Siga as Redes Sociais

Esporte

Brasil perde para os Estados Unidos e está fora do Mundial de Basquete

Laurivânia Fernandes

Publicado

em

O Brasil fez jogo duro por quase três quartos, mas acabou não resistindo à forte seleção dos Estados Unidos: perdeu pelo placar de 89 a 73, sendo eliminado da Copa do Mundo de Basquete, na manhã desta segunda-feira, em Shenzhen, na China.

Precisando da vitória para avançar às quartas-de-final,  se vencesse seria a primeira colocada,  a equipe acabou em quarto e último lugar no grupo K, com mesmo número de pontos (oito) de República Tcheca e Grécia: as três seleções somaram três vitórias e duas derrotas no total, mas o Brasil ficou atrás nos critérios de desempate. A vaga na próxima fase da Copa do Mundo de Basquete ficou com os tchecos. De quebra, o Brasil também não tem mais chances de conquistar uma das duas vagas diretas do continente americano para os Jogos Olímpicos de Tóquio em 2020.

Estados Unidos e Argentina estão classificados. Ainda resta uma oportunidade para o Brasil garantir um lugar na Olimpíada:  a Seleção disputa o Pré-Olímpico com outros cinco países também das Américas.

Durante os primeiros 24 minutos de partida, o Brasil conseguiu conter os norte-americanos, considerados os favoritos ao título na China. Mesmo com a expulsão do técnico Aleksandar Petrovic por reclamação, no meio do segundo quarto, a Seleção Brasileira foi para o intervalo com uma desvantagem de apenas quatro pontos (43 a 39). Na volta do vestiário, o Brasil ainda manteve a toada por alguns instantes, mas no meio do terceiro período, o comandante dos Estados Unidos, Gregg Popovich, colocou um quinteto mais baixo em quadra, sem pivôs. Com um jogo muito rápido de transição, roubos de bola viraram cestas fáceiis e  bolas de três.  A vantagem norte-americana rapidamente pulou dos seis pontos no meio do terceiro quarto (54 a 48) para 21 pontos no decorrer do último quarto (83 a 62). A inspiração de Vitor Benite, cestinha do Brasil e do jogo, com 21 pontos, não foi suficiente para uma reação. Os EUA, liderados pelo armador Kemba Walker e pelo pivô Myles Turner – cada um com 16 pontos – não passaram por mais sustos até assegurar a vitória por 89 a 73. Os norte-americanos, que chegaram à China sob certa desconfiança por terem levado uma equipe considerada de terceiro escalão, avançaram à fase de mata-mata como uma das quatro equipes ainda invictas. As outras são Espanha, Argentina e Austrália. O adversário dos EUA nas quartas-de-final será a França. Os norte-americanos tentam o terceiro título mundial consecutivo, algo inédito na história.

Após a partida, o ala-armador Leandrinho destacou a qualidade dos Estados Unidos e questionou algumas marcações da arbitragem. Foram duas faltas técnicas que resultaram na exclusão do técnico Petrovic.

“Estados Unidos é sempre Estados Unidos. É um time muito difícil, atlético. A gente conseguiu segurar até um certo tempo e achei que algumas faltas, que eram para ter sido chamadas, não foram. Eu falei com o Steve Kerr (assistente técnico dos EUA) e ele também concordou com isso. Acontece. A gente perdeu. Doi, depois de ter feito uma campanha muito boa na primeira fase, então é triste”, lamentou o ala-armador.

Agora, o Brasil volta as atenções para a busca por uma vaga na terceira Olimpíada consecutiva. A campanha na China garantiu à Seleção o direito de disputar o torneio Pré-Olímpico em junho do ano que vem. Existe a possibilidade de que a competição seja jogada no Brasil.

“O foco tem que ser em chegar para ser campeão mesmo, ganhar para classificar. A gente sabe que não vai ser fácil, mas o primeiro passo a gente deu aqui. Tem muita coisa para acontecer ainda até lá. Esse foi um dia duro pra gente, por causa da eliminação, mas é manter a cabeça boa e pensar positivo para conseguir essa vaga lá na frente”, enfatizou o pivô Anderson Varejão.

