Siga as Redes Sociais

Eleições

Gessy Fonseca fecha apoio a Dr. Pessoa; Saiba o que se diz nos bastidores sobre decisão!

Laurivânia Fernandes

Publicado

em

A espera acabou e a empresária Gessy Fonseca, que concorreu à prefeitura de Teresina pelo PSC, anunciou nesta sexta-feira (20/11) seu apoio ao candidato Dr. Pessoa (MDB), que concorre o segundo turno com Kleber Montezuma (PSDB).

Gessy ganhou notória visibilidade e seu apoio foi disputado pelos dois candidatos por sua expressiva votação. Foram mais de 50 mil depositados a ela na capital, que a colocou na terceira posição na disputa pela Prefeitura de Teresina, ultrapassando candidatos considerados ‘mais fortes’, como Fábio Novo (PT), que obteve a quarta colocação e Fábio Abreu (PL), que ocupou a quinta posição.

Segundo Gessy, a decisão foi tomada em conjunto com integrantes de seu partido, uma vez que, a empresária criticou ao longo de toda sua campanha, a administração tucana. Em suas redes sociais, Gessy chegou a antecipar seu discurso sobre a responsabilidade de direcionar seus eleitores no segundo turno .

“Tenho uma grande responsabilidade sobre meus ombros, que é direcionar as mais de 50 mil pessoas que confiaram em mim. E eu, não poderia me colocar em uma situação de omissão. Por isso, vou optar por um lado que vai me dar condições e autonomia para colocar e prática o meu plano de governo e os projetos que eu tenho para Teresina”.

Durante a coletiva, Gessy ainda afirmou que conversou com ambos os candidatos, no entanto, a epresária afirma que o plano de governo de Dr. Pessoa foi o que mais se aproximou dos projetos defendidos por ela. Além disso, ela acrescentou que a cidade precisa passar por uma ‘renovação’.

“Conversei com Dr. Pessoa e firmamos uma aliança para juntos trabalharmos por Teresina e desenvolvê-la. Precisamos mudar, precisamos de uma renovação. Além disso, Dr. Pessoa tem um plano de governo que se parece com o meu em vários aspectos, além disso, ele nos garantiu que o nosso projeto será acrescentado ao plano de governo dele e dessa forma estarei trabalhando junto com ele. Não estamos falando de poder ou cargos, estou usando o mesmo discurso, não estou sendo incoerente, incoerente eu seria se ficasse omissa e neutra. Para mim, seria mais fácil, porque eu não estaria sofrendo com tantos ataques e tantas afrontas “, afirmou Gessy.

Ligação com governo WD?

Informações de bastidores dão conta de que o apoio de Gessy à Dr. Pessoa (MDB), também foi articulado pelo governador Wellington Dias (PT), em conjunto com o deputado estadual Evaldo Gomes (SDD).

Segundo fontes, há um acordo para que o marido da empresária, Natanael Fonseca, assuma a Superintendência de Agricultura do Piauí, ainda no mês de dezembro. O cargo, atualmente ocupado pelo advogado criminalista Germano Coelho, tem remuneração em torno de R$ 19 mil, e é de indicação da deputada federal Marina Santos (SDD). Além disso, Gessy também teria acertado sua migração do PSC para o Solidariedade, onde deve disputar uma vaga para a Câmara Federal ou Estadual.

Eleições

Mais de 558 mil devem votar no 2º turno em Teresina

Avatar

Publicado

em

Os eleitores de 57 cidades brasileiras vão eleger, em 2º turno, os respectivos prefeitos neste domingo (29). No Piauí apenas Teresina terá a experiência do segundo turno mais curto da história das eleições, por conta da pandemia do novo coronavírus. Na capital estão aptos para votar 558.661 eleitores, segundo informações do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Em apenas duas semanas, os candidatos Doutor Pessoa (MDB) e Kleber Montezuma (PSDB) tiveram que selar alianças e pedir votos no segundo round da corrida pela Prefeitura Municipal de Teresina, que iniciou em uma disputa acirrada com 13 candidatos de diferentes legendas.

O 2º turno das eleições municipais da capital tem previsão de ser tranquilo, seguindo a tendência do 1º. A campanha política, no entanto, precisou ser feita às pressas em um pleito completamente inovador, com a possibilidade de justificar voto fora do domicílio através de aplicativo e dispensação da biometria.

Anderson Lima, Secretário de Tecnologia da Informação do Tribunal Regional Eleitoral do Piauí (TRE-PI), conta que o processo eleitoral está muito bem encaminhado. “Nós terminamos os procedimentos com as urnas eletrônicas. O processo começou no sábado, a partir de um cronograma que foi concluído na terça-feira. As zonas já estão prontas para serem instaladas neste sábado, e isso deve começar logo cedo. Então as urnas ficam prontas para votação das 7h até às 17h no domingo [29]. No horário de 7h às 10h estamos dando a preferência para os idosos”, explica.

