Siga as Redes Sociais

Vai Encarar?

Descaso: Pacientes são flagrados deitados no chão do Hospital Regional de Picos; assista o vídeo!

Laurivânia Fernandes

Publicado

em

Imagem feita durante vistoria da Comissão de Saúde da Alepi no Hospital de Picos, realizada em maio de 2019. Foto: Divulgação

Um vídeo encaminhado por um leitor ao Portal Encarando, mostra vários pacientes deitados no chão, no Hospital Regional de Picos-PI. Na gravação, pelo menos quatro homens aparecem na situação relatada, à espera de atendimento médico.

A pessoa, que preferiu não ser identificada, afirmou que casos como esse tem se tornado comum na unidade hospitalar. Materiais básicos para o atendimento, como macas, além da falta de leitos, tem prejudicado a população que chega ao local em busca de atendimento. Na gravação, também é possível ver o empenho de alguns profissionais para atender a demanda, mas a falta de estrutura adequada dificulta o trabalho dos profissionais.

O cenário não é muito diferente do que foi encontrado pelos parlamentares da Comissão de Saúde da Assembleia Legislativa do Piauí (Alepi), durante vistoria realizada no centro de saúde, ainda no mês de maio deste ano. À época, a presidente da comissão, Teresa Britto (PV), chegou a comparar o hospital a uma ‘estrebaria de cavalos’.

Além disso, os deputados também constataram a paralisação das obras da segunda etapa da urgência, das alas A (obstétrica) e B (clínica médica), além do Centro de Partos Normais e um déficit orçamentário de R$ 600 mil por mês, para custeio do hospital.

Como em outras situações, todos os problemas relatados foram colocados em um relatório e encaminhado aos órgãos competentes, incluindo o governo do Estado. Mas a resposta, continua sendo a mesma: O silêncio!

Nossa equipe tentou contato com a Secretaria de Estado da Saúde (Sesapi) para comentar o caso, mas até a públicação da matéria, não obteve resposta. Entretanto, nosso espaço fica aberto para possíveis esclarecimentos.

Vai Encarar?

Comerciantes denunciam péssimas condições no Mercado Público de Floriano

Redação Encarando

Publicado

em

O Mercado Público Isael Almeida, localizado no Centro do município de Floriano, continua com péssimas condições de infraestrutura desde 2013. Situação, que inclusive foi noticiada em nível estadual, vinculada em uma das maiores emissoras do Piauí.

A única coisa que mudou durante esses 7 anos foi que o repórter Nilson Ferreira, que mostrou as mazelas do mercado e entrevistou os comerciantes, hoje é o atual secretário de comunicação do município de Floriano.

Segundo um comerciante, que preferiu não ser identificado, a situação do mercado é considerada insalubre. “Tem muito rato, barata, e lixo. Os banheiros são sujos. Ninguém bebe a água de lá, porque quando bebemos sentimos dor de barriga. Muita sujeira. Mercado de Floriano é insalubre. Quando chove o mercado fica alagado”, explicou.

No período chuvoso, os próprios comerciantes que limpam o mercado, tirando a água acumulada, devido a quantidade de goteiras na estrutura do mercado.

Outro lado

O secretário de Desenvolvimento Rural e Abastecimento Edvaldo Costa, informou que o trabalho de limpeza do Mercado Público Central é feito diariamente, inclusive nos banheiros e que o último serviço de dedetização, desratização e desinsetização, foi realizado no domingo à tarde, dia 16, portanto, há 3 dias.


Ele falou que o abastecimento da água do Mercado é feito através de um poço tubular profundo e nunca chegou à secretaria qualquer denúncia de contaminação desta água. Ele pede que o caso específico seja levado à secretaria para que possa ser investigado.

Sobre as goteiras, o secretário informou que já há um processo aberto para a contratação do serviço de reparo no teto, que tramita no setor de licitações.

Continue Lendo

Vai Encarar?

Segurança para quem? Em menos de 5h, dois militares são roubados em Teresina

Redação Encarando

Publicado

em

Dois policiais militares do estado Piauí foram assaltados em um intervalo menos que 5h na manhã desse sábado (15) na zona leste de Teresina. Se dois militares foram roubados em plena luz do dia, imagine nós, meros mortais.

O primeiro caso ocorreu na Cacimba Velha, zona leste rural. A vítima estava vindo de mais um dia de trabalho quando foi abordado por criminosos que roubaram a arma de uso restrito da Polícia Militar e cerca de R$ 3 mil.

Já o segundo caso foi no Vale do Gavião. O militar estava chegando em casa quando reagiu ao assalto e acabou baleando um dos criminosos, mas acabou também sendo baleado.

Só resta saber onde estar a tal segurança que é vendida diariamente na mídia.

Continue Lendo

Vai Encarar?

Delegado geral da Polícia Civil Luccy Keiko está sendo investigado pelo MP-PI por prática de nepotismo

Laurivânia Fernandes

Publicado

em

Foto: Wilson Nanaia

O Delegado Geral da Polícia Civil do Piauí, Luccy Keiko Leal Paraíba, está sendo investigado pelo Ministério Público do Piauí (MP-PI) por prática de nepotismo. Segundo a denúncia, apresentada ao órgão de forma anônima, o delegado usou de sua influência para favorecer a esposa Rúbia Rodrigues Leal Paraíba, a cunhada Ruth Rodrigues Ferraz de Castro e seu familiar Paulo Gustavo Rodrigues da Silva.

À Ruth Rodrigues Ferraz de Castro, são apontadas três irregularidades: Nomeação para cargo em comissão de Coordenador da Polícia Civil símbolo DAS-2, em 08/03/2019, com efeitos a partir de 18 de fevereiro de 2019 e uma segunda nomeação em 08/05/2019 no mesmo cargo, com efeitos a partir de 02/05/2019; Cumulação do cargo em comissão de Coordenador da Polícia Civil com cargo comissionado na Prefeitura de Alto Longá-PI e cumulação de cargo público com a administração de sociedade empresária privada.

A esposa do delegado, Rúbia Rodrigues Leal Paraíba, foi nomeada para cargo em comissão de Coordenador de Apoio Técnico, símbolo DAS-2, em 02 de maio de 2019, na Secretaria de Governo do Estado do Piauí. Média que revela a prática de nepotismo já, que Rúbia possui laços familiares com Merlong Solano, secretário de governo, na época. O denunciante ainda alegou que a esposa do delegado Rúbia não cumpre jornada de trabalho, recebendo apenas a remuneração.

A denúncia aponta que Paulo Gustavo Rodrigues da Silva, seria “possível parente da esposa do Delegado Geral”, e também foi nomeado para cargo em comissão de ‘Coordenador da Polícia Civil, símbolo DAS-2‘, com efeitos a partir de 18/02/2019, além de uma segunda nomeação em 08/05/2019.

No documento o MP-PI alerta que “os fatos narrados são graves e desbordam para além da prática de nepotismo e consubstanciam-se em peculato por parte daqueles que efetivamente recebem remuneração e não prestam o serviço correspondente”.

Clique aqui e leia a denúncia na íntegra

Veja as nomeações no Diário Oficial

Nossa equipe tentou contato com o delegado, mas até o fechamento desta matéria não conseguiu localizá-lo. O espaço fica aberto para possíveis esclarecimentos.

Continue Lendo
Acqua Blu

Trending

Copyright © 2018 Encarando - Silas Freire. Todos os Direitos Reservados.
WhatsApp: 86. 98183-1178 / Fixo: 3234-9879
Email: encarando.com@gmail.com

WhatsApp chat