Siga as Redes Sociais

Esporte

Barcelona impõe condições para volta de Neymar

Laurivânia Fernandes

Publicado

em

O Barcelona impôs três condições para Neymar voltar ao clube. A primeira é a redução do salário de R$ 130 milhões (30 milhões de euros) que recebe anualmente do time francês. A segunda é que o brasileiro retire o processo por um bônus de renovação não pago no valor de 26 milhões de euros (R$ 112 milhões). A terceira condição é que Neymar admita publicamente o desejo de voltar e que errou ao deixar o clube em 2017. Pessoas próximas ao craque afirmam que ele está disposto a aceitar os termos do clube catalão.

Existem outros complicadores. As diretorias do PSG e do Barcelona não se bicam. O clube catalão teria assediado Thiago Silva, Marquinhos, Verratti e Di María ainda sob contrato. A “vingança” do PSG foi a contratação de Neymar. Por isso, o PSG deve pedir alto. Segundo o jornal Le Parisien, o clube quer 300 milhões de euros (R$ 1,3 bilhão). O brasileiro foi contratado por 222 milhões de euros (R$ 819 milhões).

O presidente Josep Maria Bartomeu gostaria de envolver alguns jogadores como Umtiti, Dembélé e Rakitic, que valeriam cerca de R$ 1 bilhão, mais uma quantia de cerca de R$ 450 milhões. O nome de Philippe Coutinho é o ás que o clube catalão tem na manga. O meia interessa ao clube francês desde a chegada de Neymar, e está em baixa no Barça.

O outro empecilho é o acordo extraoficial com o atacante Antoine Griezmann. O clube espera até o dia 1.º de julho para comprá-lo, quando sua multa rescisória cairá de 200 milhões de euros (R$ 867 milhões) para 120 milhões de euros (R$ 520 milhões).

Estado apurou que os dois lados (PSG e Neymar) consideram a passagem do jogador frustrante. Neymar se decepcionou com o nível técnico do futebol francês e com a conivência dos árbitros com as faltas. “Eles deixam bater e saio como culpado”, reclamou para um jogador do elenco do PSG.

Segundo o Mundo Deportivo, Neymar enviou uma mensagem para o mandatário com o seguinte teor: “Não quero jogar mais aqui. Quero voltar à minha casa de onde nunca devia ter saído”. Após essa mensagem, o presidente do PSG, Nasser Al-Khelaifi, fez um duro contra-ataque à revista France Football dizendo que o atacante Neymar “não foi obrigado a assinar contrato com o PSG”.

O clube também tem suas queixas. Neymar teve atitudes polêmicas dentro e fora do ambiente do time. Ele deu um tapa num torcedor do Rennes depois da final da Copa da França. Além disso, foi suspenso dos três primeiros jogos da próxima Liga dos Campeões por ter criticado numa rede social o árbitro na partida diante do Manchester United em Paris.

Internamente, Neymar entrou em atrito com os jovens do elenco (leia-se Mbappé) ao afirmar que “falam muito e ouvem pouco” e discutiu com o alemão Draxler, quando teria dito ao colega: “quem é você para reclamar de mim?” Depois disso, dirigentes do PSG constataram que o vestiário é pequeno demais para dois astros que querem o prêmio de melhor jogador do mundo.

No Brasil, Neymar é acusado de estupro, agressão e de ter divulgado fotos íntimas de Najila Trindade, a modelo que o acusa, em um escândalo que provocou o cancelamento de campanhas publicitárias.

A nomeação de Leonardo como diretor esportivo em lugar do português Antero Henrique pretende exigir foco e dedicação e acabar com a guerra de egos. A venda de Neymar pode ajudar o clube a contentar Mbappé, que seria a principal estrela do elenco e poderia ter um aumento salarial.

Neymar tem um grande aliado no Barcelona, talvez o mais importante de todos: Lionel Messi. O argentino pediu diretamente ao presidente do Barcelona para se esforçar para trazer de volta o amigo Neymar. O argentino o respeita e o considera um interlocutor à altura dentro de campo. Eles se entendem.

Messi e o uruguaio Luis Suárez mantêm uma relação de amizade com o brasileiro até hoje. Juntos, os três conquistaram a Liga dos Campeões em 2015 e com o lendário trio MSN. Em três anos, foram nove títulos e 364 gols. Fora de campo, Messi aprecia o estilo descontraído e brincalhão do brasileiro, apesar de não aprovar alguns de seus excessos.