Fonte: Agência Brasil

Esporte

Cristiano Ronaldo chora ao ver vídeo do pai, que era alcoólatra

Laurivânia Fernandes

Publicado

em

Foto: Dida Sampaio / Estadão Conteúdo

Aos 20 anos, o craque Cristiano Ronaldo sofreu o baque da perda do pai, José Dinis Aveiro, que morreu de insuficiência hepática, em 2005. Em entrevista que vai ao ar nesta terça-feira (17/09/2019) no canal ITV, o português chorou ao ver imagens inéditas do pai.

José sofria com o alcoolismo e não pôde acompanhar o sucesso da carreira de Cristiano Ronaldo. Durante a entrevista ao jornalista Piers Morgan, o jogador foi surpreendido com um vídeo e foi às lágrimas. “Eu nunca tinha visto esse vídeo. Inacreditável. Eu achei que seria uma entrevista divertida, não esperava chorar. Desculpa. Eu preciso ter essas imagens para mostrar para a minha família”, disse o jogador.

Cristiano Ronaldo também lamentou o fato de não ter o pai por perto no processo de construção do craque internacional que virou. “Ele nunca viu nada. Minha mãe, meus irmãos, todos viram.”

Atualmente aos 34 anos, o atacante da Juventus recorda de poucos momentos ao lado de José. “Realmente não conheço 100% do meu pai. Eu nunca falei com ele numa conversa normal. Era difícil. Ele nunca viu como o eu me tornei bom. Nunca, nunca”.

Fonte: Metrópoles

Continue Lendo

Esporte

Fim do 1º turno: Brasileirão se divide em 3 blocos com Flamengo líder

Laurivânia Fernandes

Publicado

em

Foto: Alexandre vVidal / Flamengo

A 19ª rodada do Campeonato Brasileiro terminou na noite desse domingo (15/09/2019) com o São Paulo perdendo a grande chance de encostar novamente nos líderes. O empate por 1 x 1 contra o CSA no encerramento do 1º turno empurrou o Tricolor para fora do G4, o que o mantém com o rótulo de “azarão” em relação ao título.

Após os 10 jogos disputados no fim de semana, o término do 1º turno do Brasileirão destaca a tabela em três blocos bem definidos: Flamengo (42), Palmeiras (39) e Santos (37) compõem o dos favoritos na briga pelo título; Internacional (33), Corinthians (32), São Paulo (32), Bahia (31), Grêmio (28), Atlético-MG (27), Botafogo (27) e Athletico-PR (26) são fortes candidatos a disputa até o final por uma vaga no G6; e do Vasco (12º) para baixo, o sinal de alerta está mais do que ligado contra o rebaixamento.

Confira um resumo dos jogos deste fim de semana!

Flamengo 1 x 0 Santos (sábado, no Maracanã)
O duelo que abriu os trabalhos na 19ª rodada foi exatamente o que definiu o título simbólico do 1º turno do Brasileirão. Então líder e vice-líder do Nacional, Flamengo e Santos levaram a sério o “troféu” da primeira metade da competição. A tensão provocou mais erros do que as equipes costumam apresentar, mas não o suficiente para atrapalhar a pontaria do artilheiro da competição. Gabigol marcou o gol da vitória do time carioca por 1 x 0 ainda na primeira etapa, o 16º dele na competição. Com a derrota, o Santos acabou perdendo a segunda posição para o Palmeiras.

Palmeiras 1 x 0 Cruzeiro (sábado, no Allianz Parque)
Após um período de crise, o qual resultou na troca de comando de Felipão para Mano Menezes, o Palmeiras reencontrou o equilíbrio e engatou a terceira vitória consecutiva. No sábado (14/09/2019), bateu o Cruzeiro por 1 x 0, e passou o Santos na classificação. Agora é o vice-líder, somente três pontos atrás do Flamengo.

