque.

Saúde

Cinco postos de vacinação contra a Covid estarão abertos no final de semana em Teresina

Laurivânia Fernandes

Publicado

em

Foto: Divulgação/FMS

A capital terá cinco postos de vacinação drive thru no final de semana para imunizar idosos contra a COVID-19, segundo informado pela Fundação Municipal de Saúde (FMS). Nesta sexta, 26, teve início a vacinação dos idosos com 88 e 89 anos. No sábado, 27 , serão vacinados os idosos de 86 e 87 anos e domingo os da faixa etária de 85 anos.

Hoje, estão funcionando até às 17h os postos de vacinação: 1 – Universidade Estadual do Piauí (UESPI) – Campus Torquato Neto – Rua João Cabral, 2231, Pirajá; 2 – Centro Universitário UNINOVAFAPI – Rua Vitorino Orthiges Fernandes, 6123, Uruguai; 3 – Centro Universitário Santo Agostinho – Avenida Professor Valter Alencar, 855, São Pedro e 4 – Teresina Shopping – Edifício Garagem G1 – Avenida Raul Lopes, 1000, Bairro dos Noivos. E no final de semana, além dos postos já citados, terá também o drive thru de vacinação do Shopping Rio Poty – Avenida Marechal Castelo Branco, 911, Bairro Porequanto.

“Os idosos em situação de dificuldade de acesso ao drive-thru receberão a vacina em uma Unidade Básica de Saúde e devem agendar a vacinação via site oficial da Fundação Municipal de Saúde”, explica Emanuelle Dias, da coordenação da campanha de vacina.

A primeira idosa a tomar vacina durante a abertura dessa etapa da campanha foi Lindalva Oliveira, de 89 anos. “Muito feliz em receber a vacina”, disse ela.

Lindalva Oliveira, de 89 anos, foi a primeira a tomar a vacina na abertura desta etapa de imunização — Foto: Divulgação/FMS

Os idosos precisam levar ao ponto de vacinação: documento de identificação com foto e data de nascimento; CPF ou cartão nacional do SUS e comprovante de residência da cidade de Teresina-PI.


Os idosos acamados receberão as doses em domicílio através de equipes volantes da FMS, também por agendamento via site oficial da FMS. “Para os idosos na faixa etária de 80 a 84 anos, será iniciada vacinação apenas para os acamados, pois o município só recebeu 24% das doses destinadas para esse público. Quando recebermos mais doses avisaremos a ampliação”, afirma Emanuelle Dias.

Continue Lendo

Saúde

Advogada denuncia que hospitais credenciados no IAPEP não estão atendendo pacientes com Covid-19

Avatar

Publicado

em

Uma advogada, identificada como Sara Rana, utilizou as redes sociais para denunciar e informar que os hospitais e clínicas credenciadas do plano de saúde IAPEP não estão atendendo pacientes com suspeita, ou até mesmo diagnóstico de Covid-19.

Conforme Sara Rana, a denuncia foi realizada após ela ter procurado atendimento médico para uma pessoa da família dela que estar com suspeita de reinfecção pelo Sars-CoV-2, o vírus responsável pela Covid-19. “Estou saindo do hospital da ProntoMed, já passei pelo São Marcos, já passei pelo hospital da Unimed, já passei por diversos hospitais e todos são enfáticos em dizer que o plano de saúde IAPEP está suspenso o atendimento para Covid há quatro dias”, explicou.

“(…) Ou seja, quem precisar de atendimento para Covid, com convênio Iapep, vai ter que se direcionar as unidades de atendimento públicos porque nós pagamos por esse plano e não temos acesso à ele. (…) As pessoas estão morrendo em razão da negligência do governo do estado. (…) Eu queria que o governador do estado [Wellington Dias] explicasse o porquê que a pessoas, servidores públicos, pagam pelo plano e não estão podendo usar há quatro dias. Explica aí governador, explica Wellington Dias”, cobrou a advogada Sara.

Sara Rana ainda informou no vídeo que vai judicializar o caso.

Outro lado

O Portal Encarando entrou em contato com a assessoria do Iapep, e por meio de nota, eles informaram que a suspensão do atendimento não foi informada para o instituto. A assessoria ainda esclareceu que houve uma reunião com a rede credenciada na busca de acordo quanto ao percentual de reajuste solicitado pelos hospitais ( de 135%) que prestam atendimento à pacientes com Covid-19, a fim de garantir o atendimento para estes casos. Contudo, não foi possível ainda um acordo.

