Siga as Redes Sociais

Esporte

Morre Valdir Espinosa, campeão carioca pelo Botafogo em 1989 e do mundo pelo Grêmio em 1983

Laurivânia Fernandes

Publicado

em

Foto: Vitor Silva/Botafogo

Morreu nesta quinta-feira Valdir Espinosa, aos 72 anos de idade. Submetido a uma cirurgia na região do abdômen no dia 17, ele foi internado novamente no dia 20 e não se recuperou. Ele ocupava o cargo de gerente de futebol do Botafogo, clube com o qual tinha grande identificação pela conquista do Campeonato Carioca de 1989. O velório será nesta quinta-feira, das 15h às 22h, no Salão Nobre da sede do clube de General Severiano.

Nascido em Porto Alegre, Espinosa começou sua carreira no futebol como jogador do Grêmio. Atuou por oito anos como profissional, passando por CSA, Esportivo e Caxias. Parou em 1978 e no ano seguinte já iniciou no cargo de treinador do Esportivo.

Desde então, construiu uma carreira sólida, com o auge em 1983, quando comandou o Grêmio campeão da Libertadores e do Mundial. Na época, o time contava com jogadores como Renato Gaúcho, De León, Paulo César Caju e Mário Sérgio.

Em 1989, Espinosa aceitou o convite do Botafogo, que não conquistava o Campeonato Carioca havia 20 anos. Com um gol de Maurício na final contra o Flamengo, o time celebrou o título invicto da competição e criou mais um momento histórico para a carreira do treinador.

Espinosa rodou o Brasil como treinador e teve experiências internacionais. Ele trabalhou no Cerro Porteño, do Paraguai, no Al-Hilal, da Arábia Saudita, e no Tokyo Verdy, do Japão. Também teve uma rápida passagem pelo Las Vegas City.

Fonte: Globo Esporte

Esporte

Em conversa com fãs, Neymar diz ‘talvez’ sobre possibilidade de jogar no Flamengo

Karytha Leal

Publicado

em

Em uma brincadeira de perguntas e respostas no Instagram, Neymar comentou nesta segunda-feira uma possível ida para o Flamengo.

Questionado se jogaria no rubro-negro carioca, o Camisa 10 do PSG respondeu que “talvez”, e colocou figurinhas de riso ao lado da resposta.

A história é antiga: em dezembro, Gabigol brincou com a possibilidade e disse que esperava Neymar “em breve” no time.

Mas o presidente do clube, Rodolfo Landim, disse que, por conta das cifras, não encarava como algo viável.

— As cifras são loucas. Eles me perguntam: ‘Presidente, esse negócio aí do Neymar?’. Ano passado tinha muito disso porque o Neymar brincou muito comigo, quando fui chefe de delegação da seleção. Mas as pessoas não têm noção do que é o Neymar — explicou Landim.

— Ele ganha 38 milhões de euros por ano. Se botar os custos sociais, e imagino que as regras na França sejam parecidas com a da Espanha, (…) o custo dele seria 80 milhões de euros para o Barcelona, por exemplo.

Continue Lendo

Esporte

Adriano Imperador comemora contrato do filho de 14 anos com o Grêmio: ‘Muito orgulho’

Karytha Leal

Publicado

em

Adriano Carvalho Ribeiro, filho mais velho do ex-atacante Adriano Imperador, agora integra a base do Grêmio. O pai comemorou a novidade postando nas redes sociais fotos do momento em que o garoto, de 14 anos, assinou o contrato.

Muito orgulho do meu filho. Parabéns, que Deus te ilumine nessa tua nova caminhada. Te amo”, escreveu o ídolo da torcida rubro-negra, que tem mais dois filhos: Sophia, de 13 anos, e Lara, de 7.

Até então no Boavista, do Rio, Adriano Carvalho, que fará 15 anos em 16 de junho, também publicou a notícia em suas redes, agradecendo ao clube gaúcho pela chance.

“Nova casa, nova camisa, nova oportunidade! Só tenho a agradecer a Deus em primeiro lugar e a todos que me apoiam. Obrigado, Deus, família, amigos e todos que me ajudaram até aqui. Obrigado, Grêmio”, escreveu o jogador.

Boavista e Grêmio têm uma parceria. Adriano Ribeiro está incluído em uma leva de cinco jogadores que foram para o clube gaúcho. Há uma divisão dos percentuais dos direitos federativos, em que 70% ficam com o Grêmio e 30% serão do Boavista, em caso de negociação.

Continue Lendo

Futebol

Mancini projeta poucas mudanças no Corinthians para estreia na Sul-Americana

Laurivânia Fernandes

Publicado

em

Foto: Getty Images

Após uma maratona de quatro partidas pelo Campeonato Paulista em um período de uma semana, o Corinthians terá agora quatro dias de preparação para a sua estreia na Copa Sul-Americana. Para o jogo contra o River Plate, do Paraguai, em Assunção, nesta quinta-feira, o técnico Vagner Mancini sinalizou que o time não terá muitas novidades na escalação.

“Em momento algum eu citei que uma equipe era titular e outra reserva. Eu posso falar que vi uma mescla de jogadores, até para ter duas equipes fortes, era importante montar um sistema defensivo que vinha jogando mais, o considerado titular, com alguns garotos, num campeonato com quatro jogos em oito dias. O pensamento do outro time era ter experientes, a maioria, mas com alguns jovens do clube. Após os quatro jogos era pra reavaliar, as quatro partidas, e ver o time titular”, disse.

Mancini deu indícios que alguns jogadores que não estiveram em campo neste domingo serão escalados, como o lateral-direito Fagner, o zagueiro Gil e o lateral-esquerdo Fábio Santos. E ao ser questionado sobre as boas atuações de João Victor, Raul Gustavo, Lucas Piton e Luan na vitória sobre o Ituano, reforçou que ainda não bateu o martelo sobre o time principal.

“Saímos de um jogo em que fomos vitoriosos, em que jogamos bem, e o jogo é só na quinta-feira. Vamos ter um tempo para parar, refletir sobre o que está acontecendo. Não é em uma ou duas partidas que você muda o plano de jogo. É importante quando todos estão buscando um lugar no time porque o time evolui. É importante quando se tem vários atletas para fazer várias funções. Isso te dá ganho quando quer ser mais ofensivo, defensivo ou cauteloso. É importante todos estarem bem para que o time possa evoluir com isso”, acrescentou.

Mancini admitiu ter “boa dor de cabeça” para definir seu 11 ideal. O treinador valorizou as atuações individuais, que segundo ele indicam busca de espaço na equipe, e se mostrou satisfeito com o desempenho geral.

“É uma dor de cabeça boa, ver atletas buscarem espaço, valorizar o que é feito. Tivemos jovens muito bem, isso faz a gente vislumbrar um futuro interessante. Na equipe de Guarani e São Bento, temos jovens valores que precisam entrar no processo de maturação. Hoje temos 22 atletas que já jogaram, podem ser úteis. Isso não tira a dificuldade que vamos encontrar nos campeonatos, mas mostra que podemos chegar e jogar bem contra adversários que são considerados mais fortes. Hoje estou satisfeito, para melhorar tem que ter evolução no tático, técnico. Hoje vi atletas bem melhores, teve crescimento, evolução, individual e da equipe num todo”, pontuou o treinador.

Fonte: Estadão Conteúdo

Continue Lendo
Casas Duplex

Trending

Copyright © 2018 Encarando - Silas Freire. Todos os Direitos Reservados.
WhatsApp: 86. 98183-1178 / Fixo: 3234-9879
Email: encarando.com@gmail.com

WhatsApp chat