Chapecoense 1 x 2 Vasco (sábado, na Arena Condá)
Depois de duas derrotas – a última delas em casa para o Bahia –, o Vasco conseguiu a reabilitação no Campeonato Brasileiro ao vencer a Chapecoense, por 2 x 1, no sábado (14/09/2019) à noite. O time carioca chegou aos 23 pontos, em 12º lugar. A Chapecoense continua com 14 pontos, na vice-lanterna, e promete apresentar um novo técnico nesta segunda-feira (16/09/2019).

Ceará 0 x 0 Botafogo (sábado, no Castelão)
Com uma postura cautelosa, o Botafogo segurou o empate sem gols com o Ceará no último jogo do sábado (14/09/2019). O time carioca chegou aos 27 pontos, a três da zona de classificação para a próxima Copa Libertadores. O Ceará, que foi para o seu quinto jogo sem vitória, ficou estacionado nos 22 pontos, ainda com uma certa distância da zona de rebaixamento.

Atlético-MG 1 x 3 Internacional (domingo, no Independência)
O Atlético-MG perdeu força na briga pela liderança do Campeonato Brasileiro a parece não se encontrar mais. Na manhã de domingo (15/09/2019), mesmo jogando em casa, diante de um Independência lotado, a equipe mineira foi derrotada pelos reservas do Internacional, por 3 x 1, e somou a quinta derrota consecutiva na competição. Já o time Colorado, finalista da Copa do Brasil deste ano, mostrou a força do elenco e que irá brigar entre os líderes até o final.

Athletico-PR 0 x 1 Avaí (domingo, na Arena da Baixada)
O Avaí surpreendeu até o torcedor mais otimista e conquistou sua segunda vitória no Campeonato Brasileiro ao derrotar o Athletico-PR pelo placar de 1 x 0, fora de casa, no domingo (15/09/2019) pela manhã. O time catarinense superou os reservas da equipe paranaense, que está focada na decisão da Copa do Brasil, contra o Internacional. O Furacão se mantém no meio da tabela e vê a briga para chegar à Libertadores via Nacional ficar mais complicada.

Fluminense 1 x 0 Corinthians (domingo, no Mané Garrincha)
Fluminense e Corinthians ignoraram o forte calor e o clima seco de Brasília ao protagonizarem um jogo bastante animado no Mané Garrincha. Em situações adversas na tabela do Brasileirão, as duas equipes viam na partida desse domingo (15/09/2019) uma chance de se firmar no objetivo da temporada: os paulistas de se manterem na briga pelo título da competição e os cariocas de se livrarem do rebaixamento à Série B. Ninguém esperava, porém, que a partida, vencida pelo Fluminense por 1 x 0, fosse decidida em uma falha clamorosa do goleiro Cássio. o frango do goleiro corintiano frustou os planos do time paulista, que ficou fora do G4 no término do turno. Já o Tricolor deixou a zona de rebaixamento.

Bahia 1 x 1 Fortaleza (domingo, na Arena Fonte Nova)
O Bahia encerrou a série de três vitórias seguidas e perdeu a chance de fechar o primeiro turno dentro do G6 do Campeonato Brasileiro. Na tarde de domingo (15/09/2019), o time de Salvador saiu atrás no placar, mas buscou o empate por 1 x 1 com o Fortaleza, na Arena Fonte Nova, pela 19ª rodada. O resultado não era o que as equipes esperavam, mas também não causou grande prejuízo. O Bahia se manteve na sétima colocação e o Fortaleza distante quatro pontos da zona de rebaixamento.

Grêmio 3 x 0 Goiás (domingo, na Arena do Grêmio)
No dia em que completou 116 anos, o Grêmio precisou de apenas um tempo para decretar a vitória sobre o Goiás. Em tarde inspirada nesse domingo (15/09/2019), o time comandado por Renato Gaúcho fez os três gols da vitória por 3 x 0 ainda na primeira etapa. A vitória recoloca o Tricolor gaúcho em condições de brigar por uma vaga na Libertadores em 2020. Já o Goiás, que somou a terceira derrota consecutiva, se aproxima perigosamente da zona de rebaixamento: é o 15º, com 21 pontos.

