Siga as Redes Sociais

Esporte

Neymar diz ao PSG que quer voltar ao Barça: ‘nunca devia ter saído’

Laurivânia Fernandes

Publicado

em

Neymar não quer mais permanecer no Paris Saint-Germain. O atual desejo do camisa 10 é retornar à cidade onde foi feliz: Barcelona. Segundo o jornal catalão “Mundo Deportivo” desta quarta-feira, o atacante teria enviado uma mensagem ao presidente do PSG, Nasser Al-Khelaïfi, em que pedia para que o deixassem sair.

“Não quero jogar mais aqui. Quero voltar à minha casa de onde nunca devia ter saído”, estampa a capa do diário.

Conforme a publicação, Neymar fez o pedido antes da entrevista do dono do PSG à revista “France Football”, quando ele afirmou que o jogador não foi obrigado ao assinar com o clube francês.

“Quero jogadores dispostos a dar tudo para defender a honra e a camisola do clube, que estejam comprometidos com o projeto. Os que não querem, ou que não compreendam isto, logo veremos e logo falaremos. Há contratos a respeitar, mas agora a prioridade é garantir a adesão total ao nosso projeto”, afirmou o presidente do PSG, mostrando alguma abertura à saída do brasileiro, que custou 220 milhões de euros.

Já o canal espanhol “TV Gol” informou que o brasileiro já está procurando uma casa em Barcelona. Ainda de acordo com o canal, a ideia do jogador é de voltar a viver na mesma casa onde ficou por quatro anos quando se mudou para a cidade. Para isso, ele já teria entrado em contato com o dono de sua antiga residência.

No entanto, a emissora admite não saber se a casa será para que Neymar volte a morar na Catalunha – ou se ele quer apenas ter um local fixo na região.

Fonte: Extra

Esporte

Ramón Díaz deixa o Botafogo sem estrear; Eduardo Barroca é o novo técnico

Laurivânia Fernandes

Publicado

em

Foto: Gabriel Baron/Botafogo

A trajetória de Ramón Díaz como técnico do Botafogo durou menos de um mês — e nem teve uma estreia oficial. Nesta sexta-feira, o clube informou que o argentino e sua comissão estão de saída. Eles serão substituídos por Eduardo Barroca, que passou pela equipe principal alvinegra em 2019.

O fim do ciclo de Ramón, embora optado pelo clube, se dá em razão dos problemas de saúde enfrentados pelo treinador. Ele foi submetido a uma cirurgia no último dia 14, cuja necessidade já era conhecida no momento da assinatura do contrato. Mas, por conta do adiamento da previsão de alta para o próximo dia 7, “o clube entende que não pode mais esperar”.

Em meio à mudança de comando, o Botafogo vive momento delicado no Campeonato Brasileiro. Com 20 pontos, o alvinegro é hoje o penúltimo colocado, com cinco pontos a menos que o Sport, primeiro time fora da zona de rebaixamento para a Segunda Divisão. O próximo compromisso do time pela competição será no dia 5, contra o Flamengo.

Leia a nota oficial do Botafogo:

O Botafogo de Futebol e Regatas comunica que o técnico Ramón Díaz e toda a sua equipe de auxiliares estão de saída do Clube. Lamentavelmente, em função do quadro de saúde do treinador argentino, que agora tem alta prevista para a partir do dia 7/12, o Clube entende que não pode mais esperar.

O Botafogo confia no pleno restabelecimento da saúde de Ramón Díaz, agradecendo a ele e seus auxiliares Emiliano Díaz, Osmar Ferreyra, Jorge Pidal, Damián Paz e Juan Nicolás Rommannazi pelo período em que estiveram no Clube.

O Departamento de Futebol Profissional informa que Eduardo Barroca é o novo técnico da equipe. O profissional retorna ao Botafogo após passagem na equipe principal, em 2019, e um trabalho reconhecido por conquistas importantes nas categorias de base. Barroca chega acompanhado por Felipe Lucena (auxiliar técnico) e Anderson Nunes (preparador físico). O novo comandante inicia as atividades neste sábado.

