Siga as Redes Sociais

Polícia

Presidiário é encontrado morto dentro da Casa de Custódia em Teresina

Este é o segundo assassinato dentro da unidade prisional, em menos de uma semana.

Laurivânia Fernandes

Publicado

em

No início da tarde desta sexta-feira (03), os agentes da Casa de Custódia Professor José Ribamar Leite, encontraram mais um detento assassinado. A informação foi confirmada ao Portal Encarando pelo vice-presidente do Sindicato dos Agentes Penitenciários do Piauí (Sinpoljuspi), Vilobaldo Adelidio.

De acordo com Vilobaldo, o corpo de Isaias Gonçalves Rodrigues, de 25 anos, foi encontrado dentro da cela 19 do pavilhão C da casa de detenção, e a suspeita é de que o assassinato tenha acontecido ainda na noite de ontem (02).

“A suspeita é de que o preso tenha sido assassinado ontem a noite. No entanto, ainda não há detalhes de como aconteceu”, informou.

A área foi isolada até a chegada da equipe do Departamento de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP), e do Instituto de Medicina Local para realizarem a perícia da cena do crime e a remoção do corpo da vítima, que tinha sinais de enforcamento.

Isaías respondia pelos crimes de roubo e furto, e deu entrada na unidade em agosto de 2017. Este já é o segundo caso de assassinato dentro da unidade prisional, em menos de uma semana.

Polícia

Corregedoria da PM-PI afasta comandante de GPM que atirou em segurança durante briga

Avatar

Publicado

em

A Corregedoria da Polícia Militar do Estado do Piauí divulgou uma nota de esclarecimento nessa sexta-feira (15) informando que o comandante do Grupamento de Polícia Militar do município de Capitão de Campos, identificado como Sargento Lobo, foi afastado após ter se envolvido em uma briga no município.

Conforme a nota, a briga ocorreu na madrugada dessa sexta-feira (15). De acordo com informações de populares, o policial chegou no bar embriagado, e acabou se envolvendo em uma briga. O motivo da confusão não foi revelado. O sargento Lobo atirou em um segurança durante a confusão, e acabou sendo brutalmente agredida.

O segurança do bar, que foi atingido, foi socorrido e encaminhado para o Hospital Regional Chagas Rodrigues, em Piripiri. O policial precisou ser transferido para o Hospital de Urgência de Teresina (HUT).

A assessoria de comunicação da Polícia Militar, informou por meio de nota, que o policial, envolvido na confusão, foi afastado.

Confira a nota na íntegra!

A Polícia Militar do Piauí informa, sobre os fatos ocorridos em um bar da cidade de Capitão de Campos, na madrugada do dia 14 para o dia 15 de janeiro de 2021, envolvendo um Policial Militar, o seguinte:

1. O Comandante do 12º Batalhão, ao qual o GPM de Capitão de Campos está subordinado, instaurou o Inquérito Policial Militar para apuração do ocorrido;

2. Paralelamente, o Delegado de Polícia Civil do 2º DP de Piripiri, que responde pela cidade, instaurou Inquérito Policial para investigar o fato;

3. A Corregedoria da PMPI determinou o afastamento imediato do policial Militar em questão.Elza Rodrigues Ferreira

Continue Lendo

Polícia

Em nova operação, PF apura superfaturamento na contratação de EPI’s e testes rápidos pela Sesapi e FEPISERH

Laurivânia Fernandes

Publicado

em

Foto: Divulgação/PF


A Polícia Federal, em parceria com a Controladoria Geral da União (CGU/PI), deflagrou na manhã desta quinta-feira (14/01) a Operação “Onzena” decorrente de investigação policial que apura fraude em processos licitatórios e superfaturamento em contratos públicos firmados pela Fundação Estatal Piauiense de Serviços Hospitalares (FEPISERH), Secretaria de Saúde do Estado do Piauí (SESAPI), dentre outras instituições públicas, destinados ao combate do novo coronavírus (COVID-19) e custeados com recursos públicos federais repassados pelo Fundo Nacional de Saúde (FNS).

