Siga as Redes Sociais

Vacinação

Mais de cem mil pessoas receberam a segunda dose da vacina contra Covid no PI

Laurivânia Fernandes

Publicado

em

Segundo dados do Vacinômento, da Secretaria de Estado da Saúde, o estado do Piauí já realizou a imunização de mais de cem mil pessoas contra a Covid-19. No total, 475.921 piauienses foram vacinados, sendo 363.045 com a primeira dose e 112.876 com a segunda dose. 

A diretora de Vigilância em Saúde da Sesapi, Cristiane Moura Fé, alerta a população para a importância dos grupos voltarem para tomar a segunda dose dos imunizantes. “Queremos fazer um alerta aos grupos, que já estão na etapa de segunda dose. O esquema vacinal contra a Covid-19, só fecha se todas as pessoas tiverem recebidos a primeira e a segunda dose”. 

Para realizar a dose de reforço a população deve ficar atenta à data que está no seu cartão de vacina e ao calendário de sua cidade. “No momento da aplicação da primeira dose, os técnicos já escrevem no cartão de vacina a data do retorno, para a segunda aplicação, porém algumas cidades podem antecipar seu calendário, então pedimos atenção para as datas divulgada por cada município”, lembra Cristiane Moura Fé. 

Entre os imunizantes disponíveis no Piauí, o intervalo entre as picadas deve ser de 14 a 28 dias para a Coronavac e de três meses para a da AstraZeneca. “É importante buscar a segunda dose porque a eficácia prometida foi determinada a partir de estudos que os testaram fazendo duas aplicações”, reforça a diretora. 

Quem não completa o esquema vacinal está mais sujeito à infecção, em comparação com pessoas que recebem as duas doses. Até por isso, esse indivíduo não contribui tanto para o controle da circulação do tanto para o controle da circulação do Sars-CoV-2. “ A aplicação parcial pode favorecer versões mais resistentes do coronavírus, por isso devemos procurar os postos de vacinação, assim que chegar o tempo de cada grupo”, enfatiza Cristiane Moura Fé.

Vacinação

Pessoas de 55 a 59 anos com comorbidades podem se cadastrar para receber vacina contra Covid-19 em Teresina

Laurivânia Fernandes

Publicado

em

Pessoas de 55 a 59 anos com comorbidades, poderão se cadastrar a partir desta quarta-feira (05/05), para receber a vacina contra a Covid-19, em Teresina. Os cadastros serão recebidos através do site Vacina Já. (veja a lista de comorbidades no final da matéria).

“Vamos seguir a lista de comorbidades que o Ministério da Saúde recomendou. Todos tem que ter um documento que comprove a comorbidade (receita, laudo, relatório médico). Na sala de vacinação a pessoa apresenta a cópia do documento que comprove a doença, que ficará com o vacinador. Não vamos nos deter a data, o documento que a pessoa tiver vamos aceitar. A maioria das doenças são crônicas, a pessoa convive com ela. São muito poucas as que são de uma situação pontual”, afirma Laurimay Caminha, diretora de atenção básica da FMS.

Ela esclarece ainda que não serão todas as pessoas que receberão a vacina conforme idade. “Isso só aconteceu com o grupo idosos. A partir de agora só vão ser contemplados grupos específicos como os com comorbidades, que também serão escalonados por idade. Não vamos continuar vacinando todas as pessoas conforme idade. Isso só vai acontecer quando o Brasil tiver um plano de vacinação em massa. No momento o país só tem o plano emergencial e ele só prever vacinação Covid para algumas categorias. A perspectiva do Ministério é para que no segundo semestre os nossos laboratórios tenham autonomia para produzir a vacina sem precisar dos insumos que ainda são importados. Aí quando chegar esse momento é que vai ser produzida vacina em quantidade e dará para vacinar em massa”.

As vacinas utilizadas serão as 5.850 doses da Pfizer/BioNTech que chegaram ontem em Teresina e estarão disponíveis para os públicos-alvo em seis hospitais: cinco municipais e o Hospital Universitário da UFPI. 

Ainda conforme explicado, a Fundação Municipal de Saúde (FMS) de Teresina, vai divulgar também a estratégia de vacinação para as pessoas com deficiência permanente beneficiárias do programa Benefício de Prestação Continuada (de 55 a 59 anos), gestantes/puérperas com comorbidades (a partir de 18 anos) e pessoas com Síndrome de Down (a partir dos 18 anos) para que elas também recebam a vacina contra a Covid-19.

Veja a lista de comorbidades:

Continue Lendo

Vacinação

Piauí irá receber mais de 95 mil doses de vacinas nesta segunda e ampliará público; Veja quais!

Laurivânia Fernandes

Publicado

em

O estado do Piauí receberá, na tarde desta segunda-feira (03/05) 96.850 doses de vacinas para imunização contra a Covid-19. Com esses imunizantes, o estado dará início à vacinação do grupo de pessoas com comorbidades, gestantes e puérperas.

Entre as vacinas que irão chegar, estão 5.850 da Pfizer, que de acordo com a determinação do Ministério da Saúde, serão entregues ao município de Teresina. Esse quantitativo corresponde à primeira dose da vacina e proporcionará continuidade das etapas de vacinação do município. Os imunizantes virão em embalagens específicas para a garantia da temperatura negativa entre -25° e -15° graus.

