Siga as Redes Sociais

Silas Freire

Nova “malinagem” no governo do Índio

Silas Freire

Publicado

em

Circula abertamente no meio político, a informação de que o TCE estaria examinando mais de duzentos processos, envolvendo pagamentos realizados ano passado com dispensa de licitação pelas pastas da Secretaria de Estado da Cultura (SECULT) e a Coordenadoria de Desenvolvimento Social e Lazer. Os órgãos em questão teriam enviado a situação a PGE em busca de pareceres com datas retroativas para cobrirem o crime, o que foi prontamente negado pelos procuradores do estado. Estamos diante de mais uma “malinagem” de corrupção da gestão de Wellington Dias. Espera-se que, o TCE desta vez, aperte o nó para não terminar em pizza.

“Malinagem” também no fundo de pobreza

O Ministério Público Estadual encontrou sérias irregularidades no uso dos recursos do FECOP (Fundo Estadual de Combate à Pobreza). A promotoria encontrou despesas que fogem às regras previstas em lei para o Fundo. Recursos em torno de R$ 27 milhões teriam sido usados para compra de gêneros alimentícios e manutenção de presídios, e R$ 19 milhões para a aquisição de combustível, manutenção da frota de veículos e a manutenção do policiamento ostensivo da Polícia Militar. Um ato que afronta as autoridades de fiscalização do governo. Não é possível que também não dê em nada.

Dr. Pessoa “pegou o beco”

Imagem: Montagem/Portal Encarando

Ontem na Alepi não se falava em outra coisa a não ser na “canetada” que os afilhados do Dr. Pessoa levaram do presidente Themístocles.  Segundo fontes da coluna, Pessoa teria pedido ao presidente que encaixasse os assessores mais próximos para desempenhar funções no legislativo. Mas depois do desmentido da filiação na convenção do MDB e a visita do prefeito Firmino no feriado Santo, os afilhados do Dr. Pessoa foram para o olho da rua. Parece que, como muita gente, o presidente Themístocles não suporta mais essa “farofa” que o ex- parlamentar vem fazendo na política.

Monteiro permanece na sigla de Mourão

Imagem: Alepi

O deputado estadual Fernando Monteiro, distribuiu declarações à imprensa de que não deixará mais o PRTB do vice presidente da República, General Mourão.  Segundo o parlamentar, sua ida para o PP está “abortada”. Monteiro acha importante sua permanência na sigla do vice presidente para que este elo faça com que Mourão seja o advogado das causas do Piauí no Governo Federal. No entanto, o esforço do parlamentar piauienses só surtirá efeito no futuro, pois na atual conjuntura, Mourão é demonizado pelos filhos de Bolsonaro, não faz parte da cúpula do governo e por último, Mourão teve seu pedido de impeachment protocolado pelo pastor Feliciano (PODE), por suposta conspiração contra o presidente Bolsonaro. Pelo jeito, o general no momento não será um bom advogado para nossas causas.

A Globo “persegue” Ribinha 

Imagem: Portal Livre

O prefeito de Campo Maior, professor Ribinha, convocou a imprensa do município e desabafou dizendo que, a Rede Globo tentou  ridicularizar sua gestão durante uma reportagem exibida ontem no programa Hora 1 da emissora. Há um ano, a equipe da Tv Clube filiada a Globo, mostrou que os estudantes da comunidade  Rural da cidade  utilizavam uma bóia para atravessar o rio Longá e chegar à escola. A falta de providência da administração municipal, fez a equipe de reportagem voltar  ao local e descobrir que pouca coisa mudou por lá. Com o professor Ribinha “declarando guerra” à Rede Globo, com certeza, a emissora carioca dará um tempo no atrito como presidente Bolsonaro e centrará fogo no Ribinha do PT. Tenha santa paciência prefeito, e tome as providências cabíveis para que o fato não volte a ridicularizar sua gestão.

Álvaro Dias: Só a Previdência não basta

Imagem: Guilherme Rodrigues/FolhaPress

O senador paranaense, Álvaro Dias, nono colocado na última eleição presidencial, deu uma entrevista muito lúcida ontem ao Uol Notícias. Álvaro diz dentre outras coisa que, a Reforma da Previdência é mais importante para o trabalhador porque garantirá sua aposentadoria para o futuro. Já para o governo a tão propalada economia de R$ 1 trilhão não adiantará se a gestão não fizer limites de gastos e ajuste fiscal. O senador disse também que, Bolsonaro é sincero quando diz não entender de economia e nem de gestão, ter nascido para ser militar e não presidente. Frases que foram ditas durante toda a campanha, e mesmo assim, Bolsonaro foi a escolha do povo brasileiro. Álvaro Dias teve menos de 1 milhão de votos na eleição passada. Quem escolhe é o povo que, depois não pode reclamar de suas escolhas.

Silas Freire

Ciro pode até disputar o Senado só para derrotar Wellington

Silas Freire

Publicado

em

Assista aos comentários de Silas Freire na coluna desta sexta-feira (11/06).

Continue Lendo

Silas Freire

Júlio César, suplente de Wellington Dias com duas secretarias

E mais:
– Robert Rios na Secretaria de Governo de Teresina;
– A aposentadoria do conselheiro do TCE, Luciano Nunes, e a ‘corrida’ de políticos para indicar o novo (a) ocupante;
– Bolsonaro e a vacinação no Brasil.

Silas Freire

Publicado

em

Na coluna desta quinta-feira (10/06), Silas Freire comenta os fatos que tem movimentado o cenário político piauiense e nacional.

Continue Lendo

Silas Freire

Dr. Pessoa e sua gestão em família

E mais:
– Os governadores na CPI da Covid;
– Bolsonaro segue com declarações polêmicas sobre as mortes durante a pandemia;
– A corrida pela vice-governadoria do Karnak.

Silas Freire

Publicado

em

Assista o que é destaque na Coluna do Silas nesta quarta-feira (09/06)!

Continue Lendo
Casas Duplex

Trending

Copyright © 2018 Encarando - Silas Freire. Todos os Direitos Reservados.
WhatsApp: 86. 98183-1178 / Fixo: 3234-9879
Email: encarando.com@gmail.com

WhatsApp chat