Siga as Redes Sociais

Política

Nomeações de Braga Netto e Onyx Lorenzoni são publicadas no DO

Laurivânia Fernandes

Publicado

em

Fotos: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasilpp

 A nomeação do general Walter Souza Braga Netto, como ministro-chefe da Casa Civil da Presidência da República, no lugar de Onyx Lorenzoni, é publicada no Diário Oficial da União desta sexta-feira (14). A publicação oficial traz também a nomeação de Lorenzoni, que substitui Osmar Terra, no Ministério da Cidadania. Terra reassume o seu mandato de deputado federal.

Nessa quinta-feira (13) o presidente Jair Bolsonaro, em uma postagem no Twitter, comentou as mudanças nos dois ministérios. “Nós fizemos uma pequena reforma ministerial, nenhum ministro saindo por qualquer problema”. O presidente elogiou o trabalho de Osmar Terra e disse que ele cumprirá “uma missão” no Congresso Nacional.

Durante sua live semanal, transmitida no Facebook, Bolsonaro falou sobre a presença de Braga Netto na Casa Civil, dizendo que a principal tarefa dele será a de coordenar a atividade dos demais ministérios. O presidente lembrou também do trabalho executado pelo general, quando esteve à frente da segurança pública no estado do Rio de Janeiro.

“O general Braga Netto tornou-se uma pessoa conhecida por ocasião da sua intervenção no Rio de Janeiro, na questão de segurança pública. Foi interventor na segurança pública do Rio de Janeiro, fez um excepcional trabalho, conseguiu recursos para aparelhar as forças de segurança lá no Rio de Janeiro e, de certa forma, baixou a temperatura da criminalidade. (…) Então, bem-vindo Braga Netto, muito obrigado por você ter aceito esse convite. E, para você também, não deixa de ser mais um desafio, você sai da parte bélica e vai para a burocracia”, disse o presidente.

A cerimônia de posse de Braga Netto e Onyx Lorenzoni está marcada para a próxima terça-feira (18), às 15h, no Palácio do Planalto.

Fonte: Agência Brasil

Política

Coronavírus faz governadores do Nordeste cancelarem viagem à Europa

Laurivânia Fernandes

Publicado

em

Foto: Divulgação/Casa Civil

O Consórcio de Governadores do Nordeste cancelou a missão à Europa, que teria início no próximo sábado (29). Um dos principais motivos é o número dos casos de coronavírus registrados na Itália.

A secretaria executiva do Consórcio Nordeste informou ao embaixador da Espanha, Fernando Garcia Casas, a intenção de adiar e foi acatado.

O governador do Piauí, Wellington Dias, participaria da missão.

Continue Lendo

Política

Ministro Paulo Guedes pede desculpas à empregadas domésticas durante discurso

Laurivânia Fernandes

Publicado

em

Em discurso no Palácio do Planalto nesta quinta-feira (20) o ministro da Economia, Paulo Guedes, pediu desculpas às empregadas domésticas.

No dia 13 de fevereiro, ao comentar as sucessivas altas da cotação do dólar, Guedes disse que, na época em que o dólar era mais baixo, havia “empregada doméstica indo pra Disneylândia, uma festa danada”.

Nesta quinta, Guedes participou do evento de lançamento de uma nova linha de crédito imobiliário da Caixa Econômica Federal, com taxa de juros fixa. O ministro citou as domésticas ao afirmar que a nova modalidade vai beneficiar as famílias mais humildes.

“E justamente também as famílias mais humildes, empregadas domésticas, inclusive, a quem eu peço desculpas, se puder ter ofendido, dizendo que a mãe do meu pai foi uma empregada doméstica”, disse o ministro.

Guedes ainda afirmou que a declaração dele sobre as domésticas viajarem à Disney era reflexo de uma política de preços que estava “empurrando a população em direção equivocadas”.

De acordo com Guedes, a fala dele sobre domésticas viajarem à Disney foi tirada de contexto. No entanto, após pedir desculpas, o ministro questionou qual o problema de fazer a referência às domésticas.

“Qual o problema de você fazer uma referência como essa? Mostrando que os preços estão empurrando a população em direção equivocadas. Um Brasil cheio de belezas naturais e as pessoas pensando em não viajar para o Nordeste, para as praias do Nordeste porque estava 50% mais caro ir para o Nordeste brasileiro do que ir para o exterior”, disse.

Fonte: G1

Continue Lendo

Política

Governador ameaça cortar ponto de professores caso permaneçam em greve

Laurivânia Fernandes

Publicado

em

Foto: Paulo Barros/Governo do Piauí

O governador Wellington Dias (PT) afirmou nesta quinta-feira (20), que o estado deve cortar ponto dos servidores da educação do estado, caso a greve continue.

Dias afirma que a medida será tomada por conta dos ‘prejuízos’ que a manifestação vem causando ao estado, e citou que o Piauí já perdeu cerca de 70 mil alunos em greves anteriores.

A greve é por causa do piso? Hoje pagamos R$ 2.886 e o estado vai fazer concurso e ao anunciar, esse concurso terá salário de R$ 3.750. Nós pagamos mais que o piso”, disse o governador.

A greve dos professores da rede estadual já dura 10 dias. A classe reinvindica um reajuste de 12,84% para ativos e inativos, além disso, eles pedem que o auxílio alimentação não seja somente para trabalhadores da ativa. 

Continue Lendo
Acqua Blu

Trending

Copyright © 2018 Encarando - Silas Freire. Todos os Direitos Reservados.
WhatsApp: 86. 98183-1178 / Fixo: 3234-9879
Email: encarando.com@gmail.com

WhatsApp chat