Siga as Redes Sociais

Silas Freire

Montezuma vai para o FNDE

Silas Freire

Publicado

em

O secretário de Educação da PMT, Kleber Montezuma irá se descompatibilizar na próxima quarta-feira (03), à priori para disputar as eleições. Só que o nome de Washington Bofim ganha corpo, e inclusive, vem sendo trabalhado pela turma do marketing dos tucanos. Bofim apareceria agora para encontrar uma saída para as atividades econômicas em Teresina. Daqui a 15 dias a PMT deve implementar pelo menos mais 100 leitos de UTI na estrutura municipal, e assim poder iniciar uma flexibilização com segurança, e dessa forma, Washington apareceria estrategicamente à frente desse comitê, que vai contribuir para diminuir o desgaste do Palácio da Cidade pelos que são contrários à quarentena. Já o professor Montezuma estaria sendo sondado para assumir direção estratégica no FNDE, no Ministério da Educação, o que será muito importante para a educação infantil da capital. Segundo uma fonte, todo esse trabalho é arquitetado pelo senador Ciro Nogueira, que gostaria de ter na sua indicação para a direção do FNDE, um secretário premiado como Montezuma, e ter Washington Bonfim, de preferência, para disputar a eleição.

Esvaziado, Samuel Silveira deixa secretaria e volta para Câmara

O vereador Samuel Silveira, que já foi chamado de super secretário, deixou a secretaria de Assistência Social da capital e resolveu voltar pra Câmara. Silveira, visivelmente perdeu poderes. A Guarda Municipal, o instrumento que lhe dava muita visibilidade e onde ele apostava para ser guinchado a condição de candidato a prefeito com o apoio da situação, acabou não lhe ajudando. Depois que o coronel John assumiu a Guarda e parte, inclusive, do social, Samuel perdeu poderes e só tinha autonomia para cuidar de moradores de rua, em sua maioria, noiados viciados em drogas. Pessoas próximas do vereador comentam que ele tentou fazer um giro e acabou fazendo um jirau.

O sonho em ser o candidato

Foto: Reprodução/Facebook

Ainda há informação de que Samuel Silveira teria montado uma estratégia eleitoral em cima da pandemia. O vereador apostou que a calamidade elevaria sua secretaria ao topo midiático, e realmente, foi assim que começou. Enquanto o povo ficava mais carente, Samuel aparecia dando cestas básicas pessoalmente, fechando comércio com a Guarda, demonstrando um sentimento de que queria proteger a população. Ele apostou, inclusive, no sumiço de Montezuma com a pandemia, já que o foco seria outro. As cestas distribuídas e a Guarda Municipal, estavam servindo para o então secretário fazer política, mas o prefeito pareceu não gostar e aos poucos esvaziou o secretário que não conseguiu a projeção que ele esperava. Agora, Silveira deixa a secretaria com poucas chances de ir para a disputa como cabeça de chapa, mas alimenta a ideia, embora, nas pesquisas, apareça ao lado de Lurdes Melo, nas últimas posições. Samuel também aposta que as eleições possam ser adiadas para dezembro e, para ele, se mudar os prazos ele estaria apto dentro das novas datas.

Polícia diz que bandidos furtaram quase R$ 300 mil em testes e covid-19


O Instituto Amostragem e o Governo do Estado tentaram manter em sigilo o furto de 1500 testes para detectar o covid-19 que foram levados na madrugada de quinta (28) da sede do Instituto Amostragem, de propriedade do estatístico Batista Teles. Os testes pertenciam à Sesapi e estavam no Instituto para averiguar o cenário de contaminação do coronavírus, bem como, realizar testagem dos entrevistados. Teles tentou minimizar o prejuízo para a imprensa, mas em seu depoimento na polícia quando prestou queixa, disse que o furto seria de 1500 testes, ou seja 150 caixas contendo 10 testes em cada. Em preço de compras em grande quantidade, custa R$ 180 reais cada exame, um prejuízo para a Sesapi de quase R$ 300 mil reais. Alias, um prejuízo do povo e não do governo.

Bolsonaro não está mais sozinho nas ruas

Foto: Anderson Lira/Framephoto/Estadão Conteúdo 

Já virou moda os manifestantes pró-Bolsonaro saírem às ruas aos domingos. Mas o presidente tem pecado muito no trato com a pandemia e com o direcionamento desses atos, que pregam o autoritarismo, insinuando inclusive, uma intervenção das Forças Armadas nas instituições. O último, realizado ontem (31), não foi diferente. No Rio e São Paulo grupos anti-Bolsonaro também foram às ruas e teve até confronto. No fim, Bolsonaro conseguiu unir contra ele a torcida do Corinthians e do Palmeiras, duas rivais históricas, que protestaram contra o comportamento do presidente, que por ironia, se intitula palmeirense. No final das contas, fica a certeza de que Bolsonaro não está mais sozinho nas ruas.