Confira a nota na íntegra!

O Instituto de Assistência à Saúde dos Servidores Públicos do Estado do Piauí (IASPI), autarquia estadual responsável pela gestão do Plano Médico de Assistência e Tratamento (PLAMTA), esclarece aos usuários do sistema acerca dos últimos acontecimentos que envolvem o Instituto e os hospitais que compõem a rede credenciada ao PLAMTA, sobre uma possível suspensão do atendimento aos segurados do plano em casos de Covid-19:

Em razão da situação pandêmica vivenciada e a crescente taxa de ocupação dos leitos nas unidades de terapia intensiva no Estado do Piauí, o IASPI/PLAMTA promoveu reunião com sua rede credenciada na busca de acordo quanto ao percentual de reajuste solicitado pelos hospitais ( de 135%) que prestam atendimento à pacientes com Covid-19, a fim de garantir o atendimento para estes casos. Contudo, lamentavelmente, diante da postura irredutível e, principalmente, insensível dos hospitais que prestam tal atendimento, não foi possível ainda um acordo.

A direção do IASPI está trabalhando para uma solução imediata, reapresentando uma nova contra proposta de reajuste nas diárias para tratamento de covid, com intuito de compor um acordo e acredita que a tal suspensão não ocorreu de fato, até porque há uma implicação legal com relação a isso, além do Instituto não ter sido notificado com a antecedência de 30 dias.

A direção reitera e vem a público esclarecer que este Instituto não foi informado pela rede credenciada ao PLAMTA sobre a suspensão dos atendimentos aos seus usuários, e reforça que em hipótese alguma os atendimentos de urgência podem ser suspensos.

Continue Lendo

Saúde

Leitos de UTI Covid em Parnaíba atingem ocupação máxima

Laurivânia Fernandes

Publicado

em


A direção Hospital Estadual Dirceu Arcoverde (HEDA), em Parnaíba, confirmou que a unidade de saúde atingiu a taxa total de ocupação dos leitos de UTI Covid-19. Na cidade, todas as vagas de UTI existentes estão ocupadas atualmente. Já os leitos clínicos, atingiram 87% de ocupação.

Ainda nessa terça-feira (23/02), a Secretaria de Estado da Saúde (Sesapi) informou que tem feito esforços para expandir a rede assistencial, especialmente os leitos de cuidado intensivo. Contudo, a pasta ainda alertou que a expansão gradativa dos leitos pode não ocorrer em tempo hábil para atender à crescente demanda por internações.

Em Parnaíba, o trabalho está sendo voltado para a reativa do Hospital de Campanha Nossa Senhora de Fátima, que garantiria o reforço de mais 20 leitos de estabilização e 12 leitos de UTI. Contudo, conforme a Sesapi, afirma que torná-los operacionais demanda tempo pela exigência de equipamentos, insumos e a contratação de recursos humanos qualificados.

Com a diminuição de casos de Covid-19 e a consequente redução das internações, o Ministério da Saúde desabilitou os leitos financiados pelo governo federal. Agora estamos tentando essas novas habilitações junto ao Ministério da Saúde, porém não é um processo tão rápido. Neste momento o mercado está com uma demanda muito alta e há falta dos produtos no mercado nacional e internacional. Não ter os insumos pra vender por causa da pandemia e os produtos que restam estão com os preços superfaturados. Além do Piauí, vários estados brasileiros já começam a ter dificuldade de manter os estoques dos produtos. O que dificulta a abertura de novos leitos”, explicou o superintendente da Rede de Média e Alta Complexidade da Sesapi, Alderico Tavares.

A nível de informação

No Piauí, seis hospitais estão atualmente com leitos habilitados pelo Ministério da Saúde são eles:  Hospital Regional Tibério Nunes, Floriano (05 leitos), Hospital Regional Chagas Rodrigues, Piripiri (10 leitos),  Hospital Deolindo Couto, Oeiras (05 leitos), Hospital Estadual Dirceu Arcoverde, Parnaíba, (10 leitos), Hospital Regional Senador Cândido Ferraz, São Raimundo Nonato (15 leitos), Hospital Natan Portela (05 leitos) e Hospital da Polícia Militar (05 leitos) em Teresina.  

Continue Lendo
Casas Duplex

Trending

Copyright © 2018 Encarando - Silas Freire. Todos os Direitos Reservados.
WhatsApp: 86. 98183-1178 / Fixo: 3234-9879
Email: encarando.com@gmail.com

WhatsApp chat