Siga as Redes Sociais

Silas Freire

Que lições podemos tirar com a pandemia do coronavírus?

Redação Encarando

Publicado

em

Imagem: Reprodução/Record TV

O coronavírus está entre nós! Sim, ele é uma realidade, e no Brasil, os números continuam crescendo. A última atualização do Ministério da Saúde, divulgada na noite de ontem mostrou que o país já segue com 904 casos confirmados, sendo registradas ainda 11 mortes em São Paulo e Rio de Janeiro. E de acordo com o ministro, Luiz Henrique Mandetta, a expectativa é de que os casos da doença disparem no mês de abril, e com isso, o sistema de saúde pode entrar em colapso.

O Ministério apontou ainda que todo o território nacional está sob o status de transmissão comunitária do coronavírus Sars-Cov-2,responsável pela pandemia da doença Covid-19. Esse tipo de transmissão é aquele quando não é possível rastrear qual a origem da infecção, indicando que o vírus circula entre pessoas que não viajaram ou tiveram contato com quem esteve no exterior.

No Piauí, a expectativa não é diferente. O último relatório divulgado pela Secretaria de Saúde do Estado (Sesapi), confirmou a ocorrência de quatro casos, além disso, ainda existem 101 sob suspeita, outros 161 foram notificados e 56 descartados.

Nunca é demais lembrar que esse é um nomento de seriedade e prudência. Um momento, onde até mesmo opositores políticos se uniram em prol de um bem maior, a segurança do estado. Foi o caso do governador Wellington Dias, e do prefeito de Teresina, Firmino Filho, que juntos, anunciaram medidas para tentar conter a propagação do Covid-19 no estado. Sabe porquê? O nosso sistema, como um todo, não tem estrutura suficiente para suportar uma epidemia como essa.

Os decretos expedidos, podem parecer drásticos, mas são de extrema importância para o estado. Segundo a Associação Piauiense de Municípios, 182 cidades emitiram decreto de calamidade pública, a capital do Piauí e o governo do Piauí também seguiram o exemplo.

Com isso, aulas foram interrompidas, comércios passaram a funcionar em horários mais limitados e os serviços de saúde sofreram alterações. O setor privado também adotou medidas preventivas, e dessa forma, a rotina do piauiense mudou drasticamente nos últimos dias, e detalhe: A economia tem sofrido muito, pois as perdas são latentes. Mas o esforço, com certeza é válido.

O discurso, repetido inúmeras vezes por profissionais da área da saúde e autoridades é o mesmo: Precisamos de isolamento e seguir à risca as medidas de higiene necessárias. O objetivo? Barrar a circulação do vírus!

Então, é cada vez mais necessário que as pessoas cumpram as medidas de contenção e, se possível, permaneçam em casa. Essa é a nossa forma de guerrear. São indicações simples, mas imprescindíveis, que irão ajudar a evitar tragédias maiores. E isso depende da atitude de cada um. É momento de isolamento, mas, para o bem da coletividade!

E que no final de tudo isso, nós possamos ser capazes de tirar alguma lição e aplicar na vida, para evoluirmos como cidadãos e seres humanos!

Silas Freire

O que custa esperar a Páscoa?

Silas Freire

Publicado

em

Arte: Shutterstock

A economia brasileira não vai acelerar e nem quebrar mais do que já está, se mantermos o isolamento social da maioria das pessoas até a Páscoa. Depositando nossa fé que no domingo, quando tivermos a ressurreição de Cristo, estaremos mais seguros para liberar gradativamente a de circulação de pessoas, mantendo a segurança sanitária para termos menores perdas possíveis. Não estaremos perdendo faturamento, estaremos perdendo vidas. Até a Páscoa ninguém vai ficar mais rico ou mais pobre. Então, o que custa esperar?