Coronavírus: Piauí encerra mês de maio com mais de cinco mil casos

O Piauí encerrou o mês de maio com mais de cinco mil casos confirmados de coronavírus. No dia 1º de maio, o estado possuía 665 casos e 26 mortes. Já neste domingo (31), a Sesapi informou que 5.119 pessoas testaram positivo para doença em todo o estado. Dos casos confirmados, há 168 mortes, sete delas apenas nas últimas 24 horas.

Pela primeira vez, eleições podem acontecer em dois dias

Foto: Reprodução

Por conta da pandemia do novo coronavírus, ministros e técnicos do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) traçaram diferentes cenários junto a integrantes do Congresso Nacional para as eleições municipais que elegerão prefeitos e vereadores este ano. Originalmente marcadas para o mês de outubro, elas podem ser adiadas para que o primeiro turno ocorra em novembro e o segundo turno em dezembro. Outra hipótese discutida pelo TSE e por parlamentares é que haja datas diferentes em cada estado, a depender do risco a que os eleitores estarão expostos com o avanço da Covid-19. Segundo o órgão, a decisão final depende de mudanças na Constituição e caberá ao Congresso, que precisa votar as alterações de data à toque de caixa. Nas próximas semanas, políticos e integrantes do TSE esperam que haja um cenário mais definido para que possa bater o martelo sobre os dias exatos que milhões de brasileiros irão às urnas.

Silas Freire

“Rádio calçada” comenta que Dr. Pessoa nomeou filho de agiota como secretário

Silas Freire

Publicado

em

Leonardo Silva — Foto: Assis Carvalho/ O Dia


Nesta sexta-feira (15/01), Silas Freire comenta sobre a transferência de 30 pacientes com COVID-19 de Manaus-AM, para Teresina. E quem é Leonardo Silva, o secretário de Administração nomeado pelo prefeito de Teresina, Dr. Pessoa? Além disso, o jornalista traz informações dos bastidores políticos, dessa vez, relacionados ao PL, e o recado vai direto para o secretário de Segurança Fábio Abreu. No PP, os nomes para disputa a governo do Estado em 2022 começam a ser ventilados. Em Floriano, o prédio que abrigava o antigo IAPEP é abandonado pelos poderes públicos e vira caso de polícia.

Assista a todos os comentários!

Continue Lendo

Silas Freire

Governo do estado vira casa de bandido recebendo visita da Polícia todos os dias

Silas Freire

Publicado

em

Na Coluna desta quinta-feira (14/01), Silas Freire comenta sobre a nova operação da PF que mira a Secretaria de Saúde do Piauí (Sesapi) e a Fundação Piauiense de Serviços Hospitalares (FEPISERH). Na política, a disputa entre Ciro Nogueira (PP) e Wellington Dias (PT) segue acirrada. Silas também comenta sobre os planos do prefeito de Teresina, Dr. Pessoa, que tem deixado o vice, Robert Rios, bem animado.

Continue Lendo

Silas Freire

Desvio do Covidão: Petistas tentam abafar operação da PF

Silas Freire

Publicado

em


Depois da deflagração da Operação Campanile, pela Polícia Federal, para apurar o desvio de mais de R$ 33 milhões de recursos destinados para ação de combate à Covid-19, os petistas saíram em “defesa” do governo e tentaram desviar a atenção do público para a gravidade dados fatos. Segundo eles, a desembargadora federal do TRF1, que determinou a operação, seria amiga do presidente Bolsonaro e também do senador Ciro Nogueira.

Silas Freire também comenta sobre a estadia do deputado Arthur Lira (PP), no Piauí, em campanha eleitoral para presidência da Câmara dos Deputados. E um detalhe chamou atenção, os mesmos deputados que prometeram voto a Baleia Rossi (MDB), seu oponente na Casa, também se reuniram com Lira. E a vacina? Ontem o Butantan divulgou dados sobre a eficac da CoronaVac e os dados, de certa forma, desanimou as expectativas. De outro lado, o Governo Federal segue sem programação para a vacinação. Não bastasse isso, a Ford, ao anunciar sua o fim de sua produção no Brasil, deixa milhares de desempregados. Voltando para o Piauí, segue disputa eleitoral entre Karnak e a cúpula do PP.

Continue Lendo
Casas Duplex

Trending

Copyright © 2018 Encarando - Silas Freire. Todos os Direitos Reservados.
WhatsApp: 86. 98183-1178 / Fixo: 3234-9879
Email: encarando.com@gmail.com

WhatsApp chat