Fonte: Extra

Continue Lendo

Esporte

Polícia investiga se houve negligência médica com Maradona

Laurivânia Fernandes

Publicado

em

Foto: Reprodução/Lance

A última quinta-feira (26) foi marcada pelas homenagens a Diego Armando Maradona e agora, a investigação sobre a morte do ídolo argentino começa a apurar se houve uma ‘negligência médica’ no caso. De acordo com informações do “Clarín”, foram encontradas algumas contradições nos testemunhos das pessoas que estiveram com o ídolo argentino nas últimas horas de sua vida.

Segundo o jornal argentino, um enfermeiro chamado ‘Ricardo’ afirmou em depoimento à Justiça que o seu horário de trabalho se encerrava às 6h30 de quarta-feira (dia da morte) e que, antes de deixar o seu turno, garantiu que Diego Maradona apresentava sinais vitais, respirava e havia descansado a noite toda.

A partir das 6h30 da manhã de quarta-feira, Maradona estaria sob os cuidados de uma enfermeira, que também já prestou depoimento. Segundo a profissional de saúde, a última pessoa que havia visto Diego com vida havia sido seu sobrinho, Johny Espósito, às 23h de terça-feira.

Desta forma, a investigação apontou contradições nos depoimentos recolhidos e apura se Maradona ficou 12 horas sem a atenção de uma equipe médica.

Ainda de acordo com o ‘Clarín’, quando a equipe de perícia chegou na casa onde Diego estava instalado, na cidade de Tigre, em Buenos Aires, a temperatura do corpo indicava que a morte havia sido perto do meio-dia, como se confirmou na autópsia.

Fonte: Lance

Continue Lendo

Esporte

Com expectativa de 1 milhão de pessoas, velório de Maradona começa na Casa Rosada

Laurivânia Fernandes

Publicado

em

Foto: Getty Images

Com uma grande presença de torcedores do lado de fora da Casa Rosada, sede do governo da Argentina, em Buenos Aires, o velório de Diego Maradona foi aberto ao público às 6 horas (de Brasília) desta quinta-feira e seguirá até 16 horas. A expectativa é que 1 milhão de pessoas passem pelo local para se despedir do ídolo, que faleceu no início da tarde de quarta após sofrer uma parada cardiorrespiratória.

Desde o início da madrugada, milhares de torcedores formavam uma fila que já avançava quadras da tradicional Avenida de Mayo. Houve um princípio de confusão na hora da abertura dos portões da Casa Rosada, mas sob muita emoção, os fãs foram entrando aos poucos e deram adeus a Maradona.

A situação na entrada da Casa Rosada está mais controlada, mas há princípios de confusão na última barreira antes do acesso ao salão onde se encontra o caixão. É permitida a entrada de 20 pessoas por vez e, quando o portão se fecha após entrada de um grupo, os ânimos se exaltam.

Escoltado por uma caravana, o corpo do ex-craque chegou à sede do governo argentino por volta de 1 hora, quando uma multidão já se encontrava na Plaza de Mayo. Camisas da seleção da Argentina e do Boca Juniors já eram maioria, mas torcedores de todos os clubes marcaram presença.

Atendendo a um pedido da família, que fez uma cerimônia íntima momentos antes da abertura dos portões, o caixão permanecerá fechado durante o velório, que conta com a presença da imprensa local e internacional, com jornalistas dos principais meios de comunicação do mundo.

Diego Maradona será enterrado no cemitério Jardins de Bella Vista, em Buenos Aires, porém o horário do sepultamento ainda não havia sido confirmado pela família até momentos antes do início do velório.

Fonte: Estadão Conteúdo

Continue Lendo
Casas Duplex

Trending

Copyright © 2018 Encarando - Silas Freire. Todos os Direitos Reservados.
WhatsApp: 86. 98183-1178 / Fixo: 3234-9879
Email: encarando.com@gmail.com

WhatsApp chat