Siga as Redes Sociais

Silas Freire

Por 379 a 131 nova Previdência avança na Câmara

Silas Freire

Publicado

em

Após uma série de embates travados entre os parlamentares pró e oposicionistas o texto-base da proposta de emenda à Constituição (PEC) de reforma da Previdência, que altera as regras de aposentadoria foi aprovado em primeiro turno na Câmara, na noite dessa quarta-feira (10). Considerada uma das principais apostas da equipe econômica do governo Bolsonaro para sanear as contas públicas, a proposta estabelece como pontos principais a imposição de idade mínima para trabalhadores se aposentarem, sendo 65 anos para homens e 62 anos para mulheres; o tempo mínimo de contribuição previdenciária passará a ser de 15 anos para as mulheres e 20 anos para os homens; regras de transição para quem já está no mercado de trabalho. O projeto ainda poderá ser modificado porque os deputados votarão os destaques, que são pedidos feitos por deputados para votar separadamente uma emenda ou parte do texto. Ainda na noite de ontem, o destaque que estabelecia mudanças nas regras da previdência para professores foi rejeitado. O placar foi de 265 votos a favor e 184 contra. Apesar de obter maioria a maioria das adesões, por se tratar de PEC, são necessários pelo menos 308 votos para a aprovação. A sessão que dará continuidade a votação dos destaques será retomada na manhã desta quinta (11).

Como votaram os parlamentares piauienses?

Parte da bancada federal piauiense.

Oito deputados da bancada piauiense votaram a favor da reforma da Previdência. Apesar da grande maioria defender a inclusão dos Estados e Municípios no texto, o que não aconteceu, não houveram grandes mudanças em relação a declarações dadas anteriormente pelos próprios. A começar pelo deputado Assis Carvalho (PT), que sempre se apresentou contrário a proposta. Além dele a deputada Rejane Dias (PT), também votou contra. As Progressistas Margarete Coelho e Iracema Portella deram votos favoráveis, assim como os deputados Átila Lira (PSB), Flávio Nogueira (PDT), Júlio César (PSD), Marcos Aurélio (MDB), Marina Santos (SD) e Paes Landim (PTB).

Proposta ‘mais branda’ para policiais na reforma

Foto: Pedro Ladeira/Folha Press

O deputados que compõem a bancada da segurança pública na Câmara dos Deputados, conseguiram firmar um acordo para que policiais federais, rodoviários federais e legislativos tenham regras mais brandas na reforma da Previdência. Para os homens, que já seguem carreira, a idade mínima para aposentadoria deve ser de 53 anos, já para as mulheres 52 anos. Para os que ainda vão ingressar, as idades permanecem em 55 anos. As mudanças devem ser feitas através de emendas a serem votadas no plenário da Câmara. É importante lembrar que o acordo foi fechado sem a participação das entidades, que anteriormente haviam recusado a proposta.

Foi só ‘um choque’

Foto: Divulgação/Alepi

O ex-deputado Robert Rios (DEM) descartou a possibilidade de ingresso ao MDB. Após inúmeras especulações e conversas com o deputado Themístocles Filho, Robert afirmou que se sente confortável no seu atual partido e vai trabalhar para fortalecê-lo. Entretanto, o discurso de alguns dias atrás não era bem esse e o ex-parlamentar chegou a afirmar que deixaria o partido caso o deputado Átila Lira ingressasse na sigla. Questionado sobre a declaração ele respondeu que teve apenas um ‘choque’ e que ficou ‘traumatizado’ com a possibilidade do parlamentar levar o partido para a base do governo. Mas, segundo informações, o ex-deputado deve concorrer ao cargo de vice-prefeito nas eleições em Teresina, ao lado de Dr. Pessoa, até então, declarado um dos pré-candidatos do MDB. Aguardemos as novidades.

R$ 9 milhões na conta da SSP

Fábio Abreu durante Operação Impacto. Foto: Divulgação

A Secretaria de Segurança do Piauí vai receber neste segundo semestre, 3,84% da distribuição dos recursos do Fundo Nacional de Segurança Pública destinados para os estados brasileiros. A decisão do Ministério da Justiça e Segurança Pública foi publicada na última terça-feira (09), no Diário Oficial da União. Este valor corresponde, nesta primeira etapa, mais de R$ 9 milhões de reais. Um recurso que veio em uma ótima hora para o secretário, Fábio Abreu, que após mostrar interesse em disputar a cadeira do Palácio da Cidade, tem buscado a todo custo ‘mostrar trabalho’. A exemplo do que aconteceu durante a Operação Impacto, deflagrada pela Polícia Civil na manhã de ontem (10), onde mais uma vez o secretário montou uma super produção, com fotos e vídeos de sua ação junto aos policiais. Que esse dinheiro seja tão bem aplicado nas necessidades da segurança pública, quanto as produções protagonizadas pelo secretário.

