Siga as Redes Sociais

Vai Encarar?

Tranquem as portas: 200 presos fogem da Major César quebrando tudo

Laurivânia Fernandes

Publicado

em

Eu havia falado nos posts anteriores que os direitos humanos deveria intervir na Penitência Agrícola Major César Oliveira para não haver rebeliões. Pois é, eu tinha razão.

Durante visita íntima entre os presos e suas companheiras, na tarde desta terça-feira (2), ocorreu uma rebelião, onde pelo menos cinco presos e dois agentes penitenciários ficaram feridos.

Segundo informações das esposas, durante a visita, os detentos já estavam com os ânimos acirrados por que um funcionário da Major César teria atirado no pé de um preso.

O estopim para começar a rebelião, teria sido no momento que um detento doente teria pedido para ser medicado e simplesmente ignoraram. Não deu outra, saíram revoltados. Quebraram tudo que encontravam pela frente.

De acordo com informações repassadas à imprensa, os detentos teriam incendiado uma viatura da polícia e destruído uma máquina de raio x caríssima, comprada recentemente para vistoriar os presos.

Segundo informações ainda, durante a confusão, um agente penitenciário teria feito um disparo acidental de arma de fogo e ficado ferido. Policiais atiraram também balas de borracha, para tentar conter a invasão na sala de direção e administração do prédio.

Agente ficou ferido após ser atingido por uma pedrada — Foto: Divulgação/Sinpoljuspi

Agente ficou ferido após ser atingido por uma pedrada — Foto: Divulgação/Sinpoljuspi

Enquanto uns invadiam, outros levavam os familiares para locais seguros fora do presídio. De acordo com o Sindicato dos Agentes Penitenciários do Piauí (Sinpoljuspi), pelo menos 200 presos fugiram da Penitenciária durante a rebelião. O prejuízo material ainda não foi contabilizado.

Área administrativa do presídio foi danificada durante rebelião na Major César — Foto: Divulgação/Sinpoljuspi

Área administrativa do presídio foi danificada durante rebelião na Major César — Foto: Divulgação/Sinpoljuspi

Será reformada por bem ou por mal

Há muito tempo que algo teria que acontecer para chamar atenção do Governo do Estado para a situação da Major César. E não é só na infraestrutura não. As condições mínimas de respeito aos direitos humanos tem que ser respeitadas também.

Imagine você, morando num local com esgoto a céu aberto, lixo acumulado, celas superlotadas, sem muita comida nem água. Somado a isso, ser humilhado periodicamente, sem o direito de reclamar.

É o mesmo que criar uma bomba relógio, onde estamos vendo os estragos agora. Quando (ou se recuperarem) esses presos que fugiram, o governo terá que fazer a reforma de qualquer forma.

Enquanto isso, tranquem bem as portas e cuidado. É que durante a fuga, eles teriam levado duas armas da unidade e um revólver de um servidor, que poderá ser usado para a prática de novos crimes. Vai Encarar?

Vai Encarar?

Técnica de desgastar dentes pode levar ao uso de dentadura aos 40 anos

Karytha Leal

Publicado

em

A busca pelo sorriso perfeito tem levado muitos jovens a apelarem para alternativas rápidas e econômicas na intenção de mudar o aspecto dos dentes. No Reino Unido, por exemplo, a moda é raspá-los a fim de “abrir espaço” para coroas branquíssimas e padronizadas, cujo custo é inferior ao cobrado em tratamentos mais modernos.

No entanto, o barato pode sair caro, além de causar problemas graves para a saúde bucal no futuro. Segundo a dentista britânica Shaadi Manouchehri, é bem provável que jovens que se submetem a essa técnica precisem usar dentadura aos 40 anos de idade.

Raspar os dentes  vai danificar o nervo e vai fazer com que o paciente precise de um tratamento de canal e de uma extração em algum momento da sua vida”, afirmou a dentista ao jornal Daily Mail. “As facetas e coroas, em geral, precisam ser substituídos a cada 10 ou 15 anos, normalmente”, emendou.