São Paulo x CSA (domingo, no Morumbi)
Reforçado de Pablo, Pato e Hernanes, o São Paulo vivia a expectativa de reencontrar o caminho das vitórias após três rodadas sem vencer, mas foi surpreendido pela aplicação do CSA. No encerramento da rodada e do turno, o Tricolor por pouco não deixou o Estádio Morumbi com derrota nesse domingo (15/09/2019), mas conseguiu achar um gol aos 41 minutos do segundo tempo para empatar por 1 x 1. Com o resultado, caiu para a sexta colocação, com 32 pontos. Já o time alagoano volta para casa com um ponto somado e a esperança de que pode deixar a zona de rebaixamento. Agora com 16 pontos, está a dois de deixar o grupo dos quatro últimos.

Fonte: Metrópoles

Continue Lendo

Esporte

Argentina tem o ponto do jogo, mas Brasil vira e conquista o título Sul-Americano

Redação Encarando

Publicado

em

O Brasil esteve a um ponto de perder sua hegemonia no continente. Mas com uma virada impressionante, manteve-se absoluto. Neste sábado, em Santiago, no Chile, a seleção brasileira derrotou a Argentina por 3 sets a 2 (parciais de 24/26, 22/25, 31/29, 25/20 e 15/13) e conquistou seu 32 título no Campeonato Sul-Americano. O Chile ficou com a medalha de bronze ao superar a Venezuela no jogo que antecedeu à final.

O time brasileiro é absoluto na competição. O Brasil só não conquistou o torneio em 1964, quando desistiu de participar do evento em meio ao primeiro ano do Governo Militar. Agora, a seleção do técnico Renan Dal Zotto embarca para o Japão, onde disputará a Copa do Mundo – o seu último compromisso da temporada 2019. A competição será de 30 de setembro a 15 de outubro.

O técnico Renan Dal Zotto viajou para o Chile com um time misto. Muitos meninos novos foram vistos em quadra, como os centrais Matheus e Cledenilson, e os ponteiros Hugo e Vitor Cardoso. Peças importantes como os ponteiros Leal e Douglas foram para a competição, mas jogadores consagrados como Lucarelli, Bruninho e Lucão ficaram no Brasil treinando para a Copa do Mundo.

O Brasil jogou atrás do placar durante todo o primeiro set. O técnico argentino Marcelo Méndez levou um cartão amarelo, e a seleção não soube aproveitar o mau momento do adversário para deslanchar na parcial. Com um ataque de Martínez, a Argentina fechou em 26/24. O segundo set começou com vantagem para o Brasil de três pontos, mas logo os argentinos igualaram o marcador e tomaram a frente. Sem dificuldade, eles fizeram 25/22.

A Argentina manteve a tranquilidade na terceira parcial e seguiu na liderança do placar. Um saque certeiro do ponteiro Leal, no entanto, colocou o Brasil na frente: 19/18. Mas o adversário empatou e retomou a dianteira. O técnico argentino Marcelo Méndez levou cartão vermelho e cedeu um ponto à seleção brasileira. Com o jogo empatado, os times se revezaram no marcador. A Argentina chegou a ter o ponto que daria o título aos hermanos, mas Leal cresceu no ataque e fez 31/29.

O quarto set foi uma repetição do anterior, com as seleções se intercalando na liderança do marcador. O ponteiro Douglas sacou bem e conseguiu bons ataques, que ajudaram na vitória do Brasil em 25/20. O central Matheus foi decisivo para a equipe brasileira no tie-break. Após uma linda jogada pelo meio de rede, fez um ponto de saque e deixou o time em vantagem: 6/3. Mas a Argentina voltou a igualar o placar em 10/10. Foi de Matheus o bloqueio que aproximou o Brasil do seu 32 título do Campeonato Sul-Americano. E depois de uma boa defesa, a seleção brasileira fechou em 15/13.

Fonte: G1

Continue Lendo
Acqua Blu

Trending

Copyright © 2018 Encarando - Silas Freire. Todos os Direitos Reservados.
WhatsApp: 86. 99993-7330 / Fixo: 3234-9879
Email: encarando.com@gmail.com

WhatsApp chat