Siga as Redes Sociais

Política

Caminhoneiros querem diesel mais barato e fiscalização do frete

Publicado

em

O líder caminhoneiro Wallace Landim, o Chorão, espera do governo alguma medida que alivie o custo do diesel no orçamento da categoria. O presidente Jair Bolsonaro convocou uma reunião para tratar do assunto na próxima 3ª feira (16.abr.2019), depois que o valor de mercado da Petrobras caiu R$ 32,4 bilhões com o recuo no reajuste de 5,7% anunciado na 5ª feira (11.abr).

Nós somos os maiores consumidores de diesel”, afirmou ao Poder360. Para ele, até a abertura de mercado, com maior concorrência à Petrobras, pode ser uma alternativa. A categoria estava inquieta desde o início do ano, porque o preço do combustível subia praticamente todos os dias.

A lei que estabeleceu o tabelamento do frete rodoviário manda que os valores do serviço sejam reajustados sempre que o diesel acumular variação de mais de 10% para cima ou para baixo. Com isso, em tese, o preço do combustível não seria problema para os caminhoneiros.

Porém, explicou Chorão, os pisos mínimos não vêm sendo cumpridos por falta de fiscalização. Essa é uma insatisfação que fermenta entre os caminhoneiros desde meados do ano passado. A paralisação de abril de 2018 gerou uma conquista histórica: o tabelamento. Mas a sensação é de “ganhou, mas não levou.” É isso que está por trás da inquietação que se viu no final de março passado e que o Planalto detectou na semana passada como um risco concreto de nova paralisação.

Ou seja, a falta de uma ação governamental que garantisse o cumprimento do que já está na lei provocou uma cadeia de problemas. Bolsonaro mandou a Petrobras recuar do aumento, como explicou nesta entrevista, derrubou o valor de mercado da estatal, enviou um sinal contrário à agenda econômica liberal e deixou o ministro da Economia, Paulo Guedes, numa saia justa.

A solução estrutural para o cumprimento dos pisos mínimos, dizem os caminhoneiros, é o DT-E (Documento de Transporte Eletrônico). Com ele, a emissão dos documentos necessários ao transporte de carga não será feita se o caminhoneiro não estiver recebendo os valores mínimos do frete.

Vai ser maravilhoso”, afirmou Chorão. Se ele já estivesse em operação, “com certeza” toda a confusão da semana passada não teria ocorrido, avaliou. Na próxima semana, passado quase 1 ano da paralisação que colapsou a economia brasileira, a ANTT começa um piloto do DT-E em uma rodovia do Espírito Santo.

Na semana passada, a agência reguladora colocou em audiência pública um sistema mais sofisticado para determinar os valores mínimos do frete. A tabela que está em vigor atualmente é a mesma elaborada em caráter de emergência para encerrar a greve. Empresas e caminhoneiros apontam erros nela.

CONVERSA COM ONYX

Chorão contou que, há cerca de 20 dias, antes das manifestações do dia 31 de março, teve uma conversa com o ministro-chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni. A pedido de Bolsonaro, queria saber o que poderia ser feito para atender aos caminhoneiros. O líder listou três pontos: fiscalização, jornada de trabalho e o preço do diesel. O reajuste deveria ser a cada 30 dias, sugeriu.

Na semana seguinte, a Petrobras anunciou duas medidas:

  • Periodicidade – O diesel seria reajustado a cada 15 dias;
  • Cartão – Seria criado um cartão caminhoneiro, para travar o preço do diesel em postos da bandeira BR.

“O cartão não é ruim, mas não resolve 100%”, comentou Chorão. Ele funciona no sistema pré-pago. Antes de iniciar a viagem, o caminhoneiro compra a quantidade de diesel que vai precisar a um determinado preço e garante esse valor em todos os postos ao longo do trajeto. O problema é que os motoristas estão descapitalizados. “Estamos vendendo o almoço para comprar a janta”, disse.

STF

A fixação de preços mínimos para o frete rodoviário é alvo de três ações de inconstitucionalidade. O caso é relatado pelo ministro Luiz Fux. No dia 08.abr.2019, a procuradora-geral da República, Raquel Dodge, enviou parecer favorável ao tabelamento.

Fonte: Poder 360

Política

Após acordar ensanguentada e com fraturas, Joice Hasselmann aciona Depol

Publicado

em

Foto: Reprodução

A deputada Joice Hasselmann (PSL-SP), ex-líder do governo de Jair Bolsonaro no Congresso, está com diversas fraturas e hematomas espalhados pelo corpo e não sabe dizer ao certo como os ferimentos ocorreram. Joice diz ter acordado no último domingo, 18, no chão do seu apartamento funcional, em Brasília, no meio de uma poça de sangue, com frio e muitas dores pelo corpo.

