Siga as Redes Sociais

Teresina

Isolamento atinge mais de 56% no final de semana após medidas mais restritivas em Teresina

Laurivânia Fernandes

Publicado

em

Após medidas mais restritivas, os índices de isolamento social cresceram em Teresina durante o final de semana. Neste domingo, chegaram a 56,2%, número maior que os 53,4% registrados no domingo anterior e um dos maiores índices verificados nos últimos 30 dias. No sábado, os números também foram positivos, chegando a 50,2%, bem maiores que os 41,8% registrados no sábado anterior.

O prefeito Firmino Filho destacou o avanço das taxas de isolamento. “Tivemos esse aumento significativo, que é fundamental nesse momento em que nos preparamos para a retomada gradual das atividades. Já estamos com três meses com restrições na nossa cidade e sabemos o quão difícil é conviver com essa realidade. É por isso que a gente reconhece o esforço de cada um que ouviu os nossos apelos e ficou em casa para que a gente possa caminhar de forma mais segura para o retorno”, ressaltou.

No último final de semana, o prefeito Firmino Filho editou decretos com medidas que incentivassem o isolamento social. Foi determinado o ponto facultativo nos órgãos públicos municipais na sexta-feira e ainda a restrição às atividades econômicas como supermercados, mercados, panificadoras, borracharias, entre outros, no sábado e domingo. No final de semana, ficaram autorizados a funcionar apenas farmácias e drogarias, serviços de saúde, segurança, vigilância, delivery exclusivamente para alimentação e órgãos e profissionais de comunicação.

Para garantir o cumprimento das medidas, a Guarda Municipal também atuou fazendo a fiscalização dos estabelecimentos e orientando a população em relação as medidas que deveriam ser adotadas. Somente no final de semana, mais de 300 estabelecimentos foram visitados pelas equipes da Guarda e de Fiscalização das Superintendências de Desenvolvimento Urbano (SDUs). Somente em junho, mais de 6 mil estabelecimentos já foram vistoriados pela Guarda.

Segundo os dados da startup In Loco, os melhores índices de isolamento social no domingo foram registrados na região Leste da cidade, com 57,08% das pessoas permaneceram em casa. As zonas Sul e Centro Norte registraram os mesmos percentuais, de 55,78%, enquanto na zona Sudeste os índices chegaram a 55,59%.

O analista de sistemas da Prefeitura de Teresina, Eduardo Aguiar, que monitora os números, destacou que o esforço da população no final de semana surtiu efeito positivo. “Um isolamento social mais rígido de sete dias, como foi proposto pelo prefeito, já começa a demonstrar seus resultados. Nós já cumprimos três dias e tivemos um bom resultado. É importante iniciar uma flexibilização controlada para evitar o que aconteceu em outras cidades: Fizeram uma reabertura apressada e desordenada e, por isso, foram obrigados a fechar tudo novamente. Então vamos seguir a orientações médicas e, por mais alguns dias, vamos ficar em casa”, frisou.

A In Loco mede também os percentuais por bairros. Ininga (63,6%), Bom Princípio (63,53%), Macaúba (63,03), São João (63%), Centro (62,22%), Noivos (62,65%), Recanto das Palmeiras (60,88%), Horto (60,53%), Distrito Industrial (59,95%), Brasiliar (59,8%), registraram os melhores índices. Na outra ponta está bairros como o Parque Jacinta (36,7%), Pedra Miúda (46,8%), Cabral (50%), Acarapi (50,5%), São Joaquim (50,77%).

Teresina

Descumprindo decreto: 12 estabelecimentos comerciais foram autuados funcionando irregularmente em Teresina

Laurivânia Fernandes

Publicado

em

Foto: Divulgação

A Guarda Civil Municipal de Teresina realizou nesta terça-feira (07), 12 autuações em estabelecimentos que funcionavam irregularmente, descumprindo os decretos municipais que restringem as atividades econômicas durante a pandemia da Covid-19. O trabalho foi realizado com apoio das Superintendências de Desenvolvimento Urbano (SDU).

“Estivemos no Centro da cidade e na zona Leste, onde autuamos lojas de departamento, de material de construção e de acessórios de celular. Também fiscalizamos um número considerável de lojas, verificando aquelas que estavam autorizadas a funcionar de acordo com os decretos, observando também os protocolos, as medidas de saúde e proteção necessárias”, informou o coronel John Feitosa, comandante da Guarda.

Ao todo, cerca de 6.989 estabelecimentos passaram por fiscalização, que vem sendo feita desde o início da pandemia. “Esse trabalho vai ser realizado enquanto estiver em vigor os decretos relacionados à pandemia”, assegura o coronel, ressaltando a importância do isolamento social para evitar a disseminação do Coronavírus.