Ao assistir ao vídeo de uma jovem que teve os dentes raspados e viralizou no TikTok, com mais de 7 milhões de visualizações, a dentista alerta: “Agora, ela é uma jovem linda, porém, acho que ela vai precisar substituí-los provavelmente quatro ou cinco vezes ao longo de sua vida, se não mais”, afirmou.

Continue Lendo

Vai Encarar?

Marca desenvolve vinho com o nome de Bolsonaro: “Il Mito”

Karytha Leal

Publicado

em

Bolsonaro “Il Mito”. Esse é o nome do vinho desenvolvido em homenagem ao presidente Jair Bolsonaro (sem partido). O produto foi anunciado em outubro nas redes sociais da marca Vinho Bolsonaro. A bebida é vendida pela internet.

Segundo a página da empresa, o Bolsonaro “Il Mito” é produzido pela Viña de Aguirre, vinícola localizada no Chile. De acordo com a marca, a proposta da bebida é “marcar este momento especial da história do Brasil”. “Um vinho gigante pela própria natureza”, escreveu a empresa nas redes sociais

São dois tipos de vinho tinto: um feito com a uva cabernet sauvignon (descrito como um “vinho poderoso”, com notas de avelã e chocolate), e o outro com a uva carmenere (um “vinho elegante”, segundo a marca, com notas de frutos silvestres).

A marca também desenvolveu um espumante com o mesmo nome, mas produzido na serra gaúcha brasileira. Elaborada com as uvas chardonnay e malvasia branca, a bebida é descrita pela marca como “leve e refrescante”.

Continue Lendo

Vai Encarar?

Salário mínimo para sustentar família com quatro pessoas deveria ser de R$ 5.006, aponta estudo

Laurivânia Fernandes

Publicado

em

Foto: Marcos Santos/Arqivo Usp

O salário mínimo para uma família de quatro integrantes, dois adultos e duas crianças, conseguir se sustentar, deveria ter sido de R$ 5.005,91 em outubro, de acordo com cálculo do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese).

O valor é 4,79 vezes maior do que o  salário mínimo real do mês passado, R$ 1.045. O cálculo do Dieese tem como base o preço das cestas básicas em 17 capitais brasileiras pesquisadas. A mais cara de outubro, a cesta de São Paulo, chegou a R$ 595,87.

O maior aumento do mês foi visto na  cesta básica de Brasília, que subiu 10,03% entre setembro e outubro, atingindo R$ 490,48. O conjunto de alimentos básicos mais barato do Brasil foi visto em Natal, R$ 436,76.

A diferença entre a cesta básica mais cara e a mais barata do país chegou a R$ 159,11 em outubro, e o salário mínimo é nacional, de R$ 1.045 em todos os estados.

Salário mínimo não deve ter aumento real em 2021

No ano que vem, o piso nacional seguirá muito abaixo do ideal com base nas contas do Dieese. De acordo com proposta enviada ao Congresso pelo presidente  Jair Bolsonaro , o  salário mínimo deverá ser de R$ 1.067 no ano que vem, apenas com reposição inflacionária, sem aumento real para os trabalhadores pelo segundo ano seguido .

Esse valor projetado faz parte do Projeto de Lei Orçamentária Anual. Com a alta da inflação nos últimos meses, ele pode subir, já que, em setembro, o próprio Ministério da Economia revisou sua estimativa para o Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) de 2020, que é usado para reajustar o piso nacional e foi a 2,35% ante previsão anterior de 2,09%. Caso essa taxa inflacionária seja confirmada – ou superada, o salário mínimo subirá. Enquanto isso, salve-se quem poder! Infelizmente, esse é o Brasil, meus amigos.

E aí, vai encarar?

**Texto com informações do iG

Continue Lendo
Casas Duplex

Trending

Copyright © 2018 Encarando - Silas Freire. Todos os Direitos Reservados.
WhatsApp: 86. 98183-1178 / Fixo: 3234-9879
Email: encarando.com@gmail.com

WhatsApp chat