Sem convite

Foto: Divulgação

O vereador de Teresina, Joaquim do Arroz, negou que tenha recebido algum convite do deputado Assis Carvalho para se filiar ao Partido dos Trabalhadores (PT). Em entrevista ao programa Diálogo Franco da TV Jornal Meio Norte, o vereador informou que em nenhum momento, durante conversa com o parlamentar, houve um convite para que ele ingresse ao partido. Ademais, o representante municipal segue sem partido.

Em Pauta!

PM que matou bandido se desespera ao ver parente baleado

Avatar

Publicado

em

Vazou nas redes sociais vários áudios de um Policial Militar, do estado do Maranhão, desesperado após ter percebido que o cunhado dele foi baleado durante uma troca de tiros com um bandido na tarde dessa quinta-feira (29) na Tabuleta, zona sul de Teresina. O bandido morreu no local da tentativa de assalto, e o cunhado do PM foi socorrido em estado grave, e encaminhado para o Hospital de Urgência de Teresina (HUT). Confira os áudios!

Diocese afasta em definitivo padre que teria engravidado mulher

A Diocese de Campo Maior divulgou nesta quinta-feira (29) um decreto onde determina definitivamente o afastamento do padre Alcindo Saraiva Martins, como pároco da Paróquia do município de Nossa Senhora de Nazaré. O padre não pode assumir outra igreja, pois foi privado do uso de ordens em todo o território diocesano. Padre Alcindo teve um relacionamento amoroso como uma jovem de 24 anos, natural de Nossa Senhora de Nazaré. A jovem realizou uma denúncia informando que engravidou duas vezes, e o padre induziu ela à fazer o aborto. O caso gerou repercussão, e terminou com o afastamento definitivo do líder religioso.

Continue Lendo

Em Pauta!

Após repercussão negativa, Bolsonaro revoga decreto sobre privatização dos postos de saúde do SUS

Redação Encarando

Publicado

em

Foto: Divulgação

Após grande repercussão, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) revogou o decreto que colocava UBS (unidades básicas de saúde) no escopo de interesse do PPI (Programa de Parcerias de Investimentos) após repercussão negativa gerada pela edição da norma. O anúncio da revogação foi feito por Bolsonaro através de suas redes sociais com uma mensagem intitulada “o SUS e sua falsa privatização”. O decreto assinado pelo presidente e pelo ministro da Economia, Paulo Guedes, colocava a atenção primária – porta de entrada do SUS – na mira do programa de concessões e privatizações do governo.  Previa que fossem feitos estudos “de parcerias com a iniciativa privada para a construção, a modernização e a operação de unidades básicas de saúde. A medida foi alvo de muitas críticas nos meios de comunicação e redes sociais. Para tentar amenizar a questão, o Palácio do Planalto, através da Secretaria-Geral da Presidência da República divulgou um texto explicando que “a medida não representa qualquer decisão prévia, pois os estudos técnicos podem oferecer opções variadas de tratamento da questão, que futuramente serão analisados pelo governo federal”.

Esquerda criticou medida, mas esquecem que WD também tentou privatizar a Saúde do PI

Como já citado, o decreto assinado e, posteriormente revogado pelo presidente Jair Bolsonaro foi alvo de inúmeras críticas, principalmente no meio político, em específico da esquerda. No entanto, o site ‘O Antagonista’, trouxe uma lembrança aos petistas, pois o governador Wellington Dias, em 2016, protagonizou um contrato entre a administração estadual e a Cruz Vermelha Brasileira para a gestão de uma unidade de pronto atendimento (UPA) no município piauiense de São Raimundo. O caso foi parar na Justiça e o desembargador Arnaldo Boson, do Tribunal Regional do Trabalho da 22ª Região, confirmou a decisão de tornar nulo o contrato. À época, o magistrado considerou que se tratava de “privatização de serviços públicos, por meio da terceirização de serviços”. É como diz o caboclo, ‘quem tem telhado de vidro não atira pedra na casa dos outros’, ou não deveria.


Padre deixa sacerdócio e tenta eleição em Matias Olímpio

Foto: Divulgação

Depois do padre Walmir Lima, em Picos, mais um sacerdote se afastou da igreja para disputar as eleições no Piauí. Trata-se do padre Luís Gomes de Oliveira (PT) que enfrentará outros quatro candidatos na cidade de Matias Olímpio-PI. O padre é natural de Pedro II mas mora no respectivo município a pouco mais de seis anos, onde atuava como religioso. Vale ressaltar que sua candidatura não é aceita pela igreja e o bispo de Parnaíba, Dom Juarez Sousa da Silva, ressalta a proibição do Vaticano de que sacerdotes disputem cargos eletivos e de participarem da política partidária e quando se candidatam são afastados do exercício do ministério sacerdotal.

