Siga as Redes Sociais

Política

Após ceder Adapi para o PP Wellington Dias se reunirá com PSD

Laurivânia Fernandes

Publicado

em

Após ceder a indicação da Defesa Agropecuária do Piauí (Adapi), ao Progressistas e não comunicar a mudança aos representantes do PSD, que tinha esperança de permanecer com a pasta, o governador Wellington Dias (PT), agora vai buscar minimizar o impacto da decisão junto aos aliados.

De acordo com o deputado Georgiano Neto (PSD), o partido terá um encontro com o governador na próxima segunda-feira (06), para definição dos rumos da sigla dentro do governo.

“Não fomos comunicados de nenhuma alteração do entendimento feito. Mas na segunda, conversamos e definimos com o governador a participação do PSD. Agora, é só esperar”, afirmou o deputado.

Eleições

Fazenda, cavalos e veículos; bens declarados por Fábio Abreu somam mais de R$ 700 mil

Laurivânia Fernandes

Publicado

em

Foto: Reprodução


Já está disponível para consulta, o requerimento de registro de candidatura do deputado Fábio Abreu, para disputar a Prefeitura de Teresina, pelo PL, através da coligação “A Mudança Com a Força do Povo”.

Ainda no registro é possível verificar a declaração de bens feita pelo candidato, que somam o valor de R$ 704.391,39 mil. Os dados podem ser acessados através da plataforma DivulgaCanContas, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE)

Entre os bens declarados, estão uma fazenda localizada em José de Freitas, cavalos, automóveis, consórcios e valores depositados em contas bancárias corrente e poupança.

Veja lista detalhada:

Depósito bancário em conta corrente no País CONTA CORRENTE CAIXA ECONOMICA FEDERAL R$8.750,14
OUTROS BENS E DIREITOS CAVALO QUARTO DE MILHO, ETERNALY STRIKE RCT, IDENTIDADE P183194 R$43.200,00
Caderneta de poupança POUPANÇA BANCO DO BRASIL R$206,48
Aplicação de renda fixa (CDB, RDB e outros) BB RF SIMPLES R$35.312,66
Veículo automotor terrestre: caminhão, automóvel, moto, etc. TOYOTA ETIOS SD X PLUS, COR BRANCA, ANO 2018, MODELO 2019, PLACA QRR 1620 R$57.940,00
Outros bens imóveis FAZENDA GRAJAU, LOCALIZADA EM JOSE DE FREITAS – PI, 200 HA R$100.000,00
Depósito bancário em conta corrente no País CONTA CORRENTE BANCO DO BRASIL R$30.962,13
Consórcio não contemplado CONSORCIO HONDA LTDA – GRUPO 42503 / COTA 178 / RD -0-3 R$7.614,38
Veículo automotor terrestre: caminhão, automóvel, moto, etc. JEEP COMPASS LONGITUDE, ANO 2018, PRETO, PLACA QRO-7889 R$159.010,00
Veículo automotor terrestre: caminhão, automóvel, moto, etc. Camionete Cabine Dupla, Nissan Frontier XE 4×4, Cor Preta, Ano 2020, Modelo 2020, Placa QRR-4H05. adquirida através de Alienação Fiduciária ao Banco do Brasil S.A R$179.500,00
Caderneta de poupança POUPANÇA CAIXA ECONOMICA FEDERAL R$3.212,41
OUTROS BENS E DIREITOSCAVALO QUARTO DE MILHO, FLORA JAY DEE, IDENTIDADE P266674R$15.000,00
OUTROS BENS E DIREITOS CAVALO QUARTO DE MILHA, ONERO TOP ROJO, IDENTIDADE P262042 R$15.120,00
Consórcio não contemplado CONSORCIO YAMAHA, GRUPO 7019, COTA 0133-00 R$14.823,03
Consórcio não contemplado RODOBENS ADMINSITRADORA DE CONSORCIO LTDA. GRUPO 07865. COTA 053 R$33.740,16

A data para o registro das candidaturas vai até sábado (26). 

Continue Lendo

Política

Alerj vota impeachment de governador afastado do Rio, Wilson Witzel

Laurivânia Fernandes

Publicado

em

Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil

A Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj) vota na tarde de hoje (23) a resolução que autoriza o prosseguimento do processo de impeachment do governador Wilson Witzel. Ele está sendo processado por crime de responsabilidade.

O relatório do deputado estadual Rodrigo Bacellar (SDD), aprovado pela Comissão Especial da Alerj no último dia 17, alega que há indícios de que o governador afastado tenha cometido crime de responsabilidade por meio do recebimento de vantagens indevidas.

No dia 28 de agosto, Witzel foi afastado por 180 pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ), por causa de investigações relativas a sua suposta participação em fraudes na área da saúde.

Witzel nega que tenha cometido qualquer irregularidade à frente do governo do Rio. “A vida me forjou nos desafios. Menino pobre, orgulho de uma doméstica e de um metalúrgico. Resistirei. Politicamente, minha história está apenas começando. Juridicamente, minha absolvição com o retorno imediato ao cargo no qual o povo me colocou é o único caminho possível”, escreveu em seu perfil do Twitter há dois dias.

