Siga as Redes Sociais

Polícia

Polícia procura pastor acusado de calote e roubo em hotéis de Campo Maior

Redação Encarando

Publicado

em

Um homem, que se passa por Pastor Evangélico, é acusado de promover roubos e calotes em hotéis e pousadas de Campo Maior. O caso, que estar registrado na 5ª Delegacia Regional de Polícia Civil, foi denunciado pela proprietária da Pousada Genelva, no Bairro Cidade Nova, alegando que um homem identificado como Pastor João Batista, teria se hospedado e saído sem pagar as estadias.

De acordo com o Boletim de Ocorrência Policialregistrado pela empresária Genelva Gomes, o suposto pastor teria ficado 12 dias em um dos quartos da pousada e ao sair ainda subtraiu um celular e um perfume pertencentes a sua filha – “Ficou 12 dias hospedado almoçando, jantando e tomando café […] que foi embora embora sem pagar e ainda furtou um celular“, diz o B.O.

Boletim de Ocorrência Registrado na 5ª DRPC de Campo Maior

Para a polícia, a empresária revelou ainda que hospedou o “Profeta” por ele alegar que havia sido roubado e que não teria dinheiro pra pagar, mas que parentes iriam ajudar-lo – ” Um prejuízo de aproximadamente R$ 1,5 mil. Quando cobrado avisava que estava esperando o dinheiro chegar, pois um parente iria depositar o dinheiro“, denunciou Genelva. Pastor saiu escondido da pausada nas primeiras horas da manhã de terça-feira (26) sem que ninguém o visse.

O suposto Pastor Evangélico ainda é acusado de se hospedar e não pagar no Elite Hotel, no centro de Campo Maior. As vítimas,  com auxilio da polícia, disponibilizam um número de contato para denuncias que possam levar até o acusado: (86) 994663788.

Fonte: Portal de Olho

Polícia

Dono de pizzaria é preso com drogas sintéticas na zona leste de Teresina

Avatar

Publicado

em

Um dono de uma pizzaria, identificado como Bruno dos Santos Costa Meneses, foi preso na tarde desta quinta-feira (15) durante operação da Delegacia de Prevenção e Repressão a Entorpecentes (DEPRE). Bruno foi preso após o cumprimento de mandado de busca e apreensão em um condomínio na zona Leste de Teresina. 

De acordo com informações da Polícia Civil, após investigação que apontava comercialização de drogas sintéticas e semi-sinteticas em condominio da zona leste da capital, mandados de busca foram realizadas no apartamento e no estabelecimento comercial de Bruno Meneses.

Durante as buscas os policiais encontraram duas balanças de precisão, papel filme, Skank, Haxixe e ecstasy, sendo que parte da droga estava escondida em compartimento secreto do veículo. O suspeito foi levado para a sede da DEPRE, e em seguida será encaminhado para a Central de Flagrantes de Teresina.

Continue Lendo

Polícia

Acusado de agredir esposa e ameaçar bebê é preso em Altos

Avatar

Publicado

em

Um jovem de 20 anos, identificado como Raimundo César da Silva, foi preso na tarde desta quarta-feira (14) pelos crimes de violência doméstica e ameaça em Altos. Raimundo é agrediu a esposa e ainda ameaçou de morte o próprio filho de apenas 1 mês de vida.

De acordo com informações da Polícia Civil de Altos, a prisão foi realizada no bairro Barroquinha, no município de Altos, após a esposa ter ido até a delegacia para denunciar o acusado. Conforme o relato da vítima, Raimundo bateu na esposa, ameaçou ela e a criança de morte com uma faca.

Durante a prisão, Raimundo ainda tentou fugir, mas acabou sendo preso e conduzido para a Central de Flagrantes de Teresina.

Continue Lendo

Polícia

Suspeitos de morte de empresário em Parnaíba são presos em operação da Polícia Civil

A polícia ainda apura se o caso tem ligação com crime de pistolagem.

Laurivânia Fernandes

Publicado

em

Foto: Divulgação/Polícia Civil

A Polícia Civil do Piauí, por meio da Delegacia Regional de Parnaíba, Delegacia de Homicídios, Tráfico e Latrocínio (DHTL) e Diretoria de Inteligência (DINT/SSP), deflagrou nesta quarta-feira (14/04), a Operação Sicário, com objetivo de dar cumprimento a 11 mandados de busca e apreensão domiciliar e 8 mandados de prisão, em três estados da federação, sendo eles: Piauí (Luís Correia e Parnaíba), Pernambuco (Pedra, Arcoverde, Venturosa e Olinda) e Alagoas (Arapiraca).

A ação tinha como intuito prender os executores do homicídio do empresário Janes Cavalcante de Castro, ocorrido na cidade de Parnaíba, no dia 18/09/2020. O empresário estava em um carro, próximo à sua residência, no momento em que foi atingido pelos disparos de arma de fogo. A polícia ainda busca saber se o caso é relacionado ao crime de pistolagem.  

Empresário Janes Cavalcante — Foto: Divulgação

Segundo a polícia, além das prisões, a operação também visa arrecadar provas da participação dos autores imediatos, partícipes e quem prestou auxílio material.

“Por se tratar de uma questão de interesse público, a Polícia Civil divulgará a identidade de alguns dos envolvidos, para que a população possa, através de denúncias, informar quaisquer fatos que liguem os presos aos mandantes, bem como qualquer outra informação relevante, por intermédio do link: bit.ly/denunciapcphb , www.pc.pi.gov.br ou disque denúncia 181”, informa a PC em nota.

A Operação contou ainda com apoio da DICAP, DEPATRI, DPLC (PC/PI), Polícias Civis de Pernambuco e Alagoas, e Polícia Rodoviária Federal.


Participaram da operação cerca de 60 policiais das diversas instituições supramencionadas.

Veja mais imagens:

.
Foto: Divulgação/Polícia Civil
.
Foto: Divulgação/Polícia Civil
.
Foto: Divulgação/Polícia Civil
Continue Lendo
Casas Duplex

Trending

Copyright © 2018 Encarando - Silas Freire. Todos os Direitos Reservados.
WhatsApp: 86. 98183-1178 / Fixo: 3234-9879
Email: encarando.com@gmail.com

WhatsApp chat