As medidas de distanciamento permanecem. “Os cuidados são os mesmos: álcool gel disponibilizado pelo TSE e levar sua própria caneta. Vamos ter canetas disponíveis, mas a recomendação é dar preferência em levar a própria. Além disso, o eleitor só pode entrar na sala de votação com máscara, se não ele não é autorizado a entrar no ambiente de votação”, acrescenta.

Fonte: Meio Norte

Continue Lendo

Eleições

Amostragem: Dr. Pessoa lidera com 65,69%; Montezuma 34,31%

Avatar

Publicado

em

Pesquisa realizada pelo Instituto Amostragem no dia 26 de novembro com 800 eleitores em Teresina aponta o candidato à prefeito Dr Pessoa (MDB) na liderança com 65,69% das intenções de votos válidos, ou seja, quando se exclui os brancos/nulos e aqueles que não sabem/preferem não opinar. 

O candidato do PSDB, Kleber Montezuma aparece com 34,31% das intenções, segundo a pesquisa. O levantamento tem margem de erro de 3,39 pontos percentuais para mais ou para menos.

Ainda na pesquisa estimulada, ou seja, quando é apresentado o disco com o nome dos candidatos, mas considerando as menções de brancos/nulos e os que não sabem ou preferem não opinar, o candidato Dr Pessoa (MDB) tem 58,88% das intenções de votos, enquanto Kleber Montezuma (PSDB) aparece com 30,75%. Neste recorte, 6,88% dos entrevistados apontaram a pretensão de votar em branco/nulo ou nenhum; e 3,5% não sabe ou não opina. O levantamento do Amostragem foi encomendado pelo Grupo Meio Norte de Comunicação, sendo registrado na Justiça Eleitoral sob o nº PI-07504/2020 no dia 20 de novembro de 2020.

Os dois candidatos que concorrem ao segundo turno na capital piauiense aparecem com altos índices de firmeza na intenção de voto, segundo pesquisa do Instituto Amostragem. Entre os eleitores entrevistados que indicaram a intenção de votar no candidato Dr Pessoa (MDB), 86,62% apontaram que não mudam, já está decidido; enquanto 10,62% indicaram que ainda podem mudar de candidato até o domingo 29 de novembro. Os eleitores que não sabem/não opinam atinge 2,76%.

Dentre os eleitores entrevistados que sinalizaram a intenção de voto no candidato Kleber Montezuma (PSDB), 86,59% indicaram que não mudam, já está decidido; 11,38% dos entrevistados apontaram que ainda podem mudar, enquanto 2,03% não sabe ou não opina.

Fonte: Meio Norte

Continue Lendo

Eleições

Saiba quais são as 57 cidades onde haverá segundo turno

Laurivânia Fernandes

Publicado

em

Este domingo (25) será marcado pela definição das eleições para prefeito em 57 cidades – entre 21 Estados – de todo o Brasil, onde o pleito ficou para o segundo turno. Destas, 18 são capitais.

Metrópoles como São Paulo (SP), Rio de Janeiro (RJ), Fortaleza (CE) e Porto Alegre (RS), por exemplo, só descobrirão na noite do domingo seus prefeitos e vices pelos próximos quatro anos.

A votação ocorre das 7h às 17h, com horário preferencial para idosos das 7h às 10h. O uso de máscara é obrigatório, e o TSE recomenda que cada pessoa leve sua caneta para assinar o caderno de votação e, se possível, não vá acompanhada.

Anápolis (GO): Roberto Naves (PP) e Antonio Gomide (PT).

Aracaju (SE): Edvaldo Nogueira (PDT – atual prefeito) e Danielle Garcia (Cidadania).

Bauru (SP): Suéllen Rosim (Patriota) e Dr Raul (DEM)

Belém (PA): Edmilson Rodrigues (PSOL) e Delegado Eguchi (Patriota).

Blumenau (SC): Mário Hildebrandt (PODE) e João Paulo Kleinübing (DEM).

Boa Vista (RR): Arthur Henrique (MDB) e Ottaci (Solidariedade).

Campinas (SP): Dário Saadi (Republicanos) e Rafa Zimbaldi (PL).

Campos dos Goytacazes (RJ): Wladimir Garotinho (PSD – sub judice) e Caio Vianna (PDT)

Canoas (RS): Jairo Jorge (PSD) e Luiz Carlos Busato (PTB).

Cariacica (ES): Euclério Sampaio (DEM) e Célia Tavares (PT).

Caucaia (CE): Naumi Amorim (PSD) e Vitor Valim (Pros).

