Siga as Redes Sociais

Polícia

Em áudios, policiais presos criticam investigações e relatam ‘saudade de matar’; Ouça!

Laurivânia Fernandes

Publicado

em

Armas apreendidas com os presos.

A Operação Dictum deflagrada pelas Polícias Civil e Militar nesta segunda-feira (02) resultou na prisão de policiais militares e civil. O delegado Gustavo Jung, do Grupo de Repressão Ao Crime Organizado (Greco) explicou que praticados entre os crimes praticados pelos policiais estão formação de quadrilha, roubo de carga, extorsão, tráfico de drogas, comércio ilegal de arma de fogo e execuções (Ouça os áudios ao final da matéria!).

Em entrevista coletiva, a polícia informou que dos 16 investigados, 13 são policiais militares, um policial civil, além de duas pessoas comuns. Desse total, foram presos dez PMs, o policial civil e as outras duas pessoas. Os três PM’s restantes devem se apresentar nas próximas horas.

“São inúmeros os crimes supostamente cometidos por esses policiais. As ações variam de roubo de cargas, tráfico de drogas, onde eles estouravam bocas de fumo e revendiam as drogas, a execução. Eles cobravam 20 a 30 mil reais para executar uma pessoa. Combinavam o dia, a hora e faziam uma espécie de ‘revezamento’ para cometerem os crimes’, informou o delegado Gustavo Jung.

O líder da quadrilha foi identificado como Wanderlei Silva, expulso da polícia por envolvimento no roubo ao Banco do Nordeste no ano de 2017.

O delegado Tales Gomes, coordenador do Greco, explicou como ocorreram as operações. “A ação resultou de um ano de investigações, que foram iniciadas após a apreensão de uma carga de televisões roubadas em dezembro do ano passado, além disso, eles roubavam cargas de cigarros e revendiam em outros pontos. Não à toa tivemos grandes apreensões de cigarros contrabandeados esse anos. No total, foram realizadas três etapas: em janeiro, maio e agora. Tudo foi tratado com muita cautela, por se tratarem de pessoas de dentro das corporações. “, disse o delegado.

Na operação, também foram apreendidas armas como carabinas, pistola Beretta, revolveres calibre .38 e .12.

O comandante-geral da Polícia Militar, coronel Lindomar Castilho, informou que está sendo instaurado um processo administrativo, através da corregedoria, para apurar o envolvimento dos PM’s na organização criminosa e, afirmou que os mesmos podem ser expulsos da corporação.

“Vamos apurar com todo rigor. Que tiver cometido crimes usando a farda da Polícia Militar, vai pagar por isso. Além de responderem pelo crime comum, nós estamos instaurando um procedimento administrativo através da corregedoria, que poderá resultar, inclusive, na expulsão desses policiais. Então, vamos iniciar o processo agora, colocando todos eles em um Conselho de Disciplina e, após os procedimentos necessários e comprobatórios, dar entrada no processo de expulsão”, informou o comandante.

Em áudios interceptados de aplicativos de mensagem e disponibilizados pelas forças de segurança, os investigados combinam as ações criminosas, zombam das ações do Greco e um deles chega a falar sobre a ‘saudade de matar’. Ouça!

Polícia

Homem é preso com explosivo e droga na zona Sul de Teresina

Laurivânia Fernandes

Publicado

em

Um homem identificado como Antônio  Stenyo da Silva Pitombeira, foi preso na manhã desta sexta-feira (29) pelo Grupo de Repressão ao Crime Organizado (Greco). A ação ocorreu no bairro São Pedro, zona Sul de Teresina, durante cumprimento de um mandado de busca e apreensão, realizado após denúncias

De acordo com a polícia, na residência foram encontrados um artefato explosivo, usado em crimes contra caixas eletrônicos, e maconha.

“Quando chegamos ao local encontramos o artefato explosivo já montado, pronto para ser instalado em caixas eletrônicos, já que é usado principalmente para essa modalidade de crime e uma porção de maconha”, disse o delegado Tales Gomes, coordenador do Greco.

O preso foi encaminhado para a dsede do Greco, onde foi autuado pelo crime de posse ilegal para artefato explosivo e posse de droga para uso pessoal.

O delegado ainda informou que o homem responde a três processos por roubo na cidade de União-PI, onde morava.

A Coordenadoria de Operações Especiais da Polícia Civil, também participou da ação.

Continue Lendo

Polícia

Acusado de fornecer armas para bandidos é preso em flagrante com drogas na zona sudeste de Teresina

Avatar

Publicado

em

A Polícia Civil do Piauí, por meio da Delegacia de Prevenção e Repressão aos Entorpecentes, prendeu nesta quinta-feira (28), um homem identificado apenas pelas iniciais como E.V.B. na região do Recanto dos Pássaros, zona sudeste de Teresina.

De acordo com a Polícia Civil, a prisão ocorreu após cumprimento de mandado de busca e apreensão na residência do suspeito. A investigação foi iniciada após denúncias anônimas realizadas no aplicativo Depre/DH, onde foi relatado que E.V.B estaria emprestando armas para prática de crimes, vindo também a participar dos delitos, como roubos.

A polícia apreendeu na casa do suspeito cocaína, balança de precisão, materiais utilizados para o tráfico de drogas, uma chave de veículo, dinheiro e colete balístico. A procedência do colete balístico está sendo investigada, assim como a origem e a quem pertence a chave do veículo que se encontrava no poder do suspeito.

Continue Lendo

Polícia

Acusados de furtarem veículos que eram vendidos nas redes sociais são presos em Teresina

Avatar

Publicado

em

A Polícia Civil do Piauí, por meio da Delegacia de Polícia Interestadual – POLINTER, deflagrou, na manhã desta quinta-feira (28), a Operação Duplicidade, visando desarticular uma organização criminosa voltada para os crimes de furtos e estelionatos envolvendo veículos na capital. Três pessoas identificadas pelas iniciais C. da S.A, F.M de S. e J.W.G., foram presas em Teresina.

De acordo com a Polícia Civil, a ação criminosa fez dezenas de vítimas em Teresina. Os criminosos entravam em contato com pessoas que tinham anunciados veículos em aplicativos e em redes sociais, marcavam um encontro e pediam para realizar uma volta e checar as condições do veículo, mas sem a presença dos proprietários, oportunidade em que o subtraíam. Em outras situações, durante distração do vendedor do veículo durante a negociação, os criminosos subtraiam o mesmo. Os criminosos chegaram a fazer mais de uma vítima em um mesmo dia.

Durante as investigações, a polícia identificou três criminosos envolvidos nos crimes. Além disso, foram recuperados alguns veículos subtraídos pela organização criminosa e restituídos às vítimas.

Continue Lendo
Acqua Blu

Trending

Copyright © 2018 Encarando - Silas Freire. Todos os Direitos Reservados.
WhatsApp: 86. 98183-1178 / Fixo: 3234-9879
Email: encarando.com@gmail.com

WhatsApp chat