Siga as Redes Sociais

Política

Imóvel da esposa de Flávio é ligado a médico réu por esquema no Rio

Redação Encarando

Publicado

em

A dentista Fernanda Antunes Bolsonaro, esposa do senador Flávio Bolsonaro (PSL-RJ), teve os seus sigilos bancário e fiscal quebrados por ordem da Justiça nas investigações sobre as movimentações bancárias do seu marido.

Em parceria, os dois possuem uma sala comercial na Barra da Tijuca (RJ), onde funciona a clínica da ortodontista. No mesmo local, também está registrada a empresa Angiocare Serviços Médicos LTDA, cujo proprietário, Carlos Henrique Eiras Falcão, é réu em uma investigação sobre uma quadrilha suspeita de praticar reuso de materiais médicos.

O cardiologista foi denunciado pelo Ministério Público do Rio de Janeiro (MPRJ) por “expor a vida ou a saúde de outrem a perigo direto e iminente” e “falsificar, corromper, adulterar ou alterar produto destinado a fins terapêuticos ou medicinais”. Em 2016, tornou-se réu junto a outros 18 médicos.

A sala de Fernanda, onde ele registrou a sua empresa, não é citada nas investigações. Os nomes dela e de Flávio tampouco.

O MPRJ entendeu que, na condição de coordenador da área de Hemodinâmica no Hospital das Clínicas de Niterói, Eiras Falcão foi omisso. A instituição, assim como outros hospitais no Rio, foi alvo de mandado de busca e apreensão de materiais supostamente reprocessados de maneira ilegal.

Nem Eiras Falcão nem a família de Fláviosouberam explicar a origem da relação. Procurado pelo Metrópoles, o médico disse apenas que, no exercício da profissão, recebe honorário por meio de firmas prestadoras de serviços.

Segundo Eiras Falcão, essas firmas precisam ser registradas em endereços comerciais e são compostas por médicos, sendo um deles o fornecedor do endereço na Barra da Tijuca. Questionado, então, quem era o médico, ele disse que não se lembrava. Ao ser confrontando com o fato de seu nome constar nos registros da Receita Federal, ele desligou o telefone.

Flávio foi procurado, mas não respondeu aos questionamentos até a última edição desta reportagem. Fernanda não retornou aos pedidos de entrevista enviados ao seu consultório.

A empresa Angiocare, cujos sócios-proprietários são Carlos Henrique e o médico cardiologista Jose Antonio Correa da Silva, não foi registrada na Junta Comercial do Rio de Janeiro, mas está cadastrada na Receita desde 1998 no endereço mencionado. Na ocasião, o imóvel pertencia aos sogros de Flávio. O pai de Fernanda, o médico investigado e Jose Antonio são associados da Sociedade Brasileira de Hemodinâmica e Cardiologia Intervencionista (SBHCI).

O imóvel foi doado para Fernanda em 2011. Por ser casado em regime de comunhão parcial de bens, também passou a ser propriedade do senador. Nas eleições de 2018, uma sala comercial na Barra da Tijuca foi declarada por ele ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Autuação pela Vigilância Sanitária
Em julho de 2018, Fernanda foi autuada pela Vigilância Sanitária, que encontrou no seu consultório (veja galeria abaixo) materiais clínicos, que seriam usados em pacientes, fora do prazo de validade. A dentista foi multada, mas não pagou o valor de R$ 2 mil no prazo. Na época, seu nome foi parar na dívida ativa do município. O auto de infração já foi quitado e, atualmente, o seu nome não consta nos registros dos devedores.

Consultório médico e odontológico
A sala em que a Angiocare foi cadastrada funciona no segundo andar de um dos blocos do shopping Downtown, na movimentada Avenida das Américas, no Rio. O espaço que foi parar no nome de Flávio é pequeno, mas funciona dividido em duas partes. Em uma delas, atende a dentista Fernanda Bolsonaro. Em outra, a mãe dela, a médica ginecologista Leila Antunes Figueira.  

A reportagem foi até o local. Além de assentos para a secretária e pacientes, havia uma televisão e duas portas que dão para o interior do imóvel.

Sem conversar muito, no final de janeiro deste ano, a funcionária que trabalha no local informou que a agenda de Fernanda estava restrita, visto que a dentista acompanharia o marido em Brasília. Os valores dos serviços prestados não foram informados. A mãe, Leila, estava atendendo uma paciente naquele momento.

Procurada novamente nessa quinta-feira (16/05/2019), uma mensagem gravada pela secretária no telefone da clínica informou que o atendimento estava suspenso e seria retomado nesta sexta (17/05/2019).

Fonte: Metrópoles

Política

Alerj realiza julgamento do impeachment de Wilson Witzel; Assista ao vivo!

Laurivânia Fernandes

Publicado

em

Foto: Rafaela Feliciano/Metrópoles


A Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj) abriu, nesta quarta-feira (23/9), a sessão que decidirá sobre o processo de impeachment contra Wilson Witzel (PSC), governador afastado do Rio. Ele é suspeito de participar de um esquema de corrupção na área da Saúde.


A votação poderá se estender por mais de um dia, porque cada um dos 25 partidos terá uma hora para se manifestar, assim como a defesa do político fluminense.