REAL NA BRIGA

O Real Madrid fará uma proposta de 130 milhões de euros (quase R$ 560 milhões) ao PSG pelo atacante Neymar, além de incluir na negociação um nome de peso, que pode ser o galês Gareth Bale ou o colombiano James Rodríguez. As informações são do jornal Mundo Deportivo, de Barcelona.

O clube do técnico Zidane ainda ofereceria salário de 30 milhões de euros (R$ 130 milhões) por temporada. A possibilidade esbarra na contratação de Eden Hazard, que chegou por R$ 440 

Fonte: Estadão Esportes

Esporte

Com expectativa de 1 milhão de pessoas, velório de Maradona começa na Casa Rosada

Laurivânia Fernandes

Publicado

em

Foto: Getty Images

Com uma grande presença de torcedores do lado de fora da Casa Rosada, sede do governo da Argentina, em Buenos Aires, o velório de Diego Maradona foi aberto ao público às 6 horas (de Brasília) desta quinta-feira e seguirá até 16 horas. A expectativa é que 1 milhão de pessoas passem pelo local para se despedir do ídolo, que faleceu no início da tarde de quarta após sofrer uma parada cardiorrespiratória.

Desde o início da madrugada, milhares de torcedores formavam uma fila que já avançava quadras da tradicional Avenida de Mayo. Houve um princípio de confusão na hora da abertura dos portões da Casa Rosada, mas sob muita emoção, os fãs foram entrando aos poucos e deram adeus a Maradona.

A situação na entrada da Casa Rosada está mais controlada, mas há princípios de confusão na última barreira antes do acesso ao salão onde se encontra o caixão. É permitida a entrada de 20 pessoas por vez e, quando o portão se fecha após entrada de um grupo, os ânimos se exaltam.

Escoltado por uma caravana, o corpo do ex-craque chegou à sede do governo argentino por volta de 1 hora, quando uma multidão já se encontrava na Plaza de Mayo. Camisas da seleção da Argentina e do Boca Juniors já eram maioria, mas torcedores de todos os clubes marcaram presença.

Atendendo a um pedido da família, que fez uma cerimônia íntima momentos antes da abertura dos portões, o caixão permanecerá fechado durante o velório, que conta com a presença da imprensa local e internacional, com jornalistas dos principais meios de comunicação do mundo.

Diego Maradona será enterrado no cemitério Jardins de Bella Vista, em Buenos Aires, porém o horário do sepultamento ainda não havia sido confirmado pela família até momentos antes do início do velório.

Fonte: Estadão Conteúdo

Continue Lendo

Futebol

Atlético-MG supera Botafogo e abre vantagem sobre Flamengo

Laurivânia Fernandes

Publicado

em

Foto: Pedro Souza/Agência Galo

O Atlético-MG superou o Botafogo por 2 a 1, nesta quarta-feira (25) no estádio do Mineirão em jogo válido pela 23ª rodada do Campeonato Brasileiro, e abriu três pontos de vantagem sobre o vice-líder Flamengo (que tem um jogo a menos).

Com este triunfo, o Galo alcançou 42 pontos, três a mais que o Flamengo (que não joga esta rodada após o adiamento do confronto com o Grêmio) e quatro a mais que o São Paulo, que empatou em 1 a 1 com o Ceará nesta rodada e que tem três jogos a menos.

Domínio do Galo

O Botafogo teve a primeira chance clara na partida realizada no Mineirão, com o atacante Pedro Raul, mas a partir daí quem mandou foram os donos da casa.

E este domínio não demorou a se transformar em gol. Aos 10 minutos Keno recebeu na ponta esquerda e cruzou de três dedos para o meio da pequena área, onde o venezuelano Savarino chegou escorando de ombro para abrir o placar.

O Galo continuou melhor no restante da etapa inicial, mas só conseguiu ampliar o marcador no segundo tempo, quando, logo aos 4 minutos, Savarino cruza para Eduardo Sasha subir muito e marcar um belo gol de cabeça.

Diante de um adversário claramente superior, o Botafogo só conseguia levar perigo em jogadas de bola parada. E o gol de honra da equipe carioca sai justamente em gol de cabeça de Marcelo Benevenuto, após cobrança de escanteio de Marcinho aos 7 minutos.

O Altético-MG continua melhor, criando oportunidades sem dar espaços para o Botafogo gostar do jogo. O Galo ainda tem a oportunidade de chegar ao terceiro aos 34 minutos, mas Diego Cavalieri brilha e defende cobrança de pênalti de Keno.

