Siga as Redes Sociais

Piauí

Em três meses, Lineu Araújo realiza quase 50 mil atendimentos

Laurivânia Fernandes

Publicado

em

Um total de 49.501 atendimentos foram realizados no primeiro semestre de 2019 no Centro Integrado de Saúde Lineu Araújo (CISLA), espaço ambulatorial de excelência que disponibiliza consultas, exames, procedimentos e programas especializados gratuitamente pelo SUS.

Trata-se de um Centro especializado em atendimento ambulatorial, administrado pela Fundação Municipal de Saúde (FMS), que atende pacientes não só de Teresina como também do interior do Piauí. No Lineu Araújo, são mantidas mais de 30 especialidades médicas, algumas exclusivas no sistema público de saúde: alergologia, angiologia, cardiologia, cirurgia geral, cirurgia de mão, cirurgia plástica, cirurgia pediatra, clínica médica, dermatologia, endocrinologia adulto e infantil, gastroenterologia, geriatria, ginecologia, hematologia, infectologia, mastologia, nefrologia, neurologia, neuropediatria, oftalmologia, ortopedia, otorrinolaringologia, pneumologia adulto e infantil, proctologia, psiquiatria, reumatologia adulto e infantil e urologia.

O Centro oferece ainda sete especialidades não médicas como farmácia, fisioterapia, fonoaudiologia, nutrição, psicologia adulta e infantil social e assistência social. “São 177 médicos e 24 profissionais de saúde em outras especialidades”, informa Mariluce Ferreira, diretora do Lineu Araújo. “Estes profissionais, nos três primeiros meses de 2019, realizaram um total de 43.939 consultas médicas e 5.562 atendimentos de outras especialidades”, diz ela.

Os profissionais de áreas específicas também se organizam em programas para atendimento especializado aos problemas mais pertinentes de saúde pública. Um deles é o Centro de Atenção ao Diabético (CAD), que atende Maria Raimunda Pereira. A aposentada de 62 anos conta que já enfrenta o diabetes há 10 anos, sendo atendida frequentemente no local por profissionais de áreas como endocrinologia e cardiologia. “Gosto do atendimento, estou sempre por aqui”, comenta a paciente. Outras especialidades disponibilizadas pelo CAD são angiologia, nutrição e oftalmologia, além da retaguarda de outras áreas oferecidas nos ambulatórios regulares do Lineu Araújo, como fisioterapia.

Outro programa específico é o de saúde auditiva, responsável pela avaliação multiprofissional das pessoas com deficiência auditiva e distribuição de aparelhos. Profissionais como otorrinolaringologista, fonoaudiólogo, assistente social e psicólogo estão à disposição para promover o diagnóstico e a reabilitação de pessoas que apresentam deficiência auditiva, colaborando assim para melhorar a qualidade de vida dos mesmos e reinseri-las na sua comunidade. “Antes eu não notava que escutava pouco, e comecei a perceber quando assistia televisão. Percebi que só conseguia escutar direito com o volume mais alto. Desde 2014 faço tratamento aqui no Lineu Araújo e hoje consigo escutar bem”, afirma Raimunda Moraes Machado, 55 anos.

No Lineu Araújo também é possível fazer exames de eletrocardiograma, citologia, colposcopia, biópsia, Raios-X, ultrassonografia, mamografia, e ecocardiografia. No primeiro trimestre de 2019 foram 19.439 exames realizados no total, o que dá uma média de 6 mil por mês. Neste mesmo período de tempo, o centro realizou 3.622 procedimentos como curativos, injeção, retirada de ponto, pequenas cirurgias, outras vacinas, procedimentos ortopédicos, neurotomia e aplicações de DIU.

O Centro de especialidades abriga ainda um Centro de Especialidades Odontológicas (CEO), dedicado a procedimentos mais complexos que o oferecido nas Unidades Básicas de Saúde, e programas específicos para tratamento de dor, hormônio do crescimento, saúde auditiva (com fornecimento de aparelhos de surdez), fornecimento de bolsas para colostomizados, além do Provida – ambulatório de orientação a pessoas com ideação suicida – e um ginásio para tratamento em fisioterapia para pacientes em pré e pós operatório nas disfunções músculos-esqueléticas, alterações motoras e em pacientes com distúrbios neuro-cinético-funcionais sem complicações.

Para ser consultado no local e ter acesso aos serviços, o usuário precisa de encaminhamento de médico clínico geral da rede pública de saúde. A porta de entrada para consulta com clínico geral são as Unidades Básicas de Saúde, que contam com as Equipes Estratégia Saúde da Família.

Fonte: FMS

Piauí

Após fase crítica da Covid-19, Piauí registra menor número de óbitos em 24h

Avatar

Publicado

em

A Secretaria de Estado da Saúde divulgou na noite deste sábado (15), que em apenas 24h, 796 casos foram confirmados e 08 mortes, causadas pela Covid-19, foram registradas no Piauí. Ainda conforme a Sesapi, 385 infectados estão na UTI.

