Siga as Redes Sociais

Polícia

Polícia afirma que acusado de matar a própria mãe era assaltante em São Paulo

Redação Encarando

Publicado

em

Um homem identificado como Roberval Siqueira da Silva foi preso em flagrante após matar a própria mãe, Araci Siqueira da Silva, de 73 anos, nessa última sexta-feira (03). O crime ocorreu dentro de uma residência localizada na Rua do Ouro, centro da cidade de Pavussu.

De acordo com informações repassadas pelo Hélio Pereira, da Polícia Militar de Itaueira, Roberval já havia sido preso em São Paulo pelo crime de roubo. “A mãe dele tinha ido buscar ele em São Paulo para morar com ela. Ele chegou recentemente na cidade. Durante a prisão dele em flagrante encontramos um objeto perfurante dentro do bolso dele, ainda melado de sangue. Acreditamos que ele tenha usado esse objeto para matá-la. Após a prisão, encontramos um vídeo dele participando de um assalto em São Paulo, então não estamos acreditando muito na versão que ele seja esquizofrênico”, explicou o capitão para o Portal Encarando.

Araci Siqueira da Silva foi encontrada morta na cozinha pela sobrinha, que sentiu sua falta. “No interior as pessoas tem costume de sentar na porta de casa no final da tarde. Então a sobrinha sentiu a falta da tia. Em conversas com os vizinhos, a sobrinha descobriu que ouviram ela gritar mais cedo, por isso entraram na casa. A idosa foi encontrada morta na cozinha e com o rosto desfigurado. Acreditamos que o filho dela bateu o rosto dela contra um móvel, pois ela estava caída próxima do móvel, e o móvel ainda estava sujo de sangue”, finalizou.

O suspeito e o corpo da idosa foram levados para a cidade de Itaueira. A vítima foi levada ao hospital para realização de exame cadavérico. Já o suspeito será ouvido pelo delegado da cidade.

Polícia

Ministério Público do DF denuncia maníaco pelo assassinato de piauiense

Laurivânia Fernandes

Publicado

em

O Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT), por meio da Promotoria de Justiça do Tribunal do Júri de Planaltina, denunciou o maníaco Marinésio dos Santos Olinto, 42 anos, pelo assassinato da piauiense Genir Pereira de Sousa, 47.

Segundo as investigações, o cozinheiro estuprou e matou Genir. Depois, ele escondeu o cadáver da vítima. O MPDFT pede condenação por estupro, ocultação de cadáver e homicídio quintuplamente qualificado por se tratar de motivo torpe, devido à condição do sexo feminino (feminicídio), com asfixia, dissimulação e objetivo de ocultar outro crime. Os crimes ocorreram em junho de 2019

Genir estava em uma parada de ônibus, na DF-250, quando Marinésio se aproximou dela e se ofereceu para transportá-la de carro. A diarista aceitou o convite e entrou no veículo. Após o embarque, o criminoso dirigiu por uma estrada de terra, onde estuprou e matou Genir. O corpo da vítima foi escondido na vegetação, e Marinésio fugiu do local.

A Justiça agora vai decidir se recebe a denúncia. Caso opte por dar andamento ao caso, o próximo passo é a instrução processual com a oitiva das testemunhas, e, por fim, o interrogatório do denunciado. Após o procedimento, o juiz decidirá se o caso deve ir a julgamento pelo Tribunal do Júri de Planaltina.

“Nossa esperança é que ele seja condenado e receba pena à altura da gravidade dos crimes praticados, de modo a dar uma resposta satisfatória aos familiares das vítimas e a toda a sociedade”, disse o promotor de Justiça responsável pela denúncia, Nathan da Silva Neto.

“Nossa esperança é que ele seja condenado e receba pena à altura da gravidade dos crimes praticados, de modo a dar uma resposta satisfatória aos familiares das vítimas e a toda a sociedade”, disse o promotor de Justiça responsável pela denúncia, Nathan da Silva Neto.

Vítimas

Marinésio é acusado de outros casos que envolvem feminicídio e violência sexual contra mulheres. Ele já foi denunciado e responde na Justiça pelo assassinato de Letícia Curado, ocorrido em agosto de 2019, e por quatro crimes de estupro.

Apontado pela Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) como maníaco em série, o cozinheiro foi condenado a 10 anos de prisão pelo estupro de uma adolescente de 17 anos, ocorrido em uma área isolada do Paranoá, em 2018.

Fonte: Metrópoles

Continue Lendo

Polícia

Homem é preso por agredir filho de 9 meses dentro de hospital no PI

Laurivânia Fernandes

Publicado

em

Foto: Reprodução

Um homem, que não teve a identidade revelada, foi preso por agredir próprio filho, um bebê de apenas 9 meses. O fato ocorreu nessa segunda-feira (19), em Valença do Piauí.

Segundo informações da polícia, o suspeito estava no hospital da cidade para realizar um exame de corpo de delito após ter sofrido uma agressão. Ele estava acompanhado da esposa e do bebê.

Testemunhas relataram que, as agressões à criança aconteceram no momento em que ela chorava. Segundo relatos, o homem pegou a criança de desferiu vários socos em seu rosto. A polícia foi acionada por populares e o homem foi preso. Exames realizados no bebê confirmaram as agressões.

Após isso, o suspeito foi encaminhado para a delegacia da cidade e foi autuado pelo crime de lesão corporal. 

Apesar do ocorrido, a criança passa bem, foi medicada e encaminhada pra casa.

Continue Lendo

Polícia

Dupla arremessa arma pela janela de carro durante fuga da polícia na BR 316

Laurivânia Fernandes

Publicado

em

Dois jovens de 18 e 19 anos, foram presos pela Polícia Rodoviária Federal (PRF), na noite dessa segunda-feira (19), às margens da BR 316, na cidade de Teresina.

Segundo a PRF, a ação aconteceu durante o policiamento de rotina na rodovia. Os policiais visualizaram dois homens em uma atitude suspeita, que estava em um veículo FIAT/PALIO FIRE FLEX. Ao dar a ordem de parada, o condutor empreendeu fuga, sendo necessário a realização de um acompanhamento tático. Durante a fuga, o passageiro arremessou a arma para fora do veículo com o intuito de se livrar da prova do crime. Ao conseguir abordar o veículo, além do revólver cal. 38, também foram encontradas onze munições não deflagradas.

Os policiais constataram que o passageiro, que estava com a arma, já possui diversas passagens pela polícia por Porte Ilegal de Arma de Fogo, Corrupção de Menores e Falsa Identidade. Ele encontrava-se preso pela prática desses crimes, porém havia conseguido um alvará de soltura em julho deste ano.

“Os policiais acreditam que a dupla estava se preparando para iniciar um série de crimes na região com a utilização da arma”, informou a PRF.

Após serem presos, a dupla foi encaminhada para a Central de Flagrantes na cidade de Teresina.

Continue Lendo
Casas Duplex

Trending

Copyright © 2018 Encarando - Silas Freire. Todos os Direitos Reservados.
WhatsApp: 86. 98183-1178 / Fixo: 3234-9879
Email: encarando.com@gmail.com

WhatsApp chat