A votação começa às 15h. Caso dois terços dos parlamentares, o equivalente a 47 dos 70 deputados, sejam a favor do impeachment, a denúncia será encaminhada ao Tribunal de Justiça do Rio (TJRJ).

O tribunal, então, formará um tribunal misto de julgamento, composto por cinco deputados e cinco desembargadores, para definir os ritos finais do processo. Ao receber a denúncia, o tribunal decretará um novo afastamento, por 180 dias, do governador.

Fonte: Agência Brasil

Continue Lendo

Política

Bolsonaro diz na ONU que Brasil é ‘vítima’ de ‘brutal campanha de desinformação’ sobre Amazônia e Pantanal

Laurivânia Fernandes

Publicado

em

Foto: Reprodução

O presidente Jair Bolsonaro disse nesta terça-feira (22), em discurso na Assembleia das Nações Unidas (ONU), que o Brasil é “vítima” de uma campanha “brutal” de desinformação sobre a Amazônia e o Pantanal.

O discurso foi apresentado por meio de um vídeo gravado. Por causa da pandemia de Covid-19, a reunião da ONU neste ano, baseada na sede da entidade em Nova York, é virtual.

Bolsonaro disse que o Brasil tem a “melhor legislação” sobre o meio ambiente em todo o mundo e que o país respeita as regras de preservação da natureza.

Para ele, a riqueza da Amazônia motiva as críticas que o país sofre na área ambiental. Bolsonaro disse que entidades brasileiras e “impatrióticas” se unem a instituições internacionais para prejudicar o país.

“Mesmo assim, somos vítimas de uma das mais brutais campanhas de desinformação sobre a Amazônia e o Pantanal. A Amazônia brasileira é sabidamente riquíssima, isso explica o apoio de instituições internacionais a essa campanha escorada em interesses escusos que se unem a associações brasileiras, aproveitadoras e impatrióticas, com o objetivo de prejudicar o governo e o próprio Brasil”, afirmou Bolsonaro no vídeo.

A gestão ambiental do governo brasileiro é um dos principais motivos de críticas que o país recebe da comunidade internacional. Desde o ano passado, entidades, países e personalidades contestam as políticas do Brasil para o meio ambiente.

O discurso de Bolsonaro ocorre na esteira das intensas queimadas que assolaram o Pantanal nas últimas semanas. O bioma teve em setembro o recorde histórico de focos de incêndio para o mês.

Na Amazônia, principal alvo de preocupação da comunidade internacional, os alertas de desmatamento subiram 34% de agosto de 2019 a julho de 2020.

No discurso, Bolsonaro disse que a floresta amazônica é úmida. Por isso, segundo ele, o fogo não se alastra pelo interior da mata. De acordo com o presidente, os incêndios ocorrem apenas nas bordas da Amazônia e são realizados por “índios” e “caboclos”.

“Nossa floresta é úmida e não permite a propagação do fogo em seu interior. Os incêndios acontecem praticamente, nos mesmos lugares, no entorno leste da Floresta, onde o caboclo e o índio queimam seus roçados em busca de sua sobrevivência, em áreas já desmatadas”, continuou o presidente.

Programação

Conforme o cronograma, após a fala de Bolsonaro, serão transmitidos os discursos dos presidentes Donald Trump (Estados Unidos), Tayyip Erdogan (Turquia), Xi Jinping (China) e Sebastián Piñera (Chile).

A ONU informou que, para reduzir risco de contaminação pelo coronavírus, cada país terá um representante no hall da assembleia, em Nova York.

Cerca de 200 pessoas ficarão no local, o que representa menos de 10% da capacidade do espaço.

Pandemia

A pandemia será um dos temas abordados nos discursos dos chefes de Estado e de governo ao longo da assembleia geral da ONU.

Antes da abertura do debate geral, o secretário-geral da ONU, o português António Guterres, afirmou a jornalistas que o encontro deste ano terá entre suas prioridades a recuperação dos países após a pandemia. Mudanças climáticas também estarão na pauta.

O debate geral ocorre em um momento em que o trabalho da Organização Mundial de Saúde (OMS) é criticado por líderes de países, entre os quais, Jair Bolsonaro e Donald Trump.

O Brasil é, nesta terça-feira, o segundo país com maior número de mortes por Covid-19, doença provocada pelo novo coronavírus, e terceiro em número de casos, segundo a universidade americana Johns Hopkins.

Na manhã desta terça, o Brasil tinha mais de 4,5 milhões de casos e 137 mil mortos, segundo levantamento do consórcio de veículos de imprensa a partir de dados das secretarias estaduais de Saúde.

Fonte: G1

Continue Lendo
Casas Duplex

Trending

Copyright © 2018 Encarando - Silas Freire. Todos os Direitos Reservados.
WhatsApp: 86. 98183-1178 / Fixo: 3234-9879
Email: encarando.com@gmail.com

WhatsApp chat