Siga as Redes Sociais

Vai Encarar?

Impasse: Governo do Piauí anuncia reabertura de setores econômicos e Prefeitura de Teresina mantém decretos

Avatar

Publicado

em

O Governo do Piauí, através do governador Wellington Dias, anunciou neste sábado (06) a reabertura de três setores econômicos (construção civil, serviços de saúde e concessionárias de veículos automotores). A decisão de flexibilização se baseou na análise de dados epidemiológicos da doença, queda no índice de transmissibilidade, número de leitos ocupados e a abertura de novas vagas na rede hospitalar para tratamento da Covid-19.

Mas ao mesmo tempo, a Prefeitura de Teresina reafirmou que os decretos municipais continuam em vigor, inclusive para as áreas anunciadas pelo governador Wellington Dias. Conforme a assessoria de comunicação da prefeitura de Teresina, os critérios adotados para a reabertura gradual das atividades econômicas continuarão sendo respeitas na capital, mesmo a prefeitura já tendo um plano de retorno elaborado.

O governo pediu prudência na retomada das atividades, e ressaltou que a autorização para funcionamento se restringe a atividades específicas, mediante cumprimento de uma série de exigências.

De que adianta o Governo autorizar e a prefeitura da capital piauiense não? Por orientação do Comitê de Operações Emergenciais (COE), o isolamento social no Piauí será prorrogado até 22 de junho. Ou sejá, a prefeitura e o governo tem até o dia 22 para resolver esse impasse.

Vai encarar?

Vai Encarar?

Coordenador da campanha do Fábio Abreu desobedece decreto, mantém depósito de bebidas aberto e humilha policiais durante abordagem em Teresina

Avatar

Publicado

em

O vereador, major Paulo Roberto, e coordenador da campanha do Capitão Fábio Abreu, descumpriu os decretos estaduais e municipais, e manteve o seu depósito de bebidas, localizado no bairro Marquês, na zona norte de Teresina, aberto em plena quarentena.

Mas dessa vez, a patente e as “amizades” (influencias) não valeram mais que os decretos. A Polícia Militar, e equipes do Batalhão de Polícia Ambiental “bateu na porta” do depósito na noite desse sábado (04) e determinou o fechamento do estabelecimento. Durante a abordagem, por ser vereador de Teresina e major, embora reformado, ele ainda humilhou os policiais durante a ação. O major Paulo Roberto chegou a mandar as equipes prender todo mundo que estava no local, pois ele iria resolver.

Quando o coordenador da operação, tenente-coronel Josinaldo, chegou no local, e por ter uma patente maior, o major Paulo decidiu se retirar do estabelecimento. No local, havia aglomeração de pessoas, som alto, e consumo de bebidas alcoólicas dentro do estabelecimento.

Operação Integrada

A operação foi deflagrada para combater a perturbação do sossego alheio na área do 9° BPM. Na noite desse sábado (04) foram realizados dois Termos Circunstâncias de Ocorrências (TCOs) nos bairros Marquês e Buenos Aires. Foram apreendidos uma caixa de som, um aparelho de som e uma mesa de som.

Outro lado

O major Paulo Roberto explicou na tarde desse domingo (05) no momento em que houve a abordagem no estabelecimento estava acontecendo uma live beneficente, com Roncelli dos Teclados e Banda Kalouros, com a presença dos familiares dos artistas. “Eles pediram o espaço, e eu cedi para eles fazerem a live beneficente para arrecadação de cestas básicas para os músicos. (…) No momento da live, eles foram surpreendidos por três policiais militares. (…) Os policiais militares disseram que ninguém podia fazer filmagens deles, e ameaçaram os músicos. Inclusive, soube que os músicos foram tratados como bandidos. Colocados nas paredes, revistados, como se fossem bandidos”, disse.

O vereador ainda explicou que não estava no estabelecimento quando ocorreu a abordagem, e que chegou apenas depois quando foi chamado. “Segunda-feira (06) irei procurar a Corregedoria Geral do Estado do Piauí, juntamente com os músicos e seus familiares, que sofreram esse atentado dos policiais militares”, explicou.

Veja os videos das abordagens!

Continue Lendo

Vai Encarar?