“A Secretaria de Estado da Saúde (Sesapi) já se preparou para o armazenamento das vacinas da Pfizer, contando com seis freezers, que suportam a temperatura estabelecida pelo fabricante”, explica o secretário de Estado da Saúde, Florentino Neto.

As vacinas serão entregues em bandejas de 1.170 doses e deverão ser diluídas com soro de 0.90ml. A dose a ser administrada é de 0.3 ml. Após a diluição, o total de doses deverá ser utilizado em seis horas e conservados em temperatura de 2° a 8° graus.

“Nesta primeira remessa, virão apenas as primeiras doses. De acordo com o esquema vacinal do ministério, as demais deverão chegar no intervalo de uma semana. O armazenamento deve ser de no máximo cinco dias na temperatura de 2° a 8° graus e até 14 dias com a temperatura de -25° a -15° graus. A orientação do ministério é que se faça a vacinação em até cinco dias após as vacinas estarem na temperatura de 2° a 8°graus. Todas as orientações sobre aplicação da vacina foram repassadas pelo Ministério da Saúde aos municípios que irão receber”, explica o superintendente de Atenção Primária à Saúde e Municípios, Herlon Guimarães.

Vacinas da AstraZeneca

Nesta 16ª remessa também estão inclusas 91 mil doses da vacina AstraZeneca/Fiocruz que serão disponibilizadas para 13.6% do grupo de pessoas com comorbidades, gestantes e puérperas e as pessoas com deficiência permanente (54.912 doses). Os imunizantes também serão destinados a 21% dos idosos de 60 a 64 anos (26.980 doses).

“Como já fizemos a distribuição de 100% do grupo de pessoas de 60 a 64 anos, após aprovação da utilização de nossa reserva técnica em colegiado, esses imunizantes que chegarão nesta remessa nos ajudarão a reforçar este novo grupo que iniciará, de gestantes e pessoas com comorbidades. Com relação aos deficientes, já iniciamos a vacinação desse grupo há pouco mais de um mês”, afirma Florentino Neto.

Os critérios estabelecidos pelo Ministério da Saúde, nesta primeira fase de vacinação de comorbidades, e que serão adotados pelo Piauí, determinam a vacinação proporcional, de acordo com as doses disponibilizadas dos seguintes grupos:

– Pessoas com síndrome de Down, independente da idade (18 a 59 anos);
– Gestantes e puérperas com comorbidades, independente da idade (18 a 59 anos);
– Pessoas com comorbidades, de 55 a 59 anos;
– Pessoas com deficiências permanentes, cadastradas no Programa de Benefício de Prestação Continuada (BPC), de 55 a 59 anos.

“A orientação do Ministério da Saúde é seguir esta sequência de grupo. Estão inclusos também pacientes renais, em terapia de substituição (diálise), porém o Piauí já entregou as doses aos municípios para a vacinação desse grupo em uma outra etapa”, destaca Herlon Guimarães.

CoronaVac

No último sábado (30), o Piauí também recebeu 3.400 doses da vacina CoronaVac, do Sinovac/Butantan, direcionada à vacinação das segundas doses de 3% do grupo de trabalhadores da Saúde (2.255 doses) que estavam inclusos na pauta 13B, também a segunda dose de 6% (405 doses) das forças de segurança e salvamento e armadas, inseridos na pauta 13B. Também vieram mais 0.20% (11 doses) para segunda dose do grupo de forças segurança, salvamento e armadas contemplados na pauta 14B.

As vacinas do Instituto Butantan serão destinadas, ainda, para primeira dose de 7.4% do grupo de força de segurança e salvamento.

Continue Lendo

Vacinação

Piauí recebe nesta sexta (30) lote com mais de 70 mil vacinas

Laurivânia Fernandes

Publicado

em

O estado do Piauí vai receber, do Ministério da Saúde, mais um lote de vacinas para o combate a Covid-19. ao todo, são 71.650 doses, que fazem parte da 15ª remessa de vacinas para o combate da pandemia.

Serão 70.250 vacinas AstraZeneca/Fiocruz, para a primeira dose de 48% do grupo de 60 a 64 anos e para 6% do público de forças de segurança e salvamento e para as forças armadas.

A décima quinta remessa chegará, ao estado, na madrugada desta sexta-feira (30), e também conta com 1.400 doses da vacina Sinovac/Butantan, destinada a 1% dos idosos de 60 a 64 anos.

Segundo os dados do Vacinômeto, da Secretaria de Estado da Saúde, o Piauí já recebeu 785.480 doses do Ministério da Saúde. Foram distribuídas aos municípios 756.012, contando com uma reserva técnica de segurança de 29.468. Os municípios já aplicaram 405.857 primeiras doses e 203.403 segundas doses, atualmente estão com as secretarias municipais de saúde 146.462 doses para primeira e segunda aplicação. Foram vacinados com a primeira dose 12,37% do público piauiense e com a segunda dose 6,20%.

Continue Lendo
Casas Duplex

Trending

Copyright © 2018 Encarando - Silas Freire. Todos os Direitos Reservados.
WhatsApp: 86. 98183-1178 / Fixo: 3234-9879
Email: encarando.com@gmail.com

WhatsApp chat