Henrique Pires e Themístocles pedem a Firmino e WD que suspendam quarentena

Os deputados emedebistas recorreram aos executivos, WD e Firmino filho, levando a preocupação de empresários e comerciantes da capital e de todo estado. Para os parlamentares, os números de casos registrados no estado não justifica tanta rigidez. Só que parece que nem o governador, nem o prefeito da capital estão dispostos apostar na liberação do comércio, pelo menos de imediato.

WD quer barrar decreto de Mão Santa

Foto: Jorge Bastos/Ccom

A prova de que a solicitação dos deputados não será tão bem recebida, está aqui. Após o prefeito de Parnaíba, Mão Santa (DEM), baixar um decreto solicitando a reabertura do comércio na cidade, o governador, Wellington Dias, agora busca meios de barrar a medida. Segundo o governador, a Procuradoria-Geral e o Ministério Público analisam a questão, que envolve possível conflito de competência, já que o governo estadual suspendeu as atividades.

Tomara que os números do Covid-19 no Piauí não sejam ilusórios

Nove pessoas contaminadas é 203 suspeitas, esses foram os números apresentados no boletim da Sesapi dessa sexta-feira (26), que apontou também que o número de suspeitos tem crescido exponencialmente, levantando uma questão importante: De que os exames parecem sair de forma muito lenta. Por outro lado, a Prefeitura e o Governo vêm preparando um aparato gigante para tratar a pandemia, o que dar a entender que os números vão estourar de uma só vez, se distanciando completamente da situação atual. O povo, que entende pouco da ascendência de uma pandemia, tem dificuldade de compreender.

Mandetta sinaliza flexibilização de quarentena

Foto: Adriano Machado

O ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, sinalizou em reunião com secretários estaduais de Saúde que irá flexibilizar a orientação de quarentena em estados onde há números mais baixos de casos de coronavírus em comparação com Rio de Janeiro e São Paulo, que concentram a epidemia no país. Na reunião, realizada em formato de videoconferência ontem, Mandetta disse que alguns governadores têm tomado medidas extremadas em relação a decretos de quarentena e afirmou que elas devem ser revistas. 

Governo impõe novas restrições para entrada de estrangeiros no país

O ministro da Justiça, Sérgio Moro, editou uma medida onde o governo suspende, pelo prazo de 30 dias, a entrada, por via aérea, de estrangeiros provenientes da China, União Europeia, Islândia, Noruega, Suíça, Grã-Bretanha, Irlanda do Norte, Austrália, Irã, Japão, Malásia e Coreia. A restrição leva em conta recomendação da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) por motivos sanitários relacionados aos riscos de contaminação e disseminação do novo coronavírus. As empresas aéreas devem impedir o embarque dos estrangeiros que façam conexão no Brasil e corram o risco de ficarem retidos em território brasileiro porque não conseguem embarcar de volta aos seus países. 

Continue Lendo

Silas Freire

Médico plantonista é o nono caso confirmado de Covid-19 no PI

Redação Encarando

Publicado

em

Foto: Dado Ruvic/Reuters

O nono caso confirmado de Covid-19 no Piauí, foi diagnosticado em um médico que atende em hospitais das cidades de Barras e Batalha. A informação foi confirmada pela direção das duas unidades de saúde. O profissional, que é de Teresina, teria participado de um evento na capital e os sintomas surgiram posteriormente, após ele ter realizado atendimentos direto ao público no último domingo e segunda-feira, nas respectivas cidades. Em um áudio, a diretora do Hospital Leônidas Melo, em Barras, orienta os servidores: “Não há motivo para pânico. Todo mundo sabe que o Covid vai atingir 80% da população. As pessoas podem manifestar de forma leve, média ou grave. A gestão já orientou o isolamento social, que é pedido pelo protocolo. Enfim, a gente sabia que mais cedo ou mais tarde isso ia acontecer, ou por um profissional ou por paciente”, diz o áudio. Segundo a prefeitura de Barras, uma equipe da assistência social do hospital deve visitar e orientar os pacientes que foram atendidos pelo médico. Em Batalha, todos os integrantes da equipe do profissional foram afastados e estão cumprindo isolamento. O médico está em quarentena e seu estado de saúde não é grave.

