Siga as Redes Sociais

Polícia

Minas Gerais ‘Paredão’ de mina da Vale em Barão de Cocais pode se romper a partir de hoje

Redação Encarando

Publicado

em

O talude norte da cava da Mina Gongo Soco, em Barão de Cocais, na Região Central de Minas Gerais, pode se romper entre este domingo (19) e o dia 25 de maio, de acordo com a Mineradora Vale.

O tremor gerado pelo colapso da estrutura poderia causar uma reação em cadeia provocando o rompimento da Barragem Superior Sul que está 1,5 km abaixo e em nível máximo de alerta.

Segundo a Defesa Civil Estadual, não é possível mensurar o tamanho da estrutura que pode ruir, mas o colapso pode gerar um abalo. Ainda de acordo com o órgão, um abalo pode provocar um gatilho para liquefação e com isso a Barragem Sul Superior se romper. Em nota, a Vale disse que continua monitorando o talude norte 24 horas por dia.

Em fevereiro, 443 moradores da chamada zona de autosalvamento, a primeira a ser atingida por uma possível onda de rejeitos, já foram retirados de suas casas em fevereiro, quando o nível de segurança da barragem foi elevado para 2. Em março, o nível chegou para três.

O Ministério Público de Minas Gerais expediu, na quinta-feira (16), uma recomendação à Vale para que a mineradora mantenha a população de Barão de Cocais informada sobre os riscos, danos e impactos de um possível rompimento.

A Justiça de Minas Gerais pode multar a Vale em R$ 300 milhões por descumprir determinação de apresentar estudo completo com impactos e danos de um possível rompimento da Barragem Sul Superior. A decisão obriga a mineradora a apresentar o chamado “dam break” em até 72 horas.

Em nota, a Vale disse que apresentou relatório mais atualizado de dam break da Barragem Sul Superior no prazo determinado pela justiça. A mineradora disse que explicou, naquela oportunidade, a adequação dos critérios técnicos. A empresa alegou ainda não ter sido intimada de qualquer decisão quanto a eventual descumprimento da decisão liminar.

Outras cerca de seis mil pessoas estão dentro da zona secundária de salvamento (ZSS), a quase 16 quilômetros do complexo de Gongo Soco. Neste perímetro, a onda de rejeitos pode chegar em cerca de uma hora e 12 minutos. Um simulado de emergência foi feito neste sábado por causa de um possível rompimento da barragem.

Fonte: G1


Polícia

Corpo de homem é encontrado boiando no Rio Parnaíba em Teresina

Avatar

Publicado

em

O corpo de um homem, ainda não identificado, foi encontrado boiando na tarde desta quarta-feira (03) no Rio Parnaíba, na região do bairro Acarape, na zona norte de Teresina.

O corpo foi encontrado por populares, e resgatado do Rio Parnaíba por uma equipe do Corpo de Bombeiros. A polícia ainda não sabe se a vítima morreu afogada, ou foi vitima de um crime violento. O corpo será periciado.

O Instituto de Medicina Legal (IML) foi acionado para remover o corpo.

Continue Lendo

Polícia

PRF apreendeu mais de R$ 17 milhões em drogas nas rodovias federais piauienses

Laurivânia Fernandes

Publicado

em

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) divulgou nesta quarta-feira (03/03), os números referentes ao cenário de combate à criminalidade durante o ano de 2020. Ao todo, foram 1.498 pessoas presas pelo cometimento de diversos crimes.

Com relação ao combate ao tráfico de drogas, Foram 43 pessoas presas por esse crime resultando na apreensão de 436,0kg de maconha, 145,7kg de cocaína e 14,2kg de crack. O diferencial esse ano foi a qualidade da droga apreendida, principalmente por se tratar, na sua maioria, de cloridrato de cocaína, pasta base e skunk que são drogas de alto teor de pureza. Por ter um alto valor, a PRF deu um prejuízo aos traficantes na ordem de R$ 17.521.704,00.

A PRF realizou a apreensão de 1.929 unidade de anfetaminas, resultado que representa um aumento de 63,8% se comparado ao ano de 2019. A maioria das apreensões ocorreram na posse de condutores de veículos de carga que utilizam esse medicamento para permanecer mais tempo acordado e consequentemente dirigindo. Todas as pessoas flagradas nesse tipo de ocorrência foram autuadas e responderão pelo crime de Porte de Droga Para Consumo.

Com relação ao crime de contrabando, a PRF prendeu 13 pessoas pelo cometimento desse tipo criminal e apreendeu 630.100 maços de cigarros, um prejuízo de R$ 3.150.500,00 às organizações criminosas.

No combate aos crimes ambientais, a PRF PI superou em 25,0% a quantidade de madeiras apreendidas em 2019. Foram 2.779,92 m³ de madeira que daria pra construir 1.854 casas populares. Toda a madeira foi apreendida e encaminhada aos órgãos ambientais.

A instituição realizou em 2020 a apreensão de 40 armas de fogo de diversos calibres e 439 unidades de munições, além disso a PRF realizou a apreensão de R$ 487.249,00 que estava em poder de organizações criminosas. Esse valor supera em 98,1% a quantidade de dinheiro apreendida em 2019.

Sobre o trabalho de combate às fraudes veiculares, a PRF esteve no cenário nacional como um dos estados que mais recuperam veículos roubado ou adulterados. Foram 448 veículos recuperados, superando em 35,8% a quantidade realizada em 2019 e 239 veículos que estavam adulterados, superando em 25,8% a quantidade de veículos em 2019.

A instituição registrou também 699 pessoas que foram presas cometendo Crimes de Trânsito. Isso representa um aumento de 26,6% se comparado ao ano de 2019, indicando o trabalho da PRF em dar segurança às pessoas que transitam por nossas rodovias federais.

A PRF no Piauí analisa que esses índices positivos representam o esforço e a dedicação de cada Policial Rodoviário Federal norteado pelos valores da instituição.

Continue Lendo

Polícia

Pai e filho acusados de matar fazendeiro são presos no Norte do Piauí

Avatar

Publicado

em

Pai e filho, identificados como Guilherme de Freitas e Francisco Kenardo, de 20 anos, foram presos nesta terça-feira (02) por serem acusados de matar o fazendeiro Francisco Hélio em agosto de 2020, em Buriti dos Montes. As prisões foram realizadas em Castelo do Piauí, região norte do Piauí.

De acordo com informações do investigador Barker Martins, da Delegacia Regional de Campo Maior, Guilherme de Freitas e Francisco Kenardo eram caseiros da vítima. As prisões foram realizadas após o cumprimento de mandado de prisões que estavam em aberto contra eles.

A motivação do crime tem relação com a posse de terras.

Relembre o caso

Em agosto de 2020, o fazendeiro Chico Hélio foi assassinado com golpes de foice durante uma briga com o caseiro da sua propriedade, identificado como Guilherme de Freitas. O crime ocorreu na localidade Sítio de Cima, zona rural de Buriti dos Montes, no Norte do Piauí.Conforme a Polícia Militar, a briga iniciou quando o dono da propriedade, Chico Hélio, pediu para que o caseiro desocupasse as terras.

Continue Lendo
Casas Duplex

Trending

Copyright © 2018 Encarando - Silas Freire. Todos os Direitos Reservados.
WhatsApp: 86. 98183-1178 / Fixo: 3234-9879
Email: encarando.com@gmail.com

WhatsApp chat