Com milhares de mortes pela Covid-19, Fábio Abreu foi o único deputado do PI a votar contra o adiamento das eleições

Redação Encarando

Publicado

em

A Câmara dos Deputados aprovou nesta quarta-feira (1º) a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 18/20, que adia as eleições municipais deste ano devido à pandemia causada pelo novo coronavírus. O placar de votação da PEC no segundo turno foi de 407 votos a 70. No primeiro turno, foram 402 votos favoráveis e 90 contrários.

No Piauí, todos os deputados federais votaram a favor da mudança na data do pleito eleitoral, menos o deputado Fábio Abreu, que justificou a ação afirmando que essa foi uma orientação do seu partido, o PL. Além disso, o parlamentar afirmou um mês não “não irá fazer diferença em relação à pandemia”. Lembrando que o deputado é um dos pré-candidatos a prefeito em Teresina.

No Piauí, a Covid-19 já matou 697 pessoas, e no Brasil 60.632 perderam a vida em decorrência da doença, segundo divulgado pelos órgãos oficiais de saúde. Fica o questionamento, será mesmo que um mês não irá fazer a diferença? No caso do Piauí, apesar de pesquisas recentes apresentarem uma queda no índice de transmissibilidade do vírus, a situação ainda é preocupante, sem contar, que em vários estados do país, onde houve um afrouxamento das medidas de isolamento, posteriormente, foi necessário uma regressão.

Torcemos para que até a nova data, estejamos em uma situação verdadeiramente mais confortável. Mas, nesse momento, o que importa de verdade é salvar vidas.

A PEC

Oriunda do Senado, a PEC determina que os dois turnos eleitorais, inicialmente previstos para os dias 4 e 25 de outubro, serão realizados nos dias 15 e 29 de novembro. Por meio de uma emenda de redação, deputados definiram que caberá ao Congresso decidir sobre o adiamento das eleições por um período ainda maior nas cidades com muitos casos da doença.

Além de adiar as eleições, a PEC, de autoria do senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP), estabelece novas datas para outras etapas do processo eleitoral de 2020, como registro de candidaturas e início da propaganda eleitoral gratuita. Apenas a data da posse dos eleitos permanece a mesma, em 1º de janeiro de 2021.

Veja quadro com novas datas:

Continue Lendo

Vai Encarar?

Mãe vai a delegacia para fazer BO contra a filha que não consegue marido

Karytha Leal

Publicado

em

Seja homem ou mulher, quando você chega a uma idade e está solteiro na casa da mãe a pressão começa a acontecer: “E aí, quando vai casar?”. Mas uma idosa passou de todos os limites. Desesperada, ela saiu de casa em meio à pandemia de coronavírus, arriscando a própria saúde, para ir até o 10º Distrito Policial, no bairro Sítio Cercado, em Curitiba, na tarde da última terça-feira (23). Tudo para fazer um Boletim de Ocorrência (BO) contra a filha, alegando que ela precisa sair de casa e arranjar um marido pra ontem.

A senhora acreditava que, por meio de um BO, conseguiria tirar a filha de casa, arranjando um marido para ela. “A gente acha que já viu de tudo, aí acontece isso. Uma senhora desesperada veio aqui e disse que queria fazer um BO para que os policiais arranjassem um casamento para ela. Explicamos que não somos uma agência de casamento e que aquilo não era crime, então direcionamos ela para procurar de outra forma”, disse à Banda B o investigador Henrique Lima, do 10º° Distrito Policial.

De acordo com o investigador, a idosa recebeu a orientação de forma tranquila, mas chateada por não conseguir arranjar um genro. “Ela era bem tranquila e a gente fez essa parte de orientar. Tem algumas situações atípicas realmente no nosso dia a dia. O policial acaba tendo que atender cada coisa”, falou.

Após a orientação, a idosa foi embora, ciente que agora terá que apelar para aplicativos como tinder ou até programas de namoro na televisão. O duro é que, com o coronavírus, nem estes serviços estão funcionando direito.

Fonte: Metrópoles

Continue Lendo
Acqua Blu

Trending

Copyright © 2018 Encarando - Silas Freire. Todos os Direitos Reservados.
WhatsApp: 86. 98183-1178 / Fixo: 3234-9879
Email: encarando.com@gmail.com

WhatsApp chat