Moradores de rua precisam de atenção, se não, crise sanitária no PI pode ser devastadora

A orientação dos órgãos de saúde é clara, para evitar uma crise sanitária causada pelo coronavírus é essencial o isolamento em casa. No entanto, para as pessoas que vivem em situação de rua, a quarentena domiciliar não é uma possibilidade. Em Teresina, até o momento, não vou nenhuma ação direcionada a esse público, que faz parte dos grupos de risco por viverem em locais abertos, na rua, sem a possibilidade de higienização. Por isso, o juiz Aderson Antônio Brito Nogueira, da 1ª Vara dos Feitos da Fazenda Pública de Teresina, deferiu o pedido de liminar em Ação Civil Pública e fixou medidas que devem ser cumpridas pelo Governo do Estado do Piauí e pela Prefeitura de Teresina. A decisão determina que os órgãos distribuam alimentação e forneçam abrigos às pessoas em situação de rua. São medidas necessárias e que devem ser tomadas com urgência, se não, poderemos viver um ápice da crise sanitária no PI.

Mão Santa libera comércio em Parnaíba

Ontem o prefeito Mão Santa (DEM), de Parnaíba, assinou um decreto que autoriza o funcionamento do comércio na cidade, a partir de hoje (27). A medida, muito questionada pela população local, diz ainda que durante o período, devem ser cumpridas medidas de segurança e que os estabelecimentos deve evitar aglomerações. Segundo o prefeito, para garantir que as regras sejam cumpridas, equipes da Vigilância Sanitária municipal irão visitar os comércios para fiscalizar e orientar os trabalhadores.

A contradição de Castro sobre as eleições municipais

Quem é do meio político, lembra bem de uma proposta de Marcelo Castro, ainda no ano passado, que propondo que o mandato dos novos prefeitos fossem de 6 anos. O objetivo era estender o novo mandato até 2026, para que os eleitores pudessem escolher em um mesmo dia os ocupantes de todos os cargos eletivos. Agora, que surgiu a proposta de adiamento das eleições municipais e a possibilidade de um mandato tampão, o senador diz “que não é hora do Congresso discutir o adiamento das eleições”. A contradição aqui reina, ou melhor o interesse.

Bolsonaro confirma aumento de benefício para informais para R$ 600

Foto: Sergio Lima/AFP

O presidente Jair Bolsonaro confirmou, na noite de ontem que os valores do auxílio que será pago a trabalhadores informais, cuja renda foi afetada pela pandemia do novo coronavírus, será de 600 reais mensais e não de 200 reais, como previsto anteriormente. O presidente disse que a decisão foi tomada após uma conversa com o ministro da Economia, Paulo Guedes, que quis triplicar o valor. A proposta foi aprovada na Câmara de Deputados, ainda na noite de ontem, e agora segue para ser analisado no Senado.

Brasil te 77 mortes confirmadas por Covid-19

O país já soma até agora 77 mortes e, ao menos 2.915 casos Covid-19, segundo os dados atualizados nessa quinta-feira, pelo Ministério da Saúde. Os Estados de Goiás, Ceará e Santa Catarina registraram suas primeiras mortes nas últimas 24 horas. Com isso, todas as regiões do país já tiveram mortes em decorrência de covid-19.

Continue Lendo

Silas Freire

Vírus da influenza causa três mortes no Piauí

Silas Freire

Publicado

em

Foto: Reprodução/Internet

A Secretaria Estadual de Saúde (Sesapi) divulgou na noite de ontem a nova atualização dos casos de coronavírus no estado, e apontou que não houve aumento no pessoas infectadas infectadas com o vírus. A Sesapi ainda descartou três óbitos que vinham sendo investigados como suspeitos para o Covid-19: Uma pessoa de Redenção do Gurguéia, uma de Avelino Lopes, ambos atendidos em Bom Jesus, e outro caso em São João da Varjota, atendido em Oeiras. Apesar de serem descartados para Covid-19, os pacientes positivaram para os vírus da influenza A e B, que estão circulando no estado. 

