Siga as Redes Sociais

Polícia

Piauiense de 19 anos é estuprada durante assalto em praia de Salvador

Laurivânia Fernandes

Publicado

em

Foto: Mariana Belo

Uma piauiense de 19 anos, foi estuprada durante um assalto próximo a uma praia do bairro Itapuã, em Salvador, na Bahia. O crime ocorreu na noite da última terça-feira (7) e, no momento, a jovem estava acompanhada do namorado, de 27 anos.

O casal é de de Teresina e está na capital baiana a passeio. A praia onde ocorreu o assalto fica em uma região de bares, restaurantes e perto do monumento da Sereia de Itapuã. Além disso, a praia fica próxima ao hotel onde os dois estão hospedados.

No momento da ação, eles relataram que foram abordados por dois criminosos, que anunciaram o assalto.

“A gente veio andando pela praia e resolvemos sentar numa pedra. A praia estava cheia, mas começou a esvaziar. Depois dois homens chegaram por trás dizendo: ‘É assalto, é assalto. Você é polícia? Passa tudo. Ele pediu dinheiro e eu disse que o dinheiro estava no hotel. Ele então mandou que eu fosse no hotel pegar o dinheiro e disse que se eu não voltasse, ele mataria a minha namorada. Quando eu saí, ao invés de ir para o hotel fui para delegacia”, relatou o namorado da vítima.

A vítima, que esteve em Salvador pela primeira vez, relembrou os momentos de terror quando esteve rendida pelo assaltante.

“Ele me levou para trás de uma pedra e me estuprou. Depois, quando viu as luzes da viatura da polícia, ele me puxou pelo braço e disse que era pra eu fingir que éramos um casal e começou a correr”, contou.

“Eu não pude correr porque comecei a ficar com com falta de ar, tenho asma. Ele pegou na minha mão e disse que se eu tentasse alguma coisa que iria me matar. Então, ele foi andando, parou em um condomínio e pediu água para mim na portaria”, completou.

Após sair da frente da portaria do condomínio, a jovem relatou que o homem parou em uma rua do bairro e foi então que ela aproveitou para fugir.

“Ele disse: ‘Fique aqui e daqui a meia hora eu volto para pegar o dinheiro’. Então eu aproveitei e fugi. Fui me escondendo atrás dos carros, suspeitava que ele estava me vigiando. Voltei no condomínio que ele [o assaltante] pediu água. O porteiro disse que não tinha como me ajudar. Continuei andando, achei um hotel e pedi ajuda. Foi então que a recepcionista chamou um táxi. Eu voltei pro meu hotel, encontrei meu namorado e então fomos para delegacia para registrar o caso”, relatou.

Ainda não há detalhes sobre as identidades dos criminosos. O caso está sob investigação da Polícia Civil.

O casal registrou o crime nas delegacias de Itapuã, do Turista, que fica no Centro Histórico de Salvador, e na Central de Flagrantes, na região do Iguatemi.

A mulher recebeu atendimento na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Itapuã, pois, além do estupro, ela bateu um do joelhos na pedra, e passou por exame no Departamento de Polícia Técnica (DPT).

Fonte: G1

Polícia

Empresário suspeito de atirar na cunhada durante bebedeira é preso no PI

Durante a ação, o homem foi flagrado com uma arma e doze munições intactas.

Laurivânia Fernandes

Publicado

em

Foto: Divulgação/Polícia Civil


Um empresário, que não teve a identidade revelada, foi preso nesta quinta-feira (22/04), suspeito de atirar na própria cunhada. O caso ocorreu no mês de março deste ano, na cidade de Altos-PI.

Segundo informações da polícia, o caso ocorreu durante uma bebedeira. Na ocasião, o homem teria efetuado um disparo de arma de fogo na perna da vítima.

A prisão foi realizada em cumprimento a um mandado de prisão preventiva expedido em decorrência do crime de tentativa de homicídio, com base na lei Maria da Penha. Na ação, a polícia também encontrou um revólver e doze munições intactas.

Com isso, o empresário também foi autuado em flagrante pelo crime de porte ilegal de arma de fogo

Continue Lendo

Polícia

Adolescente é sequestrada em Teresina e caso pode ter envolvimento com facção

Laurivânia Fernandes

Publicado

em


A família de uma jovem identificada como Tatiana Graziela Santos Rodrigues de Jesus, de 16 anos, pede ajuda para tentar localizá-la. A jovem, está desaparecida desde a última terça-feira (20/04), após ter sido sequestrada na zona Leste de Teresina. 

A mãe da jovem, Cleide dos Santos, levou o caso ao Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), para investigação, já que o caso pode ter envolvimento com facções. Um vídeo que tem circulado nas redes sociais, chegou ao conhecimento da família. Nele, a jovem aparece sendo torturada por indivíduos.

“O último contato que tive com ela foi quando ela foi me deixar no Torquato Neto. A gente tem uma casa na zona Leste e a gente fica lá e fica aqui. Depois, falei com ela, pedindo pra ela ir me buscar, e ela disse ‘tá bom’. Após isso, nunca mais tive notícias da minha filha. Não sei se ela ta viva ou morta. Ela foi pega e jogada dentro de um carro. Disseram que bateram muito nela, todo mundo viu e não fizeram nada. Só sei que minha filha está desaparecida e estou pedindo a Deus que ela apareça logo e viva”, relatou a mãe.

Equipes do DHPP já iniciaram diligências no intuito de conseguir maiores informações sobre o ocorrido, bem como, localizar a adolescente.

Veja reportagem exibida pela TV Meio Norte:

Continue Lendo

Polícia

Comerciante é morto a tiros na zona Leste de Teresina

Laurivânia Fernandes

Publicado

em

Um homem identificado como Giltônio Rocha Maia,de 63 anos, foi morto a tiros na manhã desta quinta-feira (22/04), na Vila Meio Norte, localizada na zona Leste de Teresina.

Segundo informações da polícia, a vítima, que é comerciante, estava limpando o seu estabelecimento, no momento em que os suspeitos chegaram e efetuaram os disparos.


Foto: Reprodução/WhatsApp

Após o ocorrido, os suspeitos empreenderam fuga e, até o momento não foram identificados. Também não há informações sobre possíveis causas para o crime.

O Instituto Médico Legal (IML), foi acionado e realizou a remoção do corpo. O caso será investigado pelo Departamento de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP).

Continue Lendo
Casas Duplex

Trending

Copyright © 2018 Encarando - Silas Freire. Todos os Direitos Reservados.
WhatsApp: 86. 98183-1178 / Fixo: 3234-9879
Email: encarando.com@gmail.com

WhatsApp chat