O prosseguimento do processo de impeachment depende de 47 votos para ser aprovado. Ou seja, dois terços do total dos 70 deputados.

Acompanhe ao vivo:


Fonte: Metrópoles

Continue Lendo

Eleições

Fazenda, cavalos e veículos; bens declarados por Fábio Abreu somam mais de R$ 700 mil

Laurivânia Fernandes

Publicado

em

Foto: Reprodução


Já está disponível para consulta, o requerimento de registro de candidatura do deputado Fábio Abreu, para disputar a Prefeitura de Teresina, pelo PL, através da coligação “A Mudança Com a Força do Povo”.

Ainda no registro é possível verificar a declaração de bens feita pelo candidato, que somam o valor de R$ 704.391,39 mil. Os dados podem ser acessados através da plataforma DivulgaCanContas, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE)

Entre os bens declarados, estão uma fazenda localizada em José de Freitas, cavalos, automóveis, consórcios e valores depositados em contas bancárias corrente e poupança.

Veja lista detalhada:

Depósito bancário em conta corrente no País CONTA CORRENTE CAIXA ECONOMICA FEDERAL R$8.750,14
OUTROS BENS E DIREITOS CAVALO QUARTO DE MILHO, ETERNALY STRIKE RCT, IDENTIDADE P183194 R$43.200,00
Caderneta de poupança POUPANÇA BANCO DO BRASIL R$206,48
Aplicação de renda fixa (CDB, RDB e outros) BB RF SIMPLES R$35.312,66
Veículo automotor terrestre: caminhão, automóvel, moto, etc. TOYOTA ETIOS SD X PLUS, COR BRANCA, ANO 2018, MODELO 2019, PLACA QRR 1620 R$57.940,00
Outros bens imóveis FAZENDA GRAJAU, LOCALIZADA EM JOSE DE FREITAS – PI, 200 HA R$100.000,00
Depósito bancário em conta corrente no País CONTA CORRENTE BANCO DO BRASIL R$30.962,13
Consórcio não contemplado CONSORCIO HONDA LTDA – GRUPO 42503 / COTA 178 / RD -0-3 R$7.614,38
Veículo automotor terrestre: caminhão, automóvel, moto, etc. JEEP COMPASS LONGITUDE, ANO 2018, PRETO, PLACA QRO-7889 R$159.010,00
Veículo automotor terrestre: caminhão, automóvel, moto, etc. Camionete Cabine Dupla, Nissan Frontier XE 4×4, Cor Preta, Ano 2020, Modelo 2020, Placa QRR-4H05. adquirida através de Alienação Fiduciária ao Banco do Brasil S.A R$179.500,00
Caderneta de poupança POUPANÇA CAIXA ECONOMICA FEDERAL R$3.212,41
OUTROS BENS E DIREITOSCAVALO QUARTO DE MILHO, FLORA JAY DEE, IDENTIDADE P266674R$15.000,00
OUTROS BENS E DIREITOS CAVALO QUARTO DE MILHA, ONERO TOP ROJO, IDENTIDADE P262042 R$15.120,00
Consórcio não contemplado CONSORCIO YAMAHA, GRUPO 7019, COTA 0133-00 R$14.823,03
Consórcio não contemplado RODOBENS ADMINSITRADORA DE CONSORCIO LTDA. GRUPO 07865. COTA 053 R$33.740,16

A data para o registro das candidaturas vai até sábado (26). 

Continue Lendo

Política

Alerj vota impeachment de governador afastado do Rio, Wilson Witzel

Laurivânia Fernandes

Publicado

em

Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil

A Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj) vota na tarde de hoje (23) a resolução que autoriza o prosseguimento do processo de impeachment do governador Wilson Witzel. Ele está sendo processado por crime de responsabilidade.

O relatório do deputado estadual Rodrigo Bacellar (SDD), aprovado pela Comissão Especial da Alerj no último dia 17, alega que há indícios de que o governador afastado tenha cometido crime de responsabilidade por meio do recebimento de vantagens indevidas.

No dia 28 de agosto, Witzel foi afastado por 180 pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ), por causa de investigações relativas a sua suposta participação em fraudes na área da saúde.

Witzel nega que tenha cometido qualquer irregularidade à frente do governo do Rio. “A vida me forjou nos desafios. Menino pobre, orgulho de uma doméstica e de um metalúrgico. Resistirei. Politicamente, minha história está apenas começando. Juridicamente, minha absolvição com o retorno imediato ao cargo no qual o povo me colocou é o único caminho possível”, escreveu em seu perfil do Twitter há dois dias.

A votação começa às 15h. Caso dois terços dos parlamentares, o equivalente a 47 dos 70 deputados, sejam a favor do impeachment, a denúncia será encaminhada ao Tribunal de Justiça do Rio (TJRJ).

O tribunal, então, formará um tribunal misto de julgamento, composto por cinco deputados e cinco desembargadores, para definir os ritos finais do processo. Ao receber a denúncia, o tribunal decretará um novo afastamento, por 180 dias, do governador.

Fonte: Agência Brasil

Continue Lendo
Casas Duplex

Trending

Copyright © 2018 Encarando - Silas Freire. Todos os Direitos Reservados.
WhatsApp: 86. 98183-1178 / Fixo: 3234-9879
Email: encarando.com@gmail.com

WhatsApp chat