Siga as Redes Sociais

Vai Encarar?

Major Diego diz que segurança do PI chegou ao ‘fundo do poço’ e chama Fábio Abreu de ‘covarde’

Publicado

em

O Presidente da Associação dos Oficiais Militares do Piauí, Major Diego Mello, fez duras críticas ao secretário de Segurança Pública, Fábio Abreu, ao comentar na imprensa sobre a falta de papel-moeda para confeccionar as carteiras funcionais dos policiais.

Segundo o Major, Fábio Abreu não quer receber em seu gabinete os representantes da categoria, para discutir esse e outros problemas.

“Nós estamos no fundo do poço na segurança pública do Piauí. A covardia desse secretário é muito grande. Ele foi eleito para Deputado Federal, vendeu o mandato e virou as costas para polícia, numa total covardia”, disse Diego.

Segundo informações, cerca de 800 policiais militares do Piauí estão há mais de um ano sem carteira de identidade funcional, por conta da falta de papel para impressão. Com isso, os militares ficam impedidos, por exemplo, de fazer uso do direito da gratuidade nos ônibus, pois não tem o documento para apresentar junto às empresas.

De acordo com o Major, os problemas dos policiais militares pela falta de documento, vão além dos deslocamentos nos ônibus. “Durante os seus horários de folga, quando estão portando suas armas, os PM’s estão incorrendo no crime de porte ilegal, pois a lei exige que seja apresentada a carteira funcional para justificar o uso da arma”, afirmou.

Na oportunidade, o oficial também falou sobre os problemas de reajuste salarial da categoria. “Nós estamos numa situação de miséria. Não existe reajuste desde 2015. Nossos policiais não tem condições de pagar suas contas básicas”, finalizou.

Polícia

Comandante da PM do MA foge de cooperativismo e afirma que vai prender policial suspeito de matar médico em Imperatriz

Publicado

em

O comandante da Polícia Militar do Maranhão, coronel Pedro Ribeiro, afirmou durante entrevista para o portal Imperatriz e Região que o soldado Adonias Sadda, suspeito de matar médico Bruno Calaça, em Imperatriz, foi covarde e frio.

Após a repercussão do assassinado, o comandante Pedro Ribeiro, se pronunciou sobre o caso e afirmou que a corporação trabalhar para prender o suspeito. “O Bruno nem chegou a discutir com ele. Estava sentado. (…) A gente observa nas imagens que ele simplesmente atirou no rapaz. Covarde, covarde, e frio. E nós vamos dar uma resposta para essa falha, que é a prisão, excluindo ele da corporação”, disse o coronel.

O comandante foi claro e mostrou que não compactua com crimes cometidos por policiais.

Entenda o caso

Bruno Calaça Barbosa foi morto a tiros em uma festa realizada em um estabelecimento na avenida Beira-Rio, na madrugada desta segunda-feira.

De acordo com testemunhas, o jovem foi morto após um desentendimento com uma terceira pessoa envolvida, mas o soldado Adonias Sadda acabou atirando contra o médico Bruno Calaça.

Continue Lendo

Polícia

Bandidos são presos após realizarem arrastão em “cabaré” na zona sul de Teresina

Publicado

em

Três homens, que não tiveram as identidades reveladas, foram presos em flagrante na noite dessa sexta-feira (24) durante arrastão em um “cabaré”, localizado no bairro Lourival Parente, na zona sul de Teresina.

De acordo com informações da Polícia Militar, o trio invadiu a casa de entretenimento de adultos e realizou um arrastão. Clientes e garotas de programa foram rendidas durante o assalto. Uma vítima conseguiu se esconder e acionou uma equipe da Polícia Militar.

A prisão foi realizada no momento em que o trio saiu de dentro do “cabaré”. A polícia apreendeu três armas de fogo, sete celulares e uma carteira, que provavelmente era de uma das vítimas. Os indivíduos foram conduzidos para a Central de Flagrantes de Teresina.

Continue Lendo

Opinião

Pré-campanha já começou? Deputado Fábio Abreu faz cena durante prisão de assaltante em Teresina

Publicado

em

Populares flagraram o deputado federal Fábio Abreu (PL) fazendo uma verdadeira encenação durante a prisão de um suposto assaltante de veículos no bairro Tabuleta, na zona Sul de Teresina.

O parlamentar que não é mais Secretário de Segurança participou da prisão do suspeito.

No passado, Fábio Abreu protagonizou outra cena também próximo do período eleitoral. Ele foi filmado pisando na cabeça de um suspeito durante uma abordagem policial. A cena viralizou nas rede sociais e o marketing político plantou na cabeça da população, que clamava por segurança, que o capitão seria a salvação.

Mas, o conto foi por água a baixo logo no primeiro ano, que ele assumiu com secretário de segurança. Teve várias oportunidades de fazer a diferença, mas em todas a força policial do Estado só foi usado com o único objetivo de fazer campanha política.

A reflexão que fica é:

Até quando o capitão vai usar a população, e até os bandidos, para ganhar mídia?

Continue Lendo
Casas Duplex

Trending

Copyright © 2018 Encarando - Silas Freire. Todos os Direitos Reservados.
WhatsApp: 86. 98183-1178 / Fixo: 3234-9879
Email: encarando.com@gmail.com

WhatsApp chat