Siga as Redes Sociais

Política

Governo Federal deve privatizar os Correios; operação já teria sido autorizada

Redação Encarando

Publicado

em

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) deve privatizar a Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (ECT). Conforme informações do portal G1, a operação já foi autorizada. A avaliação do Governo Federal é de que o modelo de negócio da estatal está ultrapassado, porém com alto valor estratégico.  No último dia 20 de março, a estatal completou 50 anos de fundação.

Em entrevista na estreia do programa Central da Globonews, na noite da última quarta-feira, 17, o ministro da Economia, Paulo Guedes, declarou que o presidente havia incluído uma nova empresa na lista de privatização. “Tem empresas que vão ser privatizadas que vocês nem suspeitam ainda”, apontou. O ministro acrescentou que Bolsonaro concorda com a medida.

Segundo apuração da jornalista Cristiana Lôbo, do portal G1, a empresa a qual o ministro Paulo Guedes se refere seria os Correios. Durante a campanha eleitoral, Jair Bolsonaro havia prometido a privatização de algumas estatais, entre elas, os Correios.

Na avaliação da equipe presidencial, o setor em que tem atuação dos Correios está em fase de transformação. Para a estatal sobreviver, deve ser mais competitiva, ter menos amarras e precisa ser renovada para os novos tempos, especialmente com o crescimento e-commerce.

Em entrevista ao O POVO, o doutor em Administração pela Fundação Getúlio Vargas (FGV) e professor de economia brasileira da Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade (FEA) da Universidade de São Paulo (USP), Paulo Feldmann, afirmou à época que seria “seria uma loucura negociar os Correios, porque é um serviço que não se privatiza”.

“Tem serviços que não podem ser privatizados, porque pode prejudicar a população, como é o caso dos setores de energia e logística, pois há um grande risco de monopólio”, considera.

Apesar de não ser confirmado, o rumor de que os Correios serão privatizados é visto como uma grande possibilidade por analistas de mercado. “É um caminho natural para as empresas postais no mundo a privatização”, afirma o mestre em Economia pela Universidade Estadual do Ceará (UFC), Gregório Matias.

Ele explica que, com a privatização, a empresa se tornaria mais transparente e a qualidade do serviço melhoraria. “A empresa estatal tem dois grandes problemas, que é a ingerência política e o engessamento por conta do emparelhamento estatal”, aponta.

Fonte: O Povo On Line

Eleições

Fábio Abreu apresenta sintomas da covid-19 e aguarda resultado de exame

Laurivânia Fernandes

Publicado

em

Foto: Divulgação/Câmara dos Deputados

O deputado federal e candidato à Prefeitura de Teresina, Fábio Abreu (PL) informou que está com sintomas da covid-19, por isso, cancelou sua agenda oficial desta quinta (01/10) e sexta (02/10).

Abreu ainda disse que, apesar dos sintomas, está se sentindo bem e aguarda o resultado do teste de covid para confirmar ou descartar a doença. Até lá, o candidato cumprirá alguns compromissos de forma remota.

“Em relação ao meu estado de saúde, estou bem e tranquilo, mas apresentei no dia de hoje alguns sintomas que podem ser tanto da covid-19, quanto de uma simples gripe. Por via das dúvidas, eu resolvi me afastar, e isolar, até que o resultado dos exames saiam. Cancelei a agenda de hoje e de amanhã, e de acordo com o resultado do exame, poderei cancelar os demais compromissos, até que se cumpra o protocolo estabelecido pela OMS”, destacou.

Segundo Abreu, o resultado dos exames devem sair ainda nesta sexta.

Assista ao vídeo:

Continue Lendo

Política

Quem é o piauiense Kassio Nunes Marques, cotado para vaga de Celso de Mello no STF

Laurivânia Fernandes

Publicado

em

Foto: Samuel Figueira/TRF 1ª Região

Cotado para ocupar a vaga do ministro Celso de Mello no Supremo Tribunal Federal (STF), o desembargador federal Kassio Nunes Marques, de 48 anos, tornou-se um dos favoritos do presidente Jair Bolsonaro para assumir o cargo, ele, inclusive, já manifestou a preferência a auxiliares.

Kassio Nunes Marques nasceu em Teresina, no Piauí, em 16 de maio de 1972. Formou-se em Direito pela Universidade Federal do Piauí (UFPI), especializou-se em Processo e Direito Tributário, pela Universidade Federal do Ceará, fez mestrado pela Universidade Autônoma de Lisboa e cursa doutorado na mesma instituição.

O desembargador começou a carreira jurídica na advocacia. Como advogado, foi indicado em 2008 a uma vaga de juiz do Tribunal Regional Eleitoral do Piauí (TRE-PI) e, e m 2011, tomou posse como desembargador federal do TRF-1, nomeado pela então presidente Dilma Rousseff (PT), após ser indicado ao cargo em lista sêxtupla elaborada pela Ordem dos Advogados do Brasil (OAB).

Para assumir uma vaga no STF, o candidato precisa ser sabatinado e ter o nome aprovado pelo Senado.

Senador comenta possível indicação

O senador Ciro Nogueira (PP), usou suas redes sociais para comentar a possível indicação de Kassio Nunes Marques ao cargo.

“Como senador do Piauí, tenho certeza de que os outros dois senadores, o governador, a vice, toda a bancada federal, toda a bancada estadual, todos os prefeitos e vereadores e – acima de tudo – todo o povo do nosso estado ficarão honrados com a escolha de um piauiense para o Supremo Tribunal Federal. Não seria nunca uma conquista pessoal, por maiores que sejam as qualificações do indicado. Seria um reconhecimento ao povo do Nordeste e, especialmente, ao talento e à capacidade de todos os piauienses. Por isso estou também na torcida”.

Continue Lendo

Eleições

Confiante, Wellington Dias acredita que aliados terão vitória em dois terços dos municípios

Laurivânia Fernandes

Publicado

em

O governador Wellington Dias (PT), disse acreditar que seus aliados sairão vitoriosos em pelo menos dois terços dos municípios piauienses, onde disputam as eleições.

Confiante, o governador disse ter chegado à conclusão, após avaliar o cenário eleitoral e a forma como os líderes de posição têm conduzido suas ações.

“Há uma avaliação inicial de que temos as condições de ter vitória em dois terço dos municípios. Temos uma quantidade significativa de prefeitos e vereadores. Em alguns lugares temos mais de um líder do nosso campo na disputa. Mas apesar da disputa, nosso objetivo é um projeto comum, e quem se elege dentro do projeto, tem maior facilidade, já que a gestão é um trabalho que se faz em conjunto entre município e estado, integrado com a bancada e o setor público e privado”, destacou.

Continue Lendo
Casas Duplex

Trending

Copyright © 2018 Encarando - Silas Freire. Todos os Direitos Reservados.
WhatsApp: 86. 98183-1178 / Fixo: 3234-9879
Email: encarando.com@gmail.com

WhatsApp chat