Mas, mesmo com esta falha, o time mineiro manteve a tranquilidade e conseguiu segurar a importante vitória.

Triunfo do Corinthians

Quem também triunfou nesta quarta foi o Corinthians, que, jogando no Couto Pereira, bateu o Coritiba por 1 a 0 graças a um gol do lateral Fábio Santos em cobrança de pênalti.

Com este triunfo o Timão chega à 9ª posição com 29 pontos, enquanto o Coxa permanece na 18ª posição com 20 pontos.

Fonte: Agência Brasil

Continue Lendo

Esporte

Com troca de farpas, Maradona teve relação de amor e ódio com Pelé

Laurivânia Fernandes

Publicado

em

Foto: Charles Platiau/Reuters


Diego Maradona teve ao longo da sua vida uma relação de amor e ódio com Pelé. Nos últimos anos, no entanto, os dois selaram a paz e até trocaram afagos em público. No centro do embate entre o argentino e o Rei do Futebol esteve principalmente a disputa em quem foi o maior jogador de todos os tempos. Apesar de para a ampla maioria dos fãs do futebol de todo o mundo não haver dúvidas de que não existiu ninguém maior do que Pelé, na Argentina muitos colocam Maradona como o melhor jogador da história.

Curiosamente, o argentino teve, na infância, Rivellino como maior ídolo não apenas por causa do talento do brasileiro, mas também por ele ter, nas suas palavras, desafiado Pelé durante a Copa do Mundo de 1970. “Rivellino sempre teve resposta para tudo. Ele encarou Pelé, que já era o melhor do mundo, e disse: ‘Fala a verdade, você gostaria de ser canhoto?’”, contou Maradona.

Maradona e Pelé nunca se encontraram nos campos, mas fora deles se enfrentaram, fizeram amizade, competiram e se reconciliaram. Durante muito tempo, o brasileiro não perdoava Maradona por seus vícios e atos de rebeldia, enquanto o argentino desprezava Pelé por sua ligação com a cartolagem do futebol.

O brasileiro, por sua vez, disse que o argentino “só tinha pé esquerdo”, que era “um mau exemplo” e que “seu único gol importante foi feito com a mão”, numa referência ao primeiro gol contra a Inglaterra (2 a 1) nas quartas de final da Copa do Mundo de 1986.

Em 1998, durante entrevista a um canal de televisão da Argentina, Maradona bateu forte no Rei do Futebol. “Pelé é um escravo, ele vendeu seu coração para a Fifa. Pelé gosta mais de dinheiro do que de dormir”, disse.

Depois de anos de afastamento, eles se reencontraram em 2005, quando Maradona teve Pelé como o primeiro convidado especial de seu programa de TV “La Noche del 10”. Mesmo assim, Maradona ainda continuou lançando algumas de suas frases espirituosas contra seu rival histórico. “Não gosto das comparações com Pelé por causa das bobagens que ele fala. Ele fica falando bobagens quando toma a pílula errada”, disse Maradona em 2013, depois de Pelé considerar Neymar um jogador melhor do que Lionel Messi.

ACORDO DE PAZ – A reconciliação só veio em 2016. “Chega de brigas”, declarou Maradona quando eles se encontraram em Paris para uma “festa pela paz” organizada por uma marca de relógios. “Agora estamos de mãos dadas”, respondeu Pelé de braço dado com Maradona, que o ajudava a entrar nas instalações do evento enquanto caminhava com uma bengala.

No último dia 23 de outubro, Maradona deu os parabéns a Pelé pelo seu aniversário em uma mensagem publicada nas redes sociais. “Quero me juntar a esta homenagem universal, feliz 80 anos de vida, Rei Pelé!”, escreveu no Facebook.

Pelé retribuiu a gentileza no dia 30, quando Maradona completou 60 anos, e publicou uma foto de ambos antes da final do Copa de 1990, na Itália com a seguinte legenda: “Meu grande amigo, eu vou sempre te aplaudir. Eu vou sempre torcer por você. Que a sua jornada seja longa e que você continue sempre sorrindo, e me fazendo sorrir também!”.

Fonte: Estadão Conteúdo

Continue Lendo
Casas Duplex

Trending

Copyright © 2018 Encarando - Silas Freire. Todos os Direitos Reservados.
WhatsApp: 86. 98183-1178 / Fixo: 3234-9879
Email: encarando.com@gmail.com

WhatsApp chat