Firmino vai construir hospital de campanha

O prefeito de Teresina, Firmino Filho, visitou ontem o antigo prédio do supermercado Hiper Bompreço localizado na Avenida Frei Serafim. Um prédio com amplo espaço, que seria perfeito para construção do hospital de capanha para atender pessoas com Covid-19, com consequências leves e moderadas. A PMT já adiantou o hospital do Monte Castelo para receber casos de pacientes com coronavírus com necessidade de maior atenção. Hoje, os pacientes mais graves estão indo pata a urgência do HUT, que com certeza vai estrangular. Por isso, a opção surge como uma boa pedida para o momento. Além disso, o prédio em questão, já foi cedido pelo Grupo Claudino, sem ônus, até o final da pandemia.

Sensatez, seria continuar em casa trabalhando e sair aos poucos

Foto: Soe Zeya Tun/Reuters

Sensatez é acreditar, que no momento, o melhor é manter as medidas de prevenção ao coronavírus pelos próximos dias e, ao terminar a quaresma, começar a pensar em liberar gradativamente para não manter o país travado e causar um colapso financeiro. Durante esse período, claro, socorrer àqueles que não têm vínculo empregatício. Passado a Semana Santa, tudo vai se organizar.

Zaga do Brasil tem Bolsonaro dando ‘bico’ e Mandetta saindo para jogo

Quem conhece futebol sabe que, na maioria das vezes, em uma dupla de zagueiros tem aquele que dá bico, para tirar a bola da zona de perigo, de um jeito ou de outro (Nesse caso seria Bolsonaro), e um outro zagueiro, que mostra maior habilidade, mata a bola no peito e sai jogando com calma (é o caso de Mandetta). Os tem um objetivo em comum, vencer jogo, que nesse caso é a guerra contra o coronavirus. O presidente fez uma doideira na terça em rede nacional, e na quarta, Mandetta acalmou os ânimos e ‘saiu jogando’ na coletiva. ministro disse que não podemos travar o país, até porque, isso pode atrapalhar a saúde. Para Mandetta vamos ter que bater e assopra até atravessar essa crise sanitária, sem ferir de morte a economia.

Câmara aprova distribuição de alimentos da merenda escolar a famílias em isolamento

Foto: Michel Jesus/Câmara dos Deputados

Ontem, a Câmara dos Deputados aprovou um Projeto de Lei que autoriza o fornecimento de alimentos que seriam usados na merenda escolar a famílias de alunos. Os produtos não têm destinação nas escolas fechadas devido às medidas de combate ao coronavírus. Por trás do projeto está a preocupação com crianças e adolescentes pobres que fazem sua principal ou única refeição do dia na escola e, em isolamento, perdem essa possibilidade. Além disso, a recomendação de não sair de casa impede trabalhadores informais de ganharem o próprio sustento. Para que o texto passe a vigorar, precisa ser aprovado pelo Senado e sancionado pelo presidente da República, Jair Bolsonaro. Uma iniciativa louvável!

Coronavírus: 57 mortes e 2.433 casos confirmados no Brasil

O Ministério da Saúde divulgou nessa quarta-feira (25), que o número de mortos em decorrência do novo coronavírus no Brasil subiu para 57. Os casos confirmados chegaram a 2.433. Na terça-feira, dia 24, o número de óbitos era de 46 pessoas e os casos confirmados estavam em 2.201.

Continue Lendo
Acqua Blu

Trending

Copyright © 2018 Encarando - Silas Freire. Todos os Direitos Reservados.
WhatsApp: 86. 98183-1178 / Fixo: 3234-9879
Email: encarando.com@gmail.com

WhatsApp chat