Siga as Redes Sociais

Saúde

Vacinação contra a gripe inicia nesta segunda em Teresina

Avatar

Publicado

em

A Fundação Municipal de Saúde (FMS) de Teresina inicia a vacinação contra a Influenza A H1N1, Influenza A H3N2 e Influenza B, nesta segunda-feira (19). Serão vacinados neste primeiro momento crianças de 6 meses a 5 anos, 11 meses e 29 dias, gestantes e puérperas (mulheres com 45 dias após o parto), população indígena e trabalhadores da saúde. O atendimento será nas salas de vacina das Unidades Básicas de Saúde (UBS) não gripais de segunda a sexta-feira.

A coordenadora da vacina contra a influenza da FMS, Adriana Sávia, *informa que foi realizado capacitação para enfermeiros e técnicos de enfermagem das salas de vacina e do programa Estratégia Saúde da Família *para a aplicação das doses. “Vale ressaltar que as pessoas que tomaram a vacina contra a Covid-19 devem agendar a vacina influenza, respeitando o intervalo mínimo de 14 dias entre as vacinas”. Nas UBS Covid não tem vacina da gripe. Este ano é a 23ª Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza.

A diretora de Vigilância em Saúde da FMS, Amariles Borba, explica que a Influenza é uma infecção viral aguda, que afeta o sistema respiratório e é de alta transmissibilidade. A estratégia de vacinação contra a influenza foi incorporada no Programa Nacional de Imunizações (PNI) em 1999, com o propósito de reduzir internações, complicações e óbitos na população-alvo.

Nesta campanha, serão vacinadas crianças de 6 meses a menores de 6 anos de idade (5 anos, 11 meses e 29 dias), gestantes, puérperas, povos indígenas, trabalhadores da saúde, idosos com 60 anos e mais, professores das escolas públicas e privadas, pessoas portadoras de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais, pessoas com deficiência permanente.

Entram também no público alvo: forças de segurança e salvamento, forças armadas, caminhoneiros, trabalhadores de transporte coletivo rodoviário de passageiros urbano e de longo curso, trabalhadores portuários, funcionários do sistema prisional, adolescentes e jovens de 12 a 21 anos de idade sob medidas socioeducativas e população privada de liberdade. O público-alvo, portanto, representará 79.744.470 milhões de pessoas. A meta é vacinar pelo menos 90% dos grupos elegíveis.

Piauí

Covid-19 mata 32 pessoas e deixa 1.188 infectados em 24h no Piauí

Avatar

Publicado

em

A Secretaria de Estado de Saúde (Sesapi) divulgou nesta terça-feira (04), que o estado do Piauí registrou em 24h, 32 óbitos e 1.188 casos de COVID-19. Conforme a Sesapi, 411 pessoas estão internadas em Unidades de Terapia Intensiva (UTIs).

Doze mulheres e dezenove homens foram vítimas da Covid-19. Elas eram das cidades de Altos (67 anos), Aroeiras do Itaim (83 anos), Boqueirão do Piauí (60 anos), Parnaíba (67 anos), Simões (53 anos), Simplício Mendes (72 anos), Teresina (33, 51, 57, 70 e 75 anos) e Uruçuí (59 anos).

Os do sexo masculino eram naturais de Altos (87 anos), Campo Maior (59 anos), Itaueira (71 anos), Jaicós (25 anos), Joaquim Pires (61 anos), Luís Correia (49 anos), Nazaré do Piauí (38 anos), Parnaíba (90 anos), Pedro II (80 anos), Piripiri (67 anos) e Teresina (60, 64, 66, 69, dois de 72 anos, 74, 81 e 83 anos). Onze vítimas não possuíam comorbidades.

Os casos confirmados no estado somam 245.160 distribuídos em todos os municípios piauienses. Já os óbitos pelo novo coronavírus chegam a 5.235 e foram registrados em 221 municípios.

Dos leitos existentes na rede de saúde do Piauí para atendimento à Covid-19, há 1.149 ocupados, sendo 711 leitos clínicos, 411 UTIs e 27 em leitos de estabilização.