“Eu cheguei a pensar que tivesse tido um pequeno AVC (acidente vascular cerebral) ou algo assim”, afirmou a deputada ao Estadão/Broadcast Político. Do chão, ela conseguiu chamar o marido – o neurocirurgião Daniel França, que estava no apartamento, mas tinha dormido em outro quarto – para socorrê-la e prestar os primeiros socorros.

Nesta terça-feira, 20, Joice foi ao hospital fazer exames e descobriu diversos traumas pelo corpo – joelho, costela, ombro e nuca -, incluindo cinco fraturas na face e uma na coluna. Os médicos, segundo ela, descartaram a possibilidade de uma queda acidental. Joice acredita ter levado uma paulada na cabeça. “O galo na minha cabeça está muito grande”, contou.

A deputada desconfia ter sofrido um atentado dentro de sua casa e, por isso, acionou o Departamento de Polícia Legislativa (Depol) para abrir investigação sobre o caso. As imagens das câmeras de segurança do prédio devem ser analisadas.

Joice está tomando remédio para dores e recebeu o apoio da bancada feminina da Câmara. A segurança no apartamento foi reforçada. “Estou com dois homens armados aqui, uma faca do meu lado e mandei liberar minha pistola”, disse ela. “Eu vou descobrir o que aconteceu comigo, sim. Já investiguei o gabinete do ódio na CPI das Fake News e isso também vou descobrir”.

Fonte: Estadão Conteúdo

Continue Lendo

Política

Presidente Bolsonaro confirma que Ciro Nogueira assumirá Ministério da Casa Civil

Publicado

em

O presidente Jair Bolsonaro (Sem Partido) confirmou nesta quinta-feira (22/07), a indicação do senador Ciro Nogueira (PP), ao Ministério da Casa Civil.

A informação foi repassada pelo próprio presidente, em entrevista à Rádio Banda B.

Ainda, segundo o presidente, o anúncio oficial e a posse de Ciro devem ocorrer na próxima semana, após o senador retornar da viagem ao México. 

“Conversei com ele e ele aceitou. É uma pessoa que eu conheço há muito tempo. Ele está em recesso, chega em Brasília segunda-feira, converso com ele, acertamos os ponteiros. E a gente toca o barco. […] A Casa Civil é o ministério mais importante dos nossos, que trata, inclusive, da coordenação entre os ministérios. É uma pessoa que nos interessa pela sua experiência e que pode fazer um bom trabalho”, disse Bolsonaro.

Bolsonaro também confirmou a recriação do Ministério do Trabalho, que se chamará Ministério do Emprego e Previdência. O atual ministro da Secretaria Geral, Onyx Lorenzoni, será o titular do novo ministério e o atual chefe da Casa Civil, Luiz Eduardo Ramos, assumirá a Secretaria Geral.

Assista:

Continue Lendo

Política

PP deve filiar mais dois ministros de Bolsonaro

Publicado

em

Foto: Alan Santos/PR

O Progressistas (PP) negocia a filiação de mais dois ministros do governo Bolsonaro. Os titulares das Comunicações, Fábio Faria, da Agricultura, Tereza Cristina, negociam a adesão ao partido.

Atualmente, Faria é filiado ao PSD e a titular da Agricultura está nas fileiras do DEM. As informações do analista de política da CNN Caio Junqueira.

Presidente nacional da legenda, o senador Ciro Nogueira (PI) é o favorito para assumir a chefia da Casa Civil a partir da próxima semana. A reforma ministerial é esperada para acontecer na próxima segunda-feira (26).

De olho nas eleições de 2022, o PP também está na lista de partidos que conversam sobre a possibilidade de filiar o próprio presidente. A um ano e dois meses do primeiro turno do pleito, Bolsonaro permanece sem partido.

O presidente já foi filiado ao PP no passado e espera contar com o partido em seu plano de reeleição. Além do Progressistas, o PTB, o PMB e o Patriota estão entre as legendas que discutem receber a filiação de Jair Bolsonaro.

Fonte: CNN

Continue Lendo
Casas Duplex

Trending

Copyright © 2018 Encarando - Silas Freire. Todos os Direitos Reservados.
WhatsApp: 86. 98183-1178 / Fixo: 3234-9879
Email: encarando.com@gmail.com

WhatsApp chat