Caxias do Sul (RS): Pepe Vargas (PT) e Adiló (PSDB).

Contagem (MG): Marília (PT) e Felipe Saliba (DEM).

Cuiabá (MT): Emanuel Pinheiro (MDB – atual prefeito) e Abílio Júnior (Podemos).

Diadema (SP): Filippi (PT) e Taka Yamauchi (PSD).

Feira de Santana (BA): Zé Neto (PT) e Colbert Martins (MDB).

Fortaleza (CE): Sarto Nogueira (PDT) e Capitão Wagner (Pros).

Franca (SP): Flávia Lancha (PSD) e Alexandre Ferreira (MDB).

Goiânia (GO): Maguito Vilela (MDB) e Vanderlan Cardoso (PSD).

Governador Valadares (MG): André Merlo (PSDB) e Dr. Luciano (PSC).

Guarulhos (SP): Guti (PSD) e Elói Pietá (PT).

João Pessoa (PB): Cícero Lucena (Progressistas) e Nilvan Ferreira (MDB).

Joinville (SC): Darci de Matos (PSD) e Adriano Silva (NOVO).

Juiz de Fora (MG): Margarida Salomão (PT) e Wilson Rezato (PSB).

Limeira (SP): Mario Botion (PSD) e Murilo Félix (Podemos).

Maceió (AL): Alfredo Gaspar (MDB) e JHC (PSB).

Manaus (AM): Amazonino Mendes (Podemos) e David Almeida (Avante).

Mauá (SP): Átila Jacomussi (PSB) e Marcelo Oliveira (PT).

Mogi das Cruzes (SP): Marcus Melo (PSDB) e Caio Cunha (PODE).

Paulista (PE): Yves Ribeiro (MDB) e Francisco Padilha (PSB).

Pelotas (RS): Paula Mascarenhas (PSDB) e Ivan Duarte (PT).

Petrópolis (RJ): Rubens Bomtempo (PSB) e Bernardo Rossi (PL).

Piracicaba (SP): Barjas Negri (PSDB) e Luciano Almeida (DEM).

Ponta Grossa (PR): Mabel Canto (PSC) e Professora Elizabeth (PSD).

Porto Alegre (RS): Sebastião Melo (MDB) e Manuela d’Ávila (PCdoB).

Porto Velho (RO): Hildon Chaves (PSDB – atual prefeito) e Cristiane Lopes (PP).

Praia Grande (SP): Raquel Chini (PSDB) e Danilo Morgado (PSL).

Recife (PE): João Campos (PSB) e Marília Arraes (PT).

Ribeirão Preto (SP): Duarte Nogueira (PSDB) e Suely Vilela (PSB).

Rio Branco (AC): Socorro Neri (PSB – atual prefeita) e Tião Bocalom (PP).

Rio de Janeiro (RJ): Marcelo Crivella (Republicanos – atual prefeito) e Eduardo Paes (DEM).

Santa Maria (RS): Sergio Cecchim (PP) e Pozzobom (PSDB).

Santarém (PA): Nélio Aguiar (DEM – atual prefeito) e Maria do Carmo (PT).

São Gonçalo (RJ): Dimas Gadelha (PT) e Capitão Nelson (Avante).

São João de Meriti (RJ): Dr João (DEM) e Leo Vieira (PSC).

São Luís (MA): Eduardo Braide (Podemos) e Duarte Júnior (Republicanos).

São Paulo (SP): Bruno Covas (PSDB – atual prefeito) e Guilherme Boulos (PSOL).

São Vicente (SP): Solange Freitas (PSDB) e Kayo Amado (PODE).

Serra (ES): Sergio Vidigal (PDT) e Fabio Duarte (Rede).

Sorocaba (SP): Rodrigo Manga (Republicanos) e Jaqueline Coutinho (PSL).

Taboão da Serra (SP): Engenheiro Daniel (PSDB) e Aprigio (PODE).

Taubaté (SP): Saud (MDB) e Loreny (Cidadania).

Teresina (PI): Dr. Pessoa (MDB) e Kleber Montezuma (PSDB).

Uberaba (MG): Elisa Araújo (Solidariedade) e Tony Carlos (PTB).

Vila Velha (ES): Arnadinho Borgo (Podemos) e Max Filho (PSDB).

Vitória (ES): Delegado Pazolini (Republicanos) e João Coser (PT).

Vitória da Conquista (BA): Zé Raimundo (PT) e Herzem Gusmão (MDB).

Fonte: R7

Continue Lendo
Casas Duplex

Trending

Copyright © 2018 Encarando - Silas Freire. Todos os Direitos Reservados.
WhatsApp: 86. 98183-1178 / Fixo: 3234-9879
Email: encarando.com@gmail.com

WhatsApp chat