Continue Lendo

Saúde

Piauí tem redução na fila de espera por leitos covid

Laurivânia Fernandes

Publicado

em


O Piauí conseguiu reduzir o número de pessoas na fila de espera por leitos para Covid-19.
De acordo com dados da Central de Regulação da Secretaria de Estado da Saúde do Piauí (Sesapi), divulgados nesta terça-feira (04/05), agora, dois pacientes aguardam por um leito no estado, sendo apenas um dos casos para leito de terapia intensiva (UTI) e um para leito clínico. No dia 28 de março a fila de regulação chegou a registrar 238 pacientes covid aguardando por um leito na rede estadual de saúde.

Segundo o levantamento, o tempo de espera por um leito no estado que chegou ao tempo de 48 horas de espera no mês de março, hoje está em 24 horas nos casos mais demorados.

“Já chegamos a ter mais de 200 pessoas aguardando por um leito em nossa rede hospitalar por causa da Covid-19 e hoje é com muita alegria que vemos os resultados de todo o nosso trabalho. Ainda temos a fila de espera, mas a redução em relação as quantidades anteriores que essa fila apresentou, nos mostra que tomamos as medidas corretas no enfrentamento a pandemia”, disse o secretário de Saúde Florentino Neto.

O superintende de média e alta complexidade da Sesapi, Dr. Alderico Tavares, fala que a redução da quantidade de pessoas na fila para regulação de leitos do estado é um ponto importante no avanço ao enfrentamento a pandemia dentro do estado, mas que a população não pode relaxar nos cuidados e medidas preventivas até que essa fila esteja zerada e os leitos do estado estejam com disponibilidade.

“Apesar de termos esse quadro com apenas dois pacientes na nossa fila de espera, e já estarmos trabalhando para zerar essa fila o mais rápido possível, é preciso relembrar a população que a nossa taxa de ocupação de leitos de UTI ainda está acima de 97%, o que denota um colapso de rede. Com essa análise, reforçamos o quanto é importante que a população continue seguindo as recomendações dos órgãos de saúde e mantenha todas as medidas higiênico sanitárias, apenas dessa forma vamos sair dessa situação”, explica o superintendente.

Continue Lendo

Piauí

Covid-19 mata 21 pessoas e deixa mais de mil infectados em 24h no Piauí

Avatar

Publicado

em

A Secretaria de Estado de Saúde (Sesapi) divulgou nesta quarta-feira (28), que o estado do Piauí registrou em 24h, 21 óbitos e 1.163 casos de COVID-19. Conforme a Sesapi, 419 pessoas estão internadas em Unidades de Terapia Intensiva (UTIs).

Treze homens e oito mulheres foram vítimas da Covid-19. Eles eram naturais de Altos (68 anos), Floriano (71 anos), Itaueira (64 anos), Joaquim Pires (43 e 47 anos), Parnaíba (55 e 68 anos), Piripiri (83 anos) e Teresina (21,52, 59,71 e 73 anos). Já as mulheres eram naturais de Campo Maior (35 anos), Dirceu Arcoverde (72 anos), Esperantina (69 anos), Nazária (74 anos), Parnaíba (36 anos), Piripiri (48 e 86 anos) e Teresina (46 anos). Seis vítimas não possuíam comorbidades.

Os casos confirmados no estado somam 239.008 distribuídos em todos os municípios piauienses. Já os óbitos pelo novo coronavírus chegam a 5.067 e foram registrados em 219 municípios.

Dos leitos existentes na rede de saúde do Piauí para atendimento à Covid-19, há  1.189 ocupados, sendo 738 leitos clínicos, 419 UTIs e 32 em leitos de estabilização. 

Continue Lendo
Casas Duplex

Trending

Copyright © 2018 Encarando - Silas Freire. Todos os Direitos Reservados.
WhatsApp: 86. 98183-1178 / Fixo: 3234-9879
Email: encarando.com@gmail.com

WhatsApp chat