Além das patrulhas de rotina por toda Teresina, a Guarda Civil Municipal conta com a cooperação da população através de denúncias. Os telefones 153, (86) 3215-9317 ou (86) 99438-0254 estão disponíveis para recebimento de relatos à respeito de aglomerações, comércios irregulares e outros descumprimentos das normas sanitárias e de distanciamento necessários para prevenção da Covid-19.

Continue Lendo

Teresina

Decreto estabelece ‘lockdown’ em Teresina durante todos os fins de semana de julho; Veja !

Laurivânia Fernandes

Publicado

em

O prefeito Firmino Filho publicou o decreto 19.890 estabelecendo que haverá restrições para o funcionamento das atividades econômicas em Teresina durante todos os finais de semana do mês de julho. De acordo com a Prefeitura, o objetivo é melhorar os índices de isolamento social, evitando a disseminação da Covid-19, um dos critérios para avançar na reabertura da cidade.

De acordo com o documento, assinado na segunda-feira (06), estão autorizados a funcionar nos dias de sexta-feira:

  • mercados, supermercados, hipermercados e congêneres;
  • panificadoras e padarias;
  • serviços bancários; casas lotéricas; atividades de distribuição e comercialização de combustíveis, biocombustíveis, gás liquefeito de petróleo e demais derivados do petróleo;
  • farmácias e drogarias, serviços de saúde;
  • serviços de segurança e vigilância; serviços de delivery exclusivamente para alimentação pronta;
  • órgãos e profissionais de comunicação;
  • situações comprovadas de urgências e emergências.

Já nos sábados e domingos, as atividades seguem com limitação ainda maior de funcionamento. Nestes dois dias poderão funcionar apenas;

  • farmácias e drogarias; serviços de saúde;
  • serviços de segurança e vigilância;
  • serviços de delivery exclusivamente para alimentação pronta e situações comprovadas de urgências e emergências.

As medidas serão aplicadas nos dias 10, 11, 12, 17, 18, 19, 24, 25 e 26, do mês de julho.

O decreto determina ainda que os serviços públicos como energia elétrica, saneamento básico, funerários, segurança pública, telecomunicações e radiodifusão, além de estabelecimentos que funcionam operando fornos, em turnos ininterruptos de 24h, estão autorizados a funcionar neste período, respeitando as determinações sanitárias para a contenção no novo Coronavírus, inclusive, quanto aos atendimentos emergenciais.

O descumprimento das medidas por qualquer estabelecimento, serviço e atividade que esteja em funcionamento ou que não esteja permitido funcionar resultará na aplicação de multas, intervenção total da atividade e cassação de alvará de localização e funcionamento.

“Ainda vamos precisar conviver com esse vírus por um bom tempo. E o nosso esforço para mantermos o isolamento social ainda é a melhor maneira de conseguir conter o avanço da doença na nossa cidade. Tivemos bons índices de isolamento social no último fim de semana, que chegou a 56,5%, mas precisando melhorar mais. Precisamos lembrar que a pandemia não acabou e não podemos banalizar a morte. Nada pode ser mais importante que a vida, daí a necessidade de medidas mais restritivas”, disse Firmino.

Clique aqui e acesse o documento na íntegra!

Continue Lendo

Teresina

Justiça determina que ônibus voltem a circular em Teresina, sob pena de multa diária de R$ 50 mil

Laurivânia Fernandes

Publicado

em

Foto: Divulgação

Na manhã desta terça-feira (07/07), o Tribunal Regional do Trabalho (TRT-PI) acatou o pedido de dissídio coletivo ajuizado pelo Procurador Regional do Trabalho, João Batista Machado Júnior, determinando o prazo de 24 horas para que os motoristas de ônibus retomem o trabalho em Teresina. A liminar foi expedida pela desembargadora Liana Chaib.

A decisão obriga que 70% da frota circule nos horários de pico, entre 6h e 9h, e de 17h às 20h, e em 30% no horário normal, de acordo com escalas montadas pela Strans.

Em caso de desobediência da ordem, o Sindicato dos Trabalhadores em Empresas de Transporte Rodoviário (Sintetro), está sujeito ao pagamento de uma multa diária estipulada no valos de R$ 50 mil.

Continue Lendo
Acqua Blu

Trending

Copyright © 2018 Encarando - Silas Freire. Todos os Direitos Reservados.
WhatsApp: 86. 98183-1178 / Fixo: 3234-9879
Email: encarando.com@gmail.com

WhatsApp chat