Facções treinam e punem adolescentes que estão entrando no crime

Na Vila Firmino Filho, na zona leste de Teresina, as facções criminosas estão treinando os adolescentes e também punindo, principalmente quando os jovens vão contra as “leis” do grupo. Foi divulgado na Internet vários jovens sendo agredidos na modalidade “palmatória”, pois eles realizaram assaltos nas regiões que eles moram. A falta de segurança só aumenta, e consequentemente as facções ficam mais fortes nas periferias da cidade. O IV Conselho de Teresina está acompanhando o caso.

Homem é preso suspeito de estuprar cadela em Piripiri

Um homem, que não teve sua identidade revelada, foi preso, após ser denunciado de que estaria cometendo abusos sexuais contra uma cadela no município de Piripiri, no Norte do Piauí.  A Associação Proteção e Amor dos Animais da cidade, representada por Alan Baian, fez a denúncia. Segundo relatos de vizinhos do acusado, era constante a prática de abuso com o animal, que ainda fazia ameaças com uma faca aos moradores. 

Continue Lendo

Em Pauta!

Saiba quais candidatos a prefeito do Piauí já tiveram candidaturas indeferidas pela Justiça Eleitoral

Redação Encarando

Publicado

em

A última atualização do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), realizada nessa terça (27/10) apontou que no estado dos 597 candidatos a prefeito que registraram candidatura no Piauí, 369 tiveram suas candidaturas deferidas pela Justiça Eleitoral, 13 foram indeferidos e 205 aguardam julgamento. Metade dos nomes que tiveram suas candidaturas negadas, se deu por conta da Lei da Ficha Limpa, outros por ausência de requisito de registro ou por conta do indeferimento do partido ou coligação partidária. Os candidatos que foram indeferidos são: Lourdes Melo (PCO), de Teresina; Zito, de Água Branca; Lucivaldo Cabral (MDB), de Novo Santo Antônio; Joaquim Aristeu (MDB), de Currais; Manin Rêgo (Progressistas), de Barras; Dr. Júnior (MDB), de Conceição do Canindé; Lucienne Silva (Republicanos), de Nossa Senhora de Nazaré; Neuma Café (PT), de Pedro II; José Cavalcante (PT), de Bertolínia; Baiá (MDB), de Campo Grande do Piauí; Aluizio Vaz (PT), de Porto; Professor Arnaldo (MDB), de Ribeira do Piauí e Bebeto (Progressistas), de Lagoa Alegre.

Câmara do PI aprova aumento de salário de prefeito, vice e vereadores

A Câmara de Vereadores da cidade de Miguel Alves aprovou o aumento dos salários do Prefeito, Vice-prefeito e Vereadores. A medida já foi publicada no Diário dos Municípios no último dia 14 de outubro, e com isso, o salário de vereador na cidade passa de R$ 5.600  para R$ 7 mil, o de prefeito de R$ 15 mil para R$ 20 mil  e vice-prefeito de R$ 8.000,00  passará R$ 12 mil. A ação chamou a atenção dos moradores que questionaram o reajuste. Em resposta o presidente da Casa Legislativa, vereador Chiquim Gastão, afirmou que a medida se trata de uma projeção de gastos, obrigatória no fim da gestão, que é solicitada pelo Tribunal de Contas. Mas, que quem irá decidir se os valores irão ser aplicados, ou não, são os próximos gestores.

Wellington Dias à frente da articulação sobre vacina contra a covid-19

O governador Wellington Dias (PT), foi escolhido para assumir a coordenação dos governadores no tema da vacinação contra a Covid-19 no Brasil. O gestor encaminhou uma ao presidente do Senado Federal, Davi Alcolumbre (DEM-AP), solicitando uma reunião para tratar do tema, considerado por ele como prioridade. Na carta, Wellington Dias tenta tomar distância do conflito político entre o presidente Jair Bolsonaro e o governador João Doria (PSDB), que se coloca como possível rival de Bolsonaro em 2022.  Dias ainda ressaltou a busca pela instalação da comissão técnica, responsável por apresentar toda a estratégia de imunização contra o coronavírus, até o dia 30 de novembro. A ideia é que participem da reunião, além dos governadores, um corpo técnico, uma equipe do Ministério da Saúde, representantes dos municípios e do Congresso Nacional. O Fórum dos Governadores também encaminhará pedidos de audiência aos presidentes da Câmara dos Deputados, do Senado, aos líderes da base do governo e da oposição, para que o parlamento possa contribuir com as discussões relacionadas à vacinação.

Continue Lendo
Casas Duplex

Trending

Copyright © 2018 Encarando - Silas Freire. Todos os Direitos Reservados.
WhatsApp: 86. 98183-1178 / Fixo: 3234-9879
Email: encarando.com@gmail.com

WhatsApp chat