Siga as Redes Sociais

Vai Encarar?

Tranquem as portas: 200 presos fogem da Major César quebrando tudo

Laurivânia Fernandes

Publicado

em

Eu havia falado nos posts anteriores que os direitos humanos deveria intervir na Penitência Agrícola Major César Oliveira para não haver rebeliões. Pois é, eu tinha razão.

Durante visita íntima entre os presos e suas companheiras, na tarde desta terça-feira (2), ocorreu uma rebelião, onde pelo menos cinco presos e dois agentes penitenciários ficaram feridos.

Segundo informações das esposas, durante a visita, os detentos já estavam com os ânimos acirrados por que um funcionário da Major César teria atirado no pé de um preso.

O estopim para começar a rebelião, teria sido no momento que um detento doente teria pedido para ser medicado e simplesmente ignoraram. Não deu outra, saíram revoltados. Quebraram tudo que encontravam pela frente.

De acordo com informações repassadas à imprensa, os detentos teriam incendiado uma viatura da polícia e destruído uma máquina de raio x caríssima, comprada recentemente para vistoriar os presos.

Segundo informações ainda, durante a confusão, um agente penitenciário teria feito um disparo acidental de arma de fogo e ficado ferido. Policiais atiraram também balas de borracha, para tentar conter a invasão na sala de direção e administração do prédio.

Agente ficou ferido após ser atingido por uma pedrada — Foto: Divulgação/Sinpoljuspi

Agente ficou ferido após ser atingido por uma pedrada — Foto: Divulgação/Sinpoljuspi

Enquanto uns invadiam, outros levavam os familiares para locais seguros fora do presídio. De acordo com o Sindicato dos Agentes Penitenciários do Piauí (Sinpoljuspi), pelo menos 200 presos fugiram da Penitenciária durante a rebelião. O prejuízo material ainda não foi contabilizado.

Área administrativa do presídio foi danificada durante rebelião na Major César — Foto: Divulgação/Sinpoljuspi

Área administrativa do presídio foi danificada durante rebelião na Major César — Foto: Divulgação/Sinpoljuspi

Será reformada por bem ou por mal

Há muito tempo que algo teria que acontecer para chamar atenção do Governo do Estado para a situação da Major César. E não é só na infraestrutura não. As condições mínimas de respeito aos direitos humanos tem que ser respeitadas também.

Imagine você, morando num local com esgoto a céu aberto, lixo acumulado, celas superlotadas, sem muita comida nem água. Somado a isso, ser humilhado periodicamente, sem o direito de reclamar.

É o mesmo que criar uma bomba relógio, onde estamos vendo os estragos agora. Quando (ou se recuperarem) esses presos que fugiram, o governo terá que fazer a reforma de qualquer forma.

Enquanto isso, tranquem bem as portas e cuidado. É que durante a fuga, eles teriam levado duas armas da unidade e um revólver de um servidor, que poderá ser usado para a prática de novos crimes. Vai Encarar?

Vai Encarar?

Segurança sucateada: policiais usam veículos apreendidos e picape de prefeitura no interior do Piauí

Redação Encarando

Publicado

em

O Portal Encarando recebeu imagens denunciando a precariedade da segurança pública no estado do Piauí. Conforme a denúncia, os policiais militares da cidade de Caraúbas são obrigados a usarem veículos apreendidos e da prefeitura para atender as ocorrências, pois eles não tem veículos oficiais disponíveis.

Segundo a Polícia Militar, o comandante do Batalhão de Caraúbas foi comunicado sobre o caso e as medidas necessárias estão sendo tomadas.

Nota à imprensa

A Polícia Militar do Estado do Piauí informa que em relação a uma ocorrência na cidade de Caraúbas do Piauí, o comandante do Batalhão Policial Militar responsável pelo policiamento da referida cidade está ciente e tomando as devidas providências que o caso requer.

Teresina, 06 de abril de 2020.

ELZA Rodrigues Ferreira – Ten Cel PM Diretora de Comunicação Social da PMPI

Continue Lendo

Vai Encarar?

Dane-se a pandemia: Fábio Abreu quer ser prefeito de Teresina

Redação Encarando

Publicado

em

O secretário de segurança do estado do Piauí, Fábio Abreu, divulgou nesse sábado (04) nas redes sociais um vídeo publicitário, no qual ele informa que está acompanhando o patrulhamento ostensiva da Operação Área Comercial. Na oportunidade, Fábio Abreu utilizou o marketing digital para lançar uma hashtag #umportodospiauí.

Com o avanço da pandemia do coronavírus, em todo o mundo, é normal o surgimento de oportunistas. O problema é quando o oportunismo vem acompanhado da vaidade. Enquanto os brasileiros sofrem diretamente com a pandemia, seja pela doença, ou pelas consequências da pandemia, como o desemprego, muitos políticos estão aproveitando o momento de fragilidade para fazer pré-campanha.

O valor gasto nesse vídeo publicitário daria para comprar várias cestas básicas e distribuir para famílias necessitadas. Apesar de existir políticas públicas na distribuição de alimentos, nem todas as famílias que precisam estão sendo beneficiadas.

Adiamento das Eleições Municipais 2020

A corrida para se destacar pode ser em vão. Já que existe a possibilidade de adiamento das eleições municipais de 2020. E se forem adiadas, o povo será o maior beneficiado. Segundo o senador Major Olímpio (PSL-SP), a economia esperada seria de até R$ 1,5 bilhão, além dos recursos do fundo eleitoral, que não seriam utilizados.

É momento de reflexão e empatia. E para as autoridades, que estão preocupados em fazer política durante período de pandemia, é melhor cuidar do povo, pois não existe eleição sem eleitores.

E aí, Vai Encarar ?!

O Portal Encarando está aberto para maiores esclarecimentos.

Continue Lendo

Vai Encarar?

Coronel Schnneyder deixa o povo indignado após promover pesquisa de R$ 10 mil durante período de pandemia

Redação Encarando

Publicado

em

O coronel Schnneyder promoveu um pesquisa quantitativa e divulgou nessa segunda-feira (23) em vários blogs do município de Timon. Mas, o coronel não teve o resultado esperado, o povo utilizou as redes sociais para criticar intensamente a postura do pré-candidato em pleno período de pandemia do coronavírus.

A população timonense aproveitou a oportunidade de comentar a publicação da pesquisa e criticaram o Coronel, que ao invés de ter tido uma postura mais humanitária, estava era preocupado em discutir política partidária.

Mas o pior estar por vir. A pesquisa feita pelo Instituto Escutec custou R$ 10 mil. Valor que poderia ter ajudado várias famílias de baixa renda a passar por esse período de quarentena. Enquanto muitos podem acumular produtos alimentícios e de higiene pessoal, milhares não tem nem o que jantar.

Coronel, o momento é de solidariedade e respeito. O futuro e as eleições 2020 a Deus pertence!

E aí, vai Encarar?

O portal Encarando está aberto para maiores esclarecimentos.

Continue Lendo
Acqua Blu

Trending

Copyright © 2018 Encarando - Silas Freire. Todos os Direitos Reservados.
WhatsApp: 86. 98183-1178 / Fixo: 3234-9879
Email: encarando.com@gmail.com

WhatsApp chat