Três mulheres e cinco homens não resistiram às complicações da Covid-19. Elas eram de Isaías Coelho (58 anos), Simplício Mendes (63 anos) e Teresina (50 anos). Os do sexo masculino eram de Cajueiro do Praia (77 anos), Currais (86 anos), Cristino Castro (92 anos), Curimatá  (54 anos) e Pedro II  (42  anos). 
  
Dos óbitos acumulados os homens eram Bom Princípio (56 anos), Jose de Freitas (76 anos), Monte Alegre (77 anos), Parnaíba (50, 63 e 84 anos) e Teresina (70 e 85 anos). As mulheres eram Amarante ( idade não informada ), Morro Cabeça do Tempo (77 anos) e Teresina (95 anos).

Os casos confirmados no estado somam 257.230 distribuídos em todos os municípios piauienses. Já os óbitos pelo novo coronavírus chegam a 5.515 e foram registrados em 221 municípios.

Dos leitos existentes na rede de saúde do Piauí para atendimento à Covid-19, há  1.137 ocupados, sendo 715 leitos clínicos, 385 UTIs e 37 em leitos de estabilização. 

Continue Lendo

Piauí

Corpo de Bombeiros é acionado para conter chamas em residência na zona leste de Teresina

Avatar

Publicado

em

Uma equipe do Corpo de Bombeiros foi acionada para conter um princípio de incêndio em uma residência na tarde deste sábado (15) no bairro Porto do Centro, zona Leste de Teresina. 

De acordo com informações do Corpo de Bombeiros, não houve registro de feridos. Conforme o relato de testemunhas, o fogo iniciou em um colchão após ter sido provocado por uma faísca do fogareiro.

Duas equipes dos bombeiros estiveram no local e controlaram as chamas, evitando que o fogo se espalhasse por outros cômodos da residência.

Continue Lendo

Piauí

Teresina amplia os públicos para imunização com a vacina da Pfizer

Avatar

Publicado

em

Com o recebimento de um novo lote de vacinas do laboratório Pfizer, Teresina amplia a estratégia de imunização por agendamento contra a Covid-19. Com isso, pessoas de 50 a 59 anos portadoras de comorbidades, pessoas de 50 a 59 anos com deficiência permanente, gestantes e puérperas com comorbidades acima dos 18 anos passam a ser contempladas.

As pessoas pertencentes a esses grupos podem acessar o site http://vacinaja.fms.pmt.pi.gov.br/ e agendar o recebimento de sua primeira dose para o período de 17 a 22 de maio. Ao entrar no site, o paciente deve clicar no botão “agendamento público-alvo”, que levará a uma página onde ele deve escolher o público ao qual ele pertence, inserir seus dados pessoais e então escolher local, dia e hora da vacinação.

A Fundação Municipal de Saúde (FMS), responsável pela aplicação das vacinas na capital, está também levando a vacinação a auditórios para que possa contemplar um número maior de pessoas em menos tempo. Para isso, montou equipes que garantirão a logística e segurança requeridas pelo imunizante da Pfizer. “Esses locais, assim como nos hospitais, contarão com equipes médicas de plantão para atender qualquer tipo de intercorrência”, informa a diretora de Atenção Básica da FMS, Laurimary Caminha.

Os auditórios escolhidos são os do Teresina Shopping e Centro Universitário Uninovafapi. Além destes locais, será possível realizar agendamento para os hospitais da Primavera, Buenos Aires, Promorar e Hospital Universitário (HU).

No momento da vacinação, é necessário apresentar um documento pessoal com foto (RG ou CNH); um laudo, declaração ou receita médica que comprove a comorbidade e o cartão de vacina. Para gestantes e puérperas, é pedido ainda que apresente o cartão da gestante ou laudo médico; e para as puérperas, certidão ou declaração de nascimento do bebê. Para pessoas com deficiência permanente, é pedido um laudo médico que comprove sua condição.

Confira a lista de comorbidades que têm direito à vacina contra a covid-19. Mais informações sobre cada uma delas estão disponíveis no Plano Nacional de Imunização do Ministério da Saúde:

Diabetes mellitus;

Pneumopatias crônicas graves;

Hipertensão Arterial Resistente (HAR);

Hipertensão arterial estágio 3;

Hipertensão arterial estágios 1 e 2 com lesão em órgão-alvo e/ou comorbidade;

Insuficiência cardíaca (IC);

Cor-pulmonale e Hipertensão pulmonar;

Cardiopatia hipertensiva;

Síndromes coronarianas;

Valvopatias;

Miocardiopatias e Pericardiopatias;

Doenças da Aorta, dos Grandes Vasos e Fístulas arteriovenosas;

Arritmias cardíacas;

Cardiopatias congênita no adulto;

Próteses valvares e Dispositivos cardíacos implantados;

Doença cerebrovascular;

Doença renal crônica;

Imunossuprimidos;

Anemia falciforme;

Obesidade mórbida;

Síndrome de down;

Cirrose hepática.

Continue Lendo
Casas Duplex

Trending

Copyright © 2018 Encarando - Silas Freire. Todos os Direitos Reservados.
WhatsApp: 86. 98183-1178 / Fixo: 3234-9879
Email: encarando.com@gmail.com

WhatsApp chat