Segundo a PF, a investigação teve início após ampla divulgação pela mídia local e trabalhos de auditoria realizados pelo TCE/PI e CGU/PI acerca de contratações superfaturadas realizadas pela FEPISERH, no valor de aproximadamente R$ 5,5 milhões, e SESAPI na ordem de R$ 30 milhões beneficiando uma empresa específica do Estado do Piauí. 

Foto: Divulgação/PF

No curso das investigações foram analisados processos licitatórios, contratos, processos de pagamentos, notas fiscais, dentre outras diligências, que alinhados apontam um prejuízo efetivo ao erário federal de quase R$ 20 milhões decorrentes de contratos firmados pela FEPISERH e SESAPI.  


Foto: Divulgação/PF

A título de exemplo, a empresa sob investigação realizou a venda a entes públicos de itens como máscara N95, máscara cirúrgica descartável, dentre outros, em percentual de até 500% superior ao definido na nota técnica 05 da CGE/PI como o praticado no mercado mesmo em período da pandemia provocada pela COVID-19. Ainda durante auditoria realizada pelo TCE/PI na sede da SESAPI foi constatada aquisição de testes rápidos para detecção da COVID-19 classificados como “não conformes” pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA).

Nesta fase da investigação estão sendo mobilizados 70 policiais federais e 8 auditores/técnicos da CGU/PI para o cumprimento de 17 mandados de busca e apreensão nos estados do Piauí e Maranhão, expedidos pela Justiça Federal do Estado do Piauí. O objetivo do cumprimento das medidas judiciais é colher elementos de prova que ratifiquem a tese de superfaturamento em contratações públicas realizadas pela FEPISERH e SESAPI no intuito de favorecer empresas específicas, dentre outras práticas criminosas. 


Foto:Divulgação/PF

Os investigados poderão responder, na medida de suas culpabilidades, pelos crimes de associação criminosa (art. 288 do CP), fraude a licitação (art.89 da lei 8.666/93) e desvio de recursos públicos (art. 312 do CP) cujas penas somadas podem chegar a 20 anos de reclusão.   

A palavra “onzena” significa juros exorbitante/excessivo e faz referência aos contratos exorbitantes e superfaturados firmados entre entes públicos e empresa com forte atuação nos estados do Piauí e Maranhão.

Foto:Divulgação/PF
Foto:Divulgação/PF
Continue Lendo

Polícia

Criança é feita refém pelo o próprio pai na zona sul de Teresina

Avatar

Publicado

em

Uma criança de apenas 04 anos, foi feita refém por cerca de três horas pelo o próprio pai, que não teve a identidade revelada, na tarde dessa quarta-feira (13) no bairro Planalto Bela Vista, na zona sul de Teresina. A criança é do sexo feminino.

De acordo com a Polícia Militar, o suspeito estava há seis meses separado da mãe da criança. E na tarde de hoje (13), ele invadiu a residência e fez a própria filha refém, e estava armado com duas facas. Durante a ação, o suspeito ameaçou diversas tirar a própria vida. A mãe da criança conseguiu escapar. A principal motivação é que o suspeito não aceita o fim do relacionamento.

O Batalhão de Operações Policiais Especiais (BOPE) foi acionado para ajudar nas negociações. O suspeito que é usuário de drogas, e estava visivelmente embriagado e sob efeito de algum entorpecente, liberou a criança após negociações.

O homem foi preso e conduzido para a Central de Flagrantes de Teresina.

Continue Lendo
Casas Duplex

Trending

Copyright © 2018 Encarando - Silas Freire. Todos os Direitos Reservados.
WhatsApp: 86. 98183-1178 / Fixo: 3234-9879
Email: encarando